Frases sobre original

Uma coleção de frases e citações sobre o tema da original.

Tópicos relacionados

Total 122 citações, filtro:


Augusto Cury photo
Publicidade
Mia Couto photo
Dorothy L. Sayers photo

„Velho, mas novo


E aquele que está assentado no trono disse: Eis que faço novas todas 
as coisas… v.5


Em 2014, um sumidouro se abriu sob um museu de carros antigos, engolindo oito carros esportivos Chevrolet Corvette, antigos e insubstituíveis. Os automóveis ficaram muito danificados — alguns, sem chance de conserto.

Um desses carros, em particular, recebeu atenção extra. O milionésimo Corvette, fabricado em 1992, era o mais valioso da coleção. O que aconteceu àquela preciosidade após ter sido retirada do sumidouro é fascinante. Especialistas restauraram o carro à condição de novo, utilizando e reparando principalmente as suas peças originais. Embora aquela belezinha estivesse em péssimo estado, agora se parece tão bem quanto no dia em que fora fabricado.

O velho e danificado tornou-se novo.

Esse é um lembrete importante daquilo que Deus tem reservado aos que creem em Jesus. Em Apocalipse 21:1, João disse ter visto “…novo céu e nova terra…”. Muitos estudiosos da Bíblia veem essa Terra “nova” como uma Terra renovada, pois o estudo da palavra nova neste contexto revela que o seu significado é “revigorada” ou “restaurada” após a ruína da velha ter sido eliminada. Deus renovará o que está corrompido neste mundo e proverá um lugar novo, mas familiar, onde os cristãos viverão com Ele.

Que incrível verdade para contemplar: uma Terra nova, revigorada, familiar e bela. Imagine a majestosa obra das mãos de Deus!

Nosso Criador faz novas todas as coisas. Dave Branon“

—  pão_diário_é_só_noticias_boas

„Viver com leões


…porque ele é o Deus vivo e que permanece para sempre… v.26


Quando visitei um museu em Chicago, EUA, vi um dos leões originais da Babilônia. Era uma imagem enorme em relevo, do tipo mural, de um leão alado com uma expressão feroz. Simbolizando Ishtar, a deusa babilônica do amor e da guerra, o leão era um exemplar dos 120 leões semelhantes que teriam se alinhado formando um caminho babilônico durante os anos de 604–562 a.C.

Os historiadores dizem que depois que os babilônios derrotaram Jerusalém, os cativos hebreus teriam visto esses leões durante o seu tempo no reino de Nabucodonosor. Os historiadores também dizem que é provável que alguns dos israelitas acreditassem que Ishtar tivesse derrotado o Deus de Israel.

Daniel, um dos cativos hebreus, não compartilhou dessas dúvidas que poderiam ter incomodado alguns de seus companheiros israelitas. Sua visão de Deus e seu compromisso com o Senhor permaneceram firmes. Ele orava três vezes por dia, com as janelas abertas, mesmo sabendo que isso significaria entrar em um covil de leões. Depois que Deus salvou Daniel dos animais famintos, o rei Dario disse: “…tremam e temam perante o Deus de Daniel, porque ele é o Deus vivo e que permanece para sempre […]. Ele livra e salva “ (vv.26,27). A fidelidade de Daniel permitiu-lhe influenciar os líderes babilônios.

Permanecer fiel a Deus apesar da pressão e do desânimo pode inspirar outras pessoas a dar-lhe glória.

A fidelidade a Deus inspira os outros. Jennifer Benson Schuldt“

—  pão_diário_é_só_noticias_boas

Publicidade

„Lembre-se da cruz


…Verdadeiramente, este homem era o Filho de Deus. v.39


Na igreja que frequento, há uma enorme cruz à frente do santuário. Ela representa a cruz original onde Jesus morreu — o lugar onde o nosso pecado se depara com a Sua santidade. Ali, Deus permitiu que Seu Filho perfeito morresse por causa de todas as coisas erradas que temos feito, dito ou pensado. Na cruz, Jesus completou o sacrifício necessário para nos salvar da morte que merecemos (Romanos 6:23).

A visão de uma cruz me faz considerar o que Jesus sofreu por nós. Antes de ser crucificado, Ele foi açoitado e nele cuspiram. Os soldados bateram na cabeça dele com madeira e ficaram de joelhos fingindo adorá-lo. Tentaram fazê-lo carregar Sua própria cruz até o lugar onde morreria, mas Jesus estava fisicamente muito fraco após o brutal flagelo. No Gólgota, martelaram os pregos em Sua carne para mantê-lo na cruz em posição vertical. Essas feridas suportaram o peso do Seu corpo, enquanto Ele estava suspenso ali. Seis horas depois, Jesus expirou (Marcos 15:37). Um centurião que testemunhou a morte 
de Jesus declarou: “…Verdadeiramente, este homem era o Filho de Deus” (v.39).

A próxima vez que você vir o símbolo da cruz, repense sobre o significado que ela tem para você. O Filho de Deus sofreu e morreu sobre ela, e, em seguida, ressuscitou para que possamos ter a vida eterna.

A cruz de Cristo revela como é terrível o nosso pecado 
e como é grande o amor de Deus. Jennifer Benson Schuldt“

—  pão_diário_é_só_noticias_boas

Kurt Cobain photo
Agostinho da Silva photo
Publicidade
Gustave Flaubert photo

„Rodolphe ouvira tantas vezes dizer tais coisas que elas nada mais tinham de original para ele. Emma assemelhava-se a todas as suas amantes; e o encanto da novidade, caindo pouco a pouco como uma veste, deixava ver a nu a eterna monotonia da paixão que tem sempre as mesmas formas e a mesma linguagem. Aquele homem tão experiente não distinguia mais a diferença dos sentimentos sob a igualdade das expressões. Porque lábios libertinos ou venais lhe haviam murmurado frases semelhantes, ele mal acreditava em sua candura; era preciso, pensava, descontar suas palavras exageradas, escondendo as afeições medíocres: como se a plenitude da alma não transbordasse algumas vezes nas metáforas mais vazias, já que ninguém pode algum dia exprimir exatamente suas necessidades ou seus conceitos, nem suas dores e já que a palavra humana é como um caldeirão rachado, no qual batemos melodias próprias para fazer danças os ursos quando desejaríamos enternecer as estrelas.
Porém, com a superioridade crítica de quem, em qualquer compromisso, se mantém na retaguarda, Rodolphe percebeu naquele amor a possibilidade de explorar outros gozos. Julgou todo pudor como algo incômodo. Tratou-a sem cerimonia. Fez dela algo de maleável e de corrompido. Era uma espécie de afeto idiota cheio de admiração para ele, de volúpia para ela, uma beatitude que a entorpecia; e sua alma afundava naquela embriaguez e nela se afogava, encarquilhada (...)“

—  Gustave Flaubert 1821 - 1880
Madame Bovary

Richard Bach photo
Paulo Coelho photo
Honoré De Balzac photo

Help us translate English quotes

Discover interesting quotes and translate them.

Start translating