Frases de Honoré De Balzac

Honoré De Balzac photo
224   142

Honoré De Balzac

Data de nascimento: 20. Maio 1799
Data de falecimento: 18. Agosto 1850

Publicidade

Honoré de Balzac foi um prolífico escritor francês, notável por suas agudas observações psicológicas. É considerado o fundador do Realismo na literatura moderna. Sua magnum opus, A Comédia Humana, consiste de 95 romances, novelas e contos que procuram retratar todos os níveis da sociedade francesa da época, em particular a florescente burguesia após a queda de Napoleão Bonaparte em 1815.

Entre seus romances mais famosos, destacam-se A Mulher de Trinta Anos , Eugènie Grandet , O Pai Goriot , O Lírio do Vale , As Ilusões Perdidas , A Prima Bette e O Primo Pons . Desde Le Dernier Chouan , que depois se transformaria em Les Chouans , Balzac denunciou ou abordou os problemas do dinheiro, da usura, da hipocrisia familiar, da constituição dos verdadeiros poderes na França liberal burguesa e, ainda que o meio operário não apareça diretamente em suas obras, discorreu sobre fenômenos sociais a partir da pintura dos ambientes rurais, como em Os Camponeses, de 1844. Além de romances, escreveu também "estudos filosóficos" e estudos analíticos .

Balzac tinha uma enorme capacidade de trabalho, usada sobretudo para cobrir as dívidas que acumulava. De certo modo, as suas despesas foram a razão pela qual, desde 1832 até sua morte, se dedicou incansavelmente à literatura. Sua extensa obra influenciou nomes como Proust, Zola, Dickens, Dostoiévski, Flaubert, Henry James, Machado de Assis, Castelo Branco e Ítalo Calvino, e é constantemente adaptada para o cinema. Participante da vida mundana parisiense, teve vários relacionamentos, entre eles um célebre caso amoroso, desde 1832, com a polaca Ewelina Hańska, com quem veio a se casar pouco antes de morrer.

Obras

Eugènie Grandet
Honoré De Balzac
A Mulher de Trinta Anos
A Mulher de Trinta Anos
Honoré De Balzac
Physiologie du mariage
Honoré De Balzac

Citações Honoré De Balzac

„É tão absurdo dizer que um homem não pode amar a mesma mulher toda a vida, quanto dizer que um violinista precisa de diversos violinos para tocar a mesma música.“

—  Honoré De Balzac
Il est aussi absurde de prétendre qu'il est impossible de toujours aimer la même femme qu'il peut l'être de dire qu'un artiste célèbre a besoin de plusieurs violons pour exécuter un morceau de musique et pour créer une mélodie enchanteresse. Physiologie du mariage ou Méditations de philosophie éclectique sur le bonheur et le malheur conjugal: Nouv. éd.‎ - Página 61 http://books.google.com.br/books?id=PpcGAAAAQAAJ&pg=PA61, de Honoré de Balzac - Publicado por Charpentier, 1838 - 408 páginas

Publicidade

Help us translate English quotes

Discover interesting quotes and translate them.

Start translating

„Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit. Etiam egestas wisi a erat. Morbi imperdiet, mauris ac auctor dictum.“

Aniversários de hoje
Arthur Schopenhauer photo
Arthur Schopenhauer156
filósofo alemão 1788 - 1860
Robert Baden-Powell photo
Robert Baden-Powell9
1857 - 1941
Andy Warhol photo
Andy Warhol39
1928 - 1987
Raymond Firth photo
Raymond Firth2
1901 - 2002
Outros 64 aniversários hoje