„O amor é a poesia dos sentidos. Ou é sublime, ou não existe. Quando existe, existe para todo o sempre e aumenta cada vez mais.“

Variante: O amor é a poesia dos sentidos. Ou é sublime, ou não existe. Quando existe, existe para sempre e vai crescendo dia a dia.

Última atualização 22 de Maio de 2020. História
Honoré De Balzac photo
Honoré De Balzac224
Escritor francês 1799 - 1850

Citações relacionadas

Tati Bernardi photo
Friedrich Nietzsche photo
Marco Aurelio photo
Raul Seixas photo

„Para todo pecado sempre existe perdão.“

—  Raul Seixas cantor e compositor brasileiro 1945 - 1989

Pierre Bourdieu photo
Kathleen E. Woodiwiss photo
Vergílio Ferreira photo
Renato Russo photo
Robert Musil photo
Willa Cather photo
Renato Russo photo
Jiddu Krishnamurti photo
Pierre Reverdy photo
Milan Kundera photo

Tópicos relacionados