Frases sobre todo

Uma coleção de frases e citações sobre o tema da todo, ser, mundo, mundo.

Total 5480 citações, filtro:

Citát „Somos todos como a Lua. Temos um lado escuro que não queremos que ninguém veja.“
Mark Twain photo

„Somos todos como a Lua. Temos um lado escuro que não queremos que ninguém veja.“

—  Mark Twain escritor, humorista e inventor norte-americano 1835 - 1910

Mas Deus tudo vê
Variante: As pessoas são como a Lua: têm sempre um lado escuro que não mostram a ninguém.

Ellen G. White photo

„Haverá eterna perda por todo conhecimento e capacidade não alcançados, que poderíamos ter ganho.“

—  Ellen G. White Escritora norte-americana e líder da Igreja Adventista do Sétimo Dia 1827 - 1915

Monteiro Lobato photo
Nicolau Maquiavel photo
Machado de Assis photo

„Verdade é que, se todos os gostos fossem iguais, o que seria do amarelo?“

—  Machado de Assis, livro O Alienista

Capítulo IV
Contos, O Alienista

Lucrecio photo

„O dom da hospitalidade


Não negligencieis a hospitalidade, pois alguns, praticando-a, sem o saber acolheram anjos. v.2


O jantar que oferecemos às cinco famílias de nações diferentes continua a ser uma memória maravilhosa. De alguma forma, a conversa não ficou restrita a cada casal, mas todos nós conversamos sobre a vida em Londres sob pontos de vista de partes diferentes do mundo. No final da noite, meu marido e eu concluímos que tínhamos recebido mais do que tínhamos oferecido, inclusive o calor humano que compartilhamos ao nos empenhar em fazer novas amizades e conhecer culturas diferentes.

O autor da carta aos Hebreus conclui os seus pensamentos com exortações para a vida da comunidade, relembrando aos seus leitores que deveriam continuar a receber bem os estrangeiros. Pois fazendo isso, algumas pessoas “acolheram anjos sem o saber” (13:2). Ele podia estar se referindo a Abraão e Sara, que, como vemos em Gênesis 18:1-12, acolheram três desconhecidos com generosidade e os receberam com festa, como era o costume nos tempos bíblicos. Eles não sabiam que estavam acolhendo anjos que lhes trouxeram uma mensagem de bênção.

Nós não convidamos as pessoas para nossas casas, com o intuito de tirar vantagens disso, mas, com frequência, recebemos mais do que damos. Que o Senhor espalhe o Seu amor através de nós à medida que alcançamos outros com o dom da hospitalidade.

Quando praticamos a hospitalidade, 
compartilhamos da bondade e das dádivas divinas. Amy Boucher Pye“

—  pão_diário_é_só_noticias_boas

Sigmund Freud photo
Ellen G. White photo

„O organismo humano é uma máquina maravilhosa, mas pode ser abusado… A transformação do alimento em sangue bom é um processo maravilhoso, e todos os seres humanos deveriam bem compreender este assunto…“

—  Ellen G. White Escritora norte-americana e líder da Igreja Adventista do Sétimo Dia 1827 - 1915

Mente, Caráter e Personalidade (Vol. 2), Ellen G. White, 1989, pág.385

Zenão de Cítio photo
José Saramago photo
Michel Temer photo
Carlos Ruiz Zafón photo
Emile Coué photo
Alain-Fournier photo
Friedrich Nietzsche photo
Mário Quintana photo
José Saramago photo

„Aqui, cada um com seu desgosto e todos com a mesma pena.“

—  José Saramago, livro Ensaio sobre a Lucidez

Ensaio sobre a Lucidez

Audálio Dantas photo
Giordano Bruno photo
Esta tradução está aguardando revisão. Está correcto?
Christopher Paolini photo
Leo Buscaglia photo
Eça de Queiroz photo
Francois Fénelon photo
Francois Fénelon photo
Olavo de Carvalho photo
Walter Scott photo
Benjamin Disraeli photo
Cazuza photo
Heródoto photo

„Ficou evidente para todos, e não menos para o próprio Xerxes, que havia muita gente com ele, mas poucos homens de verdade.“

—  Heródoto -484 - -425 a.C.

Sobre a batalha de Termópilas
Revista Superinteressante nº 238

Machado de Assis photo

„Aí vinham a cobiça que devora, a cólera que inflama, a inveja que baba, e a enxada e a pena, úmidas de suor, e a ambição, a fome, a vaidade, a melancolia, a riqueza, o amor, e todos agitavam o homem, como um chocalho, até destruí-lo, como um farrapo. Eram as formas várias de um mal, que ora mordia a víscera, ora mordia o pensamento, e passeava eternamente as suas vestes de arlequim, em derredor da espécie humana. A dor cedia alguma vez, mas cedia à indiferença, que era um sono sem sonhos, ou ao prazer, que era uma dor bastarda. Então o homem, flagelada e rebelde, corria diante da fatalidade das coisas, atrás de uma figura nebulosa e esquiva, feita de retalhos, um retalho de impalpável, outro de improvável, outro de invisível, cosidos todos a ponto precário, com a agulha da imaginação; e essa figura, - nada menos que a quimera da felicidade, - ou lhe fugia perpetuamente, ou deixava-se apanhar pela fralda, e o homem a cingia ao peito, e então ela ria, como um escárnio, e sumia-se, como uma ilusão.“

—  Machado de Assis, livro Memórias Póstumas de Brás Cubas

Memórias póstumas de Brás Cubas, Capítulo VII, Machado de Assis (1881)
Romances, Memórias Póstumas de Brás Cubas
Variante: Os séculos desfilavam num turbilhão, e, não obstante, porque os olhos do delírio são outros, eu via tudo o que passava diante de mim,— flagelos e delícias, — desde essa coisa que se chama glória até essa outra que se chama miséria, e via o amor multiplicando a miséria, e via a miséria agravando a debilidade. Aí vinham a cobiça que devora, a cólera que inflama, a inveja que baba, e a enxada e a pena, úmidas de suor, e a ambição, a fome, a vaidade, a melancolia, a riqueza, o amor, e todos agitavam o homem, como um chocalho, até destruí-lo, como um farrapo. Eram as formas várias de um mal, que ora mordia a víscera, ora mordia o pensamento, e passeava eternamente as suas vestes de arlequim, em derredor da espécie humana. A dor cedia alguma vez, mas cedia à indiferença, que era um sono sem sonhos, ou ao prazer, que era uma dor bastarda. Então o homem, flagelado e rebelde, corria diante da fatalidade das coisas, atrás de uma figura nebulosa e esquiva, feita de retalhos, um retalho de impalpável, outro de improvável, outro de invisível, cosidos todos a ponto precário, com a agulha da imaginação; e essa figura, — nada menos que a quimera da felicidade, — ou lhe fugia perpetuamente, ou deixava-se apanhar pela fralda, e o homem a cingia ao peito, e então ela ria, como um escárnio, e sumia-se, como uma ilusão.

Fabrício Carpinejar photo
Robert Darnton photo
Elon Musk photo
Sócrates photo
Clarice Lispector photo
Esta tradução está aguardando revisão. Está correcto?
George Orwell photo
Esta tradução está aguardando revisão. Está correcto?
George Orwell photo
George Orwell photo
George Orwell photo
George Orwell photo
George Orwell photo
George Orwell photo
George Orwell photo
George Orwell photo
George Orwell photo
Eurípedes photo
William Shakespeare photo
George Orwell photo

„Não me peçam para olhar pelo lado bom da vida.

Não há nada capaz
de deixar
um homem mais lúcido
do que ter que lutar
por sua sobrevivência.
E eu estou lutando,
caminhando por debaixo
do Sol quente
com os pés sobrecarregados
em busca de dinheiro
porque
a vida me pede isso
e não tem alternativa.
E não é só a mim,
mas a todos,
e eu caminho pelas
calçadas
e vejo ambulantes
vendendo pulseiras
e anéis,
vejo senhoras com suas
barraquinhas de salgados
e nem comento
sobre os pobres coitados
ignorados com seus
panfletos.
Não sei como pode existir
tanto apego
por isso,
por essa merda de vida,
por esse tempo
que apenas nos tira
as coisas
e nunca nos dá nada.
Vivemos a base de ilusões,
vivemos enganados,
e parece que a maioria
não percebe,
ou então
eu sou um doente,
com neurônios desalinhados
que me fazem ter esses
malditos pensamentos
tortos
e quanto mais
observo a vida e vejo essas
pessoas
com essa bandeija
de brigadeiros bem abaixo
do meu nariz
tudo me entristece
porquê é dor demais
por quase nada.
É um absurdo tudo o que
maioria de nós
precisa fazer para apenas
se manter
com o básico da vida.
Hoje uma menina
comprou
quatorze brigadeiros
e me parabenizou
por todo o meu esforço,
e eu me senti bem
e dois minutos depois
eu me senti horrível
porquê
isso é um terrível engano,
todo o meu esforço,
todo o nosso esforço,
as coisas não deveriam ser assim,
a nossa cultura é esmagada
dia após dia
por pensamentos medíocres
de esforço e superação
e o mundo inteiro
seguindo essa linha,
se esforçando
e se superando
e no fim de tudo
morrem
com a ideia de que
valeu a pena,
mas todos os dias
quando
abro meus olhos
e caminho até o espelho
do meu banheiro
eu me pergunto,
será que vale mesmo?
E eu caio
para dentro de mim mesmo
em pura
negatividade.“

—  Charlie Barkley

Millôr Fernandes photo

„Todo homem nasce original e morre plágio.“

—  Millôr Fernandes cartunista, humorista e dramaturgo brasileiro. 1923 - 2012

Rudyard Kipling photo
Che Guevara photo

„“Nunca deverás tratar a ti mesmo como um ser finalizado, concluso e terminado. Nossos pensamentos estão em constante alteração – nós estamos em constante contradição. Minhas ideias do dia anterior me parecem hoje, demasiado vagas, contraditórias, incompatíveis. Os pensamentos mudam e nós também, tudo é passageiro, tudo incorpora efemeridade e brevidade. A vida é uma viagem, nós somos a viagem. Não importa o caminho, todos eles seguem rumo a um mesmo fim – a morte! Não seria isso o suficiente para termos gratidão, tranquilidade e serenidade ao lidar com os baques da vida? A tristeza deve ser passageira, um caminho para alcançarmos sabedoria. Somos suficientemente capazes de viver intensamente a vida em sua totalidade, és uma experiência extraordinária, no entanto, cabe a nós enxergar a magnificência deste presente que nos fora dado.
Nada nos pertence, o presente é o instante em que acontece, o passado é o presente que não é mais, e o futuro é o presente que será. Se vives inteiramente no presente estarás sempre em paz. Deves viver sempre no presente, corpo e mente. Inúmeras vezes, o corpo permanece no presente, mas a mente à milhas de distância. Este é o nosso maior pecado contra a vida, meus irmãos!
Não permitas passar pela vida sem teres vivido, superado a ti mesmo e atingido a tranquilidade; e que não tenhas arrependimento de nenhum instante. Tenhas autenticidade, não permitas seres tutelado por ideologias, ideais e doutrinas; são uma ameaça a vida. Seja sutileza em meio ao caos, e vivas como um demasiado humano. Esta vida que vives é única e não viverás novamente."“

—  Maria Eduarda Eskildsen

Malcolm X photo

„Todo mundo na posição do Papai-Noel“

—  Silvio Luiz 1934

quando os jogadores estão na barreira…

Benjamin Disraeli photo
Marcelo Yuka photo

„Todo camburão tem um pouco de Navio Negreiro.“

—  Marcelo Yuka Músico brasileiro 1965 - 2019

título de música do álbum O Rappa (1994)

George Washington photo
Agostinho da Silva photo
Josemaría Escrivá de Balaguer photo
Paulo Autran photo
George Orwell photo
George Orwell photo
Clarice Lispector photo
Vincent Van Gogh photo
Esta tradução está aguardando revisão. Está correcto?
Anne Frank photo
Cícero photo
Mark Twain photo
Mark Twain photo
Mark Twain photo

„Não seria bom se todos nós pensássemos da mesma forma. É a diferença de opinião que promove as corridas de cavalo.“

—  Mark Twain escritor, humorista e inventor norte-americano 1835 - 1910

It were not best that we should all think alike; it is difference of opinion that makes horse races.
The Mark Twain omnibus: drawn from the works of Mark Twain [pseud.] - página 154, Mark Twain - Harper, 1935 - 441 páginas

Mark Twain photo

„A melhor maneira de animar-se é animar todo o mundo ao seu redor“

—  Mark Twain escritor, humorista e inventor norte-americano 1835 - 1910

Friedrich Nietzsche photo
Rajneesh photo
Miguel de Unamuno photo

„Quase todos os homens vivem inconscientemente no tédio. O tédio é o fundo da vida, foi o tédio que inventou os jogos, as distracções, os romances e o amor.“

—  Miguel de Unamuno, Mist

Niebla
Variante: O aborrecimento é o alicerce da vida, foi o aborrecimento que inventou os jogos, as distracções, os romances e o amor.

Emil Mihai Cioran photo
Franz Kafka photo
Benjamin Disraeli photo
Benjamin Disraeli photo

„Não me agrada aconselhar, porque, em todos os casos, trata-se de uma responsabilidade desnecessária.“

—  Benjamin Disraeli 1804 - 1881

Variante: Não me agrada aconselhar porque, em todos os casos, se trata de uma responsabilidade desnecessária.

Anne Frank photo
Charlie Chaplin photo

„Ei! Sorria… Mas não se esconda atrás desse sorriso…
Mostre aquilo que você é, sem medo.
Existem pessoas que sonham com o seu sorriso, assim como eu.
Viva! Tente! A vida não passa de uma tentativa.
Ei! Ame acima de tudo, ame a tudo e a todos.
Não feche os olhos para a sujeira do mundo, não ignore a fome!
Esqueça a bomba, mas antes, faça algo para combatê-la, mesmo que se sinta incapaz.
Procure o que há de bom em tudo e em todos.
Não faça dos defeitos uma distancia, e sim, uma aproximação.
Aceite! A vida, as pessoas, faça delas a sua razão de viver.
Entenda! Entenda as pessoas que pensam diferente de você, não as reprove.
Ei! Olhe… Olhe a sua volta, quantos amigos…
Você já tornou alguém feliz hoje?
Ou fez alguém sofrer com o seu egoísmo?
Ei! Não corra. Para que tanta pressa? Corra apenas para dentro de você.
Sonhe! Mas não prejudique ninguém e não transforme seu sonho em fuga.
Acredite! Espere! Sempre haverá uma saída, sempre brilhará uma estrela.
Chore! Lute! Faça aquilo que gosta, sinta o que há dentro de você.
Ei! Ouça… Escute o que as outras pessoas têm a dizer, é importante.
Suba… faça dos obstáculos degraus para aquilo que você acha supremo,
Mas não esqueça daqueles que não conseguem subir a escada da vida.
Ei! Descubra! Descubra aquilo que há de bom dentro de você.
Procure acima de tudo ser gente, eu também vou tentar.
Ei! Você… não vá embora.
Eu preciso dizer-lhe que… te adoro, simplesmente porque você existe.“

—  Charlie Chaplin Comediante, ator e cineasta britânico 1889 - 1977

Benjamin Disraeli photo

„Todos gostam do poder, mesmo quando não sabem o que fazer dele.“

—  Benjamin Disraeli 1804 - 1881

Variante: Todos amam o poder, mesmo que não saibam o que fazer com ele.

Joseph Campbell photo
Bertrand Russell photo
Joseph Beuys photo

„Todo mundo é um artista.“

—  Joseph Beuys professor académico alemão 1921 - 1986

Jeder Mensch ein Künstler
Jeder Mensch ein Künstler: Gespräche auf d. Documenta 5 1972‎, de Joseph Beuys - Editora Ullstein, 1975, ISBN 3548036511, 9783548036519 - 125 páginas

Auguste Rodin photo

„Somente o gênio tem a coragem de não tentar ser agradável a todos.“

—  Emanuel Wertheimer 1846 - 1916

Variante: Somente o gênio tem a coragem de não tentar ser agradável a toda a gente.

Ralph Waldo Emerson photo
Nélson Rodrigues photo

„O artista tem que ser gênio para alguns e imbecil para outros. Se puder ser imbecil para todos, melhor ainda.“

—  Nélson Rodrigues escritor e dramaturgo brasileiro 1912 - 1980

"Flor de obsessão as 1000 melhores frases de Nelson Rodrigues
Fonte: Coleção das obras de Nelson Rodrigues: as 1000 melhoares frases de Nelson Rodrigues" - página 18, de Nelson Rodrigues, Ruy Castro - Publicado por Companhia das Letras, 1992 - 183 páginas

Ayrton Senna photo

„Os ricos não podem mais viver numa ilha rodeada por um mar de pobreza. Nós respiramos, todos, o mesmo ar. Devemos dar a cada um, uma chance, ao menos uma chance fundamental.“

—  Ayrton Senna piloto brasileiro de Fórmula 1 1960 - 1994

citado em Revista Veja, edição 1440, 17 de abril de 1996, p. 113
Atribuídas

Sigmund Freud photo
Carl Gustav Jung photo

„Todos nós nascemos originais e morremos cópias.“

—  Carl Gustav Jung psiquiatra e psicoterapeuta suíço 1875 - 1961

Carl Gustav Jung photo
Carl Gustav Jung photo
Carlos Bernardo Gonzalez Pecotche photo