Frases de Pablo Neruda

Pablo Neruda photo
77   467

Pablo Neruda

Data de nascimento: 12. Julho 1904
Data de falecimento: 23. Setembro 1973
Outros nomes: पाब्लो नेरुदा

Publicidade

Pablo Neruda foi um poeta chileno, bem como um dos mais importantes poetas da língua castelhana do século XX e cônsul do Chile na Espanha e no México. Neruda recebeu o Nobel de Literatura em 1971.

Obras

Citações Pablo Neruda

Citát „Esqueçamos com generosidade aqueles que não nos podem amar.“
Publicidade

Help us translate English quotes

Discover interesting quotes and translate them.

Start translating

„Os animais foram
imperfeitos,
compridos de rabo, tristes
de cabeça.
Pouco a pouco foram se
compondo,
fazendo-se paisagem,
adquirindo manchas, graça, voo.
O gato
só gato
apareceu completo
e orgulhoso
nasceu completamente terminado,
caminha sozinho e sabe o que quer.

O homem quer ser peixe e pássaro,
a serpente queria ter asas,
o cachorro é um leão desorientado,
o engenheiro quer ser poeta,
a mosca estuda para ser andorinha,
o poeta tenta imitar a mosca,
mas o gato só quer ser gato
e todo gato é gato
do bigode até o rabo,
do pressentimento ao rato vivo,
da noite até seus olhos de ouro.

Não existe unidade
como ele,
nem têm a lua nem a flor
tal contextura:
é uma coisa só
como o sol ou o topázio,
e a elástica linhade seu contorno
firme e sutil é como
a linha da proa de uma nave.
Seus olhos amarelos
deixaram uma só
ranhura
para pôr as moedas da noite.

Ó pequeno imperador sem orbe,
conquistador sem pátria,
mínimo tigre de salão, nupcial
sultão do céu
das telhas eróticas,
o vento do amor
na intempérie
reclamas
quando passas
e pousas
quatro pés delicados
no solo,
farejando,
desconfiado
de tudo que é terrestre,
porque tudo
é imundo
para o imaculado pé do gato.

Ó fera independente
da casa, arrogante
vestígio da noite,
preguiçoso,
ginástico,
e alheio,
profundíssimo gato,
polícia secreta
das moradas,
talvez não sejas mistério,
todo mundo sabe-te e pertences
ao habitante menos misterioso,
talvez todos o creiam,
todos se creiam donos,
proprietários, tios
de gatos, companheiros,
colegas,
discípulos ou amigos
de seu gato.

Eu não.
Eu não concordo.
Eu não conheço o gato.
Tudo sei, a vida e seu arquipélago,
o mar e a cidade incalculável,
a botânica,
o gineceu com seus extravios,
o mais e o menos da matemática,
os funis vilcânicos do mundo,
a casca irreal do crocodilo,
a bondade ignorada do bombeiro, o atavismo azul do sacerdote,
mas não posso decifrar um gato.
Minha razão resvalou em sua indiferença,
seus olhos têm números de ouro.“

—  Pablo Neruda
Navegaciones y Regresos

„Amor, quantos caminhos até chegar a um beijo,
que solidão errante até tua companhia!“

—  Pablo Neruda
Amor, cuántos caminos hasta llegar a un beso, qué soledad errante hasta tu compañía! sonete "Mañana", em "Cien sonetos de amor" - Página 12, de Pablo Neruda - Publicado por Editorial Losada, 1960 - 124 páginas

„Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit. Etiam egestas wisi a erat. Morbi imperdiet, mauris ac auctor dictum.“

Aniversários de hoje
George Harrison photo
George Harrison18
Cantor, compositor, produtor musical e cinematográfico brit… 1943 - 2001
António Damásio photo
António Damásio16
médico neurologista e neurocientista português 1944
Caio Fernando Abreu photo
Caio Fernando Abreu439
escritor brasileiro 1948 - 1996
Mário de Andrade photo
Mário de Andrade21
1893 - 1945
Outros 50 aniversários hoje
Autores parecidos
Luis Fernando Verissimo photo
Luis Fernando Verissimo65
Escritor e cronista brasileiro
Lêdo Ivo photo
Lêdo Ivo10
Escritor brasileiro
H. P. Lovecraft photo
H. P. Lovecraft7
escritor americano
Lídia Jorge photo
Lídia Jorge2
escritora portuguesa