Citações de morte


Nicolau Maquiavel foto
Nicolau Maquiavel 118
1469 – 1527
„Os homens esquecem a morte do pai antes que a perda do património.“

Nicolau Maquiavel foto
Nicolau Maquiavel 118
1469 – 1527
„Os homens esquecem mais rapidamente a morte do pai do que a perda do património.“


Nicolau Maquiavel foto
Nicolau Maquiavel 118
1469 – 1527
„O homem esquece mais facilmente a morte do pai do que a perda do patrimônio.“

Enéas Carneiro foto
Enéas Carneiro 17
1938 – 2007
„Já me chamaram até de Mussolini. Não me incomodo, apenas me divirto. Não conheço Le Pen, não gosto destas atitudes de agressão ao ser humano e sou contra a pena de morte. Não gosto dos neonazistas, isto é barbarismo. Eu gosto de ordem, de disciplina, de respeito aos valores tradicionais, de respeito à família, à propriedade, ao Estado e à Igreja. Sou contrário à discriminação das drogas. Estas comparações me fazem rir. Elas são feitas por ignorância profunda ou por má-fé explícita. Não quero que me amem ou me odeiem. Quero que saibam exatamente o que eu penso. Na televisão, eu desmoralizo todo mundo. Em um minuto ou meio segundo, eu sacudo a população quando falo. Reduzo meus adversários a pó.“

 Pitágoras foto
Pitágoras 72
-585 – -500 a.C.
„Enquanto o homem continuar a ser o destruidor dos seres animados dos planos inferiores, não conhecerá a saúde nem a paz. Enquanto os homens massacrarem os animais, eles se matarão uns aos outros. Aquele que semeia a morte e o sofrimento não pode colher a alegria e o amor.“

Napoleão Bonaparte foto
Napoleão Bonaparte 195
1769 – 1821
„É a causa, e não a morte, que faz um mártir.“

Amália Rodrigues foto
Amália Rodrigues 12
1920 – 1999
„Não tenho medo da morte, porque tenho fé e, sobretudo, lucidez. Sou frágil nas pequenas coisas, mas forte nas grandes.“

Kurt Cobain foto
Kurt Cobain 95
1967 – 1994
„A única coisa que me reconcilia com o mundo é dormir. Adoro dormir, considero-o um dos poucos prazeres da vida. Ás vezes adormeço enquanto como ou se me encontro numa situação aborrecida, o que me acontece frequentemente... Preferia viver num eterno estado de letargia... Sinto há muitos anos que não tenho mais nada para dizer e as conversas de chacha aborrecem-me de morte, é muito melhor dormir e acordar só quando vale realmente a pena.“


Sathya Sai Baba foto
Sathya Sai Baba 9
1926 – 2011
„Tudo na vida humana não se resume em comida, bebida, sono, morte. Há objetivos mais altos que temos que alcançar em vida. Antes da morte do corpo, temos que cumprir o propósito verdadeiro para o qual viemos a este planeta. Deveríamos resgatar nossa vida nos engajando no serviço aos outros.
Você não é o corpo. O corpo é só o instrumento e o meio para alcançarmos algo mais alto e nobre... Tendo nascido como seres humanos devemos dedicar as nossas vidas ao serviço e à contemplação constante de Deus.
Eu estou preparado para fazer qualquer coisa para servir a humanidade. Eu estou preparado até mesmo para sacrificar a Minha Vida. Semelhantemente você também deve estar sempre pronto para servir os outros... Sempre que seus serviços sejam solicitados você deve responder imediatamente: eu estou pronto; eu estou pronto; eu estou pronto. Desenvolva essa coragem e confiança e escolha um ideal para o mundo.
Utilize todas as pequenas oportunidades para servir o país e a sociedade. Até mesmo uma pequena ajuda a uma mulher idosa desconhecida que cruza seu caminho é serviço. Não pense nunca: 'O que ganho ajudando esta mulher?'. Há grande mérito mesmo neste pequeno serviço. Então, continue servindo. Não há mérito maior que servir os seus irmãos, os seres humanos. Não há redenção sem serviço.“

Yamamoto Tsunetomo foto
Yamamoto Tsunetomo 71
1659 – 1719
„O Caminho do Samurai é encontrado na morte. Entre ela ou qualquer outra coisa, não há dúvida: a escolha deve ser a morte.“

„É o vazio e o abismo que estão permanentemente sob seus pés, num vórtice tempestuoso que pode engoli-los a qualquer momento. Pois a morte o espreita com sua face tenebrosa e hedionda em todos os instantes.“

Aleister Crowley foto
Aleister Crowley 12
1875 – 1947
„Estive na luta da morte comigo mesmo: Deus e Satan lutaram por minha alma durante três longas horas. Deus venceu - agora me resta apenas uma dúvida - qual deles era Deus?“


Graciliano Ramos 25
1892 – 1953
„Se a única coisa que de o homem terá certeza é a morte; a única certeza do brasileiro é o carnaval no próximo ano.“

 Buda foto
Buda 96
-566 – -483 a.C.
„Não tenham medo em seus corações de coisas como elefantes selvagens. Porém, o que devem temer são as más companhias! Um elefante selvagem destrói apenas o corpo da pessoa; ele não pode destruir seu coração. No entanto, a má companhia destrói ambos. Se você for morto por um elefante selvagem, não cairá em nenhum dos três maus caminhos (inferno, fome e animalidade). Mas se as más companhias o levarem a morte, você certamente cairá em um dos três!“

„(...) Vamos rir, chorar e aprender. Aprender especialmente como casar Céu e Terra, vale dizer, como combinar o cotidiano com o surpreendente, a imanência opaca dos dias com a transcendência radiosa do espírito, a vida na plena liberdade com a morte simbolizada como um unir-se com os ancestrais, a felicidade discreta nesse mundo com a grande promessa na eternidade. E, ao final, teremos descoberto mil razões para viver mais e melhor, todos juntos, como uma grande família, na mesma Aldeia Comum, generosa e bela, o planeta Terra.“

„Eu cresceria convencido de que aquela lenta procissão de pós-guerra, um mundo de quietude, de miséria e de rancores escondidos, era tão natural quanto a água da torneira, e que aquela tristeza muda que sangrava das paredes da cidade ferida era o verdadeiro rosto de sua alma. Uma das armadilhas da infância é que não é preciso se entender uma coisa para sentir. Quando a razão é capaz de entender o ocorrido, as feridas no coração já são profundas demais. (...) No meu mundo, a morte era uma mão anônima e incompreensível, um vendedor a domicílio que levava mães, mendigos ou vizinhos nonagenários como se fosse uma loteria do inferno. A idéia de que a morte pudesse caminhar ao meu lado, com rosto humano e coração envenenado de ódio, vestida de uniforme ou capa de chuva, que fizesse fila no cinema, que risse nos bares ou levasse as crianças para passear no parque Ciudadela de manhã, e que de tarde fizesse desaparecer alguém nas masmorras do castelo de Montjuic ou numa fossa sem nome nem cerimonial, não entrava na minha cabeça. Ruminando o assunto, pensei que talvez aquele universo artificial que eu considerava bom não fosse senão uma cena armada. Naqueles anos roubados, o fim da infância, como a Renfe, chegava quando chegava.“

Tópicos relacionados