„Diálogo entre o Padre e o Filósofo - Uma Dialética Niilista

Sentado nas beiradas sujas do décimo terceiro andar de um prédio abandonado, estava um filósofo decidido em acabar com a sua vida

Abel um de seus amigos mais religiosos, considerou a hipótese de que seria uma grande ideia enviar um padre para conversar com ele, afim de convence-lo de que a vida segundo Abel

‘’ Era um presente de deus’’ e deveria ser vivida, e que o suicídio era uma péssima escolha.

O Bravo e corajoso padre então foi chamado, e com sua bíblia nas mãos subiu até o décimo terceiro andar deste prédio. Sentou-se então ao lado do filósofo, enquanto ambos eram observados por uma multidão de pessoas preocupadas.

O Filósofo parecia tranquilo, a vida já não existia em seu olhar e ele observava atentamente o horizonte ignorando completamente aquele estranho porem caricato padre sentado ao seu lado.

O Padre tranquilo segurava a sua bíblia como se estivesse segurando as próprias mãos de cristo, a coragem e a determinação de salvar aquele jovem filosofo do suicídio era a sua missão, e sem hesitar perguntou

- Oh meu filho por que renunciais a vida? tão belas que és, tão lindas que és, dada a nós por deus, e paga com o sangue de cristo que morreu por nós para que você não precise morrer hoje.

O Filósofo escutando as palavras do padre, observava atentamente o horizonte, e sem responder permanecia em silencio, o padre por sua vez continuava o discurso.

- Meu filho, observe a beleza do mundo essas montanhas ao fundo, esses prédios cheios de vida, se não fosse a vida o que seriamos de nós? A vida é tudo que temos, nosso único tesouro, nosso maior presente.

O Padre ainda determinado abre a sua bíblia em uma parte que já estava marcada e começa a ler

- Amados, amemo-nos uns aos outros; porque o amor é de Deus; e qualquer que ama é nascido de Deus e conhece a Deus. 1 João 4:7

E no momento em que o filósofo escuta as palavras bíblicas, ele sorri e pela primeira vez olha para o padre, ainda com os olhos sem vida já morto por dentro, mas com um sorriso sincero perguntou ao padre

- Por que vives padre?

O Padre sem pestanejar, de supetão logo respondeu

- Eu vivo por cristo, e cristo vive em mim, eu vivo pela igreja e pelo amor que eu tenho a aqueles que seguem a jesus. Eu vivo, porque a vida é bela, porque amo aqueles próximos a mim, amo a minha família e a minha igreja.

O Filósofo sorrindo, pergunta novamente ao padre mas desta vez com um tom um pouco mais sério

- Por que vives padre?

O Padre sem entender, pois já havia respondido a pergunta gagueja levemente e responde

- E.. eu, eu.. vi.. vivo por cristo, vivo por aqueles que amo, e pela igreja! O Suicídio é um pecado sem retorno e a vida é o presente mais belo que deus poderia nos dar. Ele enviou seu próprio filho para se sacrificar por nós, em pró de nossas vidas pecaminosas.

O Filósofo vira o seu rosto para frente, observando o horizonte respira tranquilamente e pergunta outra vez com uma tonalidade calma em sua voz

- Por que vives padre?

O Padre já sem resposta, demora a alguns segundos para pensar em uma, segura sua bíblia com toda sua força suando frio com a outra mão agarra com ainda mais forças a beirada do prédio, descontrolado o padre grita

- O CRISTÃO VIVE PELA Fé!! E Eu tenho fé em cristo, fé na vida, fé de que ambos sairemos deste prédio de mãos dadas!

Com os braços cruzados, o Filósofo olha para baixo, e sorri para o abismo, e o abismo sorri de volta. Sorrindo então ele olha para o padre e novamente pergunta de maneira serena e calma

- Por que você vive padre?

O Padre sem reação olha para baixo, e o abismo sorri para ele e ele pula para o abismo.“

Editado por Gerson De Rodrigues. Última atualização 3 de Junho de 2020. História

Citações relacionadas

Francesco Petrarca photo
Mário Quintana photo

„Se Eu Fosse Um Padre“

—  Mário Quintana Escritor brasileiro 1906 - 1994

Papa Bento XVI photo
Ariano Suassuna photo
Papa Bento XVI photo
Mário Quintana photo
Nélson Rodrigues photo
Victor Hugo photo

„Nem homem, nem mulher: Padre.“

—  Victor Hugo poeta, romancista e dramaturgo francês 1802 - 1885

Mess Lethierry

Frank Zappa photo
Gabriel García Márquez photo
Virginia Woolf photo

„Há quem procure o padre, outros refugiam-se na poesia, eu procuro os meus amigos.“

—  Virginia Woolf escritora inglesa 1882 - 1941

Variante: Algumas pessoas procuram os padres; outras a poesia; eu os meus amigos.

João Gordo photo

„Nossa seu padre! O senhor tem um orelhão! Parece o Spock.“

—  João Gordo músico brasileiro 1964

JG
Entrevista com Padre Marcelo Rossi

Jorge Amado photo
Vergílio Ferreira photo
João Gordo photo

„O padre é gente fina. Emana boas intenções.“

—  João Gordo músico brasileiro 1964

JG
Entrevista com Padre Marcelo Rossi

Bernard Cornwell photo
Martin Scorsese photo

„Eu apenas queria ser um excelente padre ordinário“

—  Martin Scorsese Cineasta italo-americano 1942

Quando ele era criança, ele realmente queria ser padre

Friedrich Nietzsche photo
Ricardo Araújo Pereira photo

Tópicos relacionados