Frases sobre vivo

Uma coleção de frases e citações sobre o tema da vivo.

Tópicos relacionados

Total 544 citações, filtro:


Cazuza photo
Cazuza photo
Michail Bakunin photo
Bob Marley photo

„Para que levar a vida tão a sério, se a vida é uma alucinante aventura da qual jamais sairemos vivos.“

—  Bob Marley foi um cantor, guitarrista (raggae) e compositor jamaicano famoso por popularizar o gênero 1945 - 1981

Variante: Para que levar a vida tão a sério se ela é uma incansável batalha da qual jamais sairemos vivos?

Gerson De Rodrigues photo

„Poema - Esquizofrenias & Metáforas

Se as estrelas fossem
capazes de escrever poesias
escreveriam sobre a morte do universo
não há nada mais poético
do que a arte de morrer

Se os deuses descessem dos céus
e me oferecessem uma nova vida
eu a aceitaria!
só pelo prazer de me enforcar
nos cordões umbilicais
e apodrecer nas entranhas
da minha própria mãe

Achas que eu sou louco?
me consideras insano?

Não tentem compreender os meus poemas
se não consegues ouvir as vozes em sua mente

Os Filósofos e os Poetas
são como os Deuses e os Diabos
eles podem elevar os homens aos céus,
ou submetê-los a vermes insignificantes

Sinto o vírus da vida corroer as minhas entranhas
desde as auroras do meu nascimento

Eu sou um homem falho
um anjo caído que não foi capaz amar

Fazem dias que eu não consigo dormir
nos devaneios da minha mente insana
mato-me todas as noites
para suportar a dor

A Filosofia e a insônia
são como a noite e as estrelas
lábios que nos beijam e nos levam a loucura

É Por isso que as mentes mais insanas
compartilham com a noite
o desejo da morte que apenas as estrelas podem compreender

Em uma destas noites frias
uma sinfonia terrível rasgou os céus
anjos e demônios caíram sem as suas asas
crianças choravam e gritavam

- Deus! Deus!
gritavam os fiéis

Aquela silenciosa e melancólica noite
havia se tornado um terrível pesadelo

A Morte e o Diabo
invadiram o meu quarto com o seu cavalo de fogo
beijaram-se sobre a minha cama
enquanto gargalhavam sobre as minhas descrenças

Acreditei fielmente que a morte iria
me poupar deste inferno
lancei-me aos seus pés de joelhos

Gritando como um homem louco!

- Joguem-me em uma vala qualquer!
me enterrem vivo!
mesmo que eu grite por misericórdia
ou arranque as minhas próprias tripas em desespero
matem-me sem nenhum perdão

Ela sorriu de tal maneira
e com uma voz cruel gritou em meus ouvidos

- Se queres morrer
Viva intensamente!

Viva até que os vermes tenham pena da sua carcaça
viva até que os deuses desçam dos céus em suas carruagens
e implorem a ti pelo suicídio final“

—  Gerson De Rodrigues poeta, escritor e anarquista Brasileiro 1995

Fonte: Niilismo Poesia Fernando Pessoa

Mia Couto photo
Mia Couto photo
Buda photo
Pablo Neruda photo

Help us translate English quotes

Discover interesting quotes and translate them.

Start translating
Pablo Neruda photo

„Os animais foram
imperfeitos,
compridos de rabo, tristes
de cabeça.
Pouco a pouco foram se
compondo,
fazendo-se paisagem,
adquirindo manchas, graça, voo.
O gato
só gato
apareceu completo
e orgulhoso
nasceu completamente terminado,
caminha sozinho e sabe o que quer.

O homem quer ser peixe e pássaro,
a serpente queria ter asas,
o cachorro é um leão desorientado,
o engenheiro quer ser poeta,
a mosca estuda para ser andorinha,
o poeta tenta imitar a mosca,
mas o gato só quer ser gato
e todo gato é gato
do bigode até o rabo,
do pressentimento ao rato vivo,
da noite até seus olhos de ouro.

Não existe unidade
como ele,
nem têm a lua nem a flor
tal contextura:
é uma coisa só
como o sol ou o topázio,
e a elástica linhade seu contorno
firme e sutil é como
a linha da proa de uma nave.
Seus olhos amarelos
deixaram uma só
ranhura
para pôr as moedas da noite.

Ó pequeno imperador sem orbe,
conquistador sem pátria,
mínimo tigre de salão, nupcial
sultão do céu
das telhas eróticas,
o vento do amor
na intempérie
reclamas
quando passas
e pousas
quatro pés delicados
no solo,
farejando,
desconfiado
de tudo que é terrestre,
porque tudo
é imundo
para o imaculado pé do gato.

Ó fera independente
da casa, arrogante
vestígio da noite,
preguiçoso,
ginástico,
e alheio,
profundíssimo gato,
polícia secreta
das moradas,
talvez não sejas mistério,
todo mundo sabe-te e pertences
ao habitante menos misterioso,
talvez todos o creiam,
todos se creiam donos,
proprietários, tios
de gatos, companheiros,
colegas,
discípulos ou amigos
de seu gato.

Eu não.
Eu não concordo.
Eu não conheço o gato.
Tudo sei, a vida e seu arquipélago,
o mar e a cidade incalculável,
a botânica,
o gineceu com seus extravios,
o mais e o menos da matemática,
os funis vilcânicos do mundo,
a casca irreal do crocodilo,
a bondade ignorada do bombeiro, o atavismo azul do sacerdote,
mas não posso decifrar um gato.
Minha razão resvalou em sua indiferença,
seus olhos têm números de ouro.“

—  Pablo Neruda Escritor 1904 - 1973

Navegaciones y Regresos

Esta tradução está aguardando revisão. Está correcto?
Merce Cunningham photo

„Esponjas pequenas

Você deve ensiná-los a seus filhos. . . quando você se deita e quando você se levanta. - Deuteronômio 11:19

A maioria das esponjas domésticas que usamos hoje são sintéticas, mas muitas pessoas ficam surpresas ao saber que esponjas reais já foram animais marinhos vivos. Quando uma esponja viva é removida do mar e sua matéria viva é limpa, ela se torna útil para propósitos domésticos. O esqueleto que permanece, com sua estrutura de células abertas, pode absorver e absorver líquidos.

As crianças são como esponjas. Eles absorvem atitudes e idéias com as quais entram em contato. Devemos ter muito cuidado, portanto, sobre o que é permitido preencher suas mentes.

Quais são seus filhos absorvendo em sua casa? O que eles estão recebendo da televisão e das revistas? Enquanto escutam suas conversas, que tipo de palavras e atitudes estão sendo tomadas? Você está dando um bom exemplo de amor ao Senhor e preocupação com os outros? Existe uma ênfase espiritual calorosa em sua casa? Você está fazendo o que pode para encher seus corações com a Palavra de Deus?

Quando as crianças se tornarem adultas, elas darão o que receberam durante seus anos formativos e impressionáveis. Vamos nos certificar de que essas pequenas “esponjas” em nossas casas absorvam o que é puro, saudável e edificante.

Nossos filhos precisam de um lar onde o amor
ofereça segurança,
Onde o que ensinamos não é confuso
Pelo que eles ouvem e vêem. —Sesper

Os valores que as crianças absorvem agora certamente fluirão mais tarde. Richard DeHaan“

—  ministério_pão_diário

Keanu Reeves photo
Fernando Pessoa photo

„Vivo sempre no presente. O futuro, não o conheço. O passado, já o não tenho.“

—  Fernando Pessoa poeta português 1888 - 1935

"Autobiografia sem Factos". (Assírio & Alvim, Lisboa, 2006, p. 118)
Autobiografia sem Factos

Ray Bradbury photo
Bob Marley photo

„A Vida é Uma Grande Lucidez Da Qual Jamais Sairemos Vivos!“

—  Bob Marley foi um cantor, guitarrista (raggae) e compositor jamaicano famoso por popularizar o gênero 1945 - 1981

Freddie Mercury photo
Gerson De Rodrigues photo

„Um dos meus passatempos na vida, é sentar em um banco de uma praça qualquer aonde passam bastante pessoas, gosto de sentar e observar os seres humanos. É Sempre possível observar o ‘’ Homem bem sucedido’’ de terno e gravata transitando com seu sorriso no rosto, a senhora com a bíblia na mão com esperança e amor nos olhos, a criança inocente que de nada sabe sobre a vida cuja sua preocupação é alimentar os pombos.

Cada humano que observo percebo algo incomum, nenhum deles se preocupa com o que eu me preocupo, não consigo passar nem mesmo algumas horas sem refletir em o quão inútil nós somos perante o universo, ou como irei me portar no enterro da minha mãe – ou como meu filho irá se sentir diante da minha morte.

A Habilidade que os seres humanos possuem em trabalhar como formigas, e sorrir como palhaços me parece um tanto quanto vantajosa a ignorância permite ao homem existir – pensem bem o que seria da humanidade se todos fossemos Niilistas?

Sentado naquele banco observando os humanos que transitam sem parar, sinto-me como alguém que saiu da caverna de platão, e não consegue explicar aos outros a realidade fora dela.

O Quão cruel eu seria? Como posso eu querer tirar do homem feliz a ignorância? Como posso eu tirar do homem a caverna que o protege da realidade.

Então vivo sozinho fora da caverna observando aqueles que ainda vivem nela, lamento-me por aqueles prisioneiros que morrerão sem saber que em suas pernas haviam correntes….“

—  Gerson De Rodrigues poeta, escritor e anarquista Brasileiro 1995

Clarice Lispector photo