Frases sobre a luz

Uma coleção de frases e citações sobre o tema da leve.

Tópicos relacionados

Total 223 citações leve, filtro:


Herman Melville photo
Cora Coralina photo
Nicolau Maquiavel photo
Lygia Fagundes Telles photo
Søren Kierkegaard photo

„Tempo

Carro, pra que tantas
Velocidades
Se os dias voam?
Se as sensações
Forem gostosas!
Me leve contigo.“

—  Valter Bitencourt Júnior

Fonte: Toque de Acalanto: Poesias, Valter Bitencourt Júnior, Amazon/Clube de Autores, 2017, pág. 49, ISBN: 9781549710971.

Gerson De Rodrigues photo

„Poema - Os Pássaros na minha janela

Em meu peito vive uma angustia
que transborda pelos meus olhos

Respiro ofegante
sentindo um aperto em meu coração

O desespero toma conta do meu corpo
com as mãos tremendo
entro no banheiro aos prantos

Sem pensar nas consequências
eu me enforco no chuveiro

O meu corpo se debate em agonia
as minhas mãos tremulas tentam
se agarrar nos azulejos

O chuveiro estoura
sou arremessado ao chão de joelhos
e as minhas lágrimas fundem-se com a água

Chorando sem saber o que fazer
eu deito na cama abraçado a solidão

Passaram-se três dias
e eu ainda não me levantei

Vejo o meu corpo
definhar-se com a fome
os meus ossos secarem com a tristeza

As baratas no meu quarto
são as únicas testemunhas
do meu fim decadente

Lá fora há um pássaro
que canta em harmonia
eu poderia morrer agora
e seus sussurros me fariam sorrir

Com o corpo fraco
sentindo todo o peso do mundo
nas minhas costas

Em passos leves
eu tento caminhar até a janela

Ao abri-la
me deparo com um mundo
sombrio e repleto de dor

Sou arremessado de joelhos
nas chamas escaldantes
do meu próprio inferno

Caminhando descalço
em meio as chamas

Eu me vejo enforcado
gritando o meu próprio nome

Cristo se arrasta
ao meu lado de joelhos
enquanto a minha alma chicoteia
as suas costas
só para vê-lo sangrar

Ao fundo
eu vejo a morte
dilacerando almas confusas
com um sorriso em seu rosto

Um diabo terrível
se esgueira sobre os meus pés

E em seus olhos
eu vejo a figura de um homem triste

Deitado na cama
definhando-se com a fome
enquanto as suas angustias
corroem os seus sonhos
e o mata aos poucos

Aquela criatura decadente
definhando-se em seu próprio abismo
era tudo que eu fui
e tudo que eu sou

Aqueles eram os meus sentimentos
minhas dores
e minhas angustias

Os ratos se alimentavam
dos meus restos podres
e as baratas faziam ninhos nas minhas entranhas

Tal como cristo que sorriu
pela ultima vez
quando foi abandonado pelo seu próprio pai

Ou como as estrelas órfãs
a vagar na escuridão

Somente morto eu poderia sorrir
para os pássaros na minha janela…

- Gerson De Rodrigues“

—  Gerson De Rodrigues poeta, escritor e anarquista Brasileiro 1995

Morte Niilismo Nietzsche Suicídio Vida

John Joseph Murphy photo
Arthur Schopenhauer photo

„Em verdade, a manhã é a juventude do dia. Nela, tudo é jovial, fresco e leve, sentimo-nos fortes e temos todas as nossas capacidades à inteira disposição. (…) Por outro lado, a noite é a velhice do dia: à noite ficamos abatidos, faladores e levianos. Todo dia é uma pequena vida: o acordar é o nascimento, concluído pelo sono como morte.“

—  Arthur Schopenhauer filósofo alemão 1788 - 1860

Tradução de Jair Barbosa; Página 185 (Cap. 5, § 13)
Tradução de André Díspore Cancian; Página 66 (Cap. 5, § 13)
Aforismos para a sabedoria de vida
Variante: "A manhã é a juventude do dia; tudo é luminoso, fresco e fácil; sentimo-nos vigorosos e dispomos de todas as nossas faculdades. (...) Em contrapartida, a tarde é a velhice do dia; estamos abatidos, falantes e atordoados. Cada dia é uma vida em miniatura, onde todo despertar é um pequeno nascimento, cada manhã fresca é uma pequena juventude e cada adormecer na noite é uma pequena morte."

Julia Quinn photo

Help us translate English quotes

Discover interesting quotes and translate them.

Start translating
Gerson De Rodrigues photo

„Diálogo entre o Padre e o Filósofo - Uma Dialética Niilista

Sentado nas beiradas sujas do décimo terceiro andar de um prédio abandonado, estava um filósofo decidido em acabar com a sua vida

Abel um de seus amigos mais religiosos, considerou a hipótese de que seria uma grande ideia enviar um padre para conversar com ele, afim de convence-lo de que a vida segundo Abel

‘’ Era um presente de deus’’ e deveria ser vivida, e que o suicídio era uma péssima escolha.

O Bravo e corajoso padre então foi chamado, e com sua bíblia nas mãos subiu até o décimo terceiro andar deste prédio. Sentou-se então ao lado do filósofo, enquanto ambos eram observados por uma multidão de pessoas preocupadas.

O Filósofo parecia tranquilo, a vida já não existia em seu olhar e ele observava atentamente o horizonte ignorando completamente aquele estranho porem caricato padre sentado ao seu lado.

O Padre tranquilo segurava a sua bíblia como se estivesse segurando as próprias mãos de cristo, a coragem e a determinação de salvar aquele jovem filosofo do suicídio era a sua missão, e sem hesitar perguntou

- Oh meu filho por que renunciais a vida? tão belas que és, tão lindas que és, dada a nós por deus, e paga com o sangue de cristo que morreu por nós para que você não precise morrer hoje.

O Filósofo escutando as palavras do padre, observava atentamente o horizonte, e sem responder permanecia em silencio, o padre por sua vez continuava o discurso.

- Meu filho, observe a beleza do mundo essas montanhas ao fundo, esses prédios cheios de vida, se não fosse a vida o que seriamos de nós? A vida é tudo que temos, nosso único tesouro, nosso maior presente.

O Padre ainda determinado abre a sua bíblia em uma parte que já estava marcada e começa a ler

- Amados, amemo-nos uns aos outros; porque o amor é de Deus; e qualquer que ama é nascido de Deus e conhece a Deus. 1 João 4:7

E no momento em que o filósofo escuta as palavras bíblicas, ele sorri e pela primeira vez olha para o padre, ainda com os olhos sem vida já morto por dentro, mas com um sorriso sincero perguntou ao padre

- Por que vives padre?

O Padre sem pestanejar, de supetão logo respondeu

- Eu vivo por cristo, e cristo vive em mim, eu vivo pela igreja e pelo amor que eu tenho a aqueles que seguem a jesus. Eu vivo, porque a vida é bela, porque amo aqueles próximos a mim, amo a minha família e a minha igreja.

O Filósofo sorrindo, pergunta novamente ao padre mas desta vez com um tom um pouco mais sério

- Por que vives padre?

O Padre sem entender, pois já havia respondido a pergunta gagueja levemente e responde

- E.. eu, eu.. vi.. vivo por cristo, vivo por aqueles que amo, e pela igreja! O Suicídio é um pecado sem retorno e a vida é o presente mais belo que deus poderia nos dar. Ele enviou seu próprio filho para se sacrificar por nós, em pró de nossas vidas pecaminosas.

O Filósofo vira o seu rosto para frente, observando o horizonte respira tranquilamente e pergunta outra vez com uma tonalidade calma em sua voz

- Por que vives padre?

O Padre já sem resposta, demora a alguns segundos para pensar em uma, segura sua bíblia com toda sua força suando frio com a outra mão agarra com ainda mais forças a beirada do prédio, descontrolado o padre grita

- O CRISTÃO VIVE PELA Fé!! E Eu tenho fé em cristo, fé na vida, fé de que ambos sairemos deste prédio de mãos dadas!

Com os braços cruzados, o Filósofo olha para baixo, e sorri para o abismo, e o abismo sorri de volta. Sorrindo então ele olha para o padre e novamente pergunta de maneira serena e calma

- Por que você vive padre?

O Padre sem reação olha para baixo, e o abismo sorri para ele e ele pula para o abismo.“

—  Gerson De Rodrigues poeta, escritor e anarquista Brasileiro 1995

Hugo Von Hofmannsthal photo
Mário Quintana photo

„Feito à mão por Deus

Nossa aflição leve. . . está trabalhando para nós um peso muito maior e eterno de glória. -
Escritura de hoje :
2 Coríntios 4: 8-18

O piano Steinway foi preferido por teclados como Rachmaninoff, Horowitz, Cliburn e Liszt - e por um bom motivo. É um instrumento habilmente trabalhado que produz som fenomenal.

Os pianos Steinway são construídos hoje da mesma forma que há 140 anos, quando Henry Steinway começou seu negócio. Duzentos artesãos e 12.000 peças são necessários para produzir um desses magníficos instrumentos. O mais crucial é o processo de dobrar o aro, onde 18 camadas de bordo são dobradas em torno de uma prensa de ferro para criar a forma de um Steinway grand. Cinco camadas de verniz são aplicadas e esfregadas à mão para dar ao piano seu brilho externo. O instrumento então vai para a sala de Pounder, onde cada chave é testada 10.000 vezes para garantir a qualidade e durabilidade.

Seguidores de Jesus Cristo também estão sendo "feitos à mão". Somos pressionados, formados e moldados para nos tornar mais semelhantes a Ele. Somos polidos, às vezes no aflição, até que “brilhemos”. Somos testados no laboratório da experiência humana cotidiana. O processo nem sempre é agradável, mas podemos perseverar com esperança, sabendo que nossas vidas refletirão cada vez mais a beleza da santidade para o eterno louvor de Deus.

Refletir e Orar
Pense nisso
É Deus se curvando, moldando ou me polindo agora mesmo? Qual é a minha atitude: estou agradecendo e louvando a Deus, ou estou reclamando do processo?

Os julgamentos não pretendem nos provocar, mas nos provar. David C. Egner“

—  ministério_pão_diário

„Deixe o mundo inteiro ouvir!

Vá a todo o mundo e pregue o evangelho a toda criatura. - Escritura de hoje : Atos 1: 1-8

Fritz Kreisler (1875-1962), o violinista mundialmente famoso, ganhou uma fortuna com seus shows e composições, mas generosamente deu a maior parte dele. Então, quando ele descobriu um violino requintado em uma de suas viagens, ele não foi capaz de comprá-lo.

Mais tarde, tendo levantado dinheiro suficiente para atender ao preço pedido, ele retornou ao vendedor, na esperança de comprar aquele belo instrumento. Mas, para sua grande consternação, fora vendido a um colecionador. Kreisler foi até a casa do novo dono e se ofereceu para comprar o violino. O colecionador disse que se tornou seu bem mais valioso e ele não o venderia. Muito decepcionado, Kreisler estava prestes a sair quando teve uma ideia. “Eu poderia tocar o instrumento mais uma vez antes que ele seja consignado ao silêncio?” Ele perguntou. A permissão foi concedida, e o grande virtuoso encheu a sala com uma música tão comovente que as emoções do colecionador foram profundamente agitadas. "Eu não tenho o direito de manter isso para mim", ele exclamou. “É seu, Sr. Kreisler. Leve isso para o mundo e deixe as pessoas ouvirem isso ”.

Para os pecadores salvos pela graça, o evangelho é como as harmonias arrebatadoras do céu. Não temos o direito de guardar para nós mesmos. Jesus nos diz para levá-lo ao mundo e deixá-lo ser ouvido.

Refletir e Orar
Alguém te contou sobre Cristo. Você contou a alguém ultimamente? Vernon Grounds“

—  ministério_pão_diário

Homero photo
Mia Couto photo
Ellen G. White photo

„Sejam quais forem seus deveres e perplexidades, leve o pai para o seu lar a mesma fisionomia sorridente e o mesmo tom de voz com que durante todo o dia saudou a visitas e estranhos.“

—  Ellen G. White Escritora norte-americana e líder da Igreja Adventista do Sétimo Dia 1827 - 1915

Whatever may be his calling and its perplexities, let the father take into his home the same smiling countenance and pleasant tones with which he has all day greeted visitors and strangers.
Fundamentals of Christian Education - Página 159 http://books.google.com.br/books?id=IZpUrlUIOEkC&pg=PA159, Ellen Gould Harmon White - Review and Herald Pub Assoc, 1977, ISBN 0828011877, 9780828011877

John Stuart Mill photo