Citações de cães

Uma coleção de frases e citações sobre o tema da cavalo, gato, animal, cães.

Melhores citações de cães

Ambrose Bierce photo

„Citação: ato de repetir de modo errado as palavras alheias.“

—  Ambrose Bierce 1842 - 1914

Variante: Citação: ato de repetir de maneira errada as palavras alheias.

Jean Cocteau photo
Dorothy L. Sayers photo
Francis Bacon photo

„O conhecimento é em si mesmo um poder.“
Nam et ipsa scientia potestas est.

—  Francis Bacon página de desambiguação da Wikimedia 1561 - 1626

Nam et ipsa scientia potestas est.
"Meditationes Sacræ" (1597), "De Hæresibus"

Emily Dickinson photo
Esta tradução está aguardando revisão. Está correcto?
Hayao Miyazaki photo
Friedrich Nietzsche photo

„É preciso ter um caos dentro de si para dar à luz uma estrela cintilante.“

—  Friedrich Nietzsche filósofo alemão do século XIX 1844 - 1900

Assim falou Zaratustra
Variante: Eu vo-lo digo: é preciso ter um caos dentro de si para dar à luz uma estrela cintilante.

Marilyn Monroe photo

„Ame ao próximo como ama a ti mesmo.“

—  Rabi Aquiva

Levítico, 19:18; citação próxima à de Jesus (Marcos 12, 31)
Mal atribuídas

Esta tradução está aguardando revisão. Está correcto?
Bob Dylan photo

„Eu aceito o caos, não tenho certeza se me aceita.“

—  Bob Dylan compositor, cantor, pintor, ator e escritor norte-americano 1941

Todas citações de cães

Total 145 citações de cães, filtro:

Ville Valo photo
José de Alencar photo
Esta tradução está aguardando revisão. Está correcto?
George Santayana photo
Olavo de Carvalho photo

„“Nunca deverás tratar a ti mesmo como um ser finalizado, concluso e terminado. Nossos pensamentos estão em constante alteração – nós estamos em constante contradição. Minhas ideias do dia anterior me parecem hoje, demasiado vagas, contraditórias, incompatíveis. Os pensamentos mudam e nós também, tudo é passageiro, tudo incorpora efemeridade e brevidade. A vida é uma viagem, nós somos a viagem. Não importa o caminho, todos eles seguem rumo a um mesmo fim – a morte! Não seria isso o suficiente para termos gratidão, tranquilidade e serenidade ao lidar com os baques da vida? A tristeza deve ser passageira, um caminho para alcançarmos sabedoria. Somos suficientemente capazes de viver intensamente a vida em sua totalidade, és uma experiência extraordinária, no entanto, cabe a nós enxergar a magnificência deste presente que nos fora dado.
Nada nos pertence, o presente é o instante em que acontece, o passado é o presente que não é mais, e o futuro é o presente que será. Se vives inteiramente no presente estarás sempre em paz. Deves viver sempre no presente, corpo e mente. Inúmeras vezes, o corpo permanece no presente, mas a mente à milhas de distância. Este é o nosso maior pecado contra a vida, meus irmãos!
Não permitas passar pela vida sem teres vivido, superado a ti mesmo e atingido a tranquilidade; e que não tenhas arrependimento de nenhum instante. Tenhas autenticidade, não permitas seres tutelado por ideologias, ideais e doutrinas; são uma ameaça a vida. Seja sutileza em meio ao caos, e vivas como um demasiado humano. Esta vida que vives é única e não viverás novamente."“

—  Maria Eduarda Eskildsen

Emílio Garrastazu Médici photo
Sigmund Freud photo
Adolf Hitler photo
Alan Moore photo
Patrick Rothfuss photo
Epiteto photo
Friedrich Nietzsche photo
Gerson De Rodrigues photo

„Poema - F32.3

O sangue que escorre das suas vísceras
é a morte de todas as suas convicções?

Ou os devaneios sinceros
de um suicídio inevitável?

Não tentem me salvar!
se afastem de mim
deixem que eu apodreça na minha própria miséria

Se me ouvirem gritar
tampem os seus ouvidos!

Escondam-se em suas igrejas
reúnam-se em coletivos
amem uns aos outros

Mas eu imploro de joelhos!

Deixem que eu me enforque
em meu quarto sozinho

Quero sentir a agonia do suicídio
curando cada ferida que existe em meu peito

Como ousam!?
como ousam me chamar de louco?
ou zombar das minhas dores

Nas poéticas maravilhas
deste assombroso universo
ansiedades e vertigens
me torturam a cada segundo

Enquanto o resto de vocês
reúnem-se
cantam e dançam!

Alguma vez já sentiram ódio
por suas próprias vidas?

Não me venham com as suas conclusões!
não me digam que existe uma cura
ou que eu devo fazer isso ou aquilo

Somente a solidão
pode compreender a minha dor

No meu quarto recluso
eu sou judas a cuspir heresias

Querem me impedir de matar os seus filhos
com poesias escritas em sangue?

Então joguem o meu corpo aos cães
ou me coloquem em camisas de força

A minha alma é uma estrela em chamas
que brilha mesmo quando o fogo já se apagou

Eu sou o filho bastardo
de um futuro que nunca aconteceu

Nunca fiz parte deste mundo
não pertenço a esse teatro de mentiras
no qual riem os Deuses
e choram os homens

Estas mascaras que colocam
todos os dias

O amor que sentem
uns pelos outros

As armas que usam para
matar aqueles que odeiam

Os Deuses! Sim os Deuses!
pelos quais curvam seus joelhos imundos

A ajuda que me oferecem
a religião que me cospem na cara

Os remédios que tomam
e dizem que eu devo tomar

Até mesmo o ar que respiram
ou mundo pelo qual caminham com seus
pés sujos de sangue

Este teatro de almas vazias
que chamam vulgarmente de mundo

É um lugar do qual eu nunca pertenci!
tampouco desejo pertencer

Quando encontrarem o meu corpo
dependurado com vermes a se alimentarem
dos meus despojos podres

Não chorem…
pois se enxergas apenas um homem morto
continuas cego diante da verdadeira tragédia!

- Gerson De Rodrigues“

—  Gerson De Rodrigues poeta, escritor e anarquista Brasileiro 1995

Poema Depressão Niilismo

Luis Buñuel photo
Pina Bausch photo
José Saramago photo
Blaise Pascal photo
Franz Kafka photo
Citát „Não devemos ter medo dos confrontos. Até os planetas se chocam e do caos nascem as estrelas.“
Charlie Chaplin photo
Esta tradução está aguardando revisão. Está correcto?
Harriet Tubman photo
Esta tradução está aguardando revisão. Está correcto?
Robert A. Heinlein photo
Herman Melville photo
Roger Waters photo
Sun Tzu photo
Thomas Mann photo

„Que ondas enormes… - exclamou Thomas Buddenbrook.- Repara como se aproximam e rebentam, se aproximam e rebentam, uma atrás da outra, sem fim, sem propósito, mecânica e desordenadamente. E, no entanto, o seu marulhar é tão tranquilizador e reconfortante, como todas as coisas simples e necessárias da vida. Aprendi a gostar cada vez mais do mar… dantes, talvez preferisse as montanhas, porque ficavam mais longe daqui. Agora já não me atraem nada. Creio que apenas sentiria medo e vergonha. É que elas são muito caprichosas, tão irregulares, tão diversas… de certeza que me iria sentir muito pequeno ao pé delas. Que espécie de pessoas serão essas que preferem a monotonia do mar? Tenho a impressão de que são as que observaram por demasiado tempo- e com demasiada profundidade- as teias do seu mundo interior e que a única coisa que exigem agora, pelo menos do mundo exterior, é simplicidade… Não se trata de comparar as escaladas audazes pela montanha com o descanso sereno na areia da praia. Adiferença reside no olhar que se dirige numa e noutra direcção. Olhos seguros, obstinados e felizes, transbordantes de iniciativa, determinação e vitalidade, erram de cume em cume, ao passo que sobre a imensidão do mar- e das ondas que, conduzidas por um fatalismo místico e hipnótico, dançam e volteiam- repousa um olhar sonhador e velado, sábio e desalentado, o olhar de quem já alguma vez espreitou as profundezas e vislumbrou o triste caos da existência… Saúde e doença, é essa a grande diferença. Intrépidos, escalamos a extraordinária diversidade das montanhas denteadas e acidentadas, das alturas que rasgam os céus, a fim de pormos à prova a nossa vitalidade, intacta ainda. Repousamos, contudo, na ampla simplicidadedo mundo exterior, quando estamos cansados do caos que reina no interior.“

—  Thomas Mann, livro Os Buddenbrooks

Buddenbrooks: The Decline of a Family

„Do medo à fé


O Senhor Deus é a minha fortaleza, e faz os meus pés como os da corça, e me faz andar altaneiramente. v.19


As palavras do médico pousaram em seu coração com um baque. Era câncer. Seu mundo parou quando pensou no marido e nos filhos. Tinham orado diligentemente, esperando um resultado diferente. O que eles fariam? Com lágrimas escorrendo pelo seu rosto, ela disse suavemente: “Deus, isso está além do nosso controle. Por favor, seja nossa força.”

O que fazemos quando o prognóstico é devastador, quando as nossas circunstâncias estão além de nosso controle? Para onde nos voltamos quando a perspectiva parece desesperada?

A situação do profeta Habacuque estava fora do seu controle, e o medo que ele sentiu o aterrorizou. O julgamento futuro seria catastrófico (vv.16,17). No entanto, no meio do caos iminente, Habacuque escolheu viver pela sua fé (2:4) e se alegrar em Deus (3:18). Ele não colocou a sua confiança e fé em suas circunstâncias, habilidade ou recursos, mas na bondade e na grandeza de Deus. Sua confiança em Deus o compeliu a proclamar: “O Senhor Deus é a minha fortaleza, e faz os meus pés como os pés como os da corça, e me faz andar altaneiramente” (v.19).

Ao enfrentarmos circunstâncias difíceis — doença, crise familiar, finanças — devemos sempre colocar a nossa fé e confiança em Deus. Ele está conosco em tudo o que enfrentamos.

Quando confrontados com circunstâncias difíceis, 
podemos confiar que Deus é a nossa força. Kevin Williams“

—  pão_diário_é_só_noticias_boas

Luiz Inácio Lula da Silva photo
Jair Bolsonaro photo
Dilma Rousseff photo
Novalis photo
Platão photo
José Saramago photo

„O caos é uma ordem por decifrar.“

—  José Saramago escritor português 1922 - 2010

Dan Barker photo
David Cronenberg photo
Bernard Cornwell photo
Walter Benjamin photo
Anatole France photo
Augusto Cury photo
Jean Jacques Rousseau photo

„A fingida caridade do rico não passa, da sua parte, de mais um luxo; ele alimenta os pobres como cães e cavalos.“

—  Jean Jacques Rousseau 1712 - 1778

La feinte charité du riche n'est en lui qu'un luxe de plus; il nourrit les pauvres comme des chiens et des chevaux.
Lettres - Volume 3, Página 217 http://books.google.com.br/books?id=pe0_AAAAcAAJ&pg=PA217, Jean-Jacques Rousseau - Poinçot, 1793
Lettres

Winston Churchill photo

„Eu gosto de porcos. Cães nos olham de baixo. Gatos nos olham de cima. Porcos nos tratam como iguais.“

—  Winston Churchill Político britânico 1874 - 1965

Variante: Gosto de porcos. Os cães olham-nos de baixo, os gatos de cima. Os porcos olham-nos de igual para igual.

António Lobo Antunes photo
Monteiro Lobato photo

„Se quer viver feliz na América, não se mostre duro com os cães – nem desrespeitoso para com a americana. São dois dogmas muito sérios.“

—  Monteiro Lobato escritor brasileiro 1882 - 1948

Fonte: Livros, América (1929), p. 23.

Wilhelm Reich photo
Jack London photo
Mary Shelley photo
Ibrahim Sued photo

„Os cães ladram e a caravana passa.“

—  Ibrahim Sued jornalista brasileiro 1924 - 1995

Ditádo árabe, um dos bordões preferidos por Ibrahim Sued O Guia Legal - Celebridades - Ibrahim Sued http://www.oguialegal.com/ibrahimparte2.htm
Atribuídas

Mary Shelley photo
Máximo Gorki photo

„Compreendo tudo como os cães, mas fico calado“

—  Máximo Gorki 1868 - 1936

Atribuídas

Arthur Conan Doyle photo

„Eu trouxe ordem a partir do caos.“

—  Arthur Conan Doyle escritor e médico escocês 1859 - 1930

Barão de Itararé photo
Milan Kundera photo

„Os cães são o nosso elo com o paraíso. Eles não conhecem a maldade, a inveja ou o descontentamento. Sentar-se com um cão ao pé de uma colina numa linda tarde, é voltar ao Éden onde ficar sem fazer nada não era tédio, era paz.“

—  Milan Kundera 1929

citado em "Dolly mudou a minha vida" - Página 7, Christiane Campello Costa, Editora AGE Ltda, 2008, ISBN 8574974188, 9788574974187, 174 páginas
Atribuídas

Ludwig von Mises photo
Alexander Pope photo

„A luz e as trevas estão misturadas no caos do homem.“

—  Alexander Pope 1688 - 1744

This light and darkness in our chaos join'd
"Essay on Man" in: "The Works of Alexander Pope", Esq: Esq. with Notes and Illustrations by Himself and Others. To which are Added, a New Life of the Author, an Estimate of His Poetical Character and Writings, and Occasional Remarks‎ - vol. 5, Página 105 http://books.google.com.br/books?id=KCQOAAAAQAAJ&pg=PA105, Printed for J. Rivington,

Karl Kraus photo

„O ciúme é um latido que atrai cães.“

—  Karl Kraus 1874 - 1936

Fonte: Revista Caras, Edição 664

Virginia Woolf photo
Zack de la Rocha photo
Billie Joe Armstrong photo

„Nós temos muitas canções, algo em torno de quarenta e cinco músicas… é um caos total.“

—  Billie Joe Armstrong músico americano 1972

sobre o sucessor do último álbum (American Idiot).
Atribuídos

Jorge Luis Borges photo

„Dá o santo aos cães, atira tuas pérolas aos porcos; o que importa é dar.“

—  Jorge Luis Borges escritor argentino 1899 - 1986

Da lo santo a los perros, echa tus perlas a los puercos; lo que importa es dar.
"Elogio de la sombra", 1969

Federico Fellini photo
Friedrich Nietzsche photo

„Eu vos digo: é preciso ter um caos em si, parar poder dar à luz uma estrela dançante. Eu vos digo: ainda tendeis um caos dentro de vós.“

—  Friedrich Nietzsche filósofo alemão do século XIX 1844 - 1900

Ich sage euch: man muss noch Chaos in sich haben, um einen tanzenden Stern gebären zu können. Ich sage euch: ihr habt noch Chaos in euch.
Epílogo
Assim falou Zaratustra

Diane Ackerman photo

„As palavras são pequenas formas no maravilhoso caos que é o mundo. Formas que focalizam e prendem idéias, que afiam os pensamentos, que conseguem pintar aquarelas de percepção.“

—  Diane Ackerman, livro A Natural History of the Senses

Words are small shapes in the gorgeous chaos of the world. But they are shapes. They bring the world into focus. They corral ideas. They hone thoughts. They paint watercolors of perception.
A Natural History of the Senses‎ - Página 7, de Diane Ackerman - Vintage Books, 1995, ISBN 0679735666, 9780679735663 - 331 páginas

Jon Stewart photo
John Cheever photo

„A arte é o triunfo sobre o caos.“

—  John Cheever 1912 - 1982

Art is the triumph over chaos
Some People, Places, and Things that Will Not Appear in My Next Novel‎ - Página 2, de John Cheever - Publicado por Harper, 1961 - 175 páginas

„A vida é como um grupo de cães no trenó. Se você não é o que conduz, o cenário nunca muda.“

—  Lewis Grizzard 1946 - 1994

Life is like a dog-sled team. If you ain't the lead dog, the scenery never changes.
citado em "The Southern quarterly"‎ - Volume 32, Página 166, de University of Southern Mississippi - 1993

„Não sei que caos é este a que se referem nossos articulistas políticos, e que, segundo eles, já se aproxima. Engano: há muito estamos nele.“

—  Lúcio Cardoso 1913 - 1968

Fonte: Citações, 13 de Março de 2009, Revista Caras http://caras.uol.com.br/noticia/122303-cita%C3%A7%C3%B5es,

Jim Morrison photo
Eduardo Giannetti da Fonseca photo
Vergílio Ferreira photo
Theodor W. Adorno photo
Renato Russo photo
Ernesto Sabato photo
Marquês de Maricá photo
Karl Kraus photo
Robert Burton (acadêmico) photo
Clarice Lispector photo
Agostinho da Silva photo
Henry Adams photo
Machado de Assis photo
Friedrich Hebbel photo
Emil Mihai Cioran photo
Winston Churchill photo
Martha Medeiros photo

„O amor aos cães costuma ser acompanhado por uma certa perda de confiança no homem.“

—  Martha Medeiros escritora e jornalista brasileira 1961

Crônica: Homens e cães - Livro: Montanha Russa.

Augusto Cury photo