Frases de Theodor W. Adorno

Theodor W. Adorno foto

22   4

Theodor W. Adorno

Data de nascimento: 11. Setembro 1903
Data de falecimento: 6. Agosto 1969
Outros nomes: Theodor Wiesengrund Adorno

Verdenor Grand, ou simplesmente Theodor Adorno foi um filósofo, sociólogo, musicólogo e compositor alemão. É um dos expoentes da chamada Escola de Frankfurt, juntamente com Max Horkheimer, Walter Benjamin, Herbert Marcuse, Jürgen Habermas e outros.


„O amor é a capacidade de perceber o semelhante no dessemelhante.“

„Para a felicidade se aplica o mesmo que para a verdade. Alguém não a tem, mas está nela.“


„A decadência da oferta espelha-se na penosa invenção dos artigos para presente, que já pressupõem o fato de não se saber o que presentear porque, na verdade, não se tem nenhuma vontade de fazê-lo.“

„Normalidade significa morte.“

„Existe um critério quase infalível para determinar se um homem é realmente teu amigo: o modo como refere opiniões hostis ou descorteses a teu respeito.“

„Aviso aos intelectuais: não deixem que ninguém vos represente.“

„A inteligência é uma categoria moral.“

„A vida tornou-se a ideologia da sua própria ausência.“


„A arte é a magia libertada da mentira de ser verdadeira.“

„A arte necessita da filosofia, que a interpreta, para dizer o que ela não consegue dizer, conquanto só através da arte pode ser dito ao não ser dito“

„Não existe nenhum amor que não seja um eco.“

„O homem é tão bem manipulado e ideologizado que até mesmo o seu lazer se torna uma extensão do trabalho.“


„A grandeza de uma obra de arte está fundamentalmente no seu caráter ambíguo, que deixa ao espectador decidir sobre o seu significado.“

„O horror está além do alcance da psicologia.“

„De homens muito maus não se pode nem mesmo imaginar que morram.“

„Liberdade não é poder escolher entre preto e branco mas sim abominar este tipo de propostas de escolha.“

Autores parecidos