Citações de arte

Uma coleção de frases e citações sobre o tema da arte.

Tópicos relacionados

Total 1414 citações de arte, filtro:


Harvey Spencer Lewis photo
Henry David Thoreau photo
Olavo de Carvalho photo
Albert Einstein photo
Ian McEwan photo
Esta tradução está aguardando revisão. Está correcto?
Vincent Van Gogh photo
Esta tradução está aguardando revisão. Está correcto?
Vincent Van Gogh photo
Krist Novoselic photo
Sun Tzu photo

„Na arte da guerra, a melhor opção é tomar o país inimigo intacto. Esmagá-lo é apenas a segunda melhor opção.“

—  Sun Tzu antigo general militar, estratega e filósofo chinês da Dinastia Zhou -543 - -495 a.C.

Sun Tzu photo

„A suprema arte da guerra consiste em vencer o inimigo sem ter que enfrentá-lo.“

—  Sun Tzu antigo general militar, estratega e filósofo chinês da Dinastia Zhou -543 - -495 a.C.

Variante: A suprema arte da guerra é derrotar o inimigo sem lutar.

Help us translate English quotes

Discover interesting quotes and translate them.

Start translating
Nereu de Oliveira Ramos photo

„A política é arte de engolir sapos.“

—  Nereu de Oliveira Ramos político brasileiro, 20° presidente do Brasil 1888 - 1958

Diana, Princesa de Gales photo
Jean Jacques Rousseau photo

„O princípio da vida política está na autoridade do soberano: o poder legislativo é o coração do Estado, o poder executivo o cérebro que dá movimento a todas as partes. O cérebro pode cair em paralisia, e o indivíduo continuar a viver. Um homem fica imbecil e vive; mas, apenas cessam as funções do coração, o animal expira.“

—  Jean Jacques Rousseau, livro Do Contrato Social

Le principe de la vie politique est dans l'autorité souveraine. La puìssance legislative est le coeur de l'état, la puìssance exécutive est le cerveau, qui donne le mouvement à toutes les parties. Le cerveau peut tomber en paralysie et l'individu vivre encore.
Du contrat social - Página 213 http://books.google.com.br/books?id=5iQVAAAAQAAJ&pg=PA213, Jean-Jacques Rousseau - 1797
Do Contrato Social

Honoré De Balzac photo
Machado de Assis photo

„A arte de viver consiste em tirar o maior bem do maior mal.“

—  Machado de Assis, livro Iaiá Garcia

"Iaiá Garcia", capítulo III; veja (wikisource)
Outros

Erasmo de Rotterdam photo
Friedrich Nietzsche photo
Claude Debussy photo

„A arte é a mais bela das mentiras.“

—  Claude Debussy compositor francês 1862 - 1918

L'art est le plus beau des mensonges.
citado em "Les idées de Claude Debussy, musicien français" - página 28, Léon Vallas - Éditions musicales de la Librairie de France, 1927 - 250 páginas

Emma Goldman photo

„Se eu não puder dançar, não quero ser parte de sua revolução!“

—  Emma Goldman, livro Vivendo Minha Vida

If I can't dance, I don't want to be part of your revolution.
"Living my life‎" - Página lvii, Emma Goldman - Penguin Group, 2006, ISBN 0142437859, 9780142437858 - 593 páginas

Gerson De Rodrigues photo

„Poema - Esquizofrenias & Metáforas

Se as estrelas fossem
capazes de escrever poesias
escreveriam sobre a morte do universo
não há nada mais poético
do que a arte de morrer

Se os deuses descessem dos céus
e me oferecessem uma nova vida
eu a aceitaria!
só pelo prazer de me enforcar
nos cordões umbilicais
e apodrecer nas entranhas
da minha própria mãe

Achas que eu sou louco?
me consideras insano?

Não tentem compreender os meus poemas
se não consegues ouvir as vozes em sua mente

Os Filósofos e os Poetas
são como os Deuses e os Diabos
eles podem elevar os homens aos céus,
ou submetê-los a vermes insignificantes

Sinto o vírus da vida corroer as minhas entranhas
desde as auroras do meu nascimento

Eu sou um homem falho
um anjo caído que não foi capaz amar

Fazem dias que eu não consigo dormir
nos devaneios da minha mente insana
mato-me todas as noites
para suportar a dor

A Filosofia e a insônia
são como a noite e as estrelas
lábios que nos beijam e nos levam a loucura

É Por isso que as mentes mais insanas
compartilham com a noite
o desejo da morte que apenas as estrelas podem compreender

Em uma destas noites frias
uma sinfonia terrível rasgou os céus
anjos e demônios caíram sem as suas asas
crianças choravam e gritavam

- Deus! Deus!
gritavam os fiéis

Aquela silenciosa e melancólica noite
havia se tornado um terrível pesadelo

A Morte e o Diabo
invadiram o meu quarto com o seu cavalo de fogo
beijaram-se sobre a minha cama
enquanto gargalhavam sobre as minhas descrenças

Acreditei fielmente que a morte iria
me poupar deste inferno
lancei-me aos seus pés de joelhos

Gritando como um homem louco!

- Joguem-me em uma vala qualquer!
me enterrem vivo!
mesmo que eu grite por misericórdia
ou arranque as minhas próprias tripas em desespero
matem-me sem nenhum perdão

Ela sorriu de tal maneira
e com uma voz cruel gritou em meus ouvidos

- Se queres morrer
Viva intensamente!

Viva até que os vermes tenham pena da sua carcaça
viva até que os deuses desçam dos céus em suas carruagens
e implorem a ti pelo suicídio final“

—  Gerson De Rodrigues poeta, escritor e anarquista Brasileiro 1995

Fonte: Niilismo Poesia Fernando Pessoa