Citações de escola

Uma coleção de frases e citações sobre o tema da crianças, escola, escola, vida.

Melhores citações de escola

  • Eu nunca permiti que a instrução escolar interferisse na minha educação. – Mark Twain
  • Sou o pior no que faço de melhor E por este presente eu me sinto abençoado. – Kurt Cobain
  • Tenho sempre uma citação para tudo - economizo os pensamentos originais. – Dorothy L. Sayers
  • Citação: ato de repetir de modo errado as palavras alheias. – Ambrose Bierce
  • Seus usuários mais insatisfeitos são sua maior fonte de aprendizado. – Bill Gates
  • A função da escola é ensinar a pessoa a aprender. – José Ângelo Gaiarsa
  • A educação é o descobrimento progressivo de nossa ignorância. – Will Durant
  • Enquanto meio de educação, a escola para mim foi um simples vazio. – Charles Darwin
  • Educação é aquilo que fica depois que se esquece tudo que se aprendeu na escola. – Albert Einstein
  • Ame ao próximo como ama a ti mesmo. – Rabi Aquiva

Todas citações de escola

Total 321 citações de escola, filtro:

Jair Bolsonaro photo

„Se ser homofóbico é defender as crianças nas escolas, defender a família e a palavra de Deus, pode continuar me chamando de homofóbico com muito prazer, pode me dar o diploma de homofóbico.“
Se ser homofóbico é defender as crianças nas escolas, defender a família e a palavra de Deus, pode continuar me chamando de homofóbico com muito prazer, pode me dar o diploma de homofóbico.

—  Jair Bolsonaro 38º Presidente do Brasil 1955

Após o Supremo Tribunal Federal garantir o direito ao casamento homoafetivo. Jornal do Brasil 05/05/2011.
Década de 2010, 2011
Fonte: Bolsonaro: próximo passo será legalização da pedofilia https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/apos-uniao-gay-proximo-passo-e-legalizar-pedofilia-diz-bolsonaro/

Paulo Freire photo

„Um dos grandes pecados da escola é desconsiderar tudo com que a criança chega a ela. A escola decreta que antes dela não há nada.“
Um dos grandes pecados da escola é desconsiderar tudo com que a criança chega a ela. A escola decreta que antes dela não há nada.

—  Paulo Freire, livro Pedagogia da Autonomia

"Pedagogia da Autonomia: saberes necessários para a prática educativa".

Émile Durkheim photo

„É preciso sentir a necessidade da experiência, da observação, ou seja, a necessidade de sair de nós próprios para aceder à escola das coisas, se as queremos conhecer e compreender.“
É preciso sentir a necessidade da experiência, da observação, ou seja, a necessidade de sair de nós próprios para aceder à escola das coisas, se as queremos conhecer e compreender.

—  Émile Durkheim Sociólogo francês 1858 - 1917

Molière photo

„A escola da experiência é a mais educativa.“
A escola da experiência é a mais educativa.

—  Molière 1622 - 1673

Bill Gates photo

„O sucesso é um péssimo professor. Ele seduz as pessoas inteligentes a pensar que não podem perder.“
O sucesso é um péssimo professor. Ele seduz as pessoas inteligentes a pensar que não podem perder.

—  Bill Gates, livro Business @ the Speed of Thought

Business @ the Speed of Thought

Graciliano Ramos photo

„”Disseram-me depois que a escola nos servira de pouso numa viagem. Tinhamos deixado a cidadezinha onde vivíamos, em Alagoas, entrávamos no sertão de Pernambuco, eu, meu pai, minha mãe, duas irmãs”. Pág.14“
”Disseram-me depois que a escola nos servira de pouso numa viagem. Tinhamos deixado a cidadezinha onde vivíamos, em Alagoas, entrávamos no sertão de Pernambuco, eu, meu pai, minha mãe, duas irmãs”. Pág.14

—  Graciliano Ramos, livro Infância

Infância

Robert Baden-Powell photo

„Escotismo é uma escola de cidadania através da destreza e habilidade em assuntos mateiros.“
Escotismo é uma escola de cidadania através da destreza e habilidade em assuntos mateiros.

—  Robert Baden-Powell 1857 - 1941

Paulo Freire photo

„Importante na escola não é só estudar, é também criar laços de amizade e convivência.“
Importante na escola não é só estudar, é também criar laços de amizade e convivência.

—  Paulo Freire filósofo e educador brasileiro 1921 - 1997

poesia "A Escola"

Dorothy L. Sayers photo

„Tenho sempre uma citação para tudo - economizo os pensamentos originais.“
Tenho sempre uma citação para tudo - economizo os pensamentos originais.

—  Dorothy L. Sayers 1893 - 1957

Albert Einstein photo

„Sei que este câncer de há muito deveria ter sido extirpado. Mas o bom senso dos homens é sistematicamente corrompido. E os culpados são: escola, imprensa, mundo dos negócios, mundo político.“
Sei que este câncer de há muito deveria ter sido extirpado. Mas o bom senso dos homens é sistematicamente corrompido. E os culpados são: escola, imprensa, mundo dos negócios, mundo político.

—  Albert Einstein 1879 - 1955

Demócrito photo

„O mundo inteiro está aberto ao homem sábio, pois a pátria de um espírito de escol é o universo.“
O mundo inteiro está aberto ao homem sábio, pois a pátria de um espírito de escol é o universo.

—  Demócrito

Atribuídas

Ralph Waldo Emerson photo

„O que é ensinado em escolas e universidades não representa educação, mas são meios para obtê-la.“
O que é ensinado em escolas e universidades não representa educação, mas são meios para obtê-la.

—  Ralph Waldo Emerson 1803 - 1882

The things taught in schools and colleges are not an education, but the means of education
Journal, 1831

Cora Coralina photo

„Estamos todos matriculados na escola da vida, onde o mestre é o tempo.“
Estamos todos matriculados na escola da vida, onde o mestre é o tempo.

—  Cora Coralina poetisa e contista brasileira 1889 - 1985

3001 pensamentos‎ - Página 131, de Gerardo Cabada, Edicoes Loyola, ISBN 8515023075, 9788515023073
Atribuídas

„Na escola, você recebe a lição e depois faz a prova. Na vida, você faz a prova e depois recebe a lição.“
Na escola, você recebe a lição e depois faz a prova. Na vida, você faz a prova e depois recebe a lição.

—  Autor Desconhecido

Miguel Reale photo

„A cultura brasileira não é densa, não é complexa, tem muitas lacunas, tem muitos vazios. A começar da escola fundamental, que é uma escola de informação e não é uma escola de formação.“
A cultura brasileira não é densa, não é complexa, tem muitas lacunas, tem muitos vazios. A começar da escola fundamental, que é uma escola de informação e não é uma escola de formação.

—  Miguel Reale 1910 - 2006

Programa Roda Viva da TV Cultura ( http://www.rodaviva.fapesp.br/materia/727/entrevistados/miguel_reale_2000.htm), exibido em 13/11/2000, em resposta à procuradora Luiza Nagib Eluf explicitando em sua visão um dos porquês da diminuição de grandes referências políticas no Brasil

Orhan Pamuk photo

„Quando aquela senhora que me lembrava minha tia disse que me conhecia, ela não estava dizendo que conhecia minha história de vida e minha família, que sabia onde eu morava, que escolas frequentei, os romances que escrevi e as dificuldades políticas que enfrentei. Nem que conhecia minha vida particular, meus hábitos pessoais ou minha natureza essencial e minha visão de mundo, que eu tentara expressar relacionando-as com minha cidade natal em meu livro Istambul. A velha senhora não estava confundindo a minha história com as histórias de minhas personagens fictícias. Ela parecia falar de algo mais profundo, mais íntimo, mais secreto, e senti que a entendia. O que permitiu que a tia perspicaz me conhecesse tão bem foram minhas próprias experiências sensoriais, que inconscientemente eu colocara em todos os meus livros, em todas as minhas personagens. Eu projetara minhas experiências em minhas personagens: como me sinto quando aspiro o cheiro da terra molhada de chuva, quando me embriago num restaurante barulhento, quando toco a dentadura de meu pai depois de sua morte, quando lamento estar apaixonado, quando eu consigo me safar quando conto uma mentirinha, quando aguardo na fila de uma repartição pública segurando um documento molhado de suor, quando observo as crianças jogando futebol na rua, quando corto o cabelo, quando vejo retratos de paxás e frutas pendurados nas bancas de Istambul, quando sou reprovado na prova de direção, quando fico triste depois que todo mundo deixou a praia no fim do verão, quando sou incapaz de me levantar e ir embora no final de uma longa visita a alguém apesar do adiantado da hora, quando desligo o falatório da TV na sala de espera do médico, quando encontro um velho amigo do serviço militar, quando há um súbito silêncio no meio de uma conversa interessante. Nunca me senti embaraçado quando meus leitores pensavam que as aventuras de meus heróis também haviam ocorrido comigo, porque eu sabia que isso não era verdade. Ademais, eu tinha o suporte de três séculos de teoria do romance e da ficção, que podia usar para me proteger dessas afirmações. E estava bem ciente de que a teoria do romance existia para defender e manter essa independência da imaginação em relação à realidade. No entanto, quando uma leitora inteligente me disse que sentira, nos detalhes do romance, a experiência da vida real que "os tornavam meus", eu me senti embaraçado como alguém que confessou coisas íntimas a respeito da própria alma, como alguém cujas confissões escritas foram lidas por outra pessoa.“
Quando aquela senhora que me lembrava minha tia disse que me conhecia, ela não estava dizendo que conhecia minha história de vida e minha família, que sabia onde eu morava, que escolas frequentei, os romances que escrevi e as dificuldades políticas que enfrentei. Nem que conhecia minha vida particular, meus hábitos pessoais ou minha natureza essencial e minha visão de mundo, que eu tentara expressar relacionando-as com minha cidade natal em meu livro Istambul. A velha senhora não estava confundindo a minha história com as histórias de minhas personagens fictícias. Ela parecia falar de algo mais profundo, mais íntimo, mais secreto, e senti que a entendia. O que permitiu que a tia perspicaz me conhecesse tão bem foram minhas próprias experiências sensoriais, que inconscientemente eu colocara em todos os meus livros, em todas as minhas personagens. Eu projetara minhas experiências em minhas personagens: como me sinto quando aspiro o cheiro da terra molhada de chuva, quando me embriago num restaurante barulhento, quando toco a dentadura de meu pai depois de sua morte, quando lamento estar apaixonado, quando eu consigo me safar quando conto uma mentirinha, quando aguardo na fila de uma repartição pública segurando um documento molhado de suor, quando observo as crianças jogando futebol na rua, quando corto o cabelo, quando vejo retratos de paxás e frutas pendurados nas bancas de Istambul, quando sou reprovado na prova de direção, quando fico triste depois que todo mundo deixou a praia no fim do verão, quando sou incapaz de me levantar e ir embora no final de uma longa visita a alguém apesar do adiantado da hora, quando desligo o falatório da TV na sala de espera do médico, quando encontro um velho amigo do serviço militar, quando há um súbito silêncio no meio de uma conversa interessante. Nunca me senti embaraçado quando meus leitores pensavam que as aventuras de meus heróis também haviam ocorrido comigo, porque eu sabia que isso não era verdade. Ademais, eu tinha o suporte de três séculos de teoria do romance e da ficção, que podia usar para me proteger dessas afirmações. E estava bem ciente de que a teoria do romance existia para defender e manter essa independência da imaginação em relação à realidade. No entanto, quando uma leitora inteligente me disse que sentira, nos detalhes do romance, a experiência da vida real que "os tornavam meus", eu me senti embaraçado como alguém que confessou coisas íntimas a respeito da própria alma, como alguém cujas confissões escritas foram lidas por outra pessoa.

—  Orhan Pamuk escritor turco, vencedor do Prêmio Nobel de literatura de 2006 1952

The Naive and the Sentimental Novelist

Esta tradução está aguardando revisão. Está correcto?
Comênio photo

„Não somente os filhos dos ricos ou dos poderosos, mas todos meninos e meninas, nobres ou ignóbeis, ricos ou pobres, em todas as cidades, vilas e aldeias, devem ser enviados para a escola.“
Não somente os filhos dos ricos ou dos poderosos, mas todos meninos e meninas, nobres ou ignóbeis, ricos ou pobres, em todas as cidades, vilas e aldeias, devem ser enviados para a escola.

—  Comênio 1592 - 1670

Comênio photo

„As escolas, fazendo que os homens se tornem verdadeiramente humanos, são sem dúvida as oficinas da humanidade.“
As escolas, fazendo que os homens se tornem verdadeiramente humanos, são sem dúvida as oficinas da humanidade.

—  Comênio 1592 - 1670

Émile Durkheim photo

„O indivíduo só poderá agir na medida em que aprender a conhecer o contexto em que está inserido, a saber quais são suas origens e as condições de que depende. E não poderá sabê-la sem ir à escola, começando por observar a matéria bruta que está lá representada.“
O indivíduo só poderá agir na medida em que aprender a conhecer o contexto em que está inserido, a saber quais são suas origens e as condições de que depende. E não poderá sabê-la sem ir à escola, começando por observar a matéria bruta que está lá representada.

—  Émile Durkheim Sociólogo francês 1858 - 1917

Fonte: Revista Nova Escola, 166, out03 http://novaescola.abril.com.br/ed/166_out03/html/pensadores.htm

Esta tradução está aguardando revisão. Está correcto?
Jesús Huerta de Soto photo

„O desenvolvimento da economia como uma ciência sempre baseada em seres humanos, atores criativos e protagonistas de todos os processos e eventos sociais (a concepção subjetivista), é sem dúvida a contribuição mais significativa e característica da Escola Austríaca de Economia, fundada por Carl Menger. De fato, Menger achou vital abandonar o objetivismo estéril da escola clássica (anglo-saxônica) cujos membros eram obcecados com a suposta existência de entidades objetivas externas (classes sociais, agregados, fatores materiais de produção etc.). Menger sustentou que os economistas deveriam sempre adotar a visão subjetivista dos seres humanos que agem, e que essa perspectiva deveria, invariavelmente, exercer uma influência decisiva na maneira como todas as teorias econômicas são formuladas, em termos de seu conteúdo científico, conclusões e resultados práticos.“
O desenvolvimento da economia como uma ciência sempre baseada em seres humanos, atores criativos e protagonistas de todos os processos e eventos sociais (a concepção subjetivista), é sem dúvida a contribuição mais significativa e característica da Escola Austríaca de Economia, fundada por Carl Menger. De fato, Menger achou vital abandonar o objetivismo estéril da escola clássica (anglo-saxônica) cujos membros eram obcecados com a suposta existência de entidades objetivas externas (classes sociais, agregados, fatores materiais de produção etc.). Menger sustentou que os economistas deveriam sempre adotar a visão subjetivista dos seres humanos que agem, e que essa perspectiva deveria, invariavelmente, exercer uma influência decisiva na maneira como todas as teorias econômicas são formuladas, em termos de seu conteúdo científico, conclusões e resultados práticos.

—  Jesús Huerta de Soto 1956

Hannah Arendt photo

„A função da escola é ensinar às crianças como o mundo é, e não instruí-las na arte de viver“
A função da escola é ensinar às crianças como o mundo é, e não instruí-las na arte de viver

—  Hannah Arendt escritora e pensadora judia, nascida na Alemanha e erradicada nos EUA 1906 - 1975

Atribuídas
Fonte: Nova Escola http://novaescola.abril.com.br/ed/169_fev04/html/pensadores.htm

Multatuli photo

„Um mestre que ensina na sua escola trinta ou quarenta crianças consegue fazer de todas elas pessoas capazes de pensar? Não. Por isso considero as escolas instituições perniciosas.“
Um mestre que ensina na sua escola trinta ou quarenta crianças consegue fazer de todas elas pessoas capazes de pensar? Não. Por isso considero as escolas instituições perniciosas.

—  Multatuli 1820 - 1887

Will Durant photo

„A educação é o descobrimento progressivo de nossa ignorância.“
A educação é o descobrimento progressivo de nossa ignorância.

—  Will Durant 1885 - 1981

Johnny Depp photo

„Uma das maiores obras de aconselhamento que eu já obtive na minha vida foi por parte da minha mãe. Quando eu era miúdo, era constantemente incomodado e troçado por colegas na escola por ser calado. E ela disse, "Certo, eu vou dizer o que deve fazer." Ela disse: " A esses garotos que o incomodam. Você pode pegar a pedra mais próxima ameaçando-os, ou simplesmente ignorá-los." E eu fiz! E me senti melhor. Portanto, para mim, foi uma grande lição, porque alguém tinha invadido meu espaço; invadiu o meu ser, você sabe, e estava a fazer algo contra mim que eu não pedi para ser feito. Então eu assumiu o controlo da situação e corri com ela. E muitos anos mais tarde, depois de ser transformado em um produto por uma empresa muito grande que tiveram todas suas mãos sobre mim e eu não podia fugir dele, prometeu-me que eu gostaria de continuar a avançar e fazer o meu melhor para não comprometer em qualquer forma, não permitir que alguém ponha as mãos sobre mim. Portanto este é o melhor conselho que eu poderia dar, é apenas para seguir em frente, e não dar uma merda que ninguém entende, sabe. Basta seguir em frente e fazer o que você tem que fazer por você.“
Uma das maiores obras de aconselhamento que eu já obtive na minha vida foi por parte da minha mãe. Quando eu era miúdo, era constantemente incomodado e troçado por colegas na escola por ser calado. E ela disse, "Certo, eu vou dizer o que deve fazer." Ela disse: " A esses garotos que o incomodam. Você pode pegar a pedra mais próxima ameaçando-os, ou simplesmente ignorá-los." E eu fiz! E me senti melhor. Portanto, para mim, foi uma grande lição, porque alguém tinha invadido meu espaço; invadiu o meu ser, você sabe, e estava a fazer algo contra mim que eu não pedi para ser feito. Então eu assumiu o controlo da situação e corri com ela. E muitos anos mais tarde, depois de ser transformado em um produto por uma empresa muito grande que tiveram todas suas mãos sobre mim e eu não podia fugir dele, prometeu-me que eu gostaria de continuar a avançar e fazer o meu melhor para não comprometer em qualquer forma, não permitir que alguém ponha as mãos sobre mim. Portanto este é o melhor conselho que eu poderia dar, é apenas para seguir em frente, e não dar uma merda que ninguém entende, sabe. Basta seguir em frente e fazer o que você tem que fazer por você.

—  Johnny Depp ator, músico, produtor de cinema e diretor americano 1963

Kurt Cobain photo

„Sou o pior no que faço de melhor E por este presente eu me sinto abençoado.“
Sou o pior no que faço de melhor E por este presente eu me sinto abençoado.

—  Kurt Cobain Vocalista, guitarrista, compositor e músico 1967 - 1994

John Ruskin photo

„Reformemos as nossas escolas, e não teremos que reformar grande coisa nas nossas prisões.“
Reformemos as nossas escolas, e não teremos que reformar grande coisa nas nossas prisões.

—  John Ruskin 1819 - 1900

Owen Wilson photo

„Você pode pensar em Hollywood como se fosse uma escola. Atores de TV são calouros, atores de comédia são juniores e os atores dramáticos - esses são os veteranos legais.“
Você pode pensar em Hollywood como se fosse uma escola. Atores de TV são calouros, atores de comédia são juniores e os atores dramáticos - esses são os veteranos legais.

—  Owen Wilson 1968

Charles Darwin photo

„Enquanto meio de educação, a escola para mim foi um simples vazio.“
Enquanto meio de educação, a escola para mim foi um simples vazio.

—  Charles Darwin naturalista inglês 1809 - 1882

Darwin e a Ciência da evolução.

„Em uma sociedade complexa e repleta de rápidas transformações, o conhecimento não deve jamais ser tratado como algo estático. Se prosseguir contentando-se com fórmulas solidificadas pela velha tradição, a escola será cada vez mais irrelevante diante da plasticidade do mundo contemporâneo.“
Em uma sociedade complexa e repleta de rápidas transformações, o conhecimento não deve jamais ser tratado como algo estático. Se prosseguir contentando-se com fórmulas solidificadas pela velha tradição, a escola será cada vez mais irrelevante diante da plasticidade do mundo contemporâneo.

—  André Azevedo da Fonseca

Albert Camus photo

„A criação é a mais eficaz de todas as escolas de paciência e de lucidez.“
A criação é a mais eficaz de todas as escolas de paciência e de lucidez.

—  Albert Camus 1913 - 1960