Frases sobre imaginação

Uma coleção de frases e citações sobre o tema da imaginação.

Tópicos relacionados

Total 342 citações imaginação, filtro:


Charles Spurgeon photo
Charles Bukowski photo
Hugo Von Hofmannsthal photo
Dale Carnegie photo
Lygia Fagundes Telles photo
Immanuel Kant photo

„A felicidade não é um ideal da razão mas sim da imaginação“

—  Immanuel Kant 1724 - 1804

Glückseligkeit nicht ein Ideal der Vernunft, sondern der Einbildungskraft
Grundlegung zur Metaphysik der Sitten von Immanuel Kant - Página 47 https://books.google.com.br/books?id=gHIJkHTIb6AC&pg=PA47, Immanuel Kant - bey Johann Friedrich Hartknoch, 1785 - 128 páginas

Vincent Van Gogh photo
Amos Oz photo

Help us translate English quotes

Discover interesting quotes and translate them.

Start translating
Edgar Allan Poe photo
Clarice Lispector photo

„Dá-me a tua mão desconhecida que a vida está me doendo e eu não sei como falar- a realidade é delicada demais, só a realidade é delicada, minha irrealidade e minha imaginação são mais pesadas.“

—  Clarice Lispector, livro A Paixão segundo G.H.

"A paixão segundo G.H.: romance" - Página 34; de Clarice Lispector - Publicado por Editôra Sabiá, 1964 - 182 páginas
A paixão segundo G.H.
Variante: Dá-me a tua mão desconhecida, que a vida está me doendo, e não sei como falar – a realidade é delicada demais, só a realidade é delicada, minha irrealidade e minha imaginação são mais pesadas.

Machado de Assis photo

„Aí vinham a cobiça que devora, a cólera que inflama, a inveja que baba, e a enxada e a pena, úmidas de suor, e a ambição, a fome, a vaidade, a melancolia, a riqueza, o amor, e todos agitavam o homem, como um chocalho, até destruí-lo, como um farrapo. Eram as formas várias de um mal, que ora mordia a víscera, ora mordia o pensamento, e passeava eternamente as suas vestes de arlequim, em derredor da espécie humana. A dor cedia alguma vez, mas cedia à indiferença, que era um sono sem sonhos, ou ao prazer, que era uma dor bastarda. Então o homem, flagelada e rebelde, corria diante da fatalidade das coisas, atrás de uma figura nebulosa e esquiva, feita de retalhos, um retalho de impalpável, outro de improvável, outro de invisível, cosidos todos a ponto precário, com a agulha da imaginação; e essa figura, - nada menos que a quimera da felicidade, - ou lhe fugia perpetuamente, ou deixava-se apanhar pela fralda, e o homem a cingia ao peito, e então ela ria, como um escárnio, e sumia-se, como uma ilusão.“

—  Machado de Assis, livro Memórias Póstumas de Brás Cubas

Memórias póstumas de Brás Cubas, Capítulo VII, Machado de Assis (1881)
Romances, Memórias Póstumas de Brás Cubas
Variante: Os séculos desfilavam num turbilhão, e, não obstante, porque os olhos do delírio são outros, eu via tudo o que passava diante de mim,— flagelos e delícias, — desde essa coisa que se chama glória até essa outra que se chama miséria, e via o amor multiplicando a miséria, e via a miséria agravando a debilidade. Aí vinham a cobiça que devora, a cólera que inflama, a inveja que baba, e a enxada e a pena, úmidas de suor, e a ambição, a fome, a vaidade, a melancolia, a riqueza, o amor, e todos agitavam o homem, como um chocalho, até destruí-lo, como um farrapo. Eram as formas várias de um mal, que ora mordia a víscera, ora mordia o pensamento, e passeava eternamente as suas vestes de arlequim, em derredor da espécie humana. A dor cedia alguma vez, mas cedia à indiferença, que era um sono sem sonhos, ou ao prazer, que era uma dor bastarda. Então o homem, flagelado e rebelde, corria diante da fatalidade das coisas, atrás de uma figura nebulosa e esquiva, feita de retalhos, um retalho de impalpável, outro de improvável, outro de invisível, cosidos todos a ponto precário, com a agulha da imaginação; e essa figura, — nada menos que a quimera da felicidade, — ou lhe fugia perpetuamente, ou deixava-se apanhar pela fralda, e o homem a cingia ao peito, e então ela ria, como um escárnio, e sumia-se, como uma ilusão.

Charles Franklin Kettering photo

„As oportunidades de homem são limitadas só pela sua imaginação. Mas poucos têm imaginação; por isso há dez mil violinistas para um compositor.“

—  Charles Franklin Kettering 1876 - 1958

The opportunities of man are limited only by his imagination. But so few have imagination that there are ten thousand fiddlers to one composer.
Prophet of Progress‎ - Página 237, de Charles Franklin Kettering, Thomas Alvin Boyd - Publicado por Dutton, 1961 - 252 páginas

Pedro Chagas Freitas photo
Oscar Wilde photo

„Alguém que vive dentro de suas possibilidades sofre de falta de imaginação.“

—  Oscar Wilde Escritor, poeta e dramaturgo britânico de origem irlandesa 1854 - 1900

Amado Nervo photo
Albert Einstein photo

„O verdadeiro sinal de inteligência não é o conhecimento, e sim a imaginação.“

—  Albert Einstein 1879 - 1955

The true sign of intelligence is not knowledge, but imagination.
The Gramophone - Volume 83 https://books.google.com.br/books?id=q9s4AQAAIAAJ, Edições 998-1000 - Página 3, C. Mackenzie, 2005
Atribuídas

„Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit. Etiam egestas wisi a erat. Morbi imperdiet, mauris ac auctor dictum.“