Frases do livro
A Insustentável Leveza do Ser

Milan KunderaTítulo original Nesnesitelná lehkost bytí (Tcheco, 1984)

A Insustentável Leveza do Ser é um livro publicado em 1984 por Milan Kundera. O romance se passa na cidade de Praga em 1968. Foi adaptado para o cinema pelo diretor Philip Kaufman sob o nome de The Unbearable Lightness of Being.


Milan Kundera photo

„Aquilo que não é consequência de uma escolha não pode ser considerado nem mérito nem fracasso“

—  Milan Kundera, livro A Insustentável Leveza do Ser

A Insustentável Leveza do Ser
A Insustentável Leveza do Ser

Milan Kundera photo
Milan Kundera photo
Milan Kundera photo
Milan Kundera photo

„Os amores são como impérios: desaparecendo a idéia sobre a qual foram construídos, morrem junto com ela.“

—  Milan Kundera, livro A Insustentável Leveza do Ser

A Insustentável Leveza do Ser
A Insustentável Leveza do Ser

Milan Kundera photo

„Mas o que pode valer a vida, se o primeiro ensaio da vida, já é a própria vida.“

—  Milan Kundera, livro A Insustentável Leveza do Ser

A Insustentável Leveza do Ser
A Insustentável Leveza do Ser

Milan Kundera photo

„Pra que um amor seja inesquecível, é preciso que os acasos se encontrem nele desde o primeiro instante como os pássaros nos ombros de São Francisco de Assis.“

—  Milan Kundera, livro A Insustentável Leveza do Ser

The Unbearable Lightness of Being
Variante: O acaso tem seus sortilégios, a necessidade não. Para que um amor seja inesquecível, é preciso que os acasos se encontrem nele desde o primeiro instante como os pássaros nos ombros de São Francisco de Assis.

Milan Kundera photo
Milan Kundera photo
Milan Kundera photo

„Eu não tenho missão. Ninguém tem missão. E é um alívio enorme perceber que somos livres, que não temos missão.“

—  Milan Kundera, livro A Insustentável Leveza do Ser

The Unbearable Lightness of Being
Variante: Missão, Tereza, é uma palavra idiota. Eu não tenho missão. Ninguém tem missão. E é um alívio enorme perceber que somos livres, que não temos missão.

Milan Kundera photo
Milan Kundera photo
Milan Kundera photo
Milan Kundera photo
Milan Kundera photo
Milan Kundera photo
Milan Kundera photo

„Antes de sermos esquecidos, seremos transformados em kitsch. O kitsch é a estação intermediária entre o ser e o esquecimento.“

—  Milan Kundera, livro A Insustentável Leveza do Ser

A Insustentável Leveza do Ser, pág. 279
A Insustentável Leveza do Ser

Milan Kundera photo

„Se pode com razão, criticar o homem por ser cego a esses acasos, privando a vida da sua dimensão de beleza.“

—  Milan Kundera, livro A Insustentável Leveza do Ser

A Insustentável Leveza do Ser
A Insustentável Leveza do Ser

Milan Kundera photo

„As metáforas são muito perigosas. Não se brinca com as metáforas. O amor pode nascer de uma simples metáfora.“

—  Milan Kundera, livro A Insustentável Leveza do Ser

A Insustentável Leveza do Ser
A Insustentável Leveza do Ser
Variante: Tomás compreendeu então que as metáforas são perigosas. Não se brinca com as metáforas. O amor pode nascer de uma simples metáfora

Milan Kundera photo

„Sentiu um peso, mas não era o peso do fardo e sim da insustentável leveza do ser“

—  Milan Kundera, livro A Insustentável Leveza do Ser

A Insustentável Leveza do Ser
A Insustentável Leveza do Ser

Autores parecidos

Franz Kafka photo
Franz Kafka97
Escritor austro-húngaro-tchecoslovaco
Haruki Murakami photo
Haruki Murakami65
Escritor japonês
J. D. Salinger photo
J. D. Salinger7
escritor americano
Caio Fernando Abreu photo
Caio Fernando Abreu439
escritor brasileiro
Paulo Coelho photo
Paulo Coelho390
escritor e letrista brasileiro
Stefan Zweig photo
Stefan Zweig18
escritor austríaco
Erich Maria Remarque photo
Erich Maria Remarque10
Escritor alemão
George Orwell photo
George Orwell94
escritor e jornalista britânico
Autores parecidos
Franz Kafka photo
Franz Kafka97
Escritor austro-húngaro-tchecoslovaco
Haruki Murakami photo
Haruki Murakami65
Escritor japonês
J. D. Salinger photo
J. D. Salinger7
escritor americano