Frases de Pierre Joseph Proudhon

Pierre Joseph Proudhon photo
18   29

Pierre Joseph Proudhon

Data de nascimento: 15. Janeiro 1809
Data de falecimento: 19. Janeiro 1865

Pierre-Joseph Proudhon foi um filósofo político e econômico francês, foi membro do Parlamento Francês e primeiro grande ideólogo anarquista da história para o anarquismo do Século XIX. É considerado um dos mais influentes teóricos e escritores do anarquismo, sendo também o primeiro a se autoproclamar anarquista, até então um termo considerado pejorativo entre os revolucionários e foi o líder intelectual dos anarquistas norte-americanos naquele século, além de ser o primeiro assumidamente anarquista da história. Foi ainda em vida chamado de socialista utópico por Marx e seus seguidores, rótulo sobre o qual jamais se reconheceu. Após a revolução de 1848 passou a se denominar federalista.Proudhon foi também tipógrafo aprendendo por conta própria o idioma latino para imprimir melhor livros nesta língua. Sua afirmação mais conhecida Propriedade é roubo!, está presente em seu primeiro e maior trabalho, O que é a Propriedade? Pesquisa sobre o Princípio do Direito e do Governo , publicado em 1840. A publicação do livro atraiu a atenção das autoridades francesas. Atraindo também o interesse de Karl Marx, que começou a se corresponder com seu autor. Os dois influenciaram-se mutuamente: encontraram-se em Paris por ocasião do exílio de Marx. A amizade de ambos finalmente chegou ao fim quando Marx respondeu ao seu texto com outro provocadoramente intitulado Miséria da Filosofia.

A disputa tornou-se uma das origens da divisão entre as alas marxistas e anarquistas nos encontros da Associação Internacional dos Trabalhadores. Alguns, como Edmund Wilson, argumentam que o ataque de Marx a Proudhon tem sua origem na defesa prévia do segundo de Karl Grün, o qual Marx abertamente detestava e que havia sido o autor de traduções do trabalho de Proudhon para diversos idiomas. Favoreceu as associações dos trabalhadores ou cooperativas, bem como o propriedade coletiva dos trabalhadores da cidade e do campo em relação aos meios de produção, em contraposição à nacionalização da terra e dos espaços de trabalho. Ele considerava que a revolução social poderia ser alcançada através de formas pacíficas.

Proudhon também tentaria criar um banco operário, semelhante em alguns aspectos, às atuais cooperativas de crédito que beneficiaria os trabalhadores com empréstimos sem juros. Mal-lograda a tentativa, a ideia seria apropriada por capitalistas e acionistas que incorporariam imposição de juros em seus empréstimos.

Obras

Citações Pierre Joseph Proudhon

„A anarquia é a ordem.“

—  Pierre Joseph Proudhon, livro The Confessions of a Revolutionary

Fonte: Les Confessions d’un révolutionnaire (1851)

„O homem pode amar o seu semelhante até ao ponto de morrer por ele; mas não o ama tanto que trabalhe em seu favor.“

—  Pierre Joseph Proudhon, livro Sistema de contradições econômicas

L’homme peut aimer son semblable jusqu’à mourir ; il ne l’aime pas jusqu’à travailler pour lui.
Philosophie de la misère, Pierre Joseph Proudhon, éd. Groupe Fresnes-Antony de la Fédération anarchiste, 1983, t. 1, chap. V, § I, p. 187 (texte integral no Wikisource)

Help us translate English quotes

Discover interesting quotes and translate them.

Start translating

„A propriedade é um roubo.“

—  Pierre Joseph Proudhon

La propriété, c'est le vol !
Qu'est-ce que la propriété ? [O que é propriedade?] (1840), Pierre-Joseph Proudhon, éd. UQAC http://classiques.uqac.ca/classiques/Proudhon/proudhon.html, coll. Les classiques des sciences sociales, 2002, p. 18

„Creio que não temos necessidade dela (revolução) para ter sucesso e que, consequentemente, não devemos apresentar a ação revolucionária como um meio de reforma social, porque isso induzirá um apelo à força, à arbitrariedade, em suma, uma contradição.“

—  Pierre Joseph Proudhon

I believe we have no need of it in order to succeed; and that consequently we should not put forward revolutionary action as a means of social reform, because that pretended means would simply be an appeal to force, to arbitrariness, in brief, a contradiction.
Proudhon To Marx (Correspondências de Pierre-Joseph Proudhon) - 17 maio 1846, https://www.marxists.org/reference/subject/economics/proudhon/letters/46_05_17.htm

„Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit. Etiam egestas wisi a erat. Morbi imperdiet, mauris ac auctor dictum.“

Autores parecidos

Talleyrand photo
Talleyrand2
político francês
Victor Hugo photo
Victor Hugo391
poeta, romancista e dramaturgo francês
Eugéne Delacroix photo
Eugéne Delacroix15
pintor francês
Napoleão Bonaparte photo
Napoleão Bonaparte187
monarca francês, militar e líder político
Claude Debussy photo
Claude Debussy3
compositor francês
Claude Monet photo
Claude Monet4
Pintor francês
Émile Durkheim photo
Émile Durkheim24
Sociólogo francês
Louis Pasteur photo
Louis Pasteur15
químico francês
Honoré De Balzac photo
Honoré De Balzac224
Escritor francês
Aniversários de hoje
Ingmar Bergman photo
Ingmar Bergman13
1918 - 2007
Swami Sivananda photo
Swami Sivananda5
1887 - 1963
Arthur de Gobineau photo
Arthur de Gobineau4
1816 - 1882
Outros 49 aniversários hoje
Autores parecidos
Talleyrand photo
Talleyrand2
político francês
Victor Hugo photo
Victor Hugo391
poeta, romancista e dramaturgo francês
Eugéne Delacroix photo
Eugéne Delacroix15
pintor francês
Napoleão Bonaparte photo
Napoleão Bonaparte187
monarca francês, militar e líder político