Frases do livro
A Viagem do Elefante

A Viagem do Elefante

A Viagem do Elefante é um romance de 2008 do escritor português, Nobel de Literatura de 1998, José Saramago. O romance retrata a ida do paquiderme indiano Salomão de Belém até à Áustria, mandado pelo Rei D. João III, onde será o presente de casamento do arquiduque Maximiliano da Áustria.


José Saramago photo
José Saramago photo

„uma vaca se perdeu nos campos com a sua cria de leite, e se viu rodeada de lobos durante doze dias e doze noites, e foi obrigada a defender-se e a defender o filho, uma longuíssima batalha, a agonia de viver no limiar da morte, um círculo de dentes, de goelas abertas, as arremetidas bruscas, as cornadas que não podiam falhar, de ter de lutar por si mesma e por um animalzinho que ainda não se podia valer, e também aqueles momentos em que o vitelo procurava as tetas da mãe, e sugava lentamente, enquanto os lobos se aproximavam, de espinhaço raso e orelhas aguçadas. Subhro respirou fundo e prosseguiu, ao fim dos doze dias a vaca foi encontrada e salva, mais o vitelo, e foram levados em triunfo para a aldeia, porém o conto não vai acabar aqui, continuou por mais dois dias, ao fim dos quais, porque se tinha tornado brava, porque aprendera a defender-se, porque ninguém podia já dominá-la ou sequer aproximar-se dela, a vaca foi morta, mataram-na, não os lobos que em doze dias vencera, mas os mesmos homens que a haviam salvo, talvez o próprio dono, incapaz de compreender que, tendo aprendido a lutar, aquele antes conformado e pacífico animal não poderia parar nunca mais. (…) o primeiro a falar foi o soldado que sabia muito de lobos, a tua história é bonita, disse (…), a vaca não poderia resistir a um ataque concertado de três ou quatro lobos, já não digo doze dias, mas uma única hora, Então, na história da vaca lutadora é tudo mentira, Não, mentira são só os exageros, os arrebiques de linguagem, as meias verdades que querem passar por verdades inteiras, Que crês tu então que se passou, (…), Creio que a vaca realmente se perdeu, que foi atacada por um lobo, que lutou com ele e o obrigou a fugir talvez mal ferido, e depois se deixou ficar por ali pastando e dando de mamar ao vitelo, até ser encontrada, E não pode ter sucedido que viesse outro lobo, Sim, mas isso já seria muito imaginar, para justificar a medalha ao valor e ao mérito um lobo já é bastante. A assistência aplaudiu pensando que, bem vistas as coisas, a vaca merecia a verdade tanto quanto a medalha.“

—  José Saramago, livro A Viagem do Elefante

A Viagem do Elefante

José Saramago photo

Autores parecidos

José Saramago photo
José Saramago303
escritor português 1922 - 2010
Fernando Pessoa photo
Fernando Pessoa931
poeta português
Franz Kafka photo
Franz Kafka97
Escritor austro-húngaro-tchecoslovaco
Stefan Zweig photo
Stefan Zweig18
escritor austríaco
Erich Maria Remarque photo
Erich Maria Remarque10
Escritor alemão
Haruki Murakami photo
Haruki Murakami65
Escritor japonês
J. D. Salinger photo
J. D. Salinger7
escritor americano
Saul Bellow photo
Saul Bellow13
escritor canadense
Autores parecidos
José Saramago photo
José Saramago303
escritor português 1922 - 2010
Fernando Pessoa photo
Fernando Pessoa931
poeta português
Franz Kafka photo
Franz Kafka97
Escritor austro-húngaro-tchecoslovaco