Frases sobre gratidão

Uma coleção de frases e citações sobre o tema da gratidão.

Tópicos relacionados

Total 107 citações gratidão, filtro:


Vincent Van Gogh photo
Aristoteles photo
Antístenes photo

„A gratidão é a memória do coração.“

—  Antístenes -444 - -365 a.C.

Antístenes, citado em "Frases Geniais" - página 103 http://books.google.com.br/books?id=5nd6l6KXWvgC&pg=PA103, Paulo Buchsbaum, Ediouro Publicações, 2004, ISBN 8500015330, 9788500015335, 440 páginas

Nicolau Maquiavel photo
Clive Staples Lewis photo

„“Nunca deverás tratar a ti mesmo como um ser finalizado, concluso e terminado. Nossos pensamentos estão em constante alteração – nós estamos em constante contradição. Minhas ideias do dia anterior me parecem hoje, demasiado vagas, contraditórias, incompatíveis. Os pensamentos mudam e nós também, tudo é passageiro, tudo incorpora efemeridade e brevidade. A vida é uma viagem, nós somos a viagem. Não importa o caminho, todos eles seguem rumo a um mesmo fim – a morte! Não seria isso o suficiente para termos gratidão, tranquilidade e serenidade ao lidar com os baques da vida? A tristeza deve ser passageira, um caminho para alcançarmos sabedoria. Somos suficientemente capazes de viver intensamente a vida em sua totalidade, és uma experiência extraordinária, no entanto, cabe a nós enxergar a magnificência deste presente que nos fora dado.
Nada nos pertence, o presente é o instante em que acontece, o passado é o presente que não é mais, e o futuro é o presente que será. Se vives inteiramente no presente estarás sempre em paz. Deves viver sempre no presente, corpo e mente. Inúmeras vezes, o corpo permanece no presente, mas a mente à milhas de distância. Este é o nosso maior pecado contra a vida, meus irmãos!
Não permitas passar pela vida sem teres vivido, superado a ti mesmo e atingido a tranquilidade; e que não tenhas arrependimento de nenhum instante. Tenhas autenticidade, não permitas seres tutelado por ideologias, ideais e doutrinas; são uma ameaça a vida. Seja sutileza em meio ao caos, e vivas como um demasiado humano. Esta vida que vives é única e não viverás novamente."“

—  Maria Eduarda Eskildsen

Friedrich Nietzsche photo
Salazar photo
Jane Austen photo
Carlos Bernardo Gonzalez Pecotche photo

Help us translate English quotes

Discover interesting quotes and translate them.

Start translating
Gotthold Ephraim Lessing photo

„Um relacionamento maduro

Porque tu tens sido a minha ajuda, por isso, à sombra das tuas asas me regozijarei. -
Escritura de hoje : Salmo 63

Momentos de silêncio são muitas vezes difíceis em um novo relacionamento, mas não quando esse relacionamento amadureceu ao longo dos anos. Quando namorei Gina, com quem estou casada há mais de 50 anos, ambos nos sentimos pouco à vontade durante raros períodos de silêncio. Mas não hoje. Estamos confortáveis ​​em estar juntos sem falar, seja andando de carro ou relaxando em nossas poltronas reclináveis ​​em casa. É como se uma comunicação inaudível estivesse acontecendo. Cada um se sente bem sobre o outro estar por perto. Cada um se sente livre para falar ou não falar.

Acredito que David tenha chegado a este lugar em seu relacionamento com Deus. Enquanto no deserto fugindo do exército de seu filho rebelde, ele disse ao Senhor: “Meus lábios te louvarão” (Sl 63: 3). Mas ele também falou de lembrar-se de Deus, meditando sobre Ele e regozijando-se na sombra de Suas asas (vv.6-8). Ele estava contente apenas em pensar sobre Ele e desfrutar de Sua presença.

À medida que crescemos em nosso relacionamento com Deus, experimentamos o mesmo tipo de proximidade - às vezes falando, às vezes meditando, às vezes sentindo ondas de gratidão. E mesmo quando absorvidos em buscas terrenas, sentimos uma liberdade interna silenciosa para falar ou não falar com Ele, sabendo que Ele está sempre presente.

Refletir e Orar
Que alegria e conforto podemos conhecer
Quando Jesus vem para jantar!
Ele traz a plenitude de seu amor
e comunhão divina. JDB

Um relacionamento maduro com Deus traz liberdade e alegria. Herbert Vander Lugt“

—  ministério_pão_diário

„Só no domingo?

Ande como filhos da luz. -
Escritura de hoje : Efésios 5: 8-21

Uma controvérsia nos esportes profissionais hoje é a questão da oração no campo. Às vezes, após uma grande jogada ou uma vitória, um jogador cai de joelhos e agradece a Deus. Algumas pessoas se opõem a essa prática.

Um jornalista sugeriu que os campos de jogo deveriam estar fora dos limites de tais práticas religiosas. Ele disse que qualquer coisa que tenha a ver com Deus deveria ser confinada à igreja. Para ele, é "absolutamente ridículo" as pessoas falarem com Deus em qualquer outro lugar.

Como cristãos, discordaríamos desse tipo de pensamento. Mas às vezes damos a impressão, pelo nosso comportamento, de que acreditamos. Colocamos os domingos de lado para adorar e servir a Deus, mas agimos como se o resto da semana fosse nosso para fazer o que quisermos.

Para o crente, no entanto, viver para Deus é uma proposta de 24 horas por dia, 7 dias por semana. Note o ensinamento de Paulo em Efésios 5. Quando ele falou sobre andar “como filhos da luz” (v.8), ele não estava se referindo apenas à maneira como nos comportamos na igreja aos domingos. Quando estamos cheios do Espírito, exemplificaremos compaixão, bondade, humildade, perdão, gratidão e amor o tempo todo.

A vida cristã não é apenas para o domingo. É um dia-a-dia, o tempo todo da vida - mesmo no campo de jogo.

Refletir e Orar
Os outros sabem de como agimos
Em casa, no trabalho, no jogo,
Que temos Jesus em nossos corações
E vivemos para Ele todos os dias? —DJD

Estar aberto a Cristo significa viver para Ele em todos os momentos e em todos os lugares. Dave Branon“

—  ministério_pão_diário

Lucio Anneo Seneca photo
Jean de La Bruyere photo

„Não há no mundo exagero mais belo que a gratidão.“

—  Jean de La Bruyere 1645 - 1696

Il n'y a guère au monde un plus bel excès que celui de la reconnaissance
Oeuvres de La Bruyère‎ - Página 52 http://books.google.com.br/books?id=5maDHUQkqEEC&pg=PA52, Jean de La Bruyere - chez A. Belin, imprimeur-libraire, 1820 - 416 páginas

Publius Cornelius Tacitus photo
António Lobo Antunes photo

„Por vezes, ao sexto ou sétimo cálice, sinto que quase o consigo, que estou prestes a consegui-lo, que as pinças canhestras do meu entendimento vão colher, numa cautela cirúrgica, o delicado núcleo do mistério, mas
logo de imediato me afundo no júbilo informe de uma idiotia pastosa a que me arranco no dia seguinte, a golpes de aspirina e sais de frutos, para tropeçar nos chinelos a
caminho do emprego, carregando comigo a opacidade irremediável da minha existência,
tão densa de um lodo de enigmas como pasta de açúcar na chávena matinal. Nunca lhe aconteceu isto, sentir que está perto, que vai lograr num segundo a aspiração adiada e eternamente perseguida anos a fio, o projeto que é ao mesmo tempo o seu desespero e a sua esperança, estender a mão para agarrá-lo numa alegria incontrolável e tombar, de súbito, de costas, de dedos cerrados sobre nada, à medida que a aspiração ou o projecto se afastam tranquilamente de si no trote miúdo da indiferença, sem a fitarem sequer?
Mas talvez que você não conheça essa espécie horrorosa de derrota, talvez que a
metafísica constitua apenas para si um incômodo tão passageiro como uma comichão efémera, talvez que a habite a jubilosa leveza dos botes ancorados, balouçando devagar
numa cadência autônoma de berços. Uma das coisas, aliás, que me encanta em si, permita-me que lho afirme, é a inocência, não a inocência inocente das crianças e dos
polícias, feita de uma espécie de virgindade interior obtida à custa da credulidade ou da
estupidez, mas a inocência sábia, resignada, quase vegetal, diria, dos que aguardam dos
outros e deles próprios o mesmo que você e eu, aqui sentados, esperamos do empregado
que se dirige para nós chamado pelo meu braço no ar de bom aluno crônico: uma vaga
atenção distraída e o absoluto desdém pela magra gorjeta da nossa gratidão.“

—  António Lobo Antunes, livro Os Cus de Judas

Os Cus de Judas

William Blake photo

„A gratidão é o próprio paraíso.“

—  William Blake 1757 - 1827

Gratitude is heaven itself.
The letters of William Blake: together with a life‎ - Página 139, William Blake, Frederick Tatham, Archibald George Blomefield Russell - C. Scribner's Sons, 1906 - 237 páginas

„Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit. Etiam egestas wisi a erat. Morbi imperdiet, mauris ac auctor dictum.“