Frases sobre gratidão

Uma coleção de frases e citações sobre o tema da riqueza, gratidão, ser, vida.

Melhores frases sobre gratidão

Clive Staples Lewis photo
Gotthold Ephraim Lessing photo
Salazar photo

„A gratidão pertence à História, não à política.“

—  Salazar Chefe de governo de Portugal 1889 - 1970

William Blake photo

„A gratidão é o próprio paraíso.“

—  William Blake 1757 - 1827

Gratitude is heaven itself.
The letters of William Blake: together with a life‎ - Página 139, William Blake, Frederick Tatham, Archibald George Blomefield Russell - C. Scribner's Sons, 1906 - 237 páginas

Antístenes photo

„A gratidão é a memória do coração.“

—  Antístenes -444 - -365 a.C.

Antístenes, citado em "Frases Geniais" - página 103 http://books.google.com.br/books?id=5nd6l6KXWvgC&pg=PA103, Paulo Buchsbaum, Ediouro Publicações, 2004, ISBN 8500015330, 9788500015335, 440 páginas

Friedrich Nietzsche photo
Jean de La Bruyere photo

„Não há no mundo exagero mais belo que a gratidão.“

—  Jean de La Bruyere 1645 - 1696

Il n'y a guère au monde un plus bel excès que celui de la reconnaissance
Oeuvres de La Bruyère‎ - Página 52 http://books.google.com.br/books?id=5maDHUQkqEEC&pg=PA52, Jean de La Bruyere - chez A. Belin, imprimeur-libraire, 1820 - 416 páginas

Honoré De Balzac photo
William Shakespeare photo

„A gratidão é o único tesouro dos humildes.“

—  William Shakespeare dramaturgo e poeta inglês 1564 - 1616

William Shakespeare citado em Revista da Academia Pernambucana de Letras - Edições 18-20 - Página 87, Academia Pernambucana de Letras - 1967
Outras obras

Kelly Key photo

„Não vou viver de gratidão.“

—  Kelly Key Cantora, Musa Fitness e Influenciadora Digital 1983

Todas frases sobre gratidão

Total 115 citações gratidão, filtro:

Vincent Van Gogh photo

„“Nunca deverás tratar a ti mesmo como um ser finalizado, concluso e terminado. Nossos pensamentos estão em constante alteração – nós estamos em constante contradição. Minhas ideias do dia anterior me parecem hoje, demasiado vagas, contraditórias, incompatíveis. Os pensamentos mudam e nós também, tudo é passageiro, tudo incorpora efemeridade e brevidade. A vida é uma viagem, nós somos a viagem. Não importa o caminho, todos eles seguem rumo a um mesmo fim – a morte! Não seria isso o suficiente para termos gratidão, tranquilidade e serenidade ao lidar com os baques da vida? A tristeza deve ser passageira, um caminho para alcançarmos sabedoria. Somos suficientemente capazes de viver intensamente a vida em sua totalidade, és uma experiência extraordinária, no entanto, cabe a nós enxergar a magnificência deste presente que nos fora dado.
Nada nos pertence, o presente é o instante em que acontece, o passado é o presente que não é mais, e o futuro é o presente que será. Se vives inteiramente no presente estarás sempre em paz. Deves viver sempre no presente, corpo e mente. Inúmeras vezes, o corpo permanece no presente, mas a mente à milhas de distância. Este é o nosso maior pecado contra a vida, meus irmãos!
Não permitas passar pela vida sem teres vivido, superado a ti mesmo e atingido a tranquilidade; e que não tenhas arrependimento de nenhum instante. Tenhas autenticidade, não permitas seres tutelado por ideologias, ideais e doutrinas; são uma ameaça a vida. Seja sutileza em meio ao caos, e vivas como um demasiado humano. Esta vida que vives é única e não viverás novamente."“

—  Maria Eduarda Eskildsen

Jane Austen photo

„Sopro de vida


Então, formou o Senhor Deus ao homem do pó da terra e lhe soprou nas narinas o fôlego de vida… v.7


Em uma manhã fria e gelada, enquanto minha filha e eu caminhávamos até a escola, nós nos divertíamos vendo a nossa respiração virar vapor. Ríamos com as diversas nuvens de vapor que cada uma conseguia produzir. Recebi aquele momento como um presente, deleitando-me em estar com ela e em estar viva.

A nossa respiração, que normalmente é invisível, era vista no ar frio e isso me fez pensar sobre a Fonte de nossa respiração e vida — o Senhor, nosso Criador. Aquele que formou Adão do pó da terra, dando-lhe o sopro da vida, também concede vida a nós e a toda criatura vivente (Gênesis 2:7). Todas as coisas vêm dele — até mesmo a nossa própria respiração, que inalamos sem sequer pensarmos nisso.

Vivendo com as conveniências e a tecnologia de hoje, podemos ser tentados a esquecer nossas origens e que Deus é Aquele que nos dá vida. Mas, quando pausamos para recordar que Deus é o nosso Criador, podemos desenvolver uma atitude de gratidão em nossas rotinas diárias. Podemos pedir-lhe ajuda e reconhecer o dom da vida com coração humilde e grato. Que a nossa gratidão transborde e alcance os outros, para que eles também possam dar graças ao Senhor por Sua bondade e fidelidade.

Dê graças a Deus, o nosso Criador, 
que nos concede o fôlego de vida. Amy Boucher Pye“

—  pão_diário_é_só_noticias_boas

„Só no domingo?

Ande como filhos da luz. -
Escritura de hoje : Efésios 5: 8-21

Uma controvérsia nos esportes profissionais hoje é a questão da oração no campo. Às vezes, após uma grande jogada ou uma vitória, um jogador cai de joelhos e agradece a Deus. Algumas pessoas se opõem a essa prática.

Um jornalista sugeriu que os campos de jogo deveriam estar fora dos limites de tais práticas religiosas. Ele disse que qualquer coisa que tenha a ver com Deus deveria ser confinada à igreja. Para ele, é "absolutamente ridículo" as pessoas falarem com Deus em qualquer outro lugar.

Como cristãos, discordaríamos desse tipo de pensamento. Mas às vezes damos a impressão, pelo nosso comportamento, de que acreditamos. Colocamos os domingos de lado para adorar e servir a Deus, mas agimos como se o resto da semana fosse nosso para fazer o que quisermos.

Para o crente, no entanto, viver para Deus é uma proposta de 24 horas por dia, 7 dias por semana. Note o ensinamento de Paulo em Efésios 5. Quando ele falou sobre andar “como filhos da luz” (v.8), ele não estava se referindo apenas à maneira como nos comportamos na igreja aos domingos. Quando estamos cheios do Espírito, exemplificaremos compaixão, bondade, humildade, perdão, gratidão e amor o tempo todo.

A vida cristã não é apenas para o domingo. É um dia-a-dia, o tempo todo da vida - mesmo no campo de jogo.

Refletir e Orar
Os outros sabem de como agimos
Em casa, no trabalho, no jogo,
Que temos Jesus em nossos corações
E vivemos para Ele todos os dias? —DJD

Estar aberto a Cristo significa viver para Ele em todos os momentos e em todos os lugares. Dave Branon“

—  ministério_pão_diário

Publius Cornelius Tacitus photo
Hermann Hesse photo
Daniel Defoe photo
Jane Austen photo
Carlos Bernardo Gonzalez Pecotche photo
Walt Disney photo

„Eu sinto um grande senso de obrigação e gratidão para a Ordem DeMolay devido o papel importante que teve em minha vida. Seus preceitos foram inestimáveis tomando decisões, enfrentando dilemas e crises, sujeitando a face e ideais e conhecendo esses testes que são carregados quando compartilhados com outros em um laço de confiança.“

—  Walt Disney Cofundador da The Walt Disney Company 1901 - 1966

I feel a great sense of obligation and gratitude toward the order for the part it has played in my endeavors. Its precepts have been beyond value in making decisions, in facing dilemmas and crises, in holding onto faiths and ideals and in meeting the tests which are best borne when shared with others in a bond of confidence and mutual respect.
ensaio http://www.disneyhistoryinstitute.com/2011/03/mickey-mouse-chapter-of-demolay.html de Walt foi escrito em fevereiro de 1965
Atribuídas

Aristoteles photo
Nicolau Maquiavel photo

„Um relacionamento maduro

Porque tu tens sido a minha ajuda, por isso, à sombra das tuas asas me regozijarei. -
Escritura de hoje : Salmo 63

Momentos de silêncio são muitas vezes difíceis em um novo relacionamento, mas não quando esse relacionamento amadureceu ao longo dos anos. Quando namorei Gina, com quem estou casada há mais de 50 anos, ambos nos sentimos pouco à vontade durante raros períodos de silêncio. Mas não hoje. Estamos confortáveis ​​em estar juntos sem falar, seja andando de carro ou relaxando em nossas poltronas reclináveis ​​em casa. É como se uma comunicação inaudível estivesse acontecendo. Cada um se sente bem sobre o outro estar por perto. Cada um se sente livre para falar ou não falar.

Acredito que David tenha chegado a este lugar em seu relacionamento com Deus. Enquanto no deserto fugindo do exército de seu filho rebelde, ele disse ao Senhor: “Meus lábios te louvarão” (Sl 63: 3). Mas ele também falou de lembrar-se de Deus, meditando sobre Ele e regozijando-se na sombra de Suas asas (vv.6-8). Ele estava contente apenas em pensar sobre Ele e desfrutar de Sua presença.

À medida que crescemos em nosso relacionamento com Deus, experimentamos o mesmo tipo de proximidade - às vezes falando, às vezes meditando, às vezes sentindo ondas de gratidão. E mesmo quando absorvidos em buscas terrenas, sentimos uma liberdade interna silenciosa para falar ou não falar com Ele, sabendo que Ele está sempre presente.

Refletir e Orar
Que alegria e conforto podemos conhecer
Quando Jesus vem para jantar!
Ele traz a plenitude de seu amor
e comunhão divina. JDB

Um relacionamento maduro com Deus traz liberdade e alegria. Herbert Vander Lugt“

—  ministério_pão_diário

Lucio Anneo Seneca photo
António Lobo Antunes photo

„Por vezes, ao sexto ou sétimo cálice, sinto que quase o consigo, que estou prestes a consegui-lo, que as pinças canhestras do meu entendimento vão colher, numa cautela cirúrgica, o delicado núcleo do mistério, mas
logo de imediato me afundo no júbilo informe de uma idiotia pastosa a que me arranco no dia seguinte, a golpes de aspirina e sais de frutos, para tropeçar nos chinelos a
caminho do emprego, carregando comigo a opacidade irremediável da minha existência,
tão densa de um lodo de enigmas como pasta de açúcar na chávena matinal. Nunca lhe aconteceu isto, sentir que está perto, que vai lograr num segundo a aspiração adiada e eternamente perseguida anos a fio, o projeto que é ao mesmo tempo o seu desespero e a sua esperança, estender a mão para agarrá-lo numa alegria incontrolável e tombar, de súbito, de costas, de dedos cerrados sobre nada, à medida que a aspiração ou o projecto se afastam tranquilamente de si no trote miúdo da indiferença, sem a fitarem sequer?
Mas talvez que você não conheça essa espécie horrorosa de derrota, talvez que a
metafísica constitua apenas para si um incômodo tão passageiro como uma comichão efémera, talvez que a habite a jubilosa leveza dos botes ancorados, balouçando devagar
numa cadência autônoma de berços. Uma das coisas, aliás, que me encanta em si, permita-me que lho afirme, é a inocência, não a inocência inocente das crianças e dos
polícias, feita de uma espécie de virgindade interior obtida à custa da credulidade ou da
estupidez, mas a inocência sábia, resignada, quase vegetal, diria, dos que aguardam dos
outros e deles próprios o mesmo que você e eu, aqui sentados, esperamos do empregado
que se dirige para nós chamado pelo meu braço no ar de bom aluno crônico: uma vaga
atenção distraída e o absoluto desdém pela magra gorjeta da nossa gratidão.“

—  António Lobo Antunes, livro Os Cus de Judas

Os Cus de Judas

Marquês de Maricá photo

„A gratidão também é produto do nosso amor-próprio: julgamo-nos desobrigados dos benefícios se nos confessamos agradecidos.“

—  Marquês de Maricá 1773 - 1848

Variante: A obstinação nas disputas é quase sempre efeito do nosso amor-próprio: julgamo-nos humilhados se nos confessamos convencidos.

„Não é esse


Estabeleça-se, e seja para sempre engrandecido o teu nome […] O Senhor dos Exércitos é o Deus de Israel… v.24


Davi elaborou os planos, projetou o mobiliário, recolheu os materiais e fez todos os arranjos (1 Crônicas 28:11-19). Mas o primeiro templo construído em Jerusalém é conhecido como o Templo de Salomão, não de Davi.

Porque Deus tinha dito: Não é você o escolhido (v.4). Deus tinha escolhido Salomão, o filho de Davi, para construir o Templo. A resposta de Davi para esta negação foi exemplar. Ele se concentrou naquilo que Deus faria, em vez de naquilo que ele próprio não poderia fazer (vv.16-25). Manteve um espírito de gratidão. Fez tudo o que podia e reuniu homens capazes para ajudar Salomão na construção do Templo (1Crônicas 22).

J. G. McConville, comentarista da Bíblia escreveu: “Muitas vezes, podemos ter que aceitar que o trabalho que gostaríamos muito de realizar em termos de serviço cristão, não é aquele para o qual estamos mais bem equipados, e nem aquele para o qual Deus, de fato, nos chamou. Pode ser, como o de Davi, um trabalho preparatório, que leva a algo obviamente maior.”

Davi procurou a glória de Deus, não a sua própria. Ele fielmente fez tudo que podia para o Templo do Senhor, estabeleceu uma base sólida para quem viria depois dele para completar o trabalho. Que nós, da mesma forma, aceitemos as tarefas que Deus nos confiou e o sirvamos com o coração agradecido! Nosso amoroso Deus está fazendo algo “obviamente maior.”

Deus pode ocultar o propósito de Seus caminhos, 
mas Seus caminhos têm propósitos. Poh Fang Chia“

—  pão_diário_é_só_noticias_boas

„Comece onde você está


Os céus proclamam a glória de Deus, e o firmamento anuncia as obras das suas mãos. v.1


Hoje, deparei-me com uma flor solitária que cresce nas campinas, uma pequena flor roxa “desperdiçando a sua doçura no ar do deserto”, tomei emprestado a linda linha de um verso do poeta inglês, Thomas Gray. Tenho certeza de que ninguém tinha visto esta flor anteriormente, e talvez ninguém a verá novamente. E pensei: Por que esta beleza neste lugar?

A natureza nunca é desperdiçada. Ela exibe diariamente a verdade, bondade e beleza daquele que a trouxe à existência. Cada dia a natureza oferece uma nova declaração da glória de Deus. Será que vejo Deus em meio a essa beleza, ou apenas lanço um olhar à natureza e demonstro indiferença?

Toda a natureza declara a beleza daquele que a criou. Nossa resposta pode ser louvor, adoração e gratidão, pelo brilho de uma flor centaurea (escovinha, marianinha), pelo esplendor de um nascer do sol, pela simetria de uma árvore em particular.

O escritor C. S. Lewis descreve uma caminhada na floresta num dia de verão. Ele perguntou ao seu amigo sobre a melhor forma de cultivar um coração agradecido a Deus. Seu companheiro de caminhada virou-se para um riacho nas proximidades, lavou o rosto e as mãos em uma pequena cascata, e perguntou: “Por que não começar com isto?” Lewis disse que aprendeu um grande princípio naquele momento: “Comece onde você está.”

Uma cachoeira, o vento nos salgueiros, um pássaro, uma minúscula flor. Que tal agradecer agora mesmo?

Deus é a beleza por trás de toda a beleza. 
Steve DeWitt David H. Roper“

—  pão_diário_é_só_noticias_boas

„Em todas as circunstâncias


Em tudo, dai graças, porque esta é a vontade de Deus em Cristo Jesus para convosco. v.18


Em nosso bairro, reclamamos muito sobre as constantes quedas de energia. Elas podem ocorrer até três vezes numa semana e duram até 24 horas, mergulhando o bairro na escuridão. É difícil suportar esse inconveniente quando não podemos usar os aparelhos domésticos básicos.

Nossa vizinha, que é cristã, muitas vezes pergunta: “Isso é algo pelo qual devemos agradecer a Deus?” Ela está se referindo a 1 Tessalonicenses 5:18: “Em tudo, dai graças, porque esta é a vontade de Deus em Cristo Jesus para convosco.” Nós sempre dizemos: “Sim, claro, damos graças a Deus em todas as coisas.” Mas essa maneira tímida de dizermos é negada pela nossa reclamação cada vez que a energia é interrompida.

Certo dia, porém, a nossa crença de que devemos agradecer a Deus em todas as circunstâncias assumiu um novo significado. Voltei do trabalho para encontrar nossa vizinha visivelmente abalada, dizendo: “Graças a Deus que faltou energia. Minha casa teria queimado e minha família e eu teríamos perecido!”

Um caminhão de coleta de lixo tinha atingido o poste de eletricidade na frente de sua casa e derrubado os cabos de alta-tensão sobre várias casas. Se os cabos estivessem energizados, as mortes teriam sido inevitáveis.

As circunstâncias difíceis que enfrentamos podem dificultar a nossa gratidão. Podemos ser gratos ao nosso Deus, que vê em cada situação uma oportunidade para que confiemos nele — quer vejamos ou não os Seus propósitos.

Pela graça de Deus 
podemos ser gratos em todas as coisas. Lawrence Darmani“

—  pão_diário_é_só_noticias_boas

„Gratidão


Bondade e misericórdia certamente me seguirão todos os dias da minha 
vida… v.6


Querendo amadurecer na vida espiritual e tornar-se mais grata, Suzana iniciou o que chamou de Pote de Gratidão. Todas as noites, ela escrevia num papelzinho uma coisa pela qual agradecia a Deus e a colocava no pote. Alguns dias, ela tinha muitos agradecimentos; em dias difíceis, ela lutava para encontrar algum. No fim do ano, ela esvaziou o pote e leu todas as notas. Ela se viu agradecendo a Deus por tudo que Ele havia feito. Deus tinha lhe dado coisas simples como um belo pôr do sol ou uma noite fria para um passeio no parque; outras vezes, lhe concedera graça para lidar com uma situação difícil ou tinha respondido a uma oração.


A descoberta de Suzana me lembrou do que o salmista Davi diz ter experimentado (Salmo 23). Deus o revigorou com “…pastos verdejantes…” e “…águas de descanso” (vv.2,3). Deu-lhe orientação, proteção e conforto (vv.3,4). Davi concluiu: “Bondade e misericórdia certamente me seguirão todos os dias da minha vida…” (v.6).


Farei um “pote de gratidão” este ano. Talvez você também queira fazer um. Creio que teremos muitos motivos para agradecer a Deus — inclusive por nos dar amigos, familiares, e provisão para as nossas necessidades físicas, espirituais e emocionais. Veremos que a bondade e a misericórdia de Deus nos acompanham todos os dias de nossa vida.

Quando você pensar em tudo que é bom, 
dê graças a Deus. Anne Cetas“

—  pão_diário_é_só_noticias_boas

„A gratidão em família


…Eu e a minha casa serviremos ao Senhor. v.15


Certo colega saiu com o filho para uma lanchonete. Lá, deu-lhe um lanche e um pacote de batatas fritas. De repente, ele resolveu servir-se de um pouco do pacote do garoto. O menino deu-lhe um tapinha na mão e advertiu: “É meu!”. O pai pensou: “Ele se esqueceu que fui eu quem deu. Que quem dará o próximo serei eu. Afinal, quem dispõe dos recursos sou eu!” . Exatamente como fazemos muitas vezes com Deus.

A família reflete com muita proximidade nosso relacionamento com o Senhor. A partir da percepção clara do valor da família e do cenário ao seu redor, Josué fez uma escolha: servir ao Senhor.

Servir ao Senhor implica reconhecer o que Ele tem feito. O que move Josué é a memória das experiências vividas (vv.2-13). Precisamos reconhecer o que o Deus tem feito por nós e ensinar isso a nossos filhos. Precisamos criar neles a consciência de que Deus tem sido generoso para conosco e nutrir em nossa família o sentimento de gratidão.

A certeza de que “Ao anoitecer, pode vir o choro, mas a alegria vem pela manhã” (Salmo 30:5) vem da constatação de que já houve noites anteriormente, que foram sucedidas por um novo amanhecer. Os filhos que têm fé são os que aprenderam a ver o agir de Deus.

Quando somos gratos, somos confiantes e humildes. A experiência da gratidão nos ensina a dependência e a submissão a Deus.

Que possamos dizer decididamente: “eu e a minha casa serviremos ao Senhor!”

A percepção do que Deus tem feito por nós 
nos faz olhar confiantemente para frente. Ney Silva Ladeia“

—  pão_diário_é_só_noticias_boas

„O coração alegre


Celebrai com júbilo ao Senhor, todas as terras. Salmo 100:1


A música favorita de minha neta é uma das marchas de John Philip Sousa. Este compositor norte-americano foi considerado o “rei da marcha”, no final do século 19. Moriah não faz parte de uma banda, pois tem apenas 20 meses. Ela gosta da melodia e pode até balbuciar algumas notas. Ela associa a marcha com os momentos alegres. Quando a nossa família se reúne, muitas vezes cantamos esta canção com aplausos e outros ruídos barulhentos, e os netos dançam ou marcham em círculos acompanhando o ritmo. Sempre termina com crianças tontas e muitas risadas.

Nosso barulho alegre lembra-me do salmo que implora: “Servi ao Senhor com alegria” (100:2). Quando o rei Salomão dedicou o Templo, os israelitas celebraram com louvores (2 Crônicas 7:5,6). O Salmo 100 pode ter sido uma das canções que eles cantaram, pois declara: “Celebrai com júbilo ao Senhor, todas as terras. Servi ao Senhor com alegria, apresentai-vos diante dele com cântico. […] Entrai por suas portas com ações de graças e nos seus átrios, com hinos de louvor; rendei-lhe graças e bendizei-lhe o nome” (vv.1,4). Por quê? “Porque o Senhor é bom e o seu amor dura para sempre”! (v.5).

Nosso bom Deus nos ama! Em atitude de gratidão, vamos celebrar com júbilo ao Senhor.

O louvor é o transbordamento 
de um coração alegre. Alyson Kieda“

—  pão_diário_é_só_noticias_boas

„Orações de cinco dedos


…orai uns pelos outros… v.16


A oração é uma conversa com Deus, não uma fórmula. No entanto, às vezes precisamos usar um “método” para revigorar o nosso tempo de oração. Podemos orar os Salmos ou outras Escrituras, como a Oração do Senhor, ou ainda usar o método ACGS (Adoração, Confissão, Gratidão e Súplica). Recentemente, aprendi e me deparei com esta “Oração de Cinco Dedos” para usar como um guia, quando orar por outras pessoas:

• Ao dobrar as mãos, o polegar está mais próximo de você. Então, comece orando por aqueles que lhe são mais próximos, seus entes queridos (Filipenses 1:3-5).

• O indicador é o ponteiro. Ore por aqueles que ensinam, professores de ensino bíblico, pregadores e os que ensinam as crianças (1 Tessalonicenses 5:25).

• O dedo seguinte é o médio. Ele o lembra a orar por aqueles com autoridade sobre você, líderes nacionais e locais, e seu supervisor no trabalho (1 Timóteo 2:1,2).

• O quarto dedo anelar é geralmente o mais fraco. Ore por aqueles que estão em apuros ou sofrendo (Tiago 5: 13,16).

• Então vem seu dedo mindinho. Lembra-o de sua pequenez em relação à grandeza de Deus. Peça-lhe para suprir as suas necessidades (Filipenses 4:6,19).

Seja qual for o método utilizado, apenas fale com seu Pai. Ele quer ouvir o que está em seu coração.

Não são as palavras que oramos que importam; 
é a condição de nosso coração. Anne Cetas“

—  pão_diário_é_só_noticias_boas

„Posturas do coração


…ajoelhou-se em presença de toda a congregação de Israel, estendeu as mãos para o céu… vv.13,14


Quando meu marido toca a harmônica no grupo de louvor da igreja, noto que às vezes ele fecha os olhos ao tocar. Ele diz que isso o ajuda a concentrar-se e bloquear distrações. Sua harmônica, a música e ele, louvando a Deus.

Algumas pessoas se perguntam se nossos olhos devem estar fechados ao orarmos. Como podemos orar a qualquer momento e lugar, pode ser difícil fechar os olhos sempre, especialmente se estivermos caminhando, retirando ervas daninhas ou dirigindo um veículo!

Também não há regras sobre a posição em que nosso corpo deve estar quando falamos com Deus. Quando o rei Salomão orou para dedicar o templo que tinha construído, ajoelhou-se e “estendeu as mãos para o céu” (vv.13,14). Ajoelhar-se (Efésios 3:14), de pé (Lucas 18: 10-13), e mesmo deitado de bruços (Mateus 26:39) são todos mencionados na Bíblia como posições para oração.

Quer nos ajoelhemos ou nos levantemos diante de Deus, quer levantemos nossas mãos para o céu ou fechemos nossos olhos para que possamos nos concentrar melhor em Deus, não é a postura de nosso corpo, mas a de nosso coração que é importante. Tudo o que fazemos “flui do [nosso coração]” (Provérbios 4:23). Quando oramos, que nosso coração esteja sempre curvado em adoração, gratidão e humildade ao nosso Deus amoroso, pois sabemos que Seus olhos estão “abertos e [Seus] ouvidos atentos às orações” de Seu povo (2 Coríntios 6:40).

A forma mais elevada de oração 
vem das profundezas de um coração humilde. Cindy Hess Kasper“

—  pão_diário_é_só_noticias_boas

„O remédio para o ciúme


Daquele dia em diante, Saul não via a Davi com bons olhos. v.9


Concordei alegremente em cuidar dos meus netos enquanto seus pais sairiam à noite. Depois dos abraços, perguntei-lhes sobre o fim de semana (cada um tinha tido aventuras diferentes). Bruno, 3 anos, contou quase sem fôlego como passara a noite com sua tia e tio, tomara sorvete, e também tinha brincado em um carrossel e assistido a um filme! Em seguida, foi a vez de Samuel, 5 anos. Ele respondeu: “Acampamento” “Você se divertiu?”, perguntei-lhe. “Não muito”, ele respondeu triste.

Samuel experimentou o ciúme. Esqueceu-se de como se divertira ao acampar com seu pai quando ouviu o irmão falar alegremente sobre o seu fim de semana.

Todos nós podemos ser vítimas de ciúmes. O rei Saul cedeu ao ciúme quando o louvor que Davi recebeu excedeu o dele: “Saul matou seus milhares, e Davi seus dezenas de milhares!” (v.7). Saul indignou-se e “daquele dia em diante, Saul não via a Davi com bons olhos” (v.9). Ele estava tão irritado que tentou matar Davi!

A comparação é tola e autodestrutiva. Alguém sempre terá algo que não temos ou desfrutará de experiências diferentes das nossas. Mas Deus já nos deu muitas bênçãos, incluindo tanto a vida nesta Terra como a promessa de vida eterna para todos os que creem. Depender de Sua ajuda e nos concentrarmos nele em atitude de gratidão pode nos ajudar a superar o ciúme.

O remédio para o ciúme 
é a gratidão a Deus. Alyson Kieda“

—  pão_diário_é_só_noticias_boas

„Tendo bons frutos


Ele é como árvore plantada junto a corrente de águas, que, no devido tempo, dá o seu fruto… v.3


A vista da minha janela do avião era marcante: uma fita estreita de campos de trigo maduros e pomares entre duas montanhas áridas. Um rio atravessava o vale. Água gerando vida, sem a qual não haveria qualquer fruto.

Assim como uma colheita abundante depende de uma fonte de água limpa, a qualidade do “fruto” em minha vida, as minhas palavras, ações e atitudes dependem do meu alimento espiritual. O salmista descreve isso no Salmo 1: A pessoa “…cujo prazer está na lei do Senhor […]. É como a árvore plantada junto a corrente de águas, que no devido tempo, dá o seu fruto…” (vv.1-3). E Paulo escreve em Gálatas 5 que aqueles que andam em sintonia com o Espírito são marcados por “amor, alegria, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fidelidade, mansidão, domínio próprio…” (vv.22,23).

Às vezes, a minha perspectiva sobre as minhas circunstâncias azeda, ou minhas ações e palavras tornam-se persistentemente indelicadas. Não há bons frutos, e percebo que não investi tempo em quietude diante da Palavra de Deus. Mas quando o ritmo dos meus dias está enraizado na confiança em Deus, produzo bons frutos. A paciência e a gentileza caracterizam as minhas interações com os outros; e é mais fácil escolher a gratidão do que murmurar.

O Deus que se revelou a nós é a nossa fonte de força, sabedoria, alegria, compreensão e paz (Salmo 119:28,98,111,144,165). Ao fortalecermos a nossa alma nas palavras que nos levam a Ele, a obra do Espírito de Deus se tornará clara em nossa vida.

O Espírito de Deus habita em Seu povo, 
a fim de trabalhar por meio deles. Peter Chin“

—  pão_diário_é_só_noticias_boas

Carlos Hilsdorf photo
Adolf Eichmann photo

„Eu recordo com profunda gratidão da ajuda de padres católicos na minha fuga da Europa e decidi, em honra da fé católica, tornar-me membro honorário.“

—  Adolf Eichmann 1906 - 1962

Ich erinnere mich in tiefer Dankbarkeit an die Hilfe katholischer Priester bei meiner Flucht aus Europa und entschied, den katholischen Glauben zu honorieren, indem ich Ehrenmitglied wurde
Adolf Eichmann, em 1961; citado em "Kirche der Sünder, sündige Kirche?: Beispiele für den Umgang mit Schuld nach 1945"‎ - Página 34, de Rainer Bendel - Publicado por LIT Verlag Berlin-Hamburg-Münster, 2002, ISBN 3825850102, 9783825850104 - 240 páginas

Samuel Johnson photo

„A gratidão é um fruto de grande cultura; não se encontra entre gente vulgar.“

—  Samuel Johnson 1709 - 1784

Gratitude is a fruit of great cultivation; you do not find it among gross people.
Samuel Johnson em 20 de setembro de 1773; citado em "Boswell's Life of Johnson: including Boswell's Journal of a tour of the Hebrides, and Johnson's diary of A journey into North Wales", Volume 5, Página 264 http://books.google.com.br/books?id=Iu4eAAAAMAAJ&pg=PA264, James Boswell, Samuel Johnson, George Birkbeck ... - Bigelow, Brown & co., inc., 1786

André Gide photo
William Butler Yeats photo

„Nenhum homem viveu que tivesse suficiente: gratidão de crianças e amor de mulher.“

—  William Butler Yeats 1865 - 1939

No man has ever lived that had enough. Of children's gratitude or woman's love.
Vacillation http://poetry.poetryx.com/poems/1751/, III, st. 1

Benjamin Constant photo

„A gratidão tem memória curta.“

—  Benjamin Constant político francês 1767 - 1830

citado em "A arte de envelhecer com sabedoria"‎ - Página 87, de Abrahão Grinberg - Nobel, 2002, ISBN 8521311117, 9788521311119 - 128 páginas
citado em "Citações da Cultura Universal" - Página 237, Alberto J. G. Villamarín, Editora AGE Ltda, 2002, ISBN 8574970891, 9788574970899

Esopo photo

„A gratidão é a virtude das almas nobres.“

—  Esopo -620 - -564 a.C.

Gratitude is the sign of noble souls
Esopo in: The Lion and the Shepherd (O Leão e o Pastor)

François de La  Rochefoucauld photo

„A gratidão da maioria dos homens não passa de um desejo secreto de receber maiores favores.“

—  François de La Rochefoucauld Escritor, moralista e memorialista francês 1613 - 1680

La reconnaissance de la plupart des hommes n'est qu'une secrète envie de recevoir de plus grands bienfaits.
Maximes du duc de La Rochefoucauld: Précédées d'une notice sur sa vie‎ - item CCXCVIII, Página 56 http://books.google.com.br/books?id=uqOcE68mU90C&pg=PA56, de François La Rochefoucauld, Charles de Secondat Montesquieu, Vauvenargues, Jean Baptiste Antoine Suard - Publicado por F. Didot frères, 1855 - 345 páginas

Carlos Bernardo Gonzalez Pecotche photo
Honoré De Balzac photo

„A gratidão é uma dívida que os filhos nem sempre aceitam no inventário.“

—  Honoré De Balzac Escritor francês 1799 - 1850

La reconnaissance est une dette que les enfants n'acceptent pas toujours à l' inventaire.
Etudes de moeurs: tome 2. Scènes de la vie privée - Página 377 http://books.google.com.br/books?id=2YoTAAAAQAAJ&pg=PA377, Honoré de Balzac - Furne, 1842 - 457 páginas

Italo Svevo photo
Carmen Miranda photo
Papa Bento XVI photo

„Hoje nós enterramos os seus restos na terra como uma semente da imortalidade. Os nossos corações estão cheios de tristeza, mas ao mesmo tempo de uma alegre esperança e de uma gratidão profunda.“

—  Papa Bento XVI professor académico alemão, Papa Emérito 1927

Durante a homilia que fez no funeral de João Paulo 2º
Enquanto cardeal, João Paulo II

Viktor Yushchenko photo
Germaine Greer photo
Chico Xavier photo

„Não cobres tributos de gratidão.“

—  Chico Xavier Médium brasileiro 1910 - 2002

Jean de La Bruyere photo
Marie-Madeleine de La Fayette photo
Remy de Gourmont photo
Marquês de Maricá photo
Giacomo Leopardi photo

„Temos muito mais temor do ódio ou da cólera dos homens do que esperança no seu carinho e na sua gratidão.“

—  Giacomo Leopardi 1798 - 1837

Variante: Tem-se muito mais temor do ódio ou da cólera dos homens do que esperança no seu afeto e na sua gratidão.

Epicuro photo
François de La  Rochefoucauld photo
Henry Ward Beecher photo
Florbela Espanca photo
Karl Kraus photo
Vicente Espinel photo
Ivan Turgenev photo
Cícero photo

„Nenhum dever é mais importante do que a gratidão.“

—  Cícero orador e político romano -106 - -43 a.C.

Nicolas Chamfort photo
Marquês de Maricá photo
Publius Cornelius Tacitus photo
Ambrose Bierce photo
Lucio Anneo Seneca photo
Machado de Assis photo
Friedrich Nietzsche photo
Mark Twain photo

„Devemos ser gratos aos idiotas. Sem eles, o resto de nós não seria bem sucedido.“

—  Mark Twain escritor, humorista e inventor norte-americano 1835 - 1910

Pierre Nicole photo
Aristoteles photo
José Maria Latino Coelho photo
Jhumpa Lahiri photo
Clarice Lispector photo

„(…)sentou-se para descansar e em breve fazia de conta que ela era uma mulher azul porque o crepúsculo mais tarde talvez fosse azul, faz de conta que fiava com fios de ouro as sensações. faz de conta que a infância era hoje e prateada de brinquedos, faz de conta que uma veia não se abrira e faz de conta que dela não estava em silêncio alvíssimo escorrendo sangue escarlate, e que ela não estivesse pálida de morte mas isso fazia de conta que estava mesmo de verdade, precisava no meio do faz de conta falar a verdade de pedra opaca para que contrastasse com o faz de conta verde-cintilante, faz de conta que amava e era amada, faz de conta que não precisava morrer de saudade, faz de conta que estava deitada na palma transparente de Deus, não Lóri mas o seu nome secreto que ela por enquanto ainda não podia usufruir, faz de conta que vivia e não que estivesse morrendo pois viver afinal não passava de se aproximar cada vez mais da morte, faz de conta que ela não ficava de braços caídos de perplexidade quando os fios de ouro que fiava se embaraçavam e ela não sabia desfazer o fino fio frio, faz de conta que ela era sábia bastante para desfazer os nós de corda de marinheiro que lhe atavam os pulsos, faz de conta que tinha um cesto de pérolas só para olhar a cor da lua pois ela era lunar, faz de conta que ela fechasse os olhos e seres amados surgissem quando abrisse os olhos úmidos de gratidão, faz de conta que tudo o que tinha não era faz de conta, faz de conta que se descontraía o peito e uma luz douradíssima e leve guiava por uma floresta de açudes mudos e de tranqüilas mortalidades, faz de conta que ela não era lunar, faz de conta que ela não estava chorando por dentro.“

—  Clarice Lispector Escritora ucraniano-brasileira 1920 - 1977

Julio Cortázar photo
Beth Goulart photo
Robert Oppenheimer photo

„É com apreço e gratidão que aceito este prémio em nome do Laboratório de Los Alamos, e pelos homens e mulheres cujo trabalho e dedicação o construiram. É nossa esperança que no futuro possamos olhar para este prémio e para tudo o que ele significa com orgulho. Hoje esse orgulho deve ser moderado face a uma profunda preocupação. Se bombas nucleares forem adicionadas como novas armas aos arsenais de um mundo em guerra, ou aos arsenais de nações preparando-se para a guerra, então chegará o dia em que o mundo amaldiçoará os nomes de Los Alamos e Hiroshima. Os povos deste mundo têm de se unir, ou perecerão. Esta guerra que tanto devastou esta Terra escreveu estas palavras. A bomba atómica soletrou-as para que todos os homens as percebam. Outros homens usaram estas palavras em outros tempos, sobre outras guerras e outras armas. Elas não prevaleceram. Existem alguns que, ludibriados por um falso sentido de história humana, defendem que elas não prevalecerão agora. Não nos cabe a nós acreditar nisso. Pelas nossas mentes estamos comprometidos a um mundo unido perante o perigo comum, na lei e na humanidade.“

—  Robert Oppenheimer 1904 - 1967

"It is with appreciation and gratefulness that I accept from you this scroll for the Los Alamos Laboratory, and for the men and women whose work and whose hearts have made it. It is our hope that in years to come we may look at the scroll and all that it signifies, with pride. Today that pride must be tempered by a profound concern. If atomic bombs are to be added as new weapons to the arsenals of a warring world, or to the arsenals of the nations preparing for war, then the time will come when mankind will curse the names of Los Alamos and Hiroshima. The people of this world must unite or they will perish. This war that has ravaged so much of the earth, has written these words. The atomic bomb has spelled them out for all men to understand. Other men have spoken them in other times, and of other wars, of other weapons. They have not prevailed. There are some misled by a false sense of human history, who hold that they will not prevail today. It is not for us to believe that. By our minds we are committed, committed to a world united, before the common peril, in law and in humanity."
Verificadas
Fonte: Discurso de aceitação do Army-Navy "Excellence" Award, 16 de novembro de 1945

Esta tradução está aguardando revisão. Está correcto?
Clive Staples Lewis photo
Esta tradução está aguardando revisão. Está correcto?
A. A. Milne photo
Esta tradução está aguardando revisão. Está correcto?
Steve Allen photo