Frases de Italo Svevo

Italo Svevo foto

16   0

Italo Svevo

Data de nascimento: 19. Dezembro 1861
Data de falecimento: 13. Setembro 1928

Italo Svevo, pseudônimo de Aron Hector Schmitz, nome depois italianizado para Ettore Schmitz , foi um escritor e dramaturgo italiano.

Nascido em Trieste , quinto dos oito filhos de uma abastada família judia originária da Alemanha, seu pai era Franz Schmitz , comerciante de vidros. Sua mãe, Allegra Moravia , era italiana.

Seu terceiro romance, A consciência de Zeno, é também sua obra mais conhecida e compõe uma trilogia com Uma Vida e Senilidade. O quarto romance, Il vecchione o Le confessioni del vegliardo , uma "continuação" de A consciência de Zeno, ficará inacabado em razão da morte do escritor, em 13 de setembro de 1928, após um acidente de trânsito, quando voltava com a família de uma estação de águas, em Bormio.

Citações Italo Svevo


„A vida não é nem feia, nem bonita, mas é original!“

„Agora que estou a envelhecer e me aproximo do patriarca, eu também sinto que uma imoralidade anunciada é mais punível do que uma acção imoral. Chega-se ao assassínio por amor ou por ódio; à propaganda do assassínio, apenas por maldade.“


„A vida parece uma doença porque avança por crises e deterioração progressiva e tem melhoras e agravamentos quotidianos. Porém, ao contrário das outras doenças, a vida é sempre mortal. Não admite tratamento.“

„O mentiroso deveria ter em mente que, para ser acreditado, precisa apenas dizer as mentiras necessárias.“

„Os mortos nunca foram pecadores.“

„É sabido que nós homens não buscamos na esposa as qualidades que adoramos e desprezamos na amante.“

„Um dos primeiros efeitos da beleza feminina sobre um homem é o de tirar-lhe a avareza.“

„Agora que estou a envelhecer e me aproximo do patriarca, eu também sinto que uma imoralidade anunciada é mais punível do que uma ação imoral. Chega-se ao assassínio por amor ou por ódio; à propaganda do assassínio, apenas por maldade.“


„Quando se está a morrer, tem-se muito mais que fazer do que pensar na morte.“

„Todos na família se admiram de minha memória para os aniversários alegres ou tristes e atribuem isso à minha bondade!“

„Ainda bem que a gente só visita museus na lua-de-mel. Depois, nunca mais!“

„Cada vez que vejo uma montanha espero que se transforme em um vulcão.“


„Uma das grandes dificuldades da vida é adivinhar qual é o desejo de uma mulher“

„Sou o médico de quem às vezes se fala neste romance com palavras pouco lisonjeiras. Quem entende de psicanálise sabe como interpretar a antipatia que o paciente me dedica.“

„Os saudáveis não se analisam a si próprios, sequer se contemplam no espelho. Só os doentes sabemos algo sobre nós mesmos.“

„Depois, nunca mais se falou desse assunto entre mim e Augusta porque o casamento é coisa bem mais simples que o noivado. Uma vez casados não se discute mais sobre o amor e, quando se sente a necessidade de falar disso, a animalidade logo intervém para refazer o silêncio. Às vezes essa animalidade torna-se tão humana que complica e falsifica as coisas, ocorrendo que, ao se inclinar sobre uma cabeleira feminina, se faça o esforço por evocar uma luz que não existe nela. Fecham-se os olhos e a mulher se transforma em outra, para, passado o amor, voltar de novo a ser ela. A ela dedicamos nossa gratidão, que é ainda maior se o esforço resultou bem-sucedido.“

Autores parecidos