Frases de André Gide

André Gide photo
108   14

André Gide

Data de nascimento: 22. Novembro 1869
Data de falecimento: 19. Fevereiro 1951
Outros nomes: André Paul Guillaume Gide

André Paul Guillaume Gide foi um escritor francês.

Recebeu o Nobel de Literatura de 1947. Oriundo de uma família da alta burguesia, foi o fundador da Editora Gallimard e da revista Nouvelle Revue Française. Gide não somente era homossexual assumido, como também falava abertamente em favor dos direitos dos homossexuais, tendo escrito e publicado, entre 1910 e 1924, um livro destinado a combater os preconceitos homofóbicos da sociedade de seu tempo, Corydon.

Liberdade e libertação recusando restrições morais e puritanas, a sua obra articula-se ao redor da busca permanente da honestidade intelectual: como ser igual a si mesmo, ao ponto de assumir a sua pederastia e a sua homossexualidade. Entre as suas obras mais importantes estão Os Frutos da Terra, a já mencionada Corydon, A Sinfonia Pastoral, O Imoralista e Os Moedeiros Falsos.

Obras

„Não acredites que a tua verdade possa ser encontrada por algum outro.“

—  André Gide, livro Les Nourritures terrestres

Ne crois pas que ta vérité puisse être trouvée par quelque autre.
"Les nourritures terrestres" - página 209, André Gide - Sociéte du Mercure de France, 1897 - 210 páginas
Os frutos da Terra (1897)
Variante: Não te convenças de que a tua verdade possa ser encontrada por qualquer outro.

„Na frente de certos ricos, como não se sentir uma alma de comunista?“

—  André Gide

En face de certains riches, comment ne pas se sentir une âme de communiste?
André Gide in: "Oeuvres complètes d'André Gide‎" - vol. 15, Página 125, N[ouvelle] r[evue] f[rançaise], 1932

„Nada impede mais a felicidade do que a lembrança da felicidade.“

—  André Gide

citado em "Frases Geniais" - Página 14, de PAULO BUCHSBAUM - Editora Ediouro Publicações, ISBN 8500015330, 9788500015335

„Não gosto dos que se acham com mérito por terem trabalhado penosamente. Porque, se o que fizeram foi penoso, seria por certo melhor que tivessem feito outra coisa. A sinceridade do meu prazer é o mais importante dos meus guias.“

—  André Gide, livro Les Nourritures terrestres

Je n’aime point ceux qui se font un mérite d’avoir péniblement œuvré. Car si c’était pénible, ils auraient mieux fait de faire autre chose. La joie que l’on y trouve est signe de l’appropriation du travail et la sincérité de mon plaisir, Nathanaël, m’est le plus important des guides
"Les nourritures terrestres" - página 43, André Gide - Sociéte du Mercure de France, 1897 - 210 páginas
Os frutos da Terra (1897)

Help us translate English quotes

Discover interesting quotes and translate them.

Start translating

„O sábio é aquele que se deslumbra com tudo.“

—  André Gide, livro Les Nourritures terrestres

Le sage est celui qui s'étonne de tout.
"Les nourritures terrestres" - página 34, André Gide - Sociéte du Mercure de France, 1897 - 210 páginas
Os frutos da Terra (1897)
Variante: O homem sensato é aquele que se surpreende com tudo.

„Não devemos preparar as nossas alegrias ou, pelo menos, devemos saber que em seu lugar nos virá surpreender uma outra alegria. Toda a felicidade é de encontro e apresenta-se-nos em cada instante como um mendigo na estrada.“

—  André Gide, livro Les Nourritures terrestres

Saisis de chaque instant la nouveauté irressemblable et ne prépare pas tes joies, ou sache qu’en son lieu préparé te surprendra une joie autre. Que n’as-tu donc compris que tout bonheur est de rencontre et se présente à toi, dans chaque instant comme un mendiant sur ta route.
"Les nourritures terrestres" - página 44, André Gide - Sociéte du Mercure de France, 1897 - 210 páginas
Os frutos da Terra (1897)

Aniversários de hoje
Machado de Assis photo
Machado de Assis401
escritor brasileiro 1839 - 1908
Ludwig von Mises photo
Ludwig von Mises35
economista austríaco 1881 - 1973
Miguel de Cervantes photo
Miguel de Cervantes31
1547 - 1616
Miguel de Unamuno photo
Miguel de Unamuno90
1864 - 1936
Outros 56 aniversários hoje