Frases de Benjamin Disraeli

Benjamin Disraeli foto
71  3

Benjamin Disraeli

Data de nascimento: 21. Dezembro 1804
Data de falecimento: 19. Abril 1881

Publicidade

Benjamin Disraeli, 1.º Conde de Beaconsfield KG, PC, FRS foi um político Conservador britânico, escritor, aristocrata e Primeiro-Ministro do Reino Unido em duas ocasiões. Ele teve papel central na criação do Partido Conservador moderno, definindo suas políticas e ampla divulgação. Disraeli é mais lembrado por sua influência em assuntos internacionais, suas batalhas políticas com William Ewart Gladstone, líder do Partido Liberal, e seu conservadorismo. Ele fez com que seu partido ficasse mais identificado com a glória e poder do Império Britânico.

Disraeli nasceu em Londres. Seu pai deixou o judaísmo depois de uma disputa com a sinagoga e o jovem Disraeli converteu-se ao anglicanismo com 12 anos. Depois de várias tentativas mal-sucedidas, ele entrou na Câmara dos Comuns em 1837. Quando os Conservadores chegaram ao poder em 1841, o primeiro-ministro Sir Robert Peel não deu a Disraeli um cargo. Peel brigou com o partido em 1846 sobre sua proposta para repelir as Leis dos Grãos, que colocava um imposto nos grãos importados. Disraeli atacou Peel pesadamente nos comuns. Os Conservadores que brigaram com Peel eram importantes no parlamento e Disraeli tornou-se uma figura importante no partido, apesar de muitos não serem a favor dele. Quando Edward Smith-Stanley, 14.º Conde de Derby e líder do partido, formou três governos nas décadas de 1850 e 1860, Disraeli serviu como Chanceler do Tesouro e Líder da Câmara dos Comuns. Ele também criou uma rivalidade com William Ewart Gladstone, líder do Partido Liberal.

Depois de Derby se aposentar em 1868 por motivos de saúde, Disraeli brevemente foi primeiro-ministro antes de perder as eleições daquele ano. Ele voltou para a oposição antes de levar o partido a uma grande vitória nas eleições de 1874. Manteve uma relação próxima com a rainha Vitória, que lhe criou em 1876 o título de Conde de Beaconsfield. Seu segundo mandato foi dominado pela Questão Oriental – o lento declínio do Império Otomano e o desejo de certos países, como a Rússia, de ganhar as custas. Disraeli negociou a compra britânica de parte da Companhia do Canal de Suez. Com vitórias russas sobre os otomanos em 1878, ele trabalhou no Congresso de Berlim para manter a paz nos Balcãs e criar termos favoráveis ao Reino Unido enfraquecendo a Rússia. Sua vitória diplomática o estabeleceu como um dos maiores estadistas da Europa.

Eventos mundiais conspiraram contra os conservadores. Guerras no Afeganistão e na África do Sul minaram seu apoio público. Ele enfureceu fazendeiros britânicos ao reinstituir a Lei dos Grãos em respostas às colheitas ruins e os grãos americanos baratos. Com Gladstone realizando uma grande campanha de discursos, com seus liberais ganhando dos conservadores de Disraeli na eleição de 1880. Ele liderou os conservadores em sua oposição durante seus últimos anos. Ele escreveu romances durante toda sua carreira começando em 1826, com seu último, Endymion, sendo publicado pouco antes de sua morte.

Citações Benjamin Disraeli

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Próximo