Frases sobre momento

Uma coleção de frases e citações sobre o tema da momento, vida, vida, ser.

Total 1283 citações, filtro:

Mário Lago photo
Fernando Collor de Mello photo
Cesare Pavese photo

„⁠Qual foi o momento em que percebeu que era adulto?“

—  Pedro Fernando rapper angolano 1998

Fonte: https://www.pensador.com/frase/MzIyNjg5MQ/

Fiódor Dostoiévski photo

„Quantas coisas pode às vezes dizer o olhar de um homem tímido e doentiamente casto, precisamente no momento em que esse homem preferia sem dúvida meter a cabeça num buraco a manifestar, por uma palavra ou um gesto, o mínimo sentimento.“

—  Fiódor Dostoiévski, livro O Jogador

Dostoiévski, Fiodor. O Jogador. Tradução Pietro Nassetti. São Paulo, 2010. Editora Martin Claret Ltda. Página 38
Notas do Subterrâneo ou Memórias do subsolo, O Jogador

José Saramago photo
Victor Hugo photo

„Certos pensamentos são como orações, há momentos em que, seja qual for a posição do corpo, a alma está, sempre, de joelhos.“

—  Victor Hugo, livro Os Miseráveis

De certaines pensées sont des prières. Il y a des moments où, quelle que soit l'attitude du corps, l'âme est à genoux.
Les misérables‎ - Página 266 http://books.google.com/books?id=i50GAAAAQAAJ&pg=PA266, de Victor Hugo - Publicado por Pagnerre, 1863
Os Miseráveis

Daisaku Ikeda photo
Mário Quintana photo
Orson Welles photo

„Nós nascemos sozinhos, vivemos sozinhos e morremos sozinhos. Somente através do amor e das amizades é que podemos criar a ilusão, durante um momento, de que não estamos sozinhos.“

—  Orson Welles Cineasta estadunidense 1915 - 1985

citado em "Revista literária do corpo discente da Universidade Federal de Minas Gerais", Volume 27, Edição 25 - página 30, Universidade Federal de Minas Gerais, 1993

Walter Benjamin photo

„A informação só tem valor no momento em que é nova.“

—  Walter Benjamin 1892 - 1940

Citado em "Walter Benjamin" - Página 82, Leandro Konder - Editora Record, 1999, ISBN 8520004989, 9788520004982 - 130 páginas
Atribuídas

Deepak Chopra photo
George Orwell photo
George Orwell photo

„Ocorreu-lhe que a vida toda de um homem era desempenhar um papel, e que achava perigoso abandonar, por um momento que fosse, sua falsa personalidade.“

—  George Orwell escritor e jornalista britânico 1903 - 1950

1984, George Orwell, Companhia Editora Nacional, 2005. p. 209.
1984

George Orwell photo
George Orwell photo
George Orwell photo
Alain de Botton photo
Horacio photo
Anne Frank photo
Emil Mihai Cioran photo
Benjamin Disraeli photo
Oscar Wilde photo
Diógenes de Sinope photo
Rabindranath Tagore photo

„A borboleta conta momentos e não meses, e tem tempo de sobra.“

—  Rabindranath Tagore Poeta bengali e filósofo 1861 - 1941

The butterfly counts not months but moments, and has time enough.
Fireflies - página 13, Rabindranath Tagore - Macmillan, 1955, ISBN 0026159805, 9780026159807 - 272 páginas

Esta tradução está aguardando revisão. Está correcto?
Frederick Buechner photo
Buda photo
Buda photo

„Não viva no passado, não sonhe com o futuro, concentre a mente no momento presente.“

—  Buda Foi um príncipe e fundador do budismo -563 - -483 a.C.

Atribuídas

Patrick Rothfuss photo

„A maior faculdade que nossa mente possui é, talvez, a capacidade de lidar com a dor. O pensamento clássico nos ensina sobre as quatro portas da mente, e cada um cruza de acordo com sua necessidade.

Primeiro, existe a porta do sono. O sono nos oferece uma retirada do mundo e de todo o sofrimento que há nele. Marca a passagem do tempo, dando-nos um distanciamento das coisas que nos magoaram. Quando uma pessoa é ferida, é comum ficar inconsciente. Do mesmo modo, quem ouve uma notícia dramática comumente tem uma vertigem ou desfalece. É a maneira de a mente se proteger da dor, cruzando a primeira porta.
Segundo, existe a porta do esquecimento. Algumas feridas são profundas demais para cicatrizar, ou profundas de mais para cicatrizar depressa. Além disso, muitas lembranças são simplesmente dolorosas e não há cura alguma a realizar. O provérbio 'O tempo cura todas as feridas' é falso. O tempo cura a maioria das feridas. As demais ficam escondidas atrás dessa porta.
Terceiro, existe a porta da loucura. Há momentos em que a mente recebe um golpe tão violento que se esconde atrás da insanidade. Ainda que isso não pareça benéfico, é. Há ocasiões em que a realidade não é nada além do penar, e, para fugir desse penar, a mente precisa deixá-la para trás.
Por último, existe a porta da morte. O último recurso. Nada pode ferir-nos depois de morrermos, ou assim nos disseram.“

—  Patrick Rothfuss, livro O Nome do Vento

The Name of the Wind

Esta tradução está aguardando revisão. Está correcto?
Franz Liszt photo
Guy De Maupassant photo
Michel Foucault photo
Paulo Freire photo
Fiódor Dostoiévski photo
Guy Debord photo

„No mundo realmente revirado, o verdadeiro é um momento do falso.“

—  Guy Debord, livro La société du spectacle

A Sociedade do Espetáculo; tese 9

Charles Bukowski photo
Esta tradução está aguardando revisão. Está correcto?
Isaque de Nínive photo
Joseph Conrad photo
Cícero photo
Clive Barker photo

„Encontrando vida


…porque eu vivo, vós também vivereis. v.19


As palavras do pai de Ravi o feriram profundamente. “Você é um fracasso total. É uma vergonha para a família.” Diante de seus irmãos talentosos, Ravi era visto como uma desgraça. Ele tentou se destacar nos esportes, e o fez, mas ainda se sentia um fracassado. Ele se perguntou: O que será de mim? Sou um fracasso total? Posso me livrar dessa vida sem sentir dor? Esses pensamentos o perseguiam, mas ele não o revelava a ninguém. Isso simplesmente não era feito em sua cultura. Ele havia sido ensinado a “guardar para si o seu sofrimento pessoal; manter escorado o seu mundo que estava desmoronando”.

Assim, Ravi lutou sozinho. E, no hospital, enquanto se recuperava, após uma fracassada tentativa de suicídio, um visitante lhe trouxe uma Bíblia e a abriu em João 14. Sua mãe leu estas palavras de Jesus: “…porque eu vivo, vós também vivereis” (v.19). Essa pode ser a minha única esperança, pensou ele. Uma nova maneira de viver. A vida tal qual definida pelo Autor da vida. Então, Ravi orou: “Jesus, se és aquele que dá a vida como ela deve ser, eu a quero.”

A vida pode apresentar momentos desesperadores. Mas, como Ravi, podemos encontrar esperança em Jesus, que é “…o caminho, e a verdade, e a vida…” (v.6). Deus quer nos dar uma vida rica e gratificante.

Somente Jesus 
pode nos dar nova vida. Poh Fang Chia“

—  pão_diário_é_só_noticias_boas

Gerson De Rodrigues photo

„Diálogo entre o Padre e o Filósofo - Uma Dialética Niilista

Sentado nas beiradas sujas do décimo terceiro andar de um prédio abandonado, estava um filósofo decidido em acabar com a sua vida

Abel um de seus amigos mais religiosos, considerou a hipótese de que seria uma grande ideia enviar um padre para conversar com ele, afim de convence-lo de que a vida segundo Abel

‘’ Era um presente de deus’’ e deveria ser vivida, e que o suicídio era uma péssima escolha.

O Bravo e corajoso padre então foi chamado, e com sua bíblia nas mãos subiu até o décimo terceiro andar deste prédio. Sentou-se então ao lado do filósofo, enquanto ambos eram observados por uma multidão de pessoas preocupadas.

O Filósofo parecia tranquilo, a vida já não existia em seu olhar e ele observava atentamente o horizonte ignorando completamente aquele estranho porem caricato padre sentado ao seu lado.

O Padre tranquilo segurava a sua bíblia como se estivesse segurando as próprias mãos de cristo, a coragem e a determinação de salvar aquele jovem filosofo do suicídio era a sua missão, e sem hesitar perguntou

- Oh meu filho por que renunciais a vida? tão belas que és, tão lindas que és, dada a nós por deus, e paga com o sangue de cristo que morreu por nós para que você não precise morrer hoje.

O Filósofo escutando as palavras do padre, observava atentamente o horizonte, e sem responder permanecia em silencio, o padre por sua vez continuava o discurso.

- Meu filho, observe a beleza do mundo essas montanhas ao fundo, esses prédios cheios de vida, se não fosse a vida o que seriamos de nós? A vida é tudo que temos, nosso único tesouro, nosso maior presente.

O Padre ainda determinado abre a sua bíblia em uma parte que já estava marcada e começa a ler

- Amados, amemo-nos uns aos outros; porque o amor é de Deus; e qualquer que ama é nascido de Deus e conhece a Deus. 1 João 4:7

E no momento em que o filósofo escuta as palavras bíblicas, ele sorri e pela primeira vez olha para o padre, ainda com os olhos sem vida já morto por dentro, mas com um sorriso sincero perguntou ao padre

- Por que vives padre?

O Padre sem pestanejar, de supetão logo respondeu

- Eu vivo por cristo, e cristo vive em mim, eu vivo pela igreja e pelo amor que eu tenho a aqueles que seguem a jesus. Eu vivo, porque a vida é bela, porque amo aqueles próximos a mim, amo a minha família e a minha igreja.

O Filósofo sorrindo, pergunta novamente ao padre mas desta vez com um tom um pouco mais sério

- Por que vives padre?

O Padre sem entender, pois já havia respondido a pergunta gagueja levemente e responde

- E.. eu, eu.. vi.. vivo por cristo, vivo por aqueles que amo, e pela igreja! O Suicídio é um pecado sem retorno e a vida é o presente mais belo que deus poderia nos dar. Ele enviou seu próprio filho para se sacrificar por nós, em pró de nossas vidas pecaminosas.

O Filósofo vira o seu rosto para frente, observando o horizonte respira tranquilamente e pergunta outra vez com uma tonalidade calma em sua voz

- Por que vives padre?

O Padre já sem resposta, demora a alguns segundos para pensar em uma, segura sua bíblia com toda sua força suando frio com a outra mão agarra com ainda mais forças a beirada do prédio, descontrolado o padre grita

- O CRISTÃO VIVE PELA Fé!! E Eu tenho fé em cristo, fé na vida, fé de que ambos sairemos deste prédio de mãos dadas!

Com os braços cruzados, o Filósofo olha para baixo, e sorri para o abismo, e o abismo sorri de volta. Sorrindo então ele olha para o padre e novamente pergunta de maneira serena e calma

- Por que você vive padre?

O Padre sem reação olha para baixo, e o abismo sorri para ele e ele pula para o abismo.“

—  Gerson De Rodrigues poeta, escritor e anarquista Brasileiro 1995

Gerson De Rodrigues photo
Paulo Freire photo
Sigmund Freud photo
Sigmund Freud photo
Adolf Hitler photo

„Uma aliança cujo objetivo não compreenda o propósito de guerra não tem sentido nem valor. Alianças são feitas apenas para combater. E por mais distante no tempo que esteja o conflito no momento de concluir um pacto de aliança, a perspectiva de uma realização armada é, contudo, o íntimo pretexto para que aconteça.“

—  Adolf Hitler militar, escritor, político e líder nazista alemão durante a Segunda Guerra Mundial 1889 - 1945

Variante: Uma aliança cujo objectivo não compreenda o propósito de guerra não tem sentido nem valor. Alianças são feitas apenas para combater. E por mais distante no tempo que esteja o conflito no momento de concluir um pacto de aliança, a perspectiva de uma realização armada é, contudo, o íntimo pretexto para que aconteça.

Arthur Schopenhauer photo
Herman Melville photo
Agatha Christie photo

„Não reconhecemos os momentos realmente importantes da vida até ser demasiado tarde.“

—  Agatha Christie escritora, romancista, contista, dramaturga e poetisa britânica 1890 - 1976

Donald Rumsfeld photo
Paulo Coelho photo
Epiteto photo
Eleanor Roosevelt photo
Dulce María photo

„O momento chegará, prefiro agora estar apaixonada pelo RBD, pela música, pelos fãs.“

—  Dulce María pata 1985

Falando sobre por que está solteira no Canal 13

Gerson De Rodrigues photo

„Como explicar a nossos pais o Niilismo? Como explicar a eles a tristeza em nossos olhos? A falta de motivação em viver? O gosto pela solidão?
É Como explicar para uma mãe que seu filho morreu no momento do parto, e aquele que ela vê em sua frente agora é apenas um corpo sem alma.“

—  Gerson De Rodrigues poeta, escritor e anarquista Brasileiro 1995

Variante: Como explicar a nossos pais o Niilismo? Como explicar a eles a tristeza em nossos olhos? A falta de motivação em viver? O gosto pela solidão? É Como explicar para uma mãe que seu filho morreu no momento do parto, e aquele que ela vê em sua frente agora é apenas um corpo sem alma.
Fonte: Aforismos De Um Niilista

Machado de Assis photo
Platão photo

„Ouvi uma vez contar que, na região de Náucratis, no Egipto, houve um velho
deus deste país, deus a quem é consagrada a ave que chamam Íbis, e a quem chamavam Thoth. Dizem que foi ele que inventou os números e o cálculo, a geometria e a astronomia, bem como o jogo das damas e dos dados e, finalmente, os caracteres gráficos (escrita). Nesse tempo, todo o Egipto era governado por Tamuz, que residia no sul do país, numa grande cidade que os gregos designam por Tebas do Egipto, onde aquele deus era conhecido pelo nome de Ámon. Thoth encontrou-se com o monarca, a quem mostrou as suas artes,
dizendo que era necessário dá-las a conhecer a todos os egípcios. Mas o monarca quis saber a utilidade de cada uma das artes e, quanto o inventor as explicava, o monarca elogiava ou censurava, consoante as artes lhe pareciam boas ou más. Foram muitas, diz lenda as considerações que sobre cada arte Tamuz fez a Thoth quer condenando,
quer elogiando, e seria prolixo enumerar todas aquelas considerações.
Mas, quando chegou a vez da invenção da escrita, exclamou Thoth: «Eis, oh rei, uma arte que tornará os egípcios mais sábios e os ajudará a fortalecer
a memória, pois com a escrita descobri o remédio para a memória.»

- «Oh, Thoth, mestre incomparável, uma coisa é inventar uma arte, outra julgar
os benefícios ou prejuízos que dela advirão para os outros! tu, neste momento e como inventor da escrita, esperas dela, e com entusiasmo, todo o contrário do que ela pode vir a fazer! ela tornará os homens mais esquecidos, pois que, sabendo escrever, deixarão
de exercitar a memória, confiando apenas nas escrituras, e só se lembrarão de um assunto por força de motivos exteriores, por meio de sinais, e não dos assuntos em si mesmos.»“

—  Platão filósofo grego -427 - -347 a.C.

Virginia Woolf photo
Virginia Woolf photo
Helena Blavatsky photo
Ruy Barbosa photo
Pepetela photo
Sandy photo

„Componho em momentos de ócio. Como disse Sêneca, não é a vida que passa rápido, somos nós que não sabemos aproveitá-la em tempo“

—  Sandy cantora, compositora e atriz brasileira. 1983

Verificadas
Fonte: Revista ISTOÉ Gente, edição 251 http://www.terra.com.br/istoegente/251/frases/index.htm (31/05/2004)

Marcus Manilius photo
Esta tradução está aguardando revisão. Está correcto?
Patrick Rothfuss photo
Calvin Coolidge photo
Nikola Tesla photo
Pablo Escobar photo
William Shakespeare photo
Paulo Coelho photo

„A cada momento de nossa existência temos que escolher entre um caminho e o outro. Uma simples decisão pode afetar uma pessoa para resto da vida.“

—  Paulo Coelho, livro O Diário de um Mago

"O diário de um mago" - Página 171, de Paulo Coelho - Publicado por Rocco, 1998 ISBN 853250034X, 97885325003428
Por obra, O Diário de um Mago

Milton Friedman photo
Dilma Rousseff photo
Fernando Pessoa photo
Esta tradução está aguardando revisão. Está correcto?
Merce Cunningham photo
Chris Evans photo
George Washington photo
Renato Russo photo
Martha Graham photo

„Há uma vitalidade, uma força vital, uma energia, um estímulo que se traduz em você pelo seu ato, porque só há uma de você o tempo todo; essa expressão é única. Se você a detém, ela nunca existirá por nenhum outro meio e se perderá. Ela não aparecerá no mundo. Não é de sua conta determinar quão bom ela é, nem quão valiosa, nem como se compara com outras expressões. O que te importa é mantê-la clara e diretamente sua, manter o canal aberto. Você não tem nem mesmo que acreditar em si mesma e em seu trabalho. Você tem que se manter aberta e alerta ao anseio que te motiva. Mantenha o canal aberto. Nenhuma artista é agraciada. [Não há] qualquer satisfação, em momento algum. Há somente uma estranha insatisfação divina, uma inquietação bendita que nos impulsiona e nos faz mais vivas que os demais.“

—  Martha Graham 1894 - 1991

"There is a vitality, a life force, an energy, a quickening that is translated through you into action, and because there is only one of you in all of time, this expression is unique. And if you block it, it will never exist through any other medium and it will be lost. The world will not have it. It is not your business to determine how good it is nor how valuable nor how it compares with other expressions. It is your business to keep it yours clearly and directly, to keep the channel open. You do not even have to believe in yourself or your work. You have to keep yourself open and aware to the urges that motivate you. Keep the channel open. ... No artist is pleased. [There is] no satisfaction whatever at any time. There is only a queer divine dissatisfaction, a blessed unrest that keeps us marching and makes us more alive than the others"
Martha: The Life and Work of Martha Graham - Página 4, Agnes de Mille - Random House, 1991, ISBN 0-394-5564.

Marilyn Monroe photo
Gerson De Rodrigues photo
Norman Vincent Peale photo

„… como o esquilo armazena castanhas, nós devemos armazenar nossos momentos de felicidade, de modo que numa crise possamos fazer uso dessas lembranças, para nos servirem de amparo e inspiração.“

—  Norman Vincent Peale 1898 - 1993

Norman Vincent Peale in: "Faith Made Them Champions" - "A Fé os Tornou Campeões"; como citado em "Liberte sua personalidade" - Página 89 http://books.google.com.br/books?id=5gANzeigGvkC&pg=PA89, Maxwell Maltz, Grupo Editorial Summus, 1981, ISBN 8532300480, 9788532300485 - 208 páginas

José Saramago photo

„uma vaca se perdeu nos campos com a sua cria de leite, e se viu rodeada de lobos durante doze dias e doze noites, e foi obrigada a defender-se e a defender o filho, uma longuíssima batalha, a agonia de viver no limiar da morte, um círculo de dentes, de goelas abertas, as arremetidas bruscas, as cornadas que não podiam falhar, de ter de lutar por si mesma e por um animalzinho que ainda não se podia valer, e também aqueles momentos em que o vitelo procurava as tetas da mãe, e sugava lentamente, enquanto os lobos se aproximavam, de espinhaço raso e orelhas aguçadas. Subhro respirou fundo e prosseguiu, ao fim dos doze dias a vaca foi encontrada e salva, mais o vitelo, e foram levados em triunfo para a aldeia, porém o conto não vai acabar aqui, continuou por mais dois dias, ao fim dos quais, porque se tinha tornado brava, porque aprendera a defender-se, porque ninguém podia já dominá-la ou sequer aproximar-se dela, a vaca foi morta, mataram-na, não os lobos que em doze dias vencera, mas os mesmos homens que a haviam salvo, talvez o próprio dono, incapaz de compreender que, tendo aprendido a lutar, aquele antes conformado e pacífico animal não poderia parar nunca mais. (…) o primeiro a falar foi o soldado que sabia muito de lobos, a tua história é bonita, disse (…), a vaca não poderia resistir a um ataque concertado de três ou quatro lobos, já não digo doze dias, mas uma única hora, Então, na história da vaca lutadora é tudo mentira, Não, mentira são só os exageros, os arrebiques de linguagem, as meias verdades que querem passar por verdades inteiras, Que crês tu então que se passou, (…), Creio que a vaca realmente se perdeu, que foi atacada por um lobo, que lutou com ele e o obrigou a fugir talvez mal ferido, e depois se deixou ficar por ali pastando e dando de mamar ao vitelo, até ser encontrada, E não pode ter sucedido que viesse outro lobo, Sim, mas isso já seria muito imaginar, para justificar a medalha ao valor e ao mérito um lobo já é bastante. A assistência aplaudiu pensando que, bem vistas as coisas, a vaca merecia a verdade tanto quanto a medalha.“

—  José Saramago, livro A Viagem do Elefante

A Viagem do Elefante

Julia Quinn photo
Victor Hugo photo
Andre Rodrigues Costa Oliveira photo
António Damásio photo
Lúcia Veríssimo photo
Augusto Cury photo

„Fazer de cada momento uma vivência mágica.“

—  Augusto Cury Psiquiatra e Escritor brasileiro 1958

Paulo Coelho photo

„Existem momentos na vida em que a única alternativa possível é perder o controle.“

—  Paulo Coelho escritor e letrista brasileiro 1947

Palavras essenciais - Página 67, Paulo Coelho - Vergara e Riba Editoras Ltda, 2001, ISBN 8587213156, 9788587213150 - 104 páginas
Por obra, Palavras essenciais

Yamamoto Tsunetomo photo

„Quando chega a hora, não existe momento para reflexão.“

—  Yamamoto Tsunetomo 1659 - 1719

Hagakure - O Livro do Samurai, Capítulo I