Frases sobre então

Uma coleção de frases e citações sobre o tema da então, ser, vida, vida.

Total 1508 citações, filtro:

Vincent Van Gogh photo
Nitiren Daishonin photo

„Sofra o que tiver que sofrer, desfrute o que existe para ser desfrutado, considere tanto o sofrimento como a alegria como fatos da vida e continue orando, não importando o que acontecer, e então experimentará a grande alegria da Lei.“

—  Nitiren Daishonin 1222 - 1282

Delta do Amazonas. Novos ventos soprando do rumo Norte http://books.google.com/books?id=C9DQa0aCtvAC&pg=PA247. biblioteca24horas; ISBN 978-85-7893-373-9. p. 247.

Vincent Van Gogh photo
Esta tradução está aguardando revisão. Está correcto?
Vincent Van Gogh photo
Jair Bolsonaro photo

„Isso nem passa pela minha cabeça. Eles tiveram uma boa educação. Eu sou um pai presente, então não corro este risco.“

—  Jair Bolsonaro 38º Presidente do Brasil 1955

Em participação no programa CQC, após ser questionado sobre se eventualmente um filho fosse homossexual. O Globo, 29/03/2011.
Década de 2010, 2011

Charles Bukowski photo
Esta tradução está aguardando revisão. Está correcto?
Lil Peep photo
Charles Bukowski photo
Esta tradução está aguardando revisão. Está correcto?
Vincent Van Gogh photo

„Encontrando vida


…porque eu vivo, vós também vivereis. v.19


As palavras do pai de Ravi o feriram profundamente. “Você é um fracasso total. É uma vergonha para a família.” Diante de seus irmãos talentosos, Ravi era visto como uma desgraça. Ele tentou se destacar nos esportes, e o fez, mas ainda se sentia um fracassado. Ele se perguntou: O que será de mim? Sou um fracasso total? Posso me livrar dessa vida sem sentir dor? Esses pensamentos o perseguiam, mas ele não o revelava a ninguém. Isso simplesmente não era feito em sua cultura. Ele havia sido ensinado a “guardar para si o seu sofrimento pessoal; manter escorado o seu mundo que estava desmoronando”.

Assim, Ravi lutou sozinho. E, no hospital, enquanto se recuperava, após uma fracassada tentativa de suicídio, um visitante lhe trouxe uma Bíblia e a abriu em João 14. Sua mãe leu estas palavras de Jesus: “…porque eu vivo, vós também vivereis” (v.19). Essa pode ser a minha única esperança, pensou ele. Uma nova maneira de viver. A vida tal qual definida pelo Autor da vida. Então, Ravi orou: “Jesus, se és aquele que dá a vida como ela deve ser, eu a quero.”

A vida pode apresentar momentos desesperadores. Mas, como Ravi, podemos encontrar esperança em Jesus, que é “…o caminho, e a verdade, e a vida…” (v.6). Deus quer nos dar uma vida rica e gratificante.

Somente Jesus 
pode nos dar nova vida. Poh Fang Chia“

—  pão_diário_é_só_noticias_boas

Clarice Lispector photo

„Sopro de vida


Então, formou o Senhor Deus ao homem do pó da terra e lhe soprou nas narinas o fôlego de vida… v.7


Em uma manhã fria e gelada, enquanto minha filha e eu caminhávamos até a escola, nós nos divertíamos vendo a nossa respiração virar vapor. Ríamos com as diversas nuvens de vapor que cada uma conseguia produzir. Recebi aquele momento como um presente, deleitando-me em estar com ela e em estar viva.

A nossa respiração, que normalmente é invisível, era vista no ar frio e isso me fez pensar sobre a Fonte de nossa respiração e vida — o Senhor, nosso Criador. Aquele que formou Adão do pó da terra, dando-lhe o sopro da vida, também concede vida a nós e a toda criatura vivente (Gênesis 2:7). Todas as coisas vêm dele — até mesmo a nossa própria respiração, que inalamos sem sequer pensarmos nisso.

Vivendo com as conveniências e a tecnologia de hoje, podemos ser tentados a esquecer nossas origens e que Deus é Aquele que nos dá vida. Mas, quando pausamos para recordar que Deus é o nosso Criador, podemos desenvolver uma atitude de gratidão em nossas rotinas diárias. Podemos pedir-lhe ajuda e reconhecer o dom da vida com coração humilde e grato. Que a nossa gratidão transborde e alcance os outros, para que eles também possam dar graças ao Senhor por Sua bondade e fidelidade.

Dê graças a Deus, o nosso Criador, 
que nos concede o fôlego de vida. Amy Boucher Pye“

—  pão_diário_é_só_noticias_boas

„Julgamento por fogo


Bem-aventurado o homem que suporta, com perseverança, a provação; porque, […] receberá a coroa da vida… v.12


No inverno passado ao visitar um museu de história natural, aprendi alguns fatos interessantes sobre uma árvore chamada Aspen. Um bosque de álamos, de troncos delgados e brancos podem crescer a partir de uma única semente e compartilhar o mesmo sistema radicular. Estes sistemas radiculares podem existir por milhares de anos, mesmo sem produzir árvores. Eles dormem no subsolo, à espera de incêndio, inundação ou avalanche para limpar-lhes um espaço nas sombras da floresta. Após um desastre natural limpar a terra, as raízes dessa árvore podem finalmente sentir o sol. As raízes, então, produzem mudas, que se tornam árvores.

Para estes álamos, a devastação causada pela natureza lhes possibilita o crescimento. Tiago escreve que o nosso crescimento na fé, se torna possível pelas dificuldades: “…tende por motivo de toda alegria o passardes por várias provações, sabendo que a provação da vossa fé, uma vez confirmada, produz perseverança. Ora, a perseverança deve ter ação completa, para que sejais perfeitos e íntegros, em nada deficientes. “ (Tiago 1:2-4).

É difícil ser alegre nas provações, mas podemos ter a esperança de que Deus usará as circunstâncias difíceis para nos ajudar a atingir a maturidade. Como árvores de álamo, a fé pode crescer em tempos de provação quando a dificuldade liberar espaço em nosso coração para a luz de Deus habitar em nós.

Nossas experiências e provações 
podem nos aproximar de Cristo. Amy Peterson“

—  pão_diário_é_só_noticias_boas

Cora Coralina photo
Gerson De Rodrigues photo

„“O Niilista flerta com o suicídio e se deita
Com a morte e em sonhos lúcidos de reflexões
Filosóficas, Se vê afogado em um oceano de conhecimento,
E sufocado em uma overdose de solidão, Então o Niilista abraça
O nada e deita-se sozinho contemplando sua insignificância
Perante o cosmos”“

—  Gerson De Rodrigues poeta, escritor e anarquista Brasileiro 1995

Variante: O Niilista flerta com o suicídio e se deita Com a morte e em sonhos lúcidos de reflexões Filosóficas, Se vê afogado em um oceano de conhecimento, E sufocado em uma overdose de solidão, Então o Niilista abraça O nada e deita-se sozinho contemplando sua insignificância Perante o cosmos
Fonte: Aforismos De Um Niilista

Gerson De Rodrigues photo

„Poema - F32.3

O sangue que escorre das suas vísceras
é a morte de todas as suas convicções?

Ou os devaneios sinceros
de um suicídio inevitável?

Não tentem me salvar!
se afastem de mim
deixem que eu apodreça na minha própria miséria

Se me ouvirem gritar
tampem os seus ouvidos!

Escondam-se em suas igrejas
reúnam-se em coletivos
amem uns aos outros

Mas eu imploro de joelhos!

Deixem que eu me enforque
em meu quarto sozinho

Quero sentir a agonia do suicídio
curando cada ferida que existe em meu peito

Como ousam!?
como ousam me chamar de louco?
ou zombar das minhas dores

Nas poéticas maravilhas
deste assombroso universo
ansiedades e vertigens
me torturam a cada segundo

Enquanto o resto de vocês
reúnem-se
cantam e dançam!

Alguma vez já sentiram ódio
por suas próprias vidas?

Não me venham com as suas conclusões!
não me digam que existe uma cura
ou que eu devo fazer isso ou aquilo

Somente a solidão
pode compreender a minha dor

No meu quarto recluso
eu sou judas a cuspir heresias

Querem me impedir de matar os seus filhos
com poesias escritas em sangue?

Então joguem o meu corpo aos cães
ou me coloquem em camisas de força

A minha alma é uma estrela em chamas
que brilha mesmo quando o fogo já se apagou

Eu sou o filho bastardo
de um futuro que nunca aconteceu

Nunca fiz parte deste mundo
não pertenço a esse teatro de mentiras
no qual riem os Deuses
e choram os homens

Estas mascaras que colocam
todos os dias

O amor que sentem
uns pelos outros

As armas que usam para
matar aqueles que odeiam

Os Deuses! Sim os Deuses!
pelos quais curvam seus joelhos imundos

A ajuda que me oferecem
a religião que me cospem na cara

Os remédios que tomam
e dizem que eu devo tomar

Até mesmo o ar que respiram
ou mundo pelo qual caminham com seus
pés sujos de sangue

Este teatro de almas vazias
que chamam vulgarmente de mundo

É um lugar do qual eu nunca pertenci!
tampouco desejo pertencer

Quando encontrarem o meu corpo
dependurado com vermes a se alimentarem
dos meus despojos podres

Não chorem…
pois se enxergas apenas um homem morto
continuas cego diante da verdadeira tragédia!

- Gerson De Rodrigues“

—  Gerson De Rodrigues poeta, escritor e anarquista Brasileiro 1995

Poema Depressão Niilismo

„Correr e descansar


E ele lhes disse: Vinde repousar um pouco, à parte, num lugar deserto… v.31


O título me chamou a atenção: “Os dias de descanso são importantes para os corredores.” O artigo de um ex-corredor de montanha enfatizou um princípio que os atletas dedicados, por vezes, ignoram: — o corpo precisa de tempo e descanso para se reconstruir após o exercício. “Fisiologicamente, as adaptações que ocorrem como resultado do treinamento só acontecem durante o repouso, o que significa que o descanso é tão importante quanto os treinos.”

O mesmo se aplica em nossa caminhada de fé e obras. O repouso é essencial para evitar o cansaço e desânimo. Jesus procurou o equilíbrio espiritual durante Sua vida entre nós, mesmo enfrentando enormes demandas. Quando os Seus discípulos retornaram exaustos por ensinar e curar os outros, Ele lhes disse: “…Vinde repousar um pouco, à parte, num lugar deserto…” (v.31). Mas uma grande multidão os seguiu, de modo que Jesus ensinou-lhes e os sustentou com apenas cinco pães e dois peixes (vv.32-44). Quando todo mundo tinha ido embora, Jesus “subiu ao monte para orar” (v.46).

Se a nossa vida é definida pelo trabalho, então o que fazemos se torna cada vez menos eficaz. Jesus nos convida a segui-lo, regularmente, a um lugar tranquilo para orar e descansar um pouco.

Em nossa vida de fé e serviço, 
o descanso é tão importante quanto o trabalho. David C. McCasland“

—  pão_diário_é_só_noticias_boas

„Os erros cometidos


Então, eu lhes disse: quem tem ouro, tire-o. Deram-mo; e eu o lancei no fogo, e saiu este bezerro. v.24


Ao discutir sobre a atividade ilegal que envolvia a sua empresa, um CEO disse: “Os erros foram cometidos”. Ele parecia arrependido, no entanto, não assumia a culpa e não admitia que tivesse, pessoalmente, feito nada de errado.

Alguns “erros” são apenas erros: dirigir na direção contrária, esquecer-se de definir a hora no temporizador e queimar o jantar, calcular o seu saldo na conta bancária. Mas há os atos deliberados que vão muito além e que Deus os chama de pecado. Quando Deus questionou Adão e Eva sobre o porquê de eles o terem desobedecido, o casal rapidamente tentou transferir a culpa entre si (Gênesis 3:8-13). Arão não se responsabilizou quando o povo construiu um bezerro de ouro para adorar no deserto. Ele explicou a Moisés: “Deram-mo; e eu o lancei no fogo, e saiu este bezerro“ (v.24).

Ele poderia muito bem ter murmurado: “Os erros foram cometidos.”

Às vezes, nos parece mais fácil culpar alguém, em vez de admitir nossas próprias falhas. Igualmente perigoso é tentar minimizar o nosso pecado, chamando-o de “apenas um erro” em vez de reconhecer a sua verdadeira natureza.

Mas quando assumimos a responsabilidade, reconhecendo e confessando o nosso pecado, Aquele que “…é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda injustiça“ o fará (1 JOÃO 1:9).

Admitir que precisamos do perdão de Deus 
é o primeiro passo para recebê-lo. Cindy Hess Kasper“

—  pão_diário_é_só_noticias_boas

„Graça perfeita


…Então, lhe disse Jesus: Nem eu tampouco te condeno; vai e não peques mais. João 8:11


O ensinamento de Jesus sobre os ideais absolutos e a graça absoluta parece contraditório.

Jesus nunca baixou o ideal perfeito de Deus. No sermão do Monte Ele disse: “Portanto, sede vós perfeitos como perfeito é o vosso Pai celeste” (Mateus 5:48). Ao perito na lei que perguntou sobre o maior mandamento, disse: “Amarás o Senhor, teu Deus, de todo o teu coração, de toda a tua alma e de todo o teu entendimento” (22:37). Ninguém jamais cumpriu completamente esses mandamentos.

No entanto, o mesmo Jesus ofereceu ternamente a graça absoluta. Ele perdoou uma adúltera, um ladrão na cruz, um discípulo que negou que o conhecia, e um homem chamado Saulo, que tinha deixado sua marca na perseguição aos cristãos. A graça é absoluta e abrangente, estendendo-se até mesmo aos que pregaram Jesus na cruz: “Pai, perdoa-lhes, porque não sabem o que fazem” estavam entre as últimas palavras que Ele falou sobre a Terra (Lucas 23:34).

Durante anos eu me senti tão indigno ao considerar os ideais absolutos de Jesus que perdi toda a noção de Sua graça. Quando entendi esta dupla mensagem, no entanto, voltei atrás e descobri que a mensagem da graça perpassa a vida e os ensinamentos de Jesus.

A graça é para o desesperado, necessitado, despedaçado, aos que não podem fazê-lo por conta própria. A graça é para todos nós.

Jesus cumpriu os requisitos perfeitos da lei 
para que possamos desfrutar da paz perfeita em Sua graça. Philip Yancey“

—  pão_diário_é_só_noticias_boas

„Pequenas mentiras e gatinhos


…como o pecado reinou pela morte, assim também reinasse a graça pela justiça para a vida eterna… v.21


A mãe de Elias, 4 anos, notou quando ele se afastou correndo dos gatinhos recém-nascidos. Ela tinha lhe dito para não tocá-los. “Você tocou nos gatinhos, Elias?”, perguntou ela.

“Não!”, Ele disse seriamente. Então, a mãe fez-lhe outra pergunta: “Eles eram macios?”

“Sim, e o pretinho miou”, ele respondeu.

Com uma criança pequena, nós sorrimos com essa atitude. Mas a desobediência de Elias ressalta a nossa condição humana. Ninguém precisa ensinar uma criança de 4 anos a mentir. “Eu nasci na iniquidade”, escreveu Davi em sua clássica confissão, “e em pecado me concebeu minha mãe” (Salmo 51:5). O apóstolo Paulo disse: “Portanto, assim como por um só homem entrou o pecado no mundo, e pelo pecado, a morte, assim também a morte passou a todos os homens, porque todos pecaram” (Romanos 5:12). Essa notícia deprimente se aplica igualmente a reis, crianças de 4 anos, a você e a mim.

Mas há muita esperança! “A lei veio para aumentar o mal”, escreveu Paulo. “Mas, onde aumentou o pecado, a graça de Deus aumentou muito mais ainda” (Romanos 5:20 NTLH).

Deus não está esperando que pequemos apenas para que Ele possa nos punir. Ele é o Senhor da graça, do perdão e da restauração. Precisamos apenas reconhecer que o nosso pecado não é bonito, nem desculpável e irmos a Ele com fé e arrependimento.

Agora, pois, já nenhuma condenação há 
para os que estão em Cristo Jesus. Romanos 8:1 Tim Gustafson“

—  pão_diário_é_só_noticias_boas

„Qual é a ocasião?


Sei que tudo quanto Deus faz durará eternamente… v.14


Arthur, 4 anos, espiou para fora do capuz do seu moletom favorito deixando à vista o seu alegre rostinho. O capuz imitava uma cabeça de jacaré com mandíbulas de pelúcia que pareciam engolir a cabeça dele! Sua mamãe não aprovou o moletom escolhido. Ela queria causar uma boa impressão na visita que fariam a uma família que não viam há tempos.

Então ela lhe disse: “Esse moletom não é apropriado para a ocasião de hoje.”

“É sim!”, Arthur protestou prontamente.

“Sim, e que ocasião você acha que é?”, perguntou ela. Arthur respondeu: “Você sabe, mãe. Vida!” O garoto convenceu a sua mãe a deixar ele vestir o moletom que preferia!

Arthur já aprendeu o que lemos em Eclesiastes 3:12: “…nada há melhor para o homem do que regozijar-se e levar vida regalada”. Esse livro pode parecer deprimente e muitas vezes é incompreendido porque foi escrito a partir de uma perspectiva humana, não divina. O escritor, o rei Salomão, perguntou: “Que proveito tem o trabalhador naquilo com que se afadiga” (v.9)? No entanto, nele vislumbramos a esperança, pois ele também escreveu: “…é dom de Deus que possa o homem comer, beber e desfrutar o bem de todo o seu trabalho” (v.13).

Nós servimos a um Deus que nos dá boas coisas para desfrutar. Tudo o que Ele faz “durará eternamente” (v.14). À medida que o reconhecemos e seguimos os Seus ensinos de amor, Ele incute e inspira em nós o Seu propósito, significado e alegria de viver.

O Senhor, que o criou, 
quer ser o centro de sua vida. Tim Gustafson“

—  pão_diário_é_só_noticias_boas

„Reconstruindo


…vinde, pois, reedifiquemos os muros de Jerusalém e deixemos de ser opróbrio. v.17


Quando Edward Klee voltou a Berlim após muitos anos de afastamento, a cidade que ele lembrava e à qual amava não estava mais lá. Ela havia mudado drasticamente — e ele também. Escrevendo na revista Hemispheres, Klee disse: “Voltar a uma cidade que você amava tende a ser uma aposta incerta… Pode ser uma decepção.” Voltar aos lugares de nosso passado pode produzir uma sensação de tristeza e perda. Já não somos mais a mesma pessoa que éramos então, nem o lugar que era tão importante em nossa vida está exatamente como era.

Neemias estava no exílio, distante da terra de Israel durante muitos anos, quando soube da situação desesperada de seu povo e da devastação na cidade de Jerusalém. Ele recebeu permissão de Artaxerxes, o rei da Pérsia, para retornar e reconstruir os muros. Após um reconhecimento noturno para examinar a situação (vv.13-15), Neemias disse aos habitantes da cidade: “…Estais vendo a miséria em que estamos, Jerusalém assolada, e as suas portas, queimadas; vinde, pois, reedifiquemos os muros de Jerusalém e deixemos de ser opróbrio” (v.17).

Neemias não voltou para relembrar, mas para reconstruir. Essa é uma poderosa lição para nós, ao considerarmos as partes danificadas de nosso passado que necessitam de reparos. Nossa fé em Cristo e no Seu poder é o que nos capacita a olhar para a frente, avançar e reconstruir.

Não podemos mudar o passado, 
mas Deus está nos transformando para o futuro. David C. McCasland“

—  pão_diário_é_só_noticias_boas

„Nada falta


Deus pode fazer-vos abundar […] a fim de que […] superabundeis em toda boa obra. 2 Coríntios 9:8


Imagine fazer uma viagem sem bagagem. Sem necessidades básicas. Sem trocas de roupa. Sem dinheiro ou cartões de crédito. Soa insensato e aterrorizante, não?

Mas foi exatamente isso o que Jesus disse aos Seus doze discípulos para fazerem quando os enviou em sua primeira missão de pregar e curar. “Ordenou-lhes que nada levassem para o caminho, exceto um bordão; nem pão, nem alforje, nem dinheiro; que fossem calçados de sandálias e não usassem duas túnicas” (Marcos 6:8,9).

Contudo, mais adiante, quando os estava preparando para o seu trabalho após Ele partir, Jesus disse aos Seus discípulos: “…Quem tem bolsa, tome-a, como também o alforje; e o que não tem espada, venda a sua capa e compre uma” (Lucas 22:36). Então, qual é a questão aqui? Trata-se de confiar em que Deus proverá.

Referindo-se à primeira viagem, Jesus perguntou aos discípulos: “…Quando vos mandei sem bolsa, sem alforje e sem sandálias, faltou-vos, porventura, alguma coisa?…”. E eles responderam: “…Nada…” (v.35). Os discípulos tiveram tudo o que precisaram para realizar o que Deus os havia chamado a fazer. Ele foi capaz de supri-los com o poder de fazer a Sua obra (Marcos 6:7).

Será que nós confiamos que Deus suprirá as nossas necessidades? Estamos também assumindo responsabilidade pessoal e planejamento? Tenhamos fé de que Ele nos dará o que precisarmos para realizar a Sua obra.

A vontade de Deus feita ao Seu modo nunca deixará de receber a 
Sua provisão. Hudson Taylor, fundador da Missão do interior da China Poh Fang Chia“

—  pão_diário_é_só_noticias_boas

„Abandone tudo


Rogo-vos, pois, irmãos, pelas misericórdias de Deus, que apresenteis o 
vosso corpo por sacrifício vivo… v.1


Quando jogava basquetebol no time da universidade, no início de cada temporada eu tomava a decisão consciente de entrar naquele ginásio e me dedicar totalmente ao meu treinador — fazer tudo o que ele me pedisse para fazer.

Meu time não seria beneficiado se eu anunciasse: “Ei, treinador! Estou aqui. Quero fazer cestas e driblar, mas não me peça para correr para lá e para cá, jogar na defesa e ficar todo suado!”.

Todo atleta bem-sucedido deve confiar no treinador o suficiente para fazer o que este lhe pede a fim de que toda a equipe seja bem-sucedida.

Em Cristo, devemos nos tornar “…sacrifício vivo…” de Deus (Romanos 12:1). Dizemos ao nosso Salvador e Senhor: “Confio em ti. Estou disposto a fazer o que quiseres que eu faça.” E então, Ele nos “transforma” pela renovação da nossa mente para nos focarmos naquilo que lhe agrada.

É importante saber que Deus nunca nos pedirá para fazermos algo para o qual Ele já não nos tenha equipado. Como Paulo nos relembra, temos “…diferentes dons segundo a graça que nos foi dada…” (v.6).

Sabendo que podemos confiar em Deus com a nossa vida, podemos nos entregar totalmente a Ele, fortalecidos pelo conhecimento de que Ele nos criou e está nos ajudando a fazer esse esforço nele.

Não há risco algum 
em nos abandonarmos a Deus. Dave Branon“

—  pão_diário_é_só_noticias_boas

„Crescendo ao vento


…Quem é este que até o vento e o mar lhe obedecem? v.41


Imagine o mundo sem o vento. Os lagos seriam calmos. As folhas não voariam pelas ruas. Mas com o ar parado, quem esperaria que as árvores caíssem de repente? Foi o que aconteceu em uma cúpula de vidro de 1,2 hectares construída no deserto do Arizona, EUA. Dentro de uma enorme bolha sem vento, chamada Biosfera 2, as árvores cresceram mais rapidamente do que o normal, até desabarem de repente. Os pesquisadores acabaram achando uma explicação. As árvores necessitavam do estresse do vento para crescerem fortes.

Jesus permitiu que os Seus discípulos sofressem ventos fortes para fortalecerem sua fé (Marcos 4:36-41). Durante uma travessia noturna por águas conhecidas, uma tempestade repentina foi excessiva até mesmo para aqueles pescadores experientes. O vento e as ondas inundavam o barco enquanto Jesus, exausto, dormia na popa. Em pânico, eles o acordaram. Seu Mestre não se importava por estarem prestes a morrer? Em que Ele pensava? Então, eles começaram a descobrir. Jesus disse ao vento e às ondas para se acalmarem — e lhes perguntou por que ainda não tinham fé nele.

Se o vento não houvesse soprado, os discípulos nunca teriam perguntado: “…Quem é este que até o vento e o mar lhe obedecem?” (Marcos 4:41).

Hoje, viver numa bolha protetora pode parecer uma boa ideia. Mas quão forte seria a nossa fé se não pudéssemos descobrir por nós mesmos o Seu reconfortante “acalma-te” quando os ventos das circunstâncias uivam?

Deus nunca dorme. Mart De Haan“

—  pão_diário_é_só_noticias_boas

„Atos aleatórios de bondade


…Como é que me favoreces e fazes caso de mim, sendo eu estrangeira? v.10


Alguns dizem que a escritora norte-americana Anne Herbert rabiscou a frase “Pratique atos aleatórios de bondade e atos insensatos de beleza” algo do tipo: “Pratique o bem sem olhar a quem” — numa toalha de mesa individual num restaurante em 1982. Desde então, esse sentimento foi popularizado pelo cinema e pela literatura, e incorporou-se à língua.

A pergunta é: “Por quê?” Por que devemos demonstrar bondade? Para aqueles que seguem Jesus, a resposta é clara: Para demonstrar a terna misericórdia e bondade de Deus.

No Antigo Testamento há um exemplo desse princípio na história de Rute, a emigrante de Moabe. Ela era estrangeira, vivendo em terra estranha cuja língua e cultura não entendia. Além disso, ela era desesperadamente pobre, totalmente dependente da caridade de pessoas que mal a percebiam.

No entanto, um israelita demonstrou graça a Rute e tocou-lhe o coração (Rute 2:13). Ele lhe permitiu respigar em seus campos, porém, mais do que simples caridade, ele lhe demonstrou por meio de sua compaixão a terna misericórdia de Deus, Aquele sob cujas asas ela poderia se refugiar. Rute se tornou esposa de Boaz, parte da família de Deus e fez parte da linhagem de ancestrais que levou a Jesus, que trouxe salvação ao mundo (Mateus 1:1-16).

Jamais imaginamos o alcance de algo feito em nome de Jesus.

Nunca é cedo demais para ser bondoso. David H. Roper“

—  pão_diário_é_só_noticias_boas

„Largue as suas cargas


Vinde a mim, 
todos os que 
estais cansados 
e sobrecarregados, e eu vos aliviarei. v.28


Certo homem, dirigindo sua picape numa estrada rural, viu uma mulher levando uma carga pesada; então, parou e lhe ofereceu carona. A mulher agradeceu e subiu na carroceria da picape.

Um momento depois, o homem notou algo estranho: a mulher ainda estava segurando a carga pesada, apesar de sentada no veículo! Espantado, ele lhe disse: “Por favor, senhora, largue a sua carga e descanse. Minha picape consegue levar você e as suas coisas. Apenas relaxe.”

O que fazemos com a carga de medo, preocupação e ansiedade que frequentemente carregamos ao passar por muitos desafios da vida? Em vez de descansar no Senhor, às vezes me comporto como aquela mulher. Jesus disse: “Vinde a mim, todos os que estais cansados e sobrecarregados, e eu vos aliviarei” (Mateus 11:28), mas já me peguei levando cargas que deveria ter repassado para Jesus Cristo.

Nós largamos as nossas cargas quando as levamos ao Senhor em oração. O apóstolo Pedro diz: “…lançando sobre [Jesus] toda a vossa ansiedade, porque ele tem cuidado de vós” (1 PEDRO 5:7). Por Ele cuidar de nós, podemos descansar ao aprendermos a confiar nele. Em vez de levar as cargas que nos pesam e fatigam, podemos dá-las ao Senhor e permitir que Ele as carregue.

A oração é o lugar 
onde as cargas trocam de ombros. Lawrence Darmani“

—  pão_diário_é_só_noticias_boas

„Boa companhia


…o Espírito da verdade, […] habita convosco e estará em vós. v.17


A mulher idosa não falava com ninguém nem pedia nada no lar onde estava. Parecia que ela simplesmente não existia, balançando-se em sua velha e ruidosa cadeira. Ela não recebia muitos visitantes, então uma jovem enfermeira costumava visitá-la no quarto em seus intervalos de folga. Sem fazer perguntas à mulher para tentar fazê-la falar, ela simplesmente puxava outra cadeira e balançava ao lado da senhora. Depois de vários meses, a mulher idosa disse a ela: “Obrigada por se balançar comigo.” Ela estava grata pela companhia.

Antes de voltar ao Céu, Jesus prometeu enviar um companheiro constante aos Seus discípulos. Ele lhes disse que não os deixaria sozinhos, mas enviaria o Espírito Santo para habitar com eles: “o Espírito da verdade, que o mundo não pode receber, porque não o vê, nem o conhece; vós o conheceis, porque ele habita convosco e estará em vós” (João 14:17). Essa promessa ainda é verdadeira para os cristãos hoje. Jesus disse que o Deus triúno faz Sua “morada” em nós (v.23).

O Senhor é nosso próximo e fiel companheiro durante toda a nossa vida. Ele nos guiará em nossas lutas mais profundas, perdoará nossos pecados, ouvirá cada oração silenciosa e assumirá os fardos que não podemos suportar.

Podemos desfrutar de Sua doce companhia hoje.

O coração do cristão 
é a morada do Espírito Santo. Anne Cetas“

—  pão_diário_é_só_noticias_boas

„Solte os cabelos


Então, Maria, […] ungiu os pés de Jesus e os enxugou com os seus cabelos… v.3


Pouco antes de Jesus ser crucificado, uma mulher chamada Maria derramou um jarro de perfume caro em Seus pés. Em seguida, no que parece ter sido um ato ainda mais ousado, ela os enxugou com os seus cabelos (v.3). Ela não só sacrificou o que pode ter sido toda a sua economia, mas também sacrificou a sua reputação. No primeiro século, na cultura do Oriente Médio, as mulheres respeitáveis nunca soltavam seus cabelos em público. Mas a verdadeira adoração não se importa com o que os outros pensam de nós (2 Samuel 6:21,22). Para adorar Jesus, Maria não se importou que a achassem despudorada, talvez até mesmo imoral.

Alguns de nós podemos nos sentir pressionados a parecer perfeitos quando vamos à igreja para que os outros pensem bem de nós. Metaforicamente falando, trabalhamos duro para que o penteado dure. Mas uma igreja saudável é o lugar onde podemos soltar nossos cabelos e não esconder nossas falhas por trás de uma fachada de perfeição. Na igreja, devemos ser capazes de revelar nossas fraquezas para encontrar a força, em vez de esconder nossas falhas para parecermos fortes.

Adoração não envolve o comportar-se como se nada estivesse errado; é ter a certeza de que tudo está bem com Deus e uns com os outros. Quando o nosso maior medo é soltar nossos cabelos, talvez o nosso maior pecado seja mantê-los presos.

Nossa adoração é aceita 
quando estamos bem com Deus. Julie Ackerman Link“

—  pão_diário_é_só_noticias_boas

„Um “Novo homem”


…permaneceis na fé, alicerçados e firmes, não vos deixando afastar da esperança do evangelho… v.23


Quando um grupo de adolescentes visitou uma casa para os idosos, uma jovem notou um homem solitário que parecia ter muito pouco neste mundo, nada além de uma cama para dormir e da qual não podia sair devido a sua deficiência.

A garota começou a compartilhar a história do amor de Deus por nós e a ler passagens da Bíblia para ele. “À medida que comecei”, ela diria mais tarde, “senti o desejo dele por ouvir mais”. Reagindo a esse interesse, ela lhe explicou sobre a morte sacrificial de Jesus por nós. “Era difícil para ele, pois não tinha esperança nem família para compreender que Alguém que não conhecia o amaria o suficiente para morrer na cruz por seus pecados”, recordou ela.

Ela lhe falou mais sobre Jesus e a promessa do Céu (e um novo corpo) para todos os que creem. Ele então lhe perguntou: “Você vai dançar comigo lá em cima?” Ela o viu começar a imaginar-se livre de seu corpo desgastado e das limitações.

Ele lhe disse que queria confiar em Jesus como Salvador, e ela o ajudou a orar por perdão e fé. Ela lhe pediu para tirar uma selfie com ele, e o ouvir dizer: “Se você me ajudar a sentar. Agora sou um novo homem.”

O evangelho de Cristo transforma vidas, traz esperança e está disponível para todos! Jesus oferece uma vida nova aos que confiam nele (vv.5,23).

Jesus oferece a nova vida. Dave Branon“

—  pão_diário_é_só_noticias_boas

„Raízes profundas


Então, lhes abriu o entendimento para compreenderem as Escrituras. v.45


A árvore sequoia está entre os maiores e mais duradouros organismos vivos do mundo. Ela pode crescer até 100 m de altura, e pesar mais de 1,1 milhão de quilos, e viver por 3 mil anos. Mas a sequoia deve muito do seu tamanho e longevidade ao que se encontra sob a superfície. Um emaranhado de raízes de aproximadamente 5 metros de profundidade, espalhando-se por 4m2 de terra, alicerçando firmemente a altura imponente e o peso surpreendente.

Todo esse sistema de expansão da raiz de uma sequoia é pequeno comparado à história, religião e expectativa que dão suporte à vida de Jesus. Em certa ocasião, Ele disse a um grupo de líderes religiosos que as Escrituras que eles amavam e confiavam contavam a Sua história (João 5:39). Na sinagoga de Nazaré, Ele abriu o pergaminho de Isaías, leu uma descrição do Messias de Israel e disse: “Hoje, se cumpriu a Escritura que acabais de ouvir” (Lucas 4:21).

Mais tarde, após Sua ressurreição, Jesus ajudou os Seus discípulos a entenderem como as palavras de Moisés, dos profetas e das canções de Israel mostram por que era necessário que Ele sofresse, morresse e ressuscitasse dentre os mortos (24:46).

Que graça e grandeza — ver Jesus enraizado na história e nas Escrituras, e ver o quanto nossa vida está enraizada na necessidade de tê-lo habitando em nós.

Todas as Escrituras nos ajudam a compreender 
a nossa necessidade de Jesus. Mart De Haan“

—  pão_diário_é_só_noticias_boas

„Orações de cinco dedos


…orai uns pelos outros… v.16


A oração é uma conversa com Deus, não uma fórmula. No entanto, às vezes precisamos usar um “método” para revigorar o nosso tempo de oração. Podemos orar os Salmos ou outras Escrituras, como a Oração do Senhor, ou ainda usar o método ACGS (Adoração, Confissão, Gratidão e Súplica). Recentemente, aprendi e me deparei com esta “Oração de Cinco Dedos” para usar como um guia, quando orar por outras pessoas:

• Ao dobrar as mãos, o polegar está mais próximo de você. Então, comece orando por aqueles que lhe são mais próximos, seus entes queridos (Filipenses 1:3-5).

• O indicador é o ponteiro. Ore por aqueles que ensinam, professores de ensino bíblico, pregadores e os que ensinam as crianças (1 Tessalonicenses 5:25).

• O dedo seguinte é o médio. Ele o lembra a orar por aqueles com autoridade sobre você, líderes nacionais e locais, e seu supervisor no trabalho (1 Timóteo 2:1,2).

• O quarto dedo anelar é geralmente o mais fraco. Ore por aqueles que estão em apuros ou sofrendo (Tiago 5: 13,16).

• Então vem seu dedo mindinho. Lembra-o de sua pequenez em relação à grandeza de Deus. Peça-lhe para suprir as suas necessidades (Filipenses 4:6,19).

Seja qual for o método utilizado, apenas fale com seu Pai. Ele quer ouvir o que está em seu coração.

Não são as palavras que oramos que importam; 
é a condição de nosso coração. Anne Cetas“

—  pão_diário_é_só_noticias_boas

„Ritmos da graça


Tomai sobre vós o meu jugo e aprendei de mim, porque sou manso e humilde de coração… v.29


Um amigo e sua esposa, entrando em seus 90 anos e casados há 66 anos, escreveram a história da família para os seus filhos, netos e gerações vindouras. O capítulo final contém “Uma carta de mamãe e papai”, com importantes lições de vida que eles aprenderam. Uma delas me fez parar e fazer um inventário de minha própria vida: “Se você achar que o cristianismo o esgota, drenando sua energia, então você está praticando a religião ao invés de desfrutar de um relacionamento com Jesus Cristo. Sua caminhada com o Senhor não o deixará cansado; vai revigorá-lo, restaurar sua força e energizar sua vida” (vv.28,29).

A paráfrase de Eugene Peterson do convite de Jesus nesta passagem começa: “Você está cansado? Esgotado? Exausto por causa da religião? Caminhe e trabalhe comigo. Aprenda sobre ritmos da graça ilimitada” (MSN).

Quando penso que servir a Deus depende de mim, começo a trabalhar para Ele em vez de andar com Ele. Há uma diferença vital. Se eu não estiver andando com Cristo, meu espírito se torna seco e quebradiço. As pessoas são aborrecimentos, não seres humanos criados à imagem de Deus. Nada parece certo.

Quando sinto que estou praticando a religião em vez de desfrutar de um relacionamento com Jesus, é hora de desvencilhar-me do fardo e caminhar com Ele em seus “ritmos da graça ilimitada”.

Jesus deseja que andemos com Ele. David C. McCasland“

—  pão_diário_é_só_noticias_boas

„Veja as nuvens


Tens tu notícia do equilíbrio das nuvens e das maravilhas daquele que é perfeito em conhecimento? v.16


Um dia, muitos anos atrás, meus meninos e eu estávamos deitados de costas no quintal vendo as nuvens passarem. “Pai”, perguntou um, “por que as nuvens flutuam?” “Bem, filho”, comecei, com a intenção de lhe dar o benefício de meu vasto conhecimento, mas depois caí em silêncio. “Não sei, mas vou descobrir para você.”

Descobri que a umidade é condensada, descendo por gravidade, e encontra temperaturas mais quentes que sobem do solo. Essa umidade se transforma em vapor e sobe de volta ao ar. Essa é uma explicação natural para o fenômeno.

Mas explicações naturais não são as respostas finais. As nuvens flutuam porque Deus, em Sua sabedoria, ordenou as leis naturais de tal maneira que revelam as “maravilhas daquele que é perfeito em conhecimento” (v.16). As nuvens podem então ser pensadas como um símbolo — um sinal exterior e visível da bondade e graça de Deus na criação.

Então, um dia, quando você estiver tomando algum tempo para ver que imagens você pode imaginar nas nuvens, lembre-se disso: Aquele que fez todas as coisas bonitas faz as nuvens flutuarem pelo ar. Ele faz isso para nos chamar à admiração e à adoração. Os céus, até mesmo os cúmulos, estratos e nuvens cirros, declaram a glória de Deus.

A criação está cheia de sinais 
que apontam para o Criador. David H. Roper“

—  pão_diário_é_só_noticias_boas

„Nada é inútil


…sempre abundantes na obra do Senhor, sabendo que, no Senhor, o vosso trabalho não é vão. v.58


Em meu terceiro ano lutando contra o desânimo e a depressão causada pela limitação dos movimentos e dor crônica, confiei a uma amiga: “Meu corpo está caindo aos pedaços, e sinto que não tenho nada de valor para oferecer a Deus ou a qualquer outra pessoa.”

As mãos dela descansaram sobre as minhas. “Você quer dizer que não faz diferença quando eu a cumprimento com um sorriso ou a ouço? Quer dizer que é inútil quando oro por você ou ofereço uma palavra amável?” Sentei-me em minha poltrona, e disse: “Claro que não.”

Ela franziu o cenho. “Então por que você está dizendo a si mesmo aquelas mentiras? Você faz todas essas coisas para mim e para os outros.” Agradeci a Deus porque nada do que fazemos por Ele é inútil.

Em 1 Coríntios 15, Paulo nos assegura de que o nosso corpo pode estar fraco agora, mas seremos “ressuscitados em poder” (v.43). Porque Deus promete que seremos ressuscitados por meio de Cristo, podemos confiar que Ele usará todas as oferendas, todos os pequenos esforços feitos por Ele, para fazer a diferença em Seu reino (v.58).

Se estivermos fisicamente debilitados, um sorriso, uma palavra de encorajamento, uma oração ou demonstração de fé durante a nossa provação pode ser usado para ministrar ao Corpo de Cristo, diverso e interdependente. Quando servimos ao Senhor, nenhum ato de amor é demasiado servil.

Faça o que puder com o que tiver 
e deixe os resultados com Deus. Xochitl Dixon“

—  pão_diário_é_só_noticias_boas

„Deus chamando


Nisto se manifestou o amor de Deus em nós: em haver Deus enviado o seu Filho unigênito ao mundo… 1 João 4:9


Certa manhã minha filha deu ao seu filho de 11 meses, o seu telefone por um momento para entretê-lo. Menos de um minuto depois, meu telefone tocou e, quando o peguei, ouvi sua vozinha. Ele tinha de alguma forma atingido a “discagem rápida” para o meu número, e seguiu-se uma “conversa” que vou lembrar por muito tempo. Meu neto só pode falar algumas palavras, mas ele conhece a minha voz e reage a ela. Então, falei com ele e lhe disse o quanto eu o amo.

A alegria que senti ao ouvir a voz de meu neto foi um lembrete do profundo desejo de Deus por ter um relacionamento conosco. Desde o início, a Bíblia mostra Deus à nossa procura. Mesmo depois que Adão e Eva desobedeceram a Deus e se esconderam do Senhor no jardim: “chamou o Senhor Deus ao homem” (v.9).

Deus continuou a ir em busca da humanidade através de Jesus. Por Deus desejar ter relacionamento conosco, Ele enviou Jesus à Terra para pagar a penalidade por nosso pecado por Sua morte na cruz. “Nisto se manifestou o amor de Deus […] em haver Deus enviado o seu Filho unigênito ao mundo, para vivermos por meio dele…” (1 João 4: 9,10).

Como é bom saber que Deus nos ama e quer que respondamos ao Seu amor por meio de Jesus. Mesmo quando não sabemos muito bem o que dizer, nosso Pai deseja nos ouvir!

O amor de Deus por nós 
é revelado através de Jesus. James Banks“

—  pão_diário_é_só_noticias_boas

„O que queremos?


…o Espírito daquele que ressuscitou a Jesus dentre os mortos, […] vivificará também o vosso corpo mortal… v.11


“Fui da carroça ao homem que andou na Lua,” disse o vovô à neta, que compartilhou esta história comigo recentemente. E continuou: “Nunca pensei que isso poderia ocorrer em tão pouco tempo.”

A vida é curta, e muitos de nós voltamos para Jesus, pois queremos viver para sempre. Isso significa que não compreendemos o verdadeiro significado da vida eterna. Tendemos a ansiar por coisas erradas. Ansiamos por algo melhor, e pensamos que está logo à frente. Se eu estivesse fora da escola, tivesse esse emprego, fosse casado ou pudesse me aposentar. Se apenas… E então um dia ouvimos o eco da voz do avô ao refletirmos sobre o tempo que voou.

A verdade é que possuímos a vida eterna agora. Paulo escreveu: “…a lei do Espírito da vida, em Cristo Jesus, te livrou da lei do pecado e da morte” (v.2). E disse: “…os que se inclinam para a carne cogitam das coisas da carne; mas os que se inclinam para o Espírito, das coisas do Espírito” (v.5). Em outras palavras, os nossos desejos mudam quando chegamos a Cristo. Isso naturalmente nos dá o que mais desejamos. “Porque o pendor da carne dá para a morte, mas o do Espírito, para a vida e paz” (v.6).

A grande mentira da vida é de que precisamos estar em outro lugar, fazer outra coisa, com outra pessoa antes de começar a viver verdadeiramente. Ao encontrarmos Jesus, trocamos a mágoa pela brevidade da vida pela plena alegria da vida com Ele, agora e para sempre.

Para vivermos eternamente, 
devemos deixar Jesus viver em nós agora. Tim Gustafson“

—  pão_diário_é_só_noticias_boas

„Estenda a misericórdia


…Ó Deus, sê propício a mim, pecador! v.13


Quando me queixei das escolhas de uma amiga que a conduziam ao pecado e como as atitudes dela me incomodavam, minha parceira de oração semanal me disse: “Vamos orar por todos nós.” “Todos nós?”, perguntei: “Sim, não é você quem sempre diz que Jesus estabelece o nosso padrão de santidade, então não devemos comparar os nossos pecados com os dos outros.”

“Essa verdade machuca”, respondi, “mas você está certa. Minha atitude de julgamento e orgulho espiritual não são melhores ou piores do que os pecados dela.”

“E falando sobre ela, na verdade, estamos fofocando e pecando.”

Abaixei a cabeça, dizendo: “Por favor, ore por nós.”

Em Lucas 18, Jesus compartilhou uma parábola sobre dois homens se aproximando do templo para orar de maneiras muito diferentes (vv.9-14). Como os fariseus, podemos ficar presos num círculo de comparação com outras pessoas. Podemos nos vangloriar de nós mesmos (vv.11,12) e viver como se tivéssemos o direito de julgar e a responsabilidade ou o poder de mudar os outros.

Quando olhamos para Jesus como nosso exemplo de vida santificada e vemos a Sua bondade em primeira mão, como o cobrador de impostos a viu, a nossa desesperada necessidade da graça de Deus se amplia (v.13). À medida que experimentamos a compaixão e o perdão do Senhor pessoalmente, mudamos para sempre e somos capacitados para esperar e estender a misericórdia, não a condenação, aos outros.

Ao percebermos a profundidade de nossa necessidade de misericórdia, podemos mais prontamente oferecer misericórdia aos outros. Xochitl Dixon“

—  pão_diário_é_só_noticias_boas

„Flores para sempre


…seca-se a erva, e cai a sua flor, mas a palavra de nosso Deus permanece eternamente. v.8


Quando criança, meu filho Xavier gostava de me dar flores. Eu gostava de cada flor recém-colhida ou comprada por ele e seu pai, e a apreciava até a flor murchar e ser jogada fora.

Um dia, Xavier me deu um belo buquê de flores artificiais, e sorriu ao arranjar o lírio de seda branco, o girassol amarelo e a hortênsia roxa no vaso. E disse: “Olhe, mamãe, vão durar para sempre. Isso é o quanto eu te amo.”

Desde então, ele cresceu e agora é jovem. As pétalas de seda se desgastaram, as cores desapareceram. Ainda assim, as flores “para sempre” me lembram desse amor, e me trazem algo mais à mente — algo que realmente permanece para sempre: o amor ilimitado e duradouro de Deus, revelado em Sua Palavra infalível e duradoura (v.8).

Quando os israelitas enfrentaram provações, Isaías os confortou com confiança nas palavras consoladoras de Deus (v.1). Proclamou que Deus pagara a dívida causada pelo pecado deles (v.2), garantindo sua esperança no próximo Messias (vv.3-5). Eles confiaram no profeta porque o foco dele permanecia em Deus, não nas circunstâncias que os envolviam.

Neste mundo de incertezas e aflições, nossas opiniões e sentimentos estão sempre mudando e são tão limitados quanto a nossa mortalidade (vv.6,7). Ainda assim, podemos confiar no amor e no caráter imutável de Deus, revelado em Sua Palavra constante e eternamente verdadeira.

Deus assegura o Seu amor em Sua Palavra imutável, 
hoje e eternamente. Xochitl Dixon“

—  pão_diário_é_só_noticias_boas

„O Consolador


…quando vier, porém, o Espírito da verdade, ele vos guiará a toda a verdade… v.13


Ao embarcar no avião para estudar numa cidade muito distante de casa, senti-me nervosa e sozinha. Mas durante o voo, lembrei-me de como Jesus prometeu aos Seus discípulos a presença reconfortante do Espírito Santo.

Os amigos de Jesus devem ter se sentido perplexos quando Ele lhes disse: “…convém-vos que eu vá…” (v.7). Como poderiam aqueles que testemunharam os Seus milagres e aprenderam com o Seu ensino estarem melhor sem Ele? Mas Jesus lhes disse que se Ele partisse, então o Consolador, o Espírito Santo, viria.

Jesus, aproximando-se de Suas últimas horas na Terra, compartilhou com os Seus discípulos (João 14-17, hoje conhecido como o “Discurso de Adoração”) para ajudá-los a entender a Sua morte e ascensão. O ponto central nesta conversa foi a vinda do Espírito Santo, um Consolador (14:16,17), que estaria com eles, ensinando, testemunhando (v.26) e guiando-os (16:13).

Nós, que aceitamos a oferta de Deus de uma nova vida, recebemos a dádiva do Seu Espírito habitando em nós. O Espírito Santo nos convence de nossos pecados e nos ajuda a nos arrependermos. Traz consolo quando sentimos dor, força para suportar dificuldades, sabedoria para entender o ensino de Deus, esperança e fé para crer, amor para compartilhar.

Podemos nos alegrar porque Jesus nos enviou o Consolador.

O Espírito Santo preenche o coração 
dos seguidores de Jesus. Amy Boucher Pye“

—  pão_diário_é_só_noticias_boas

„Devo perdoar?


…Assim como o Senhor vos perdoou, assim também perdoai vós. Colossenses 3:13


Cheguei cedo à minha igreja para ajudar a preparar um evento. Uma mulher estava chorando na extremidade oposta do santuário. Ela tinha sido cruel e feito fofocas a meu respeito no passado, então eu rapidamente afoguei os seus soluços com o barulho de um aspirador de pó. Por que eu deveria me preocupar com alguém que não gostava de mim?

Quando o Espírito Santo me lembrou o quanto Deus me perdoara, atravessei a sala e fui até ela. A mulher compartilhou que o seu bebê estava no hospital por alguns meses. Choramos, nos abraçamos e oramos por sua filha. Depois de acertar as nossas diferenças, agora somos boas amigas.

Em Mateus 18, Jesus compara o reino dos céus a um rei que decidiu resolver suas contas. Um servo que devia uma enorme quantidade de dinheiro implorou por misericórdia. Logo depois de o rei ter cancelado a dívida dele, aquele criado rastreou e condenou um homem que lhe devia muito menos do que o que ele próprio devia ao rei. Quando o rei soube disso, o servo perverso foi aprisionado por causa de seu próprio espírito implacável (vv.23-34).

Escolher perdoar não desculpa o pecado nem fecha os olhos às injustiças feitas a nós, nem minimiza as nossas mágoas. Oferecer o perdão simplesmente nos liberta para desfrutarmos da dádiva imerecida da misericórdia de Deus, quando o convidamos a realizar belas obras de restabelecimento da paz em nossa vida e em nossos relacionamentos.

Perdoar os outros demonstra nossa confiança no direito de Deus 
em julgar de acordo com a Sua perfeição e bondade. Xochitl Dixon“

—  pão_diário_é_só_noticias_boas

„Ele sempre ouve


Perto está o Senhor de todos os que o invocam, de todos os que o invocam em verdade. Salmo 145:18


Meu pai era homem de poucas palavras. Ele sofreu perda auditiva no serviço militar e usava aparelhos. Mas um dia quando mamãe e eu falávamos um pouco mais do que ele achava necessário, ele nos disse: “Se quero paz e tranquilidade, tudo o que tenho a fazer é isso.” Levantou suas mãos num único movimento, desligou os aparelhos auditivos, cruzou as mãos atrás da cabeça e fechou os olhos sorrindo sereno.

Rimos, pois para ele, a conversa estava encerrada!

Naquele dia, a atitude dele fez-me lembrar como Deus é diferente de nós. Ele sempre quer ouvir os Seus filhos. Vemos isso numa das orações mais curtas na Bíblia. Um dia Neemias, copeiro do rei Artaxerxes da Pérsia, estava triste na presença do rei. Temeroso, quando o rei lhe perguntou o motivo, Neemias confessou que era por causa de Jerusalém, conquistada por seus ancestrais, estar em ruínas. Neemias relata, “Disse-me o rei: Que me pedes agora? Então, orei ao Deus dos céus e disse ao rei…” (4,5).

A oração dele durou apenas um instante, mas Deus a ouviu. E Deus movido pela petição do Seu servo, respondeu as muitas orações de Neemias que já tinham sido feitas em favor de Jerusalém. Naquele momento, Artaxerxes atendeu o pedido de Neemias para reconstruir a cidade.

Não é reconfortante saber que Deus se importa o suficiente para ouvir todas as nossas orações, da menor a maior?

O nosso Deus é grande o suficiente 
para ouvir a menor das vozes. James Banks“

—  pão_diário_é_só_noticias_boas

„O dom de dar


Cada um contribua segundo tiver proposto no coração, […] porque Deus ama a quem dá com alegria. 2 Coríntios 9:7


Certo pastor deu vida à frase “Ele te daria a própria roupa”, quando entregou este desafio perturbador à sua igreja: “O que aconteceria se tirássemos nossos casacos e os déssemos aos necessitados?” Em seguida, tirou o seu e colocou-o aos pés do púlpito. Dezenas de outros seguiram o seu exemplo. Eles fizeram isso no inverno, de modo que a volta para casa foi menos confortável naquele dia. Porém, para dezenas de pessoas em necessidade, a estação ficou um pouco mais aquecida.

Quando João Batista percorreu o deserto da Judeia, ele tinha um aviso severo para a multidão que veio ouvi-lo. “…Raça de víboras”, ele disse. “Produzi, pois, frutos dignos de arrependimento…” (Lucas 3:7,8). Assustados, perguntaram-lhe: “O que devemos fazer então?” Ele os respondeu com um conselho: “Quem tem duas túnicas, reparta com quem não tem; e quem tiver comida, faça o mesmo” (vv.10,11). O verdadeiro arrependimento produz um coração generoso.

“Deus ama a quem dá com alegria”, portanto a nossa doação jamais deve basear-se em culpa ou pressão (2 CORÍNTIOS 9:7). Mas quando doamos de boa vontade e generosamente, descobrimos que realmente é mais abençoador dar do que receber.

A alma generosa prosperará, e quem dá a beber será dessedentado. 
Provérbios 11:25 Tim Gustafson“

—  pão_diário_é_só_noticias_boas

„Rua Godliman, Londres


“…Nesta cidade há um homem de Deus…” v.6


Minha esposa, Carolyn, e eu estávamos andando em Londres e chegamos numa rua chamada Godliman (Godly man = homem de Deus). Fomos informados de que um homem que viveu nessa rua levava uma vida tão piedosa que a sua rua ficou conhecida como “rua do homem piedoso”. Isto me lembrou de uma história do Antigo Testamento.

O pai de Saul enviou o seu filho e um servo para procurar algumas jumentas que tinham se afastado (v.3). Os jovens as procuraram por muitos dias, mas não conseguiram encontrar os animais.

Saul estava pronto para desistir e voltar para casa, mas o seu servo apontou para Ramá, aldeia do profeta Samuel, contestou e lhe disse: “…Nesta cidade há um homem de Deus, e é muito estimado; tudo quanto ele diz sucede; vamo-nos, agora, lá; mostrar-nos-á, porventura, o caminho que devemos seguir” (1 Samuel 9:6).

Ao longo de seus anos e em idade avançada, Samuel tinha buscado a intimidade e a comunhão com Deus, e suas palavras eram carregadas de verdade. As pessoas sabiam que ele era um profeta do Senhor. “Então, disse Saul ao moço: Dizes bem; anda, pois, vamos. E foram-se à cidade onde estava o homem de Deus” (v.10).

Como seria se a nossa vida refletisse Jesus a ponto de ser um referencial em nossa vizinhança, e a lembrança de que fôramos piedosos permanecesse ali?

O testemunho mais poderoso 
é a vida piedosa. David H. Roper“

—  pão_diário_é_só_noticias_boas

Dilma Rousseff photo
Friedrich Nietzsche photo
Gerson De Rodrigues photo

„Um dos meus passatempos na vida, é sentar em um banco de uma praça qualquer aonde passam bastante pessoas, gosto de sentar e observar os seres humanos. É Sempre possível observar o ‘’ Homem bem sucedido’’ de terno e gravata transitando com seu sorriso no rosto, a senhora com a bíblia na mão com esperança e amor nos olhos, a criança inocente que de nada sabe sobre a vida cuja sua preocupação é alimentar os pombos.

Cada humano que observo percebo algo incomum, nenhum deles se preocupa com o que eu me preocupo, não consigo passar nem mesmo algumas horas sem refletir em o quão inútil nós somos perante o universo, ou como irei me portar no enterro da minha mãe – ou como meu filho irá se sentir diante da minha morte.

A Habilidade que os seres humanos possuem em trabalhar como formigas, e sorrir como palhaços me parece um tanto quanto vantajosa a ignorância permite ao homem existir – pensem bem o que seria da humanidade se todos fossemos Niilistas?

Sentado naquele banco observando os humanos que transitam sem parar, sinto-me como alguém que saiu da caverna de platão, e não consegue explicar aos outros a realidade fora dela.

O Quão cruel eu seria? Como posso eu querer tirar do homem feliz a ignorância? Como posso eu tirar do homem a caverna que o protege da realidade.

Então vivo sozinho fora da caverna observando aqueles que ainda vivem nela, lamento-me por aqueles prisioneiros que morrerão sem saber que em suas pernas haviam correntes….“

—  Gerson De Rodrigues poeta, escritor e anarquista Brasileiro 1995

Machado de Assis photo
Charles Bukowski photo
William Shakespeare photo
Gerson De Rodrigues photo

„Poema - Haraquiri

Quantas noites
sem dormir são necessárias
para se matar um homem
que se abdicou da sua própria vida?

Se enxergastes
as feridas contidas na minha alma
chorarias por toda a eternidade

Tampouco suportarias
uma única noite acordado

Sem imaginar as suas tripas
espalhadas por toda a casa

Se a morte
se apaixonasse pela vida
a grande tragédia
seria a de sepultá-la todas as manhãs

- Não tens sonhos?
me perguntas espantado

Possuo os mais terríveis dos pesadelos
e em todos eles eu sou um homem morto

Que sorri para a vida
como um sátiro

Segurando o corpo
moribundo de cristo
em um altar de descrenças

- Não acreditas nos deuses?
continuas gritando em busca
da minha salvação

Os deuses?
tampouco me importa a metafisica
ou a sublime razão das ciências

Do que adiantas!?
para um homem morto
a paixão dos falsos deuses
ou as razões de um intelecto falho

- Busque o amor
apaixone-se pela vida

Continuas esperneando
em uma tentativa falha de salvar a minha alma

O Amor?
do que me serves a paixão?
se eu não posso sentir

Em meu coração
nasceram cobras e baratas

Nas minhas entranhas vivem
os vestígios da morte
e os sonhos da vida

- Cale-se!
este Niilismo não o levara
a lugar nenhum!

Gritas tu enfurecido
com ódio dos antigos filósofos

O Niilismo?
abdiquei-me da Filosofia!

Afastem para longe de mim
os pensamentos dos homens

As minhas dores
não podem ser descritas
em meras palavras
o que eu sinto transcende o Niilismo

Eu sou o messias
do meu próprio testamento
morto na minha própria cruz
mas sem os seguidores de jesus

Porque não há nada
que eu possa ensinar aos homens
que as baratas já não tenham feito em meu lugar

- Então mate-se de uma vez!
gritas já sem esperança

Do que me serves o suicídio?
se eu nunca fui capaz de amar…

O Vazio na minha alma
é tão profundo
que o ato de me suicidar
torna-se insignificante

Alma!?
tampouco sei se a tenho

E se a tivesse
venderias ao Diabo
como sinal de sacrifício!

Não me interessam os devaneios dos homens
ou a paixões dos deuses

Interessa-me apenas a morte
e o fim de todas as coisas!

- Gerson De Rodrigues“

—  Gerson De Rodrigues poeta, escritor e anarquista Brasileiro 1995

Niilismo Morte Deus Existencialismo Vida Nietzsche

Abraham Lincoln photo
Albert Einstein photo
Charles Bukowski photo
Sigmund Freud photo
Epiteto photo
Gerson De Rodrigues photo

„Poema - O Suicídio de um homem santo

A Minha vida é uma metáfora
para um suicídio inevitável
escrita com o sangue dos poetas mortos

Como podem me tirar o direito
de acabar com a minha própria vida?

Pergunto-lhes indignado!
negarias o remédio da cura
de uma enfermidade terrível
a um homem doente?

Não!?
então por que negam a mim o direito de morrer?

Do que vale um sorriso?
se a minha alma chora em tormento…

Nos devaneios da minha mente insana
viajei até o paraíso ao lado de Cristo
e lá estava Deus
enforcado em suas próprias tripas

Com uma carta ensanguentada em seus pés
que dizia;
- Me perdoem por condená-los a viver

Cristo chorava aos pés sujos do seu próprio pai
e as suas lagrimas tocaram o meu coração
o homem que antes era santo,
agora clamava por perdão

As dores em seu peito
eram mais cruéis do que a da crucificação
suas bocas pálidas e tremulas me diziam;

- Não me deixe cair em tentação

Eu fiquei completamente sem reação
não deveriam ser os homens a clamarem
aos deuses por perdão?

Olhei em seus olhos
e vi a mim mesmo
gritando em desespero
enquanto homens pregavam as minhas mãos

A Minha melancolia
é como uma metamorfose
há dias em que ela é parte
da minha essência

Há dias que ela
se transforma em demência

Como a lua que possui dois lados
a escuridão que dança com a luz

Da mesma maneira que o diabo
beijou jesus dependurado na cruz

A Minha melancolia
muitas vezes me seduz

Talvez esta seja a única
língua que me traduz

Quem dera fosse eu o homem morto na cruz!

Eu devo me suicidar um dia!
da maneira mais dolorosa possível
vivendo todos os dias
sentindo a miséria da existência
dilacerar minha alma

Como os pregos enferrujados
que dilaceraram as mãos sujas de cristo

Sim eu irei me matar!
mas apenas quando a vida
me afogar em sua miséria
até que os meus pulmões
não consigam mais respirar

Mas enquanto eu vagar por estas ruas solitárias
a minha mente irá afogar outras
em reflexões filosóficas

Até que a minha loucura
transforme a sua sanidade em demência!“

—  Gerson De Rodrigues poeta, escritor e anarquista Brasileiro 1995

Fonte: Niilismo

Tupac Shakur photo
Marilyn Monroe photo
Gerson De Rodrigues photo

„O Duplo - Uma Alegoria Niilista

Sentado em seu quarto com a corda nas mãos, o filósofo exausto enfrentava seu lado obscuro.

Não suporto mais as dores que me afligem, aonde se escondem as motivações? Estariam elas enterradas junto ao tumulo de deus?

Disse o filósofo em um tom sereno, sozinho, naquele quarto abandonado, andando de um lado para o outro

― Então desista! O Que te impede de colocar a corda sobre o pescoço e se deleitar com a morte?

Diziam as vozes em sua mente

Cale-se!! Deve existir algum motivo, alguma razão, alguma circunstância para se viver. Algo tão solido, que as dores que afligem meu coração não me torne um escravo da melancolia

Gritou o filósofo arremessando a corda para longe

― Mas você não encontrou certo? Estas inexplicáveis dores te assombram desde a infância, e a muito tempo vem mentindo para si mesmo que isso ou aquilo é o que te mantem vivo. E agora? O que restou? Todos que você um dia amou não passam de cadáveres!

Disse a voz em um tom fino e calmo

Mas (…) eu ainda tenho os meus livros. O Que me diz sobre eles? Meus trabalhos serão lembrados para sempre! Um filósofo não é útil vivo…

Dizia o Filósofo enquanto pegava uma de suas obras nas mãos, sentindo orgulho de si mesmo.

A voz doce, fala calmamente em seu ouvido

― O Que é a filosofia? Se não aforismos da mente de um grupo de primatas na fração de um ponto. Não seja egoísta, nós dois sabemos que um dia toda a realização da humanidade irá desaparecer no tempo

Com esse pensamento aonde iremos? Se todos pensarmos assim, todo o conhecimento da humanidade irá parar no tempo, o que sugere? Pensas que tem a resposta para tudo? Acha que morrer é a solução?

Disse o filósofo encarando o espelho

― Eu? Eu não posso sugerir nada, não se esqueça que está sozinho, sempre esteve, e assim morrerá! Chegou ao ponto de delirar e discutir consigo mesmo! Ainda acha que um homem louco gritando sozinho em um quarto vazio merece viver? Se tudo que tem de valor em sua vida patética são livros, eu é que te pergunto…

O Que sugere?

Não há nenhuma sugestão, nenhuma forma de resolver isso, a não ser no leito de morte.

― Então continue, vá em frente, coloque as cordas sobre seu pescoço e desista!

O Filósofo caminha até o canto do quarto, pega a corda, e a coloca sobre o seu pescoço

― Você nunca foi nada, nunca poderá ser nada, e este é o seu destino, morrer como um nada!

Cale-se…

Disse o filósofo em voz baixa, enquanto ajeitava a corda em seu pescoço. Ele então caminha até o espelho e o encara por alguns minutos…

― Há um intrínseco Niilismo em nossas vidas…

Disse a voz em sua mente, de maneira tão suave que a própria escuridão o abraçou

Essa não é a nossa primeira discussão, e não será a última…

Disse o filósofo ainda encarando o espelho com a corda no pescoço

― Então a dor passou não é? Flertar com a morte sempre cura as mais profundas feridas.

Passou (…) agora sinto a melancolia preenchendo todo o meu ser

― Talvez, o grande significado por trás da vida humana, seja simplesmente alimentar os vermes em nosso leito de morte.

Parte em ser Niilista, é compreender nosso lugar no cosmos. Nós não significamos nada, e a vida é repleta de dor e sofrimento.

O Niilismo, te entrega a chave do conhecimento para compreender esses fatos e seguir em frente, flertamos com o suicídio, mas não nos suicidamos, pois compreendemos a realidade ao nosso redor.“

—  Gerson De Rodrigues poeta, escritor e anarquista Brasileiro 1995

Keanu Reeves photo
Keanu Reeves photo

„Eu tenho baixa auto-estima, então isso me faz feliz por um milésimo de segundo.“

—  Keanu Reeves ator 1964

quando perguntado como se sente ao ser considerado um dos homens mais bonitos do mundo

Mary Shelley photo
Anne Frank photo
Albert Einstein photo
Immanuel Kant photo
Epiteto photo

„Força interior

[Eu oro] que Ele lhe concederia. . . para ser fortalecido com poder através do Seu Espírito no homem interior. Escritura de hoje :
Efésios 3: 14-21

Uma grande empresa extrai substâncias contaminantes de tambores de aço por sucção. Bombas poderosas puxam os materiais para fora dos barris, mas os trabalhadores devem regular cuidadosamente a força dessas bombas. Se eles tirarem muito ar, os tambores entrarão em colapso como copos de papel, porque a pressão externa excederá a pressão interna.

Da mesma forma, quando a adversidade e as dificuldades entram em nossas vidas, a menos que Deus nos fortaleça de dentro, seremos incapazes de resistir às pressões de fora. É verdade que obtemos um apoio sólido de entes queridos e amigos cristãos, mas é o nosso homem interior espiritual, “fortalecido com poder através do Seu Espírito”, que nos sustenta e nos impede de desmoronar.

O Espírito trabalha para nos fortalecer e renovar nossas mentes à medida que lemos a Palavra de Deus e oramos. Se negligenciarmos as Escrituras, raramente falarmos com o Senhor e pararmos de ter comunhão com Ele, cresceremos fracos e vulneráveis. Então, seremos incapazes de resistir à pressão da tentação ou do problema.

Vamos pedir ao Senhor que desenvolva nossa força interior para que, quando os golpes e fardos da vida nos pressionar, não cederemos. - DCE

Refletir e Orar
Ajude-nos, ó Senhor, quando vierem problemas
Confiar na sua Palavra e não sucumbir
E ajudar-nos a não nos desviar
Mas na Sua força e amor habitam. —DJD

O poder de Cristo em você é maior que a pressão dos problemas ao seu redor. David C. Egner“

—  ministério_pão_diário

Charles Bukowski photo
Malala Yousafzai photo
Mark Twain photo
Paulo Coelho photo
Ronnie Radke photo
Daisaku Ikeda photo
Gerson De Rodrigues photo

„Diálogo entre o Padre e o Filósofo - Uma Dialética Niilista

Sentado nas beiradas sujas do décimo terceiro andar de um prédio abandonado, estava um filósofo decidido em acabar com a sua vida

Abel um de seus amigos mais religiosos, considerou a hipótese de que seria uma grande ideia enviar um padre para conversar com ele, afim de convence-lo de que a vida segundo Abel

‘’ Era um presente de deus’’ e deveria ser vivida, e que o suicídio era uma péssima escolha.

O Bravo e corajoso padre então foi chamado, e com sua bíblia nas mãos subiu até o décimo terceiro andar deste prédio. Sentou-se então ao lado do filósofo, enquanto ambos eram observados por uma multidão de pessoas preocupadas.

O Filósofo parecia tranquilo, a vida já não existia em seu olhar e ele observava atentamente o horizonte ignorando completamente aquele estranho porem caricato padre sentado ao seu lado.

O Padre tranquilo segurava a sua bíblia como se estivesse segurando as próprias mãos de cristo, a coragem e a determinação de salvar aquele jovem filosofo do suicídio era a sua missão, e sem hesitar perguntou

- Oh meu filho por que renunciais a vida? tão belas que és, tão lindas que és, dada a nós por deus, e paga com o sangue de cristo que morreu por nós para que você não precise morrer hoje.

O Filósofo escutando as palavras do padre, observava atentamente o horizonte, e sem responder permanecia em silencio, o padre por sua vez continuava o discurso.

- Meu filho, observe a beleza do mundo essas montanhas ao fundo, esses prédios cheios de vida, se não fosse a vida o que seriamos de nós? A vida é tudo que temos, nosso único tesouro, nosso maior presente.

O Padre ainda determinado abre a sua bíblia em uma parte que já estava marcada e começa a ler

- Amados, amemo-nos uns aos outros; porque o amor é de Deus; e qualquer que ama é nascido de Deus e conhece a Deus. 1 João 4:7

E no momento em que o filósofo escuta as palavras bíblicas, ele sorri e pela primeira vez olha para o padre, ainda com os olhos sem vida já morto por dentro, mas com um sorriso sincero perguntou ao padre

- Por que vives padre?

O Padre sem pestanejar, de supetão logo respondeu

- Eu vivo por cristo, e cristo vive em mim, eu vivo pela igreja e pelo amor que eu tenho a aqueles que seguem a jesus. Eu vivo, porque a vida é bela, porque amo aqueles próximos a mim, amo a minha família e a minha igreja.

O Filósofo sorrindo, pergunta novamente ao padre mas desta vez com um tom um pouco mais sério

- Por que vives padre?

O Padre sem entender, pois já havia respondido a pergunta gagueja levemente e responde

- E.. eu, eu.. vi.. vivo por cristo, vivo por aqueles que amo, e pela igreja! O Suicídio é um pecado sem retorno e a vida é o presente mais belo que deus poderia nos dar. Ele enviou seu próprio filho para se sacrificar por nós, em pró de nossas vidas pecaminosas.

O Filósofo vira o seu rosto para frente, observando o horizonte respira tranquilamente e pergunta outra vez com uma tonalidade calma em sua voz

- Por que vives padre?

O Padre já sem resposta, demora a alguns segundos para pensar em uma, segura sua bíblia com toda sua força suando frio com a outra mão agarra com ainda mais forças a beirada do prédio, descontrolado o padre grita

- O CRISTÃO VIVE PELA Fé!! E Eu tenho fé em cristo, fé na vida, fé de que ambos sairemos deste prédio de mãos dadas!

Com os braços cruzados, o Filósofo olha para baixo, e sorri para o abismo, e o abismo sorri de volta. Sorrindo então ele olha para o padre e novamente pergunta de maneira serena e calma

- Por que você vive padre?

O Padre sem reação olha para baixo, e o abismo sorri para ele e ele pula para o abismo.“

—  Gerson De Rodrigues poeta, escritor e anarquista Brasileiro 1995

„Deixe o mundo inteiro ouvir!

Vá a todo o mundo e pregue o evangelho a toda criatura. - Escritura de hoje : Atos 1: 1-8

Fritz Kreisler (1875-1962), o violinista mundialmente famoso, ganhou uma fortuna com seus shows e composições, mas generosamente deu a maior parte dele. Então, quando ele descobriu um violino requintado em uma de suas viagens, ele não foi capaz de comprá-lo.

Mais tarde, tendo levantado dinheiro suficiente para atender ao preço pedido, ele retornou ao vendedor, na esperança de comprar aquele belo instrumento. Mas, para sua grande consternação, fora vendido a um colecionador. Kreisler foi até a casa do novo dono e se ofereceu para comprar o violino. O colecionador disse que se tornou seu bem mais valioso e ele não o venderia. Muito decepcionado, Kreisler estava prestes a sair quando teve uma ideia. “Eu poderia tocar o instrumento mais uma vez antes que ele seja consignado ao silêncio?” Ele perguntou. A permissão foi concedida, e o grande virtuoso encheu a sala com uma música tão comovente que as emoções do colecionador foram profundamente agitadas. "Eu não tenho o direito de manter isso para mim", ele exclamou. “É seu, Sr. Kreisler. Leve isso para o mundo e deixe as pessoas ouvirem isso ”.

Para os pecadores salvos pela graça, o evangelho é como as harmonias arrebatadoras do céu. Não temos o direito de guardar para nós mesmos. Jesus nos diz para levá-lo ao mundo e deixá-lo ser ouvido.

Refletir e Orar
Alguém te contou sobre Cristo. Você contou a alguém ultimamente? Vernon Grounds“

—  ministério_pão_diário

„O grito por amor

Amados, amemo-nos uns aos outros, porque o amor é de Deus. - 1 João 4: 7

Um pai sentou-se à sua mesa debruçado sobre suas contas mensais quando seu filho entrou correndo e anunciou: “Pai, porque este é seu aniversário e você tem 55 anos, eu vou te dar 55 beijos, um para cada ano. ! ”Quando o menino começou a cumprir sua palavra, o pai exclamou:“ Oh, André, não faça isso agora; Estou muito ocupado!"

O jovem imediatamente ficou em silêncio enquanto as lágrimas brotavam em seus grandes olhos azuis. Apologeticamente, o pai disse: "Você pode terminar mais tarde." O menino não disse nada, mas silenciosamente se afastou, com a decepção escrita em todo o rosto. Naquela noite, o pai disse: "Venha e termine os beijos agora, Andrew". Mas o menino não respondeu.

Pouco tempo depois desse incidente, o garoto se afogou. Seu pai de coração partido escreveu: "Se ao menos eu pudesse dizer a ele o quanto lamento minhas palavras impensadas e posso ter certeza de que ele sabe o quanto meu coração está doendo".

O amor é uma via de mão dupla. Qualquer ato amoroso deve ser calorosamente aceito ou será tomado como rejeição e pode deixar uma cicatriz. Se estamos muito ocupados para dar e receber amor, estamos ocupados demais. Nada é mais importante do que responder com amor ao clamor por amor daqueles que estão próximos e preciosos para nós.

Senhor, ensina-nos o segredo do amor,
o amor que você está pedindo hoje;
Então ajude-nos a amar uns aos outros -
Por isso, oramos sinceramente. —Anon.

Nada é mais caro do que amar - exceto não amar. Henry G. Bosch“

—  ministério_pão_diário

„Ele é seguro?

Eu vou te ensinar o temor do Senhor. - Salmo 34:11

Nós não iremos muito longe em nosso relacionamento com Deus a menos que entendamos que Ele deve ser temido. Em As Crônicas de Nárnia, uma alegoria de CS Lewis, a autora tem duas garotas, Susan e Lucy, se preparando para conhecer o leão de Aslam, que representa Cristo. Dois animais falantes, o Sr. e a Sra. Beaver, preparam as crianças para o encontro.

"Ooh", disse Susan, "eu pensei que ele era um homem. Ele está bem seguro? Vou me sentir bastante nervoso em encontrar um leão.

"Que você vai, querida", disse a Sra. Beaver. "E não se engane, se há alguém que pode aparecer antes de Aslam sem que seus joelhos batam, eles são mais corajosos do que a maioria ou simplesmente bobos".

"Então ele não está seguro?", Disse Lucy.

"Seguro?", Disse o Sr. Beaver. “Você não ouve o que a Sra. Beaver lhe diz? Quem disse alguma coisa sobre segurança? Claro que ele não está seguro. Mas ele é bom. Ele é o rei, eu te digo!

O salmista compreendeu essa maravilhosa maravilha quando escreveu: “Ó, prove e vê que o Senhor é bom”, e depois instou os santos de Deus a temê-lo (Sl 34: 8-9). Não precisamos nos encolher de medo, mas devemos viver diante Dele com reverência e reverência. Nosso Deus santo não é "seguro", mas é bom.

Oh, como eu te temo, vivendo Deus,
Com medos mais profundos e ternos
Te adoro com tremenda esperança
E lágrimas penitenciais! —Salter

Se você teme a Deus, não precisa temer mais nada. Haddon W. Robinson“

—  ministério_pão_diário

„Olhe para você!

Se nos julgássemos, não seríamos julgados. -
Escritura de hoje : 1 Coríntios 11: 17-32

Funcionários estaduais de emprego em Tucson, Arizona, postaram um sinal interessante sobre um espelho de corpo inteiro. Dirigido a todos os caçadores de emprego, dizia: "Você contrataria essa pessoa?" Em outro escritório, um espelho e um cartaz colocavam a seguinte pergunta: "Você está pronto para um emprego?"

A autoavaliação foi o que o apóstolo Paulo chamou em 1 Coríntios 11. Os crentes em Cristo precisam julgar-se, disse ele, para evitar serem julgados pelo Senhor como impróprios para o Seu serviço. Na igreja de Corinto, o “problema de aparição” era especialmente sério. Aqueles cristãos “pareciam” horríveis. Eles estavam na verdade se embebedando e brigando entre si, enquanto passavam pelas moções de celebrar a Ceia do Senhor. Então Paulo disse, com efeito, “olhem para si mesmos. Que bagunça! Se você não tiver suas vidas endireitadas, o Senhor terá que fazer isso por você. ”Então o apóstolo adicionou o fato sério de que Deus já havia começado a limpar a igreja enviando alguns deles para uma sepultura prematura. Esta é uma dura verdade, mas a igreja ainda precisa ouvir hoje.

Este aviso, no entanto, também traz uma mensagem de esperança. Se nos julgarmos e nos arrependermos de nossos pecados, não seremos julgados por Deus.

Refletir e Orar
Ó Senhor, volte para mim Seu poder
Que uma vez pela graça eu conheci;
Perdoa o pecado que aflige o teu coração
E ajuda-me a ser verdadeiro. —Anon.

O auto-exame é um teste do qual nenhum cristão é desculpado. Mart DeHaan“

—  ministério_pão_diário

„Uma questão do coração

Como é que você, sendo judeu, pede uma bebida de mim, uma mulher samaritana? -
Escritura de hoje : João 4: 7-27

Eu tenho uma confissão a fazer. De vez em quando velhos sentimentos de preconceito e intolerância crescem dentro de mim. Embora eu raramente os expresse e nunca queira, esses pensamentos pecaminosos ainda surgem em meu coração.

Eu cresci como um americano branco, de classe média baixa, do meio-oeste e de colarinho azul. Meus preconceitos vieram de ouvir afirmações tão absurdas como:

"Pessoas ricas são esnobes arrogantes."
"Minorias só querem um folheto."
"As mulheres são fracas e não conseguem pensar racionalmente."
"A administração está disposta a arrancar o homem que trabalha."
"Não se pode confiar nos judeus em negócios".

Eu sei que estes são estereótipos falsos. Eu senti isso antes mesmo de me tornar um cristão. Como seguidor de Jesus, também sei que devo tratar todas as pessoas com respeito, porque elas foram criadas à imagem de Deus. O Salvador modelou essa atitude de aceitação com a mulher samaritana. Ela ficou surpresa quando ele falou com ela e pediu-lhe uma bebida. Até mesmo os discípulos ficaram maravilhados quando o encontraram falando com ela (João 4:27).

Tenho vergonha de admitir meus pensamentos preconceituosos. Mas eu oro para que o Senhor continue trabalhando em meu coração até que eu esteja livre de preconceito e intolerância como Ele é.

Refletir e Orar
Senhor, purifica-me de todo preconceito,
remove sua mentira sutil;
Então me ajude a compartilhar seu amor com aqueles
por quem você veio para morrer. —Fasick

O preconceito é uma grande economia de tempo: permite formar opiniões sem obter os fatos. David C. Egner“

—  ministério_pão_diário

„A face do nosso Pai


Restaura-nos, ó Deus; faze resplandecer o teu rosto, e seremos salvos. v.3


Lembro-me do rosto do meu pai. Era difícil entendê-lo. Era um homem amável, mas rígido e autossuficiente. Quando criança, muitas vezes procurei por um sorriso ou outra demonstração de afeto em sua face. O nosso rosto nos representa. Um olhar franzido, um olhar mal-humorado, um sorriso, e olhos julgadores revelam o que sentimos sobre os outros. Nossos rostos “falam” por nós.

Asafe, autor do Salmo 80, estava perturbado e queria ver o rosto do Senhor. Ele olhou para o norte do seu ponto de vista em Jerusalém e viu o estado irmão de Judá, Israel, cair sob o peso do Império Assírio. Com o seu “amortecedor” destruído, Judá tornou-se vulnerável à invasão de todos os lados, Assíria do norte, Egito do sul, e as nações árabes do leste. Estava em desvantagem em número e recursos.

Asafe juntou os seus medos numa oração, três vezes repetida (80:3,7,19): “Restaura-nos, ó Deus; faze resplandecer o teu rosto, e seremos salvos” (Ou, em outras palavras, permita-me ver o Teu sorriso).

É bom olhar para longe de nossos medos e procurar a face de nosso Pai celestial. A melhor maneira de ver a face de Deus é olhar para a cruz. O Senhor “fala” conosco por meio dela (João 3:16).

Então saibam disso: Quando seu Pai olha para vocês, Ele tem um grande sorriso em Seu rosto. Você está muito seguro!



O amor de Deus por nós é tão expansivo 
quanto os braços abertos de Cristo na cruz. David H. Roper“

—  pão_diário_é_só_noticias_boas

Pitágoras photo
Gerson De Rodrigues photo

„Cartas Póstumas

Eu vivi uma vida de Rebeldia Neguei os deuses e gritei por Anarquia Nas canções mais lindas escrevi versos de Poesia Fui uma alma abandonada que amou a Melancolia Que nos momentos mais sombrios se encontrou na Filosofia

No momento enquanto escrevo essa carta, estou decidido em me matar. Essa é uma vontade constante que a muito tempo me assombra. Todas as vezes em que estou decidido em acabar com tudo, eu simplesmente invento uma nova mentira.

E quando eu menos percebo, lá estou eu vivendo como todos os outros sem perceber o barulho das correntes em nossos pés…

Talvez, quando estiveres lendo essa carta daqui a cinco ou cinquenta anos eu já esteja morto. Ou talvez eu tenha encontrado motivos para viver, motivos o suficiente que me façam ler estes versos no futuro e dizer

- Tolo, como ousas dizer tamanha estupidez?

O Futuro é incerto. Eu fico me perguntando, todas as vezes em que me pego refletindo sobre a minha morte Quantos livros eu publiquei enquanto estava vivo? Quantas aulas eu dei? Quantas pessoas eu influenciei? Quantas vidas eu salvei? Será que… eu fiz o meu trabalho como Filósofo? Ou o tempo me apagou de sua história?

De qualquer forma, todos seremos apagados um dia. Então a resposta para essa pergunta de fato não importa.

Oh sim, eu vivi uma vida interessante. Tive uma juventude repleta de rebeldia e anarquia e aos vinte e três me vi publicando meu primeiro livro de Filosofia. Aquele jovem rebelde que só sabia gritar ‘’ Anarquia’’ hoje é um professor de Filosofia.

Quem diria não é mesmo? Em quantos momentos da minha juventude eu não jurei que o dia seguinte seria o último, e aqui estou eu, vivo e escrevendo.

Talvez esses momentos de escuridão com a assombração da morte cantando em meus ouvidos sejam de fato passageiros, ou talvez na pior das hipóteses eu simplesmente esteja me entregando a ela aos poucos.

Existem tantas coisas que eu poderia conquistar, tantos outros livros a publicar, pessoas para amar, causas para se lutar, alunos para ensinar…

Mas tudo que eu quero nesse momento é o direito de me suicidar.

Para aqueles que ficam, meus pais e meus amigos:

Nenhuma mãe deveria enterrar o seu filho, e nenhum amigo deveria chorar sobre o tumulo do outro. Embora eu de fato sinta um carinho enorme por todos vocês, sinto que a minha história seria de maior relevância com um ponto final em seu caminho.

Aos vermes que se alimentarem do meu corpo putrefato, desejo a vocês boa sorte. Algum dia, seremos ambos poeira no abismo do espaço e nenhuma diferença existirá dos homens aos vermes.

E Para aqueles que estiverem lendo essa carta. Vivam!! Pois para mim já é tarde demais…“

—  Gerson De Rodrigues poeta, escritor e anarquista Brasileiro 1995

Suicídio Morte Niilismo Cartas Costumas - Gerson De Rodrigues
Variante: Cartas Póstumas

Eu vivi uma vida de Rebeldia
Neguei os deuses e gritei por Anarquia
Nas canções mais lindas escrevi versos de Poesia
Fui uma alma abandonada que amou a Melancolia
Que nos momentos mais sombrios se encontrou na Filosofia

No momento enquanto escrevo essa carta, estou decidido em me matar. Essa é uma vontade constante que a muito tempo me assombra. Todas as vezes em que estou decidido em acabar com tudo, eu simplesmente invento uma nova mentira.

E quando eu menos percebo, lá estou eu vivendo como todos os outros sem perceber o barulho das correntes em nossos pés...

Talvez, quando estiveres lendo essa carta daqui a cinco ou cinquenta anos eu já esteja morto. Ou talvez eu tenha encontrado motivos para viver, motivos o suficiente que me façam ler estes versos no futuro e dizer

- Tolo, como ousas dizer tamanha estupidez?

O Futuro é incerto. Eu fico me perguntando, todas as vezes em que me pego refletindo sobre a minha morte
Quantos livros eu publiquei enquanto estava vivo?
Quantas aulas eu dei?
Quantas pessoas eu influenciei?
Quantas vidas eu salvei?
Será que... eu fiz o meu trabalho como Filósofo?
Ou o tempo me apagou de sua história?

De qualquer forma, todos seremos apagados um dia. Então a resposta para essa pergunta de fato não importa.

Oh sim, eu vivi uma vida interessante. Tive uma juventude repleta de rebeldia e anarquia e aos vinte e três me vi publicando meu primeiro livro de Filosofia. Aquele jovem rebelde que só sabia gritar ‘’ Anarquia’’ hoje é um professor de Filosofia.

Quem diria não é mesmo? Em quantos momentos da minha juventude eu não jurei que o dia seguinte seria o último, e aqui estou eu, vivo e escrevendo.

Talvez esses momentos de escuridão com a assombração da morte cantando em meus ouvidos sejam de fato passageiros, ou talvez na pior das hipóteses eu simplesmente esteja me entregando a ela aos poucos.

Existem tantas coisas que eu poderia conquistar, tantos outros livros a publicar, pessoas para amar, causas para se lutar, alunos para ensinar...

Mas tudo que eu quero nesse momento é o direito de me suicidar.

Para aqueles que ficam, meus pais e meus amigos:

Nenhuma mãe deveria enterrar o seu filho, e nenhum amigo deveria chorar sobre o tumulo do outro. Embora eu de fato sinta um carinho enorme por todos vocês, sinto que a minha história seria de maior relevância com um ponto final em seu caminho.

Aos vermes que se alimentarem do meu corpo putrefato, desejo a vocês boa sorte. Algum dia, seremos ambos poeira no abismo do espaço e nenhuma diferença existirá dos homens aos vermes.

E Para aqueles que estiverem lendo essa carta. Vivam!! Pois para mim já é tarde demais...

- Gerson De Rodrigues

„Como posso perdoar?

Se você não perdoar aos homens as suas transgressões, nem o seu Pai perdoará as suas transgressões. - Mateus 6:15

Algumas das mágoas da vida são tão profundas e dolorosas que perdoar as pessoas que as causaram parece impossível. No entanto, Jesus diz que não podemos experimentar o Seu perdão se tivermos um espírito implacável.

Na Segunda Guerra Mundial, Corrie Ten Boom e sua irmã Betsie foram presos por esconder judeus e foram enviados para um campo de concentração alemão. Betsie morreu uma morte lenta e terrível como resultado do tratamento cruel.

Então, em 1947, Corrie falou sobre o perdão de Deus para uma igreja em Munique. Depois, um homem a procurou. Ela o reconheceu como um dos guardas que a maltrataram e a Betsie. Ele disse a ela que se tornara cristão e, com a mão estendida, pediu perdão a ela. Corrie lutou com seus sentimentos, mas quando ela recordou as palavras de Jesus em Mateus 6:15, ela sabia que tinha que perdoar. Ela silenciosamente orou: "Jesus, ajude-me!" E enfiou a mão na mão de seu antigo atormentador.

Alguém disse: “O perdão não é um caso de 'amnésia santa' que apaga o passado. Em vez disso, é a experiência de cura que drena o veneno da ferida ”.

Deus nos pede para fazer pelos outros o que Ele fez por nós através de Jesus Cristo. Ele nos dará força para perdoar.

Senhor Jesus, nos dê graça cada dia
Para que possamos seguir em Seu caminho,
Especialmente quando alguma alma não amada
Precisa que o nosso perdão seja completo. —DJD

Já que todos nós precisamos de perdão, devemos sempre perdoar.
Dennis J. DeHaan“

—  ministério_pão_diário

„Bíblia de Maria

Deleitar-me-ei em teus mandamentos, que amo. - Salmo 119: 47

Quando Mary Jones tinha 10 anos, ela começou a economizar para algo especial que ela queria comprar. Ela tomava conta, cuidava dos jardins dos vizinhos e vendia ovos de suas próprias galinhas. Quando ela tinha 16 anos, ela acumulou dinheiro suficiente para conseguir o que queria desesperadamente.

Foi um carro novo? Um guarda-roupa novo? Uma Nintendo? Não, Mary Jones tinha 16 anos no ano de 1800, e o que ela estava economizando era uma Bíblia. Mas não havia lugar para comprar um na minúscula aldeia galesa onde ela morava, então ela caminhou até Bala - a 40 quilômetros de distância. O Rev. Thomas Charles tinha uma Bíblia para vender e, depois de alguns convencimentos, Mary o convenceu a vender para ela.

Por causa da fome de Maria pela Bíblia, o Rev. Charles e outros começaram a discutir a necessidade de tornar as Escrituras mais prontamente disponíveis. A Sociedade Britânica e Estrangeira da Bíblia foi fundada e, nos 100 anos seguintes, distribuiu mais de 200 milhões de cópias da Palavra de Deus em todo o mundo. Para Maria, nada era mais importante que a Bíblia, e sua persistência pagava enormes dividendos espirituais.

Nós apreciamos tanto a Palavra de Deus? Quantas vezes até atravessamos a sala para pegar a Bíblia e lê-la?

Senhor, ajuda-nos a valorizar a tua palavra.

Apegue-se à Bíblia - este maravilhoso tesouro
traz vida eterna e salva o homem caído;
Certamente seu valor nenhum mortal pode medir -
Busque sua bênção, ó alma, enquanto você puder. —Anon.

Muitas pessoas armazenam a Bíblia em uma prateleira em vez de em seu coração.
Dave Branon“

—  ministério_pão_diário

„Vidas modificadas são possíveis

Não te maravilhes de que eu te dissesse: “Você deve nascer de novo.” - João 3: 7

Lord Kenneth Clark, internacionalmente conhecido por sua série de televisão Civilization, viveu e morreu sem fé em Jesus Cristo. Ele admitiu em sua autobiografia que, enquanto visitava uma bela igreja, ele tinha o que acreditava ser uma experiência religiosa avassaladora.

“Todo o meu ser”, escreveu Clark, “foi irradiado por uma espécie de alegria celestial muito mais intensa do que qualquer coisa que eu já tivesse conhecido antes”. Mas o “dilúvio de graça”, como ele descreveu, criou um problema. Se ele se permitisse ser influenciado por ele, ele sabia que teria que mudar, sua família poderia pensar que ele tinha perdido a cabeça, e talvez aquela alegria intensa provasse ser uma ilusão. Então ele concluiu: "Eu estava profundamente enraizado no mundo para mudar de rumo".

Que tragédia! Se ao menos ele tivesse respondido àquele vislumbre concedido por graça de outro mundo! Se ao menos ele tivesse permitido que desviasse sua atenção decisivamente deste mundo até que ele se tornasse um crente convicto em Jesus Cristo, e naquele mundo invisível que não é uma ilusão, mas uma realidade gloriosa!

Deus pode permitir que qualquer um e todos nós mudemos, não importa quão profundamente enraizados possamos estar neste mundo. O milagre do novo nascimento pode ocorrer quando respondemos positivamente ao menor estímulo da graça em nossas almas.

O Salvador está esperando para salvá-lo
E purificar toda a mancha do pecado;
Pela fé você pode conhecer o perdão total
E ser uma nova criatura hoje! HGB

A salvação não é uma questão de reforma, mas de transformação. Vernon Grounds“

—  ministério_pão_diário

„Lutando com Deus

Sem Mim você não pode fazer nada. -
Escritura de hoje : Gênesis 32: 1-8,22-32

Quando os membros do conselho do orfanato de George Müller lhe disseram que era impossível conseguir dinheiro suficiente para manter a operação, Müller regozijou-se. Ele disse que seu sentimento de desamparo faria com que eles confiassem mais plenamente no Senhor. Eles fizeram e Deus encontrou sua necessidade.

A total dependência de Deus é uma necessidade absoluta, se quisermos desfrutar de Sua bênção e poder. Mas raramente aprendemos essa verdade além da amarga experiência.

Tome Jacob, por exemplo. Por muitos anos ele viveu por seus próprios esquemas. Apesar de angustiado quando soube que seu irmão Esaú, a quem ele havia prejudicado, estava vindo com 400 homens, Jacó tinha um plano. Ele tentou garantir que, se fosse atacado, metade de sua família sobreviveria. Foi então que um "homem" (Deus em forma humana) lutou com Jacob. Pouco antes do amanhecer, o Homem demonstrou Sua divindade colocando o quadril de Jacob fora do comum por um mero toque. Tudo o que Jacó pôde fazer foi se apegar ao Homem, implorando por Sua bênção (Gên. 32:26; Os. 12: 4). Este foi um momento decisivo na vida de Jacó, pois ele aprendeu que a bênção vem somente do Senhor.

Nós também devemos perceber que a única maneira de experimentar o favor e provisão de Deus é depender dEle. —HVL

Refletir e Orar
Uma vez que paramos com a nossa própria concepção,
Saia dos esquemas de nossa própria escolha,
cesse de todo o nosso esforço infrutífero -
Deus entra com graça e poder! —DJD

Se dependermos totalmente de Deus, vamos achá-lo totalmente confiável. Herbert Vander Lugt“

—  ministério_pão_diário

„Uma maioria de um

Com ele é um braço de carne; mas conosco é o Senhor nosso Deus. - Escritura de hoje :
2 Crônicas 32: 1-8

Quando Senaqueribe, rei da Assíria, invadiu Judá, Ezequias soube que a cidade de Jerusalém seria atacada, então ele entrou em ação para defender a cidade. Ele construiu a parede quebrada e levantou outro fora dela. Ele também “fez armas e escudos em abundância” e “pôs capitães militares sobre o povo” (vv.5-6).

Mas seria preciso mais do que isso para salvar a cidade do ataque dos poderosos exércitos de Senaqueribe. Então Ezequias convocou as pessoas para encorajá-las. Em face de sua situação aparentemente sem esperança, ele declarou: “Há mais conosco do que com ele” (v.7).

Como ele poderia dizer isso? Ele dá a resposta no versículo seguinte: “Com [Senaqueribe] é um braço de carne; mas conosco está o Senhor nosso Deus, para nos ajudar e combater nossas batalhas. ”Essa era a esperança deles. Senaqueribe tinha poder, homens e prestígio - “um braço de carne” -, mas os habitantes de Jerusalém tinham o Senhor!

Existe algum "inimigo" pressionando você hoje? Você se sente como se a oposição estivesse prestes a esmagá-lo e destruí-lo? Tudo parece sem esperança? Tome coração, filho de Deus! Com o Senhor do seu lado, você nunca está em desvantagem.

Refletir e Orar
Uma poderosa fortaleza é o nosso Deus,
um baluarte que nunca falha;
Nosso ajudador Ele, em meio ao dilúvio
De males mortais prevalecentes. —Lutter

Um mais Deus é sempre uma maioria. Richard DeHaan“

—  ministério_pão_diário

„Elogiado e Corrigido

Você perseverou e tem paciência. . . . No entanto, tenho isso contra você. -
Escritura de hoje : Apocalipse 2: 1-7

Imagine Danny, de 8 anos, chegando a bater três vezes em um jogo da Little League. Ele ataca duas vezes e escolhe uma vez. Após o jogo, um famoso jogador da liga principal se aproxima dele. “Danny”, ele diz, “gostei do jeito que você bateu naquele single e apressou-se para primeiro. Você vai ser um bom jogador de bola algum dia. ”

Danny irradia. Ele é receptivo e ansioso para melhorar. Então ele é todo ouvidos quando o profissional acrescenta: “Mas Danny, você tende a superar a bola. Você tem que mudar sua postura e o jeito que você segura o bastão. Deixe-me dar algumas dicas. ”O conselho é atendido porque combina elogios com correção.

Muitas pessoas vêem Deus como um severo disciplinador que emite advertências e ameaças sem elogios. Mas essa não é a imagem que temos na leitura bíblica de hoje. A igreja de Éfeso havia abandonado seu primeiro amor (Apoc. 2: 4) e precisava renovar o brilho cálido que já teve ou deixaria de existir (v.5). Jesus deu aos Efésios uma severa advertência, mas ao chamá-los a se arrependerem, Ele também reconheceu tudo o que era bom na igreja (vv.2-3,6).

É assim que Deus nos motiva. Ele afirma nossa fidelidade a Cristo e nos lembra do que podemos nos tornar. Mas Ele também aponta onde ficamos aquém. Podemos ser gratos que Deus não apenas nos corrige, mas também nos recomenda.

Refletir e Orar
Para Estudo Adicional
Leia Apocalipse 2 e 3. Sete vezes Jesus disse:
“Eu conheço as tuas obras.” Por que Ele recomendou as
sete igrejas? Pois o que Ele corrigiu?

O elogio de Deus nos encoraja; A correção de Deus nos dá esperança. Dennis J. DeHaan“

—  ministério_pão_diário

„Descarregando nossos cuidados

Lança o teu fardo sobre o Senhor e Ele te susterá. - Escritura de hoje : Salmo 55: 16-22

Meu pobre computador ficou sobrecarregado. Eu estava adicionando programas a ele, armazenando toneladas de informações e trabalhando em vários grandes projetos. Finalmente, enviou-me uma mensagem clara, informando-me que era incapaz de aguentar mais. Se eu não aliviasse imediatamente, ia "bater".

Então peguei alguns discos extras e fiz um rápido descarregamento. Eu coloquei cada projeto em um disco próprio e joguei um monte de coisas que eu não precisava mais. Meu grato computador deu um suspiro de alívio e começou a funcionar normalmente de novo.

Às vezes minha vida chega a ser como meu computador. Eu carrego tanta responsabilidade, atividade e compromisso, e carrego tanta emoção não resolvida que sinto que não aguento mais. As cargas e cuidados parecem enormes. Se eu for honesto, admito que estou prestes a "bater".

Quando recebemos sinais de sobrecarga - insônia, irritabilidade, preocupação -, é hora de fazer algumas descargas. É hora de abandonar algumas atividades e responsabilidades. Podemos precisar dizer não a algumas solicitações. Acima de tudo, como o salmista sugeriu, devemos descarregar nossos cuidados no Senhor. Ele prometeu nos ajudar a carregar nossos fardos.

Refletir e Orar
Quando toda preocupação, todo cuidado
a Deus na fé é trazido,
não temos razão para permitir
um único pensamento ansioso. —Anon.

Deus nos convida a sobrecarregá-lo com qualquer coisa que nos sobrecarregue. David C. Egner“

—  ministério_pão_diário

„Ele irá fornecer

Abraão disse: “Meu filho, Deus proverá para si o cordeiro”. Escritura de hoje :
Gênesis 22: 1-14

O pastor Roy S. Nicholson contou sobre uma época em que ele não tinha dinheiro para comprar comida. Determinado a confiar em Deus para suas necessidades e não contar a ninguém, ele e sua esposa apresentaram seu caso ao Senhor em oração.

Na manhã seguinte, ele colocou a mesa para o café da manhã, confiante de que o Senhor providenciaria algo para comer. Nesse momento, um menino da escola dominical veio até a casa com um saco de farinha e um pouco de leite. Lágrimas brotaram nos olhos do pastor. Mal saíra do que a “vovó”, Turner apareceu na porta carregando uma grande travessa carregada com presunto de Virgínia, ovos, grits e molho, biscoitos quentes, manteiga, geleia e café. Nicholson estava cheio de louvor a Deus.

Abraão enfrentou um teste de fé ainda mais sério. Deus lhe havia dito que ele seria o pai de uma grande nação, mas então Deus lhe pediu que sacrificasse seu filho prometido Isaac no altar. Como poderia Abraão fazer uma coisa dessas? Muitos anos de confiar em Deus para o filho há muito esperado lhe ensinaram que sua confiança em Deus seria plenamente recompensada. "Deus proverá para Si mesmo o cordeiro", disse ele a Isaac.

Fé assim não nasce em um dia. É o resultado de anos de ver a fidelidade de Deus às Suas promessas, e cresce à medida que diariamente escolhemos acreditar no que Ele diz.

Refletir e Orar
Oração
Senhor, perdoa-nos por não confiar mais em você. Quando enfrentamos tempos de testes, podemos seguir o exemplo de Abraão e acreditar que você fornecerá exatamente o que precisamos.

A pobreza do homem nunca é uma pressão sobre a provisão de Deus. Dennis J. DeHaan“

—  ministério_pão_diário

„Diga como é

Você sempre resiste ao Espírito Santo; como seus pais fizeram, você também. - Escritura de hoje : Atos 7: 51-60

É difícil ser aquele que leva notícias indesejadas. O meteorologista da TV pode incomodar as pessoas apenas prevendo que vai chover no dia 4 de julho. Não é culpa dele ou dela, mas o meteorologista ainda leva o calor para trazer a mensagem.

Em uma nota muito mais séria, quando Estêvão se dirigiu aos líderes religiosos de Israel, ele incorreu em sua ira porque ele corajosamente disse a eles a verdade sobre eles mesmos. Ele criticou seus ancestrais e envolveu todo o conselho no assassinato de Jesus Cristo. Tudo o que ele disse era verdade. Então, o que eles fizeram com essa acusação? Eles "rangiam com os dentes" (Atos 7:54). Eles o expulsaram da cidade e o mataram. Porque ele disse a verdade, Stephen morreu sob uma barragem de pedras.

Quando falamos de pureza, justiça e piedade em um mundo pecaminoso e amante do prazer que parece destinado a se autodestruir, nós também seremos criticados. Mas não importa o que aconteça a nós, podemos invocar a Deus como Stephen fez. Podemos nos confortar sabendo que pertencemos a Ele e que, em última análise, Ele nos justificará.

Como povo de Deus, vamos orar para que tenhamos a coragem de dizer como é.

Refletir e Orar
Senhor, dá-nos coragem para falar
contra os males dos nossos dias;
Somente quando a verdade é conhecida, os
pecadores podem escolher o melhor caminho. —DJD

É melhor declarar a verdade e ser rejeitado do que retê-lo apenas para ser aceito. Dave Branon“

—  ministério_pão_diário

„Feito à mão por Deus

Nossa aflição leve. . . está trabalhando para nós um peso muito maior e eterno de glória. -
Escritura de hoje :
2 Coríntios 4: 8-18

O piano Steinway foi preferido por teclados como Rachmaninoff, Horowitz, Cliburn e Liszt - e por um bom motivo. É um instrumento habilmente trabalhado que produz som fenomenal.

Os pianos Steinway são construídos hoje da mesma forma que há 140 anos, quando Henry Steinway começou seu negócio. Duzentos artesãos e 12.000 peças são necessários para produzir um desses magníficos instrumentos. O mais crucial é o processo de dobrar o aro, onde 18 camadas de bordo são dobradas em torno de uma prensa de ferro para criar a forma de um Steinway grand. Cinco camadas de verniz são aplicadas e esfregadas à mão para dar ao piano seu brilho externo. O instrumento então vai para a sala de Pounder, onde cada chave é testada 10.000 vezes para garantir a qualidade e durabilidade.

Seguidores de Jesus Cristo também estão sendo "feitos à mão". Somos pressionados, formados e moldados para nos tornar mais semelhantes a Ele. Somos polidos, às vezes no aflição, até que “brilhemos”. Somos testados no laboratório da experiência humana cotidiana. O processo nem sempre é agradável, mas podemos perseverar com esperança, sabendo que nossas vidas refletirão cada vez mais a beleza da santidade para o eterno louvor de Deus.

Refletir e Orar
Pense nisso
É Deus se curvando, moldando ou me polindo agora mesmo? Qual é a minha atitude: estou agradecendo e louvando a Deus, ou estou reclamando do processo?

Os julgamentos não pretendem nos provocar, mas nos provar. David C. Egner“

—  ministério_pão_diário

„Evangelismo Honesto

Me limpe do meu pecado. . . . Então eu ensinarei os transgressores Seus caminhos. -

Salmo 51: 2,13 Escritura de hoje :
Salmo 51

Se os cristãos fossem mais honestos sobre sua própria pecaminosidade, seriam mais eficazes em alcançar descrentes para Cristo.

Philip Yancey contou sobre uma prostituta, doente e sem comida, que pediu ajuda a um trabalhador cristão do centro da cidade. Quando ele sugeriu que ela deveria ir a uma igreja, ela respondeu: “Igreja! Por que eu iria lá? Eles me fazem sentir pior do que eu já faço!

Nós, que freqüentamos regularmente a igreja, costumamos ter um rosto feliz ou parecermos piedosos na manhã de domingo. Isso pode dar a impressão de que nunca lutamos contra a tentação ou não atingimos o alto padrão que professamos. Não é de admirar que muitas pessoas de rua ou pessoas que visitam a igreja tenham a impressão de que são os únicos que estão lá.

Isto não é para sugerir que devemos tornar públicos todos os nossos pensamentos e ações pecaminosos. Pelo contrário, a solução para esta situação começa com total honestidade sobre nós mesmos como a expressa por Davi no Salmo 51. Se admitirmos a nós mesmos nossas próprias tendências pecaminosas e reconhecermos nossa própria capacidade para o mal, não transmitiremos uma atitude mais santa do que tu. . Os pecadores de baixo para cima sentirão isso, e Deus então poderá nos usar para “ensinar aos transgressores [Seus] caminhos” (Sl. 51:13).

Refletir e Orar
Oração
Senhor Jesus, ajude-nos a ser honestos sobre o nosso pecado
e nossa necessidade da Tua graça. Ajude-nos a ser
o tipo de pessoa que atrai os outros para você.

Conhecer o potencial para o pecado em nosso coração nos dá um coração mais compreensivo para os pecadores. Herbert Vander Lugt“

—  ministério_pão_diário

„Nas mãos dele

Todos os seus santos estão na sua mão. - Escritura de hoje :
Deuteronômio 33: 1-3,26-29

Em seu leito de morte, o pregador britânico Charles Simeon sorriu brilhantemente e perguntou às pessoas reunidas em seu quarto: "O que você acha que me dá conforto especialmente neste momento?"

Quando todos permaneceram em silêncio, ele exclamou: “A criação! Eu me pergunto: 'Jeová criou o mundo ou eu?' Ele fez! Agora, se Ele fez o mundo e todas as esferas do universo, Ele certamente pode cuidar de mim. Nas mãos de Jesus posso com segurança cometer o meu espírito!

Hudson Taylor, fundador da China Inland Mission, nos últimos meses de sua vida disse a um amigo: “Eu sou tão fraco. Eu não posso ler minha Bíblia. Eu não posso nem rezar. Só posso ficar deitada nos braços de Deus como uma criancinha e confiar.

Tanto Simeão quanto Taylor sabiam que o Deus Todo-Poderoso que criou o universo os mantinha em suas mãos. Moisés teve a mesma certeza quando abençoou os filhos de Israel antes de morrer (Deut. 33). Eles poderiam encarar o futuro com confiança, porque o Deus que os libertara também os preservaria.

Nós certamente não precisamos ter medo, então, quando entramos em um novo ano. Deus nunca abandonará Seus filhos redimidos. Nós podemos nos alegrar que nosso grande Criador nos mantém em Suas mãos. E isso é verdade para todo filho de Deus.

Refletir e Orar
O Deus que fez o firmamento,
Quem fez o mar mais profundo,
O Deus que colocou as estrelas no lugar
É o Deus que cuida de mim. —Berg

O Deus que detém o universo é o Deus que está te segurando. Henry G. Bosch“

—  ministério_pão_diário

„Disponível para todos


Pois o próprio Filho do Homem não veio para ser servido, mas para servir e dar a sua vida em resgate por muitos. v.45


Hoje ser celebridade é uma obsessão e há empresários que comercializam as “celebridades como produtos, vendendo o seu tempo e privacidade”. Um reconhecido jornal publicou que por 15 mil dólares, você pode encontrar-se com a cantora Shakira, e por 12 mil você e onze de seus convidados poderão almoçar com um famoso chef na propriedade dele.

Muitas pessoas tratavam Jesus como celebridade. Eles o seguiam por todo lugar, ouviam os Seus ensinamentos, observavam os Seus milagres e buscavam a cura por meio do Seu toque. E Jesus nunca foi orgulhoso ou distante, mas disponível para todos. Quando Seus discípulos, Tiago e João, discutiam a posição de cada um no Seu reino vindouro, Jesus lembrou os Seus discípulos: “…quem quiser tornar-se grande entre vós, será esse o que vos sirva; e quem quiser ser o primeiro entre vós será servo de todos” (vv.43,44).

Após dizer isso, Ele parou uma procissão de pessoas que o seguiam para perguntar a um mendigo cego: “…Que queres que eu te faça?” (v.51), “que eu torne a ver”, respondeu o homem. “Então, Jesus lhe disse: Vai, a tua fé te salvou. E imediatamente tornou a ver e seguia a Jesus estrada fora” (v.52).

Jesus “…não veio para ser servido, mas para servir e dar a sua vida em resgate por muitos” (v.45). Que possamos, como Ele, ser compassivos e disponíveis para os outros hoje.

Siga o exemplo de Jesus: 
Alcance os necessitados. David C. McCasland“

—  pão_diário_é_só_noticias_boas