Frases sobre palavra

Uma coleção de frases e citações sobre o tema da palavra, ser, vida, outro.

Total 1649 citações, filtro:

George Orwell photo

„Construindo para codificar

Nenhum outro fundamento pode alguém do que aquele que é posto, que é Jesus Cristo. - 1 Coríntios 3:11

Em 1992, o furacão Andrew destruiu milhares de casas no sul da Flórida. No entanto, em uma área onde os destroços pareciam uma zona de guerra, uma casa permaneceu de pé, ainda firmemente ancorada em sua fundação.

Quando um repórter perguntou ao proprietário por que sua casa não havia sido destruída, ele respondeu: “Eu mesmo construí essa casa. Eu também construí de acordo com o código de construção do estado da Flórida. Quando o código chamado para 2 "x 6" treliças do telhado, eu usei 2 "x 6" treliças do telhado. Disseram-me que uma casa construída de acordo com o código poderia resistir a um furacão - e foi o que aconteceu ”.

Jesus falou sobre a importância de construir nossas vidas em uma base sólida. Ele disse que a pessoa que obedece a Sua Palavra é como “um homem sábio que construiu sua casa sobre a rocha” (Mt 7:24). Se construirmos de acordo com o Seu código de obediência, não seremos varridos quando as crises forem atingidas pela força do furacão. As tempestades da tentação e as tempestades do sofrimento não serão capazes de nos livrar de um sólido alicerce de fé e obediência. Adversidade pode vir, mas porque nós construímos de acordo com o código da Rocha inabalável, Jesus Cristo, podemos emergir com nosso caráter fortalecido.

Estamos construindo nossas vidas de acordo com o código de Jesus?

Vivendo para o Senhor, servindo-O a cada dia,
Best prepara a alma para o caminho tempestuoso;
Então, quando as provações vierem, tentando desesperar-nos,
podemos descansar em segurança, protegidos em Seu cuidado. —DJD

As tempestades da nossa vida provam a força da nossa âncora. Vernon Grounds“

—  ministério_pão_diário

Michel De Montaigne photo

„A palavra é a metade de quem a pronuncia, metade de quem escuta.“

—  Michel De Montaigne, livro Ensaios

Ensaios, Livro III, Capítulo XIII - "Da experiência"
Ensaios, Livro 3

Clarice Lispector photo
Clarice Lispector photo
Benjamin Disraeli photo
Anne Frank photo
Vincent Van Gogh photo
Lygia Fagundes Telles photo
Vladimir Nabokov photo
Eça de Queiroz photo
Elie Wiesel photo
Gustave Le Bon photo
Gustave Le Bon photo

„O homem que se gasta em palavras, raramente se gasta em acções.“

—  Gustave Le Bon psicólogo francês 1841 - 1931

Variante: Quem se gasta em palavras, raramente se gasta em ações.

Paulo de Tarso photo
Clarice Lispector photo
Milan Kundera photo
João Cabral de Melo Neto photo
Paulo Freire photo
Josemaría Escrivá de Balaguer photo
Voltaire photo

„Posso não concordar com uma só palavra sua, mas defenderei até a morte o seu direito de dizê-lá.“

—  Voltaire volter também conhecido como bozo foia dona da petrobras e um grande filosofo xines 1694 - 1778

Variante: Posso não concordar com nenhuma das palavras que você disser, mas defenderei até a morte o direito de você dizê-las.

Henry Wadsworth Longfellow photo
Nitiren Daishonin photo
Nitiren Daishonin photo
Jair Bolsonaro photo

„Se ser homofóbico é defender as crianças nas escolas, defender a família e a palavra de Deus, pode continuar me chamando de homofóbico com muito prazer, pode me dar o diploma de homofóbico.“

—  Jair Bolsonaro 38º Presidente do Brasil 1955

Após o Supremo Tribunal Federal garantir o direito ao casamento homoafetivo. Jornal do Brasil 05/05/2011.
Década de 2010, 2011
Fonte: Bolsonaro: próximo passo será legalização da pedofilia https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/apos-uniao-gay-proximo-passo-e-legalizar-pedofilia-diz-bolsonaro/

David Herbert Lawrence photo
John Green photo
John Green photo

„François Rabelais. Era poeta. Suas últimas palavras foram: Saio em busca de um Grande Talvez. é por isso que estou indo embora. Para não ter de esperar a morte para procurar o Grande Talvez.“

—  John Green Escritor, empresário e vlogger norte-americano 1977

Miles "Gordo" Halter, p.4
Quem é Você, Alasca? (2005)

Otto Von Bismarck photo
Napoleão Bonaparte photo
Edgar Allan Poe photo
Marco Aurelio photo
Charles Lamb photo
Esta tradução está aguardando revisão. Está correcto?
Walt Disney photo
Sócrates photo
Agatha Christie photo

„Dar a Jesus


Assim também vós considerai-vos mortos para o pecado, mas vivos para Deus, em Cristo Jesus. Romanos 6:11


Eles o chamam de “A Pegada do Diabo”. É uma impressão em forma de pé no granito em uma colina ao lado de uma igreja. De acordo com a lenda local, a “pegada” aconteceu num dia de outono em 1740, quando o evangelista George Whitefield pregou tão poderosamente que o diabo saltou do campanário da igreja, pousando na rocha ao sair da cidade.

Embora seja apenas uma lenda, a história lembra uma verdade encorajadora da Palavra de Deus. Tiago 4:7 nos lembra: “Sujeitai-vos, portanto, a Deus; mas resisti ao diabo, e ele fugirá de vós.”

Deus nos deu a força que precisamos para enfrentar nosso adversário e as tentações em nossa vida. A Bíblia nos diz que “…o pecado não terá domínio sobre vós” (Romanos 6:14) por causa da graça amorosa de Deus para conosco através de Jesus Cristo. Quando a tentação vem e corremos para Jesus, Ele nos capacita a permanecer em Sua força. Nada que enfrentamos nesta vida é capaz de vencê-lo, porque Ele “venceu o mundo” (João 16:33).

À medida que nos submetemos ao nosso Salvador, e ao mesmo tempo lhe entregamos a nossa vontade em obediência à Palavra de Deus, Ele nos ajuda. Quando nos entregamos a Ele em vez de ceder à tentação, Deus é capaz de lutar as nossas batalhas. Nele podemos vencer.

A oração do santo mais débil é um terror para Satanás. 
Oswald Chambers
James Banks“

—  pão_diário_é_só_noticias_boas

Esta tradução está aguardando revisão. Está correcto?
John Bevere photo
Esta tradução está aguardando revisão. Está correcto?
John Locke photo

„Há quanto tempo você mantém essas palavras em sua cabeça, esperando usá-las?“

—  John Locke Filósofo e médico inglês. pai do liberalismo clássico. 1632 - 1704

„Encontrando vida


…porque eu vivo, vós também vivereis. v.19


As palavras do pai de Ravi o feriram profundamente. “Você é um fracasso total. É uma vergonha para a família.” Diante de seus irmãos talentosos, Ravi era visto como uma desgraça. Ele tentou se destacar nos esportes, e o fez, mas ainda se sentia um fracassado. Ele se perguntou: O que será de mim? Sou um fracasso total? Posso me livrar dessa vida sem sentir dor? Esses pensamentos o perseguiam, mas ele não o revelava a ninguém. Isso simplesmente não era feito em sua cultura. Ele havia sido ensinado a “guardar para si o seu sofrimento pessoal; manter escorado o seu mundo que estava desmoronando”.

Assim, Ravi lutou sozinho. E, no hospital, enquanto se recuperava, após uma fracassada tentativa de suicídio, um visitante lhe trouxe uma Bíblia e a abriu em João 14. Sua mãe leu estas palavras de Jesus: “…porque eu vivo, vós também vivereis” (v.19). Essa pode ser a minha única esperança, pensou ele. Uma nova maneira de viver. A vida tal qual definida pelo Autor da vida. Então, Ravi orou: “Jesus, se és aquele que dá a vida como ela deve ser, eu a quero.”

A vida pode apresentar momentos desesperadores. Mas, como Ravi, podemos encontrar esperança em Jesus, que é “…o caminho, e a verdade, e a vida…” (v.6). Deus quer nos dar uma vida rica e gratificante.

Somente Jesus 
pode nos dar nova vida. Poh Fang Chia“

—  pão_diário_é_só_noticias_boas

Georg Christoph Lichtenberg photo
Menandro photo
Gerson De Rodrigues photo

„Diálogo entre o Padre e o Filósofo - Uma Dialética Niilista

Sentado nas beiradas sujas do décimo terceiro andar de um prédio abandonado, estava um filósofo decidido em acabar com a sua vida

Abel um de seus amigos mais religiosos, considerou a hipótese de que seria uma grande ideia enviar um padre para conversar com ele, afim de convence-lo de que a vida segundo Abel

‘’ Era um presente de deus’’ e deveria ser vivida, e que o suicídio era uma péssima escolha.

O Bravo e corajoso padre então foi chamado, e com sua bíblia nas mãos subiu até o décimo terceiro andar deste prédio. Sentou-se então ao lado do filósofo, enquanto ambos eram observados por uma multidão de pessoas preocupadas.

O Filósofo parecia tranquilo, a vida já não existia em seu olhar e ele observava atentamente o horizonte ignorando completamente aquele estranho porem caricato padre sentado ao seu lado.

O Padre tranquilo segurava a sua bíblia como se estivesse segurando as próprias mãos de cristo, a coragem e a determinação de salvar aquele jovem filosofo do suicídio era a sua missão, e sem hesitar perguntou

- Oh meu filho por que renunciais a vida? tão belas que és, tão lindas que és, dada a nós por deus, e paga com o sangue de cristo que morreu por nós para que você não precise morrer hoje.

O Filósofo escutando as palavras do padre, observava atentamente o horizonte, e sem responder permanecia em silencio, o padre por sua vez continuava o discurso.

- Meu filho, observe a beleza do mundo essas montanhas ao fundo, esses prédios cheios de vida, se não fosse a vida o que seriamos de nós? A vida é tudo que temos, nosso único tesouro, nosso maior presente.

O Padre ainda determinado abre a sua bíblia em uma parte que já estava marcada e começa a ler

- Amados, amemo-nos uns aos outros; porque o amor é de Deus; e qualquer que ama é nascido de Deus e conhece a Deus. 1 João 4:7

E no momento em que o filósofo escuta as palavras bíblicas, ele sorri e pela primeira vez olha para o padre, ainda com os olhos sem vida já morto por dentro, mas com um sorriso sincero perguntou ao padre

- Por que vives padre?

O Padre sem pestanejar, de supetão logo respondeu

- Eu vivo por cristo, e cristo vive em mim, eu vivo pela igreja e pelo amor que eu tenho a aqueles que seguem a jesus. Eu vivo, porque a vida é bela, porque amo aqueles próximos a mim, amo a minha família e a minha igreja.

O Filósofo sorrindo, pergunta novamente ao padre mas desta vez com um tom um pouco mais sério

- Por que vives padre?

O Padre sem entender, pois já havia respondido a pergunta gagueja levemente e responde

- E.. eu, eu.. vi.. vivo por cristo, vivo por aqueles que amo, e pela igreja! O Suicídio é um pecado sem retorno e a vida é o presente mais belo que deus poderia nos dar. Ele enviou seu próprio filho para se sacrificar por nós, em pró de nossas vidas pecaminosas.

O Filósofo vira o seu rosto para frente, observando o horizonte respira tranquilamente e pergunta outra vez com uma tonalidade calma em sua voz

- Por que vives padre?

O Padre já sem resposta, demora a alguns segundos para pensar em uma, segura sua bíblia com toda sua força suando frio com a outra mão agarra com ainda mais forças a beirada do prédio, descontrolado o padre grita

- O CRISTÃO VIVE PELA Fé!! E Eu tenho fé em cristo, fé na vida, fé de que ambos sairemos deste prédio de mãos dadas!

Com os braços cruzados, o Filósofo olha para baixo, e sorri para o abismo, e o abismo sorri de volta. Sorrindo então ele olha para o padre e novamente pergunta de maneira serena e calma

- Por que você vive padre?

O Padre sem reação olha para baixo, e o abismo sorri para ele e ele pula para o abismo.“

—  Gerson De Rodrigues poeta, escritor e anarquista Brasileiro 1995

Dag Hammarskjöld photo
Leonardo Da Vinci photo
Oscar Wilde photo

„Se você não consegue entender o meu silêncio de nada irá adiantar as palavras, pois é no silêncio das minhas palavras que estão todos os meus maiores sentimentos.“

—  Oscar Wilde Escritor, poeta e dramaturgo britânico de origem irlandesa 1854 - 1900

Variante: Se você não consegue entender o meu silêncio de nada adiantarão as palavras, pois é no silêncio das minhas palavras que estão todos os meus maiores sentimentos.

Agostinho da Silva photo
George Harrison photo

„Amem-se uns aos outros. Últimas palavras.“

—  George Harrison Cantor, compositor, produtor musical e cinematográfico britânico 1943 - 2001

Anne Frank photo
Anne Frank photo
Jean Jacques Rousseau photo
Simone de Beauvoir photo

„Cooperar


…todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus, […] que são chamados segundo o seu propósito. v.28


Minha mulher faz um cozido de legumes e carne incrível para o jantar. Ela põe carne crua, batatas comuns e batatas-doces em fatias, aipo, cogumelos, cenouras e cebolas na panela elétrica Slow Cooker (cozimento lento). Seis ou sete horas depois, o aroma enche a casa e o sabor é delicioso. É sempre vantajoso esperar até que os ingredientes na panela cooperem para atingir algo que não conseguiriam individualmente.

Quando Paulo usou a frase “cooperar” no contexto do sofrimento, ele usou a palavra da qual provém a nossa palavra sinergia. Ele escreveu: “Sabemos que todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito” (Romanos 8:28). Ele queria que os romanos soubessem que Deus, que não causou o sofrimento deles, faria com que todas as circunstâncias cooperassem com o Seu plano divino — para o bem deles. O bem a que Paulo se referia não eram as bênçãos temporais de saúde, riqueza, admiração ou sucesso, mas “…para serem conformes à imagem de seu Filho [de Deus]” (v.29).

Que possamos esperar com paciência e confiança porque o nosso Pai celestial está permitindo que todo o sofrimento, toda a angústia e todo o mal, cooperem para a Sua glória e para o nosso bem espiritual. Ele deseja nos tornar semelhantes a Jesus.

O crescimento que temos por esperar em Deus 
é maior do que a resposta ou o resultado que desejamos. Marvin Williams“

—  pão_diário_é_só_noticias_boas

Sigmund Freud photo
Sigmund Freud photo
Sigmund Freud photo
Sigmund Freud photo
Sigmund Freud photo
Arthur Schopenhauer photo
Helena Blavatsky photo
Arthur Schopenhauer photo
Arthur Schopenhauer photo
Arthur Schopenhauer photo
Abraham Lincoln photo

„Acções falam mais alto que as palavras.“

—  Abraham Lincoln 16° Presidente dos Estados Unidos 1809 - 1865

Jane Austen photo

„A vaidade e o orgulho são coisas diferentes, embora as palavras sejam frequentemente usadas como sinônimos. Uma pessoa pode ser orgulhosa sem ser vaidosa. O orgulho se relaciona mais com a opinião que temos de nós mesmos, e a vaidade, com o que desejaríamos que os outros pensassem de nós.“

—  Jane Austen, livro Orgulho e Preconceito

Vanity and pride are different things, though the words are often used synonymously. A person may be proud without being vain. Pride relates more to our opinion of ourselves, vanity to what we would have others think of us
Pride and Prejudice, Chapter 5
Variante: A vaidade e o orgulho são coisas diferentes, embora as palavras sejam frequentemente usadas como sinónimos. Uma pessoa pode ser orgulhosa sem ser vaidosa. O orgulho relaciona-se mais com a opinião que temos de nós mesmos, e a vaidade, com o que desejaríamos que os outros pensassem de nós.

José Saramago photo
Henri Poincaré photo
Bonald photo

„A literatura é a expressão da sociedade, como a palavra é a expressão do homem.“

—  Bonald político francês 1754 - 1840

La littérature est l'expression de la société, comme la parole est l'expression de l'homme
Oeuvres complètes de M. de Bonald, Pair de France et Membre de l ..., Volume 3‎ http://books.google.com.br/books?id=mpx8hVKTcdcC&pg=PT382, Louis-Gabriel-Ambroise Bonald (vicomte de) - Migne, 1859

„A face do nosso Pai


Restaura-nos, ó Deus; faze resplandecer o teu rosto, e seremos salvos. v.3


Lembro-me do rosto do meu pai. Era difícil entendê-lo. Era um homem amável, mas rígido e autossuficiente. Quando criança, muitas vezes procurei por um sorriso ou outra demonstração de afeto em sua face. O nosso rosto nos representa. Um olhar franzido, um olhar mal-humorado, um sorriso, e olhos julgadores revelam o que sentimos sobre os outros. Nossos rostos “falam” por nós.

Asafe, autor do Salmo 80, estava perturbado e queria ver o rosto do Senhor. Ele olhou para o norte do seu ponto de vista em Jerusalém e viu o estado irmão de Judá, Israel, cair sob o peso do Império Assírio. Com o seu “amortecedor” destruído, Judá tornou-se vulnerável à invasão de todos os lados, Assíria do norte, Egito do sul, e as nações árabes do leste. Estava em desvantagem em número e recursos.

Asafe juntou os seus medos numa oração, três vezes repetida (80:3,7,19): “Restaura-nos, ó Deus; faze resplandecer o teu rosto, e seremos salvos” (Ou, em outras palavras, permita-me ver o Teu sorriso).

É bom olhar para longe de nossos medos e procurar a face de nosso Pai celestial. A melhor maneira de ver a face de Deus é olhar para a cruz. O Senhor “fala” conosco por meio dela (João 3:16).

Então saibam disso: Quando seu Pai olha para vocês, Ele tem um grande sorriso em Seu rosto. Você está muito seguro!



O amor de Deus por nós é tão expansivo 
quanto os braços abertos de Cristo na cruz. David H. Roper“

—  pão_diário_é_só_noticias_boas

Esta tradução está aguardando revisão. Está correcto?
Henri Matisse photo
Lao Tsé photo
Johann Wolfgang von Goethe photo

„Devemos ouvir pelo menos uma pequena canção todos os dias, ler um bom poema, ver uma pintura de qualidade e, se possível, dizer algumas palavras sensatas.“

—  Johann Wolfgang von Goethe escritor alemão 1749 - 1832

Man soll alle Tage wenigstens ein kleines Lied hören, ein gutes Gedicht lesen, ein treffliches Gemälde sehen und, wenn es möglich zu machen wäre, einige vernünftige Worte sprechen.
Poetische und prosaische Werke: in zwei Bänden, Volume 2‎ - Página 208 http://books.google.com.br/books?id=uT8_AAAAcAAJ&pg=PA208, Johann Wolfgang von Goethe - Cotta, 1837 - 663 páginas

Policarpo de Esmirna photo
Randy Pausch photo
Brian May photo

„Foi impressionante ver a quantidade de fãs que estavam nos esperando… eu fiquei sem palavras de tão comovido.“

—  Brian May Músico e astrofísico britânico 1947

Brian May, Queen, em 1991, sobre sua chegada ao Japão no início da carreira

Margaret Atwood photo

„Escrever é deixar uma marca. É impor ao papel em branco um sinal permanente, é capturar um instante em forma de palavra.“

—  Margaret Atwood 1939

Margaret Atwood apud Dad Squarisi, (6 de agosto de 2006 - "Dicas de português - Escrever é...". Correio Braziliense, Caderno C, p. 4.)

Ellen G. White photo

„A palavra destrói a natureza carnal, terrena, e comunica nova vida em Cristo Jesus.“

—  Ellen G. White Escritora norte-americana e líder da Igreja Adventista do Sétimo Dia 1827 - 1915

DTN, 391.

Thiago de Mello photo
José Saramago photo

„Com as palavras todo cuidado é pouco, mudam de opinião como as pessoas.“

—  José Saramago, livro As Intermitências da Morte

[...] "Porque as palavras, se não o sabe, movem-se muito, mudam de um dia para o outro, são instáveis como sombras, sombras elas mesmas, que tanto estão como deixaram de estar, bolas de sabão, conchas de que mal se sente a respiração, troncos cortados."
As Intermitências da Morte

Mia Couto photo

„O silêncio não é a ausência da fala, é o dizer-se tudo sem nenhuma palavra.“

—  Mia Couto 1955

O Outro Pé da Sereia

João Guimarães Rosa photo
Robert Green Ingersoll photo
Virginia Woolf photo
Virginia Woolf photo
William Peter Blatty photo

„Embeber-se da Palavra


Guardem […] as leis que eu lhes estou dando hoje e não deixem de ensiná-las aos seus filhos… vv.6,7


Quando o nosso filho Xavier era pequeno, nós o levamos para visitar um aquário. Ao entrar no edifício, mostrei-lhe uma grande escultura suspensa no teto. “Veja. Uma baleia jubarte.” Ele arregalou os olhos, dizendo “é enorme!”

Meu marido perguntou-me: “Como ele conhece essa palavra?”

“Deve ter nos ouvido dizer isso.” Encolhi os ombros, espantada que o nosso bebê tinha absorvido o vocabulário que nunca o ensináramos intencionalmente.

Em Deuteronômio 6, Deus incentivou o Seu povo a ser intencional sobre ensinar as gerações mais jovens a conhecer e obedecer às Escrituras. À medida que os israelitas aumentassem o seu conhecimento sobre Deus, eles e seus filhos seriam mais propensos a crescer em reverência a Deus e a desfrutar as recompensas que vêm por conhecê-lo intimamente, amando-o completamente e seguindo-o obedientemente (vv.2-5).

Ao saturar intencionalmente o nosso coração e nossa mente com as Escrituras (v.6), estaremos melhor preparados para compartilhar o amor e a verdade de Deus com as crianças durante nossas atividades cotidianas (v.7). Liderando pelo exemplo, podemos equipar e encorajar os jovens a reconhecer e respeitar a autoridade e a relevância da verdade imutável de Deus (vv.8,9).

À medida que as palavras de Deus fluem naturalmente de nosso coração e da nossa boca, podemos deixar um forte legado de fé para ser transmitido de geração em geração (4:9).

As palavras que escolhemos determinam o que falamos, 
vivemos e passamos para os que nos rodeiam. Xochitl Dixon“

—  pão_diário_é_só_noticias_boas

Karl Marx photo
Martha Graham photo

„O corpo diz o que as palavras não podem dizer.“

—  Martha Graham 1894 - 1991

his body says what words cannot
Blood memory‎ - Página 8, Martha Graham - Doubleday, 1991, ISBN 0385265034, 9780385265034 - 279 páginas

José Saramago photo

„Como vimos em nossa consideração sobre Spinoza, a própria ideia da democracia constitucional começa com a visão de que o governo existe para proteger a liberdadedos cidadãos de serem diferentes uns dos outros e de se identificarem com noções opostas da verdade e as escolherem. A implementação dessa visão requer uma separação entre a Igreja e o Estado, uma vez que o objetivo do Estado é proteger a consciência do cidadão de imposições de qualquer entidade religiosa. E vimos que a chegada de Spinoza a essa posição veio como consequência direta da experiência de sua família com a Inquisição. A Igreja repudiou a violência da Inquisição, mas continuou a manter as ideias que tinham produzido a Inquisição. A sequência em pânico das condenações do Vaticano do século XIX - socialismo, comunismo, racionalismo, panteísmo, subjetivismo, modernismo, mesmo "americanismo" - se somou a uma denúncia resoluta de tudo que queremos dizer com a palavra democracia. Do ponto d vista da colina sobre o Tibre, tudo isso era simplesmente um esforço para defender a ideia-chave contra a qual estavam aparentemente conspirando os mundos da ciência, cultura, política e educação - todos mundos que podiam ser facilmente associados com os judeus. O próprio Spinoza tinha parecido atacar essa ideia - a de que há uma verdade objetiva e absoluta e que sua guardiã é a Igreja.“

—  James Carroll

Constantine's Sword: The Church and the Jews, A History