Frases de Simone de Beauvoir

Simone de Beauvoir photo
80   274

Simone de Beauvoir

Data de nascimento: 9. Janeiro 1908
Data de falecimento: 14. Abril 1986
Outros nomes: Simone De Beauvoirová

Publicidade

Simone Lucie-Ernestine-Marie Bertrand de Beauvoir, mais conhecida como Simone de Beauvoir , foi uma escritora, intelectual, filósofa existencialista, ativista política, feminista e teórica social francesa. Embora não se considerasse uma filósofa, De Beauvoir teve uma influência significativa tanto no existencialismo feminista quanto na teoria feminista.Nascida em Paris, era a primogênita de duas irmãs, filha de um casal descendente de famílias tradicionais, porém decadente. Seu pai era o advogado Georges Bertrand de Beauvoir, ex-membro da aristocracia francesa, enquanto a mãe era Françoise Brasseur, membro da alta burguesia francesa. Ela estudou em uma escola católica privada até os 17 anos. Depois de passar no vestibular de matemática e filosofia, acabou por estudar matemática no Instituto Católico de Paris e literatura e línguas no colégio Sainte-Marie de Neuilly, e em seguida, filosofia na Universidade de Paris , onde conheceu outros jovens intelectuais, como Maurice Merleau-Ponty, René Maheu e Jean-Paul Sartre, com quem manteve um relacionamento aberto por toda a vida.

De Beauvoir escreveu romances, ensaios, biografias, autobiografia e monografias sobre filosofia, política e questões sociais. Ela é conhecida por seu tratado O Segundo Sexo, de 1949, uma análise detalhada da opressão das mulheres e um tratado fundamental do feminismo contemporâneo, além de seus romances A Convidada e Os Mandarins. Ela lecionou em várias instituições escolares no período entre 1931 a 1943. Nos anos 1940 ela integrava um círculo de filósofos literatos que conferiam ao existencialismo um aspecto literário, sendo que seus livros enfocavam os elementos mais importantes da filosofia existencialista. Além disso, a autora esteve envolvida, juntamente com Sartre e Foucault, no polêmico manifesto "A Idade da Razão" que tinha por objetivo retirar a idade mínima para consentimento em relações sexuais.

A autora revela certa inquietação diante do envelhecimento e da morte em livros como Uma morte suave, de 1964. Em A Cerimônia do Adeus, de 1981, ela narra o fim da existência de seu companheiro Sartre, que havia morrido em 15 de abril do ano anterior. Ela faleceu em 14 de abril de 1986, aos 78 anos de idade, por conta do agravamento de uma pneumonia. Seu corpo foi enterrado no Cemitério de Montparnasse, no mesmo túmulo de Sartre.

Obras

O segundo sexo
O segundo sexo
Simone de Beauvoir
The Blood of Others
Simone de Beauvoir
The Ethics of Ambiguity
Simone de Beauvoir

Citações Simone de Beauvoir

Publicidade
Esta tradução está aguardando revisão. Está correcto?

Help us translate English quotes

Discover interesting quotes and translate them.

Start translating

„Não se nasce mulher: torna-se…“

—  Simone de Beauvoir, livro O segundo sexo
Simone de Beauvoir em "O segundo sexo" [Le deuxième sèxe] (1949)

„Todas as vitórias ocultam uma abdicação.“

—  Simone de Beauvoir
Toute réussite déguise une abdication "Mémoires dúne jeune fille rangée" - - Página 243; de Simone de Beauvoir - Publicado por Gallimard, 1958 - 502 páginas

„Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit. Etiam egestas wisi a erat. Morbi imperdiet, mauris ac auctor dictum.“

Aniversários de hoje
Karl Jaspers photo
Karl Jaspers8
professor académico alemão 1883 - 1969
Paul Claudel photo
Paul Claudel23
1868 - 1955
John Quincy Adams photo
John Quincy Adams5
político estadunidense, 6° presidente dos Estados Unidos da… 1767 - 1848
Outros 39 aniversários hoje