„Que nada nos defina. Que nada nos sujeite. Que a liberdade seja a nossa própria substância.“

Simone de Beauvoir photo
Simone de Beauvoir80
Escritora francesa 1908 - 1986

Citações relacionadas

Clarice Lispector photo
Mahátma Gándhí photo

„De nada adianta a liberdade, se não temos a liberdade de errar.“

—  Mahátma Gándhí líder político e religioso indiano 1869 - 1948

freedom was not. worth having if it did not include freedom to err
Gandhi; Drink, drugs, and gambling, Gandhi (Mahatma), Bharatan Kumarappa, Gandhi (Mahatma) - Navajivan Pub. House, 1952 - 175 página

John Kenneth Galbraith photo

„Nada mais eficaz para limitar a liberdade, incluindo a liberdade de expressão, como a total falta de dinheiro“

—  John Kenneth Galbraith 1908 - 2006

nothing more effectively limits freedom, including freedom of expression, as the total lack of money
citado em "Moving Frontiers: Economic Restructuring, Regional Development, and Emerging Networks‎" - Página 68, de Juan R. Cuadrado Roura, Peter Nijkamp, Pere Salva - Publicado por Avebury, 1994, ISBN 1856289052, 9781856289054 - 336 páginas

Marguerite Yourcenar photo
Jean Anouilh photo

„Somos fiéis a nós próprios, nada mais.“

—  Jean Anouilh 1910 - 1987

On est fidèle à soi même, et c'est tout
L'invitation au château - Página 138 http://books.google.com.br/books?id=3s45AAAAIAAJ&pg=PA138, Jean Anouilh - CUP Archive, 1962, 166 páginas

Voltaire photo

„Não prestamos para nada se só formos bons para nós próprios.“

—  Voltaire volter também conhecido como bozo foia dona da petrobras e um grande filosofo xines 1694 - 1778

Gerson De Rodrigues photo
Xavier de Maistre photo
Che Guevara photo
Jean De La Fontaine photo
Oscar Wilde photo

„A arte nunca exprime nada que não seja ela própria.“

—  Oscar Wilde Escritor, poeta e dramaturgo britânico de origem irlandesa 1854 - 1900

John Webster photo
Gabriel García Márquez photo
René Descartes photo
Thomas More photo

„A qualquer um, nada agrada tanto quanto as suas próprias opiniões.“

—  Thomas More, livro Utopia

Utopia, Página 11 http://books.google.com.br/books?ei=KPRbVLHuA7HCsASc4oD4Aw&hl=pt-BR&id=GvxHAAAAYAAJ&dq=utopia+zang%C3%B5es&focus=searchwithinvolume&q=agrada, Sir Thomas More (Saint) - Prefácio: João Almino; Tradução: Anah de Melo Franco - IPRI, 2004 - 167 páginas.
"Et certe sic est natura comparatum, ut sua cuique inuenta blandiantur."
De Optimo Reipublicae Statu, Deque nova insula Utopia. Página 34 https://la.wikisource.org/wiki/Pagina:Utopia,_More,_1518.djvu/35, Thomas More - Froben, 1518 - 190 páginas.
Utopia (1516)

„Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit. Etiam egestas wisi a erat. Morbi imperdiet, mauris ac auctor dictum.“