Frases de Vitor Brecheret

Vitor Brecheret foto

3   0

Vitor Brecheret

Data de nascimento: 22. Fevereiro 1894
Data de falecimento: 17. Dezembro 1955
Outros nomes: Victor Brecheret

Victor Brecheret foi um escultor ítalo-brasileiro, considerado um dos mais importantes do país. É responsável pela introdução do modernismo na escultura brasileira. Sua figura ficou marcada pela boina que costumava vestir, ressaltando uma imagem tradicional do "artista".

Nascido "Vittorio Brecheret" numa pequena localidade não distante de Roma, filho de Augusto Breheret e Paolina Nanni , esta última falecida quando o pequeno Vittorio tinha apenas seis anos de idade. Foi abrigado pela família do tio materno, Enrico Nanni, e com sua família emigrou para o Brasil aos dez anos de idade.

No Brasil, tornou-se "Victor Brecheret" e já com mais de trinta anos de idade recorreu à Justiça para inscrever seu registro nascimento tardiamente no Registro Civil do Jardim América . Assim Brecheret consolidava a sua nacionalidade brasileira, embora tivesse nascido na Itália. Este tipo de "regularização" era muito comum entre imigrantes italianos na primeira metade do século XX no Brasil.


„Trabalho já há trinta anos nesse monumento [Monumento às Bandeiras] e a cada figura que eu criava, encontrava sempre novas emoções.“ Entrevista, Rádio Gazeta, Programa Enciclopédia do Ar

„Graças a Deus encontrei minha pura Arte que é completamente original.“ Carta para Mario de Andrade, 15 de maio de 1924

„Ando muito triste com a morte da minha Querida Tia, que para mim foi a minha mãe, não sei como sufocar esta minha dor, procuro aliviá-la com o meu trabalho, que justamente nesses últimos dias me começava a sorrir.“ Carta para Mario de Andrade, 15 de maio de 1924

Autores parecidos