„Se os atributos de gênero não são expressivos mas performativos, então constituem efetivamente a identidade que pretensamente expressariam ou revelariam. A distinção entre expressão e performatividade é crucial. Se os atributos e atos do gênero, as várias maneiras como o corpo mostra ou produz sua significação cultural, são performativos, então não há identidade preexistente pela qual um ato ou atributo possa ser medido: não haveria atos de gênero verdadeiros ou falsos, reais ou distorcidos, e a postulação de uma identidade de gênero verdadeira se revelaria uma ficção reguladora. O fato de a realidade do gênero ser criada mediante performances sociais contínuas significa que as próprias noções de sexo essencial e de masculinidade ou feminilidade verdadeiras ou permanentes também são constituídas, como parte da estratégia que oculta o caráter performativo do gênero e as possibilidades performativas de proliferação das configurações de gênero fora das estruuras restritivas da dominação masculinista e da heterossexualidade compulsória.
Os gêneros não podem ser verdadeiros nem falsos, reais nem aparentes, originais nem derivados. Como portadores críveis desses atributos, contudo, m eles também podem se tornar completa e radicalmente incríveis.“

—  Judith Butler, livro Gender Trouble, Gender Trouble: Feminism and the Subversion of Identity
Publicidade

Citações relacionadas

Nicolás Boileau photo
Giordano Bruno photo
Publicidade
Paulo Bonfá photo
Chi­ma­man­da Ngo­zi Adi­chie photo
 Ziraldo photo

„Livro: gênero de primeira necessidade.“

—  Ziraldo Cartunista e escritor brasileiro 1932
"O aspite: há um jeito pra tudo", de Ziraldo - Publicado por Melhoramentos, 2005 ISBN 8506047560, 9788506047569 - 240 páginas

Stephen King photo
Napoleão Bonaparte photo

„É a imaginação que governa o gênero humano.“

—  Napoleão Bonaparte monarca francês, militar e líder político 1769 - 1821

Ninon De Lenclos photo
José Bonifácio de Oliveira Sobrinho photo

„Todos os supérfluos são gêneros de primeira necessidade.“

—  José Bonifácio de Oliveira Sobrinho jornalista brasileiro 1935
José Bonifácio de Oliveira Sobrinho, o Boni, em entrevista à jornalista Lu Lacerda, de O Dia Fonte: Revista Veja, Edição 1 675 - 15/11/2000 http://veja.abril.com.br/151100/vejaessa.html

Francis Bacon photo

„Uma ilusão de amor cura-se com outra do mesmo género.“

—  Francis Bacon página de desambiguação da Wikimedia 1561 - 1626

Giacomo Leopardi photo
 Pitty photo
Publius Cornelius Tacitus photo
Frédéric Bastiat photo

„Por acaso os legisladores e seus agentes não fazem parte do gênero humano?“

—  Frédéric Bastiat político francês 1801 - 1850
Les législateurs et leurs agents ne font-ils pas partie du genre humain? Œuvres complètes de Frédéric Bastiat: mises en ordre, revues et ... - Volume 2, página 384 https://books.google.com.br/books?id=lFBXAAAAcAAJ&pg=PA384, Frédéric Bastiat - Guillaumin, 1854

„Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit. Etiam egestas wisi a erat. Morbi imperdiet, mauris ac auctor dictum.“