Frases sobre costa

Uma coleção de frases e citações sobre o tema da costa.

Tópicos relacionados

Total 143 citações, filtro:


Jair Bolsonaro photo
Esta tradução está aguardando revisão. Está correcto?
Eleanor Roosevelt photo
Publicidade
Lygia Fagundes Telles photo
Liev Tolstói photo

„Os ricos farão de tudo pelos pobres, menos descer de suas costas.“

—  Liev Tolstói escritor russo 1828 - 1910
Atribuídas, citado em "Sombras do paraíso" - Página 275, Antonio R. Bandeira - Editora Record, 1994, ISBN 8501041793, 9788501041791 - 433 páginas

António Lobo Antunes photo

„Por vezes, ao sexto ou sétimo cálice, sinto que quase o consigo, que estou prestes a consegui-lo, que as pinças canhestras do meu entendimento vão colher, numa cautela cirúrgica, o delicado núcleo do mistério, mas
logo de imediato me afundo no júbilo informe de uma idiotia pastosa a que me arranco no dia seguinte, a golpes de aspirina e sais de frutos, para tropeçar nos chinelos a
caminho do emprego, carregando comigo a opacidade irremediável da minha existência,
tão densa de um lodo de enigmas como pasta de açúcar na chávena matinal. Nunca lhe aconteceu isto, sentir que está perto, que vai lograr num segundo a aspiração adiada e eternamente perseguida anos a fio, o projeto que é ao mesmo tempo o seu desespero e a sua esperança, estender a mão para agarrá-lo numa alegria incontrolável e tombar, de súbito, de costas, de dedos cerrados sobre nada, à medida que a aspiração ou o projecto se afastam tranquilamente de si no trote miúdo da indiferença, sem a fitarem sequer?
Mas talvez que você não conheça essa espécie horrorosa de derrota, talvez que a
metafísica constitua apenas para si um incômodo tão passageiro como uma comichão efémera, talvez que a habite a jubilosa leveza dos botes ancorados, balouçando devagar
numa cadência autônoma de berços. Uma das coisas, aliás, que me encanta em si, permita-me que lho afirme, é a inocência, não a inocência inocente das crianças e dos
polícias, feita de uma espécie de virgindade interior obtida à custa da credulidade ou da
estupidez, mas a inocência sábia, resignada, quase vegetal, diria, dos que aguardam dos
outros e deles próprios o mesmo que você e eu, aqui sentados, esperamos do empregado
que se dirige para nós chamado pelo meu braço no ar de bom aluno crônico: uma vaga
atenção distraída e o absoluto desdém pela magra gorjeta da nossa gratidão.“

—  António Lobo Antunes, livro Os Cus de Judas
Os Cus de Judas

Gerson De Rodrigues photo

„Poema - Os Pássaros na minha janela

Em meu peito vive uma angustia
que transborda pelos meus olhos

Respiro ofegante
sentindo um aperto em meu coração

O desespero toma conta do meu corpo
com as mãos tremendo
entro no banheiro aos prantos

Sem pensar nas consequências
eu me enforco no chuveiro

O meu corpo se debate em agonia
as minhas mãos tremulas tentam
se agarrar nos azulejos

O chuveiro estoura
sou arremessado ao chão de joelhos
e as minhas lágrimas fundem-se com a água

Chorando sem saber o que fazer
eu deito na cama abraçado a solidão

Passaram-se três dias
e eu ainda não me levantei

Vejo o meu corpo
definhar-se com a fome
os meus ossos secarem com a tristeza

As baratas no meu quarto
são as únicas testemunhas
do meu fim decadente

Lá fora há um pássaro
que canta em harmonia
eu poderia morrer agora
e seus sussurros me fariam sorrir

Com o corpo fraco
sentindo todo o peso do mundo
nas minhas costas

Em passos leves
eu tento caminhar até a janela

Ao abri-la
me deparo com um mundo
sombrio e repleto de dor

Sou arremessado de joelhos
nas chamas escaldantes
do meu próprio inferno

Caminhando descalço
em meio as chamas

Eu me vejo enforcado
gritando o meu próprio nome

Cristo se arrasta
ao meu lado de joelhos
enquanto a minha alma chicoteia
as suas costas
só para vê-lo sangrar

Ao fundo
eu vejo a morte
dilacerando almas confusas
com um sorriso em seu rosto

Um diabo terrível
se esgueira sobre os meus pés

E em seus olhos
eu vejo a figura de um homem triste

Deitado na cama
definhando-se com a fome
enquanto as suas angustias
corroem os seus sonhos
e o mata aos poucos

Aquela criatura decadente
definhando-se em seu próprio abismo
era tudo que eu fui
e tudo que eu sou

Aqueles eram os meus sentimentos
minhas dores
e minhas angustias

Os ratos se alimentavam
dos meus restos podres
e as baratas faziam ninhos nas minhas entranhas

Tal como cristo que sorriu
pela ultima vez
quando foi abandonado pelo seu próprio pai

Ou como as estrelas órfãs
a vagar na escuridão

Somente morto eu poderia sorrir
para os pássaros na minha janela…

- Gerson De Rodrigues“

—  Gerson De Rodrigues 1995
Morte Niilismo Nietzsche Suicídio Vida

„Seu maravilhoso olhar


Buscai o Senhor e o seu poder, buscai perpetuamente a sua presença. v.11


Meu filho de 4 anos, está cheio de perguntas, e conversa muito. Gosto muito de conversar com ele, mas ele desenvolveu o hábito impróprio de falar comigo, mesmo quando ele está de costas. Muitas vezes, lhe digo: “Eu não posso te ouvir, por favor olhe para mim quando estiver falando.”

Às vezes, penso que Deus quer dizer a mesma coisa para nós, não porque Ele não pode nos ouvir, mas talvez porque falhamos com Ele, sem realmente “olhar” para o Senhor. Oramos, mas permanecemos presos às nossas próprias perguntas e concentrados em nós mesmos, esquecendo da pessoa a quem estamos orando. Tal como o meu filho, fazemos perguntas sem prestar atenção à pessoa com quem falamos.

Muitas das nossas preocupações serão resolvidas se nos lembrarmos de quem Deus é o que Ele tem feito. Pelo simples fato de nos voltarmos a Ele, encontramos conforto naquilo que já conhecemos de Seu caráter: que Ele é amoroso, perdoador, soberano, e cheio de misericórdia.

O salmista acreditava que devemos buscar a face de Deus continuamente (Salmo 105:4). Quando Davi nomeou os líderes de adoração e oração, ele incentivou o povo a louvar o caráter de Deus e contar histórias de Sua fidelidade no passado (1 Crônicas 16:8-27).

Quando voltamos os nossos olhos para a bela face de Deus, podemos encontrar a força e o conforto que nos sustentam, mesmo em meio a perguntas sem resposta.

Buscar a face de Deus 
pode fortalecer a nossa fé. Amy Peterson“

—  pão_diário_é_só_noticias_boas

„Chuvas de primavera


…como a alva a sua vinda é certa; e ele descerá sobre nós como a chuva, […] que rega a terra. v.3


Precisando de uma pausa, fui caminhar num parque das proximidades. Enquanto caminhava, uma explosão de verde me chamou a atenção. Fora da lama surgiam rebentos de vida que em poucas semanas seriam narcisos alegres, anunciando a primavera e o calor que se aproximava. Tínhamos sobrevivido a mais um inverno!

Quando lemos o livro de Oseias, podemos nos sentir, em parte, como num inverno implacável. O Senhor deu a este profeta a pouco invejável tarefa de se casar com uma mulher infiel para demonstrar o amor do Criador por Seu povo Israel (1:2,3). A esposa de Oseias, Gomer, quebrou seus votos de casamento, mas Oseias a aceitou novamente, desejando que ela o amasse com dedicação (3:1-3). Assim também o Senhor deseja que o amemos com a força e empenho que não se evaporarão como a névoa da manhã.

Como nos relacionamos com Deus? Será que o buscamos, principalmente em momentos de dificuldade, procurando respostas ao nosso sofrimento, mas ignorando-o em nossas celebrações? Somos como os israelitas, facilmente seduzidos pelos ídolos do nosso tempo, tais como: ocupação, sucesso e influência?

Hoje, podemos novamente nos comprometer com o Senhor, que nos ama, tão certo como os botões em flores na primavera.

Embora possamos ser infiéis a Deus, 
Ele nunca vai virar Suas costas a nós. Amy Boucher Pye“

—  pão_diário_é_só_noticias_boas

Help us translate English quotes

Discover interesting quotes and translate them.

Start translating

„Veja as nuvens


Tens tu notícia do equilíbrio das nuvens e das maravilhas daquele que é perfeito em conhecimento? v.16


Um dia, muitos anos atrás, meus meninos e eu estávamos deitados de costas no quintal vendo as nuvens passarem. “Pai”, perguntou um, “por que as nuvens flutuam?” “Bem, filho”, comecei, com a intenção de lhe dar o benefício de meu vasto conhecimento, mas depois caí em silêncio. “Não sei, mas vou descobrir para você.”

Descobri que a umidade é condensada, descendo por gravidade, e encontra temperaturas mais quentes que sobem do solo. Essa umidade se transforma em vapor e sobe de volta ao ar. Essa é uma explicação natural para o fenômeno.

Mas explicações naturais não são as respostas finais. As nuvens flutuam porque Deus, em Sua sabedoria, ordenou as leis naturais de tal maneira que revelam as “maravilhas daquele que é perfeito em conhecimento” (v.16). As nuvens podem então ser pensadas como um símbolo — um sinal exterior e visível da bondade e graça de Deus na criação.

Então, um dia, quando você estiver tomando algum tempo para ver que imagens você pode imaginar nas nuvens, lembre-se disso: Aquele que fez todas as coisas bonitas faz as nuvens flutuarem pelo ar. Ele faz isso para nos chamar à admiração e à adoração. Os céus, até mesmo os cúmulos, estratos e nuvens cirros, declaram a glória de Deus.

A criação está cheia de sinais 
que apontam para o Criador. David H. Roper“

—  pão_diário_é_só_noticias_boas

Oscar Wilde photo
Elis Regina photo
Ingmar Bergman photo

„Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit. Etiam egestas wisi a erat. Morbi imperdiet, mauris ac auctor dictum.“