Frases de Pedro Nava

Pedro Nava photo
8   2

Pedro Nava

Data de nascimento: 1903
Data de falecimento: 1984

Pedro da Silva Nava foi um médico e escritor brasileiro.

Formou-se em Medicina na Universidade Federal de Minas Gerais em 1927 e participou da geração modernista de Belo Horizonte. Médico, foi dos poucos não-juristas a assinar o Manifesto dos Mineiros. Foi o maior memorialista da literatura brasileira, autor de sete livros: Baú de Ossos, Balão Cativo, Chão de Ferro, Beira Mar, Galo das Trevas, O Círio Perfeito, Cera das almas . Neles, Pedro Nava traçou um painel completo da cultura brasileira no século XX, incluindo costumes familiares e cultura popular.

Photo: Unknown, Arquivo Nacional / Public domain

Obras

Baú de Ossos
Baú de Ossos
Pedro Nava

„Nós não tivemos esse erro, ao contrário, usamos e abusamos da pimenta que nos veio da África, mas, por outro lado, temos como política imigratória, o não Ter política e, sim, um open door imprevidente e perigoso. No caminho que adotamos, podemos dar numa maionese perfeita, mas, como estes molhos, quando mal batidos - podemos desandar. O Brasil é sempre menos de portugueses e emigrantes e mais de indesejáveis entrantes - esquecendo que cada galego, por mais bruto e rude que seja, traz-nos cromossomos semelhantes aos navegadores, colonizadores e degredados - mantendo a nossa possibilidade de repetir um Nunálvares, um Mestre de Alviz, um Camões, um Herculano, um Egas Moniz, um Eça, um Antônio Nobre, um Fernando Pessoa. E não são eles mesmos que já repontaram aqui nos que escorraçaram o batavo e o francês e no gênio de José de Alencar, Machado de Assis, Manuel Bandeira e Carlos Drummond de Andrade? Eu sei que não é possível princípios racistas no Brasil. Mas ao menos tenhamos uma imigração onde se procure manter a boa unidade do galinheiro. Não falo em unidade racial, Deus me livre! Peço é unidade cultural. Impossível é continuar nessa tentativa absurda de cruzar galinha com papagaio e pato com pomba-rola. Isso que se vê por aí não é democracia nem falta de preconceito, não, meus quindins. Isso não dá ovo e chama-se burrice. Mantenhamo-nos um pouco caboclos (orgulhosamente), bastante mulatos (gloriosamente), mas, principalmente, sejamos lusitanos. Vinde a nós portugas, galegos, mondrongos - mesmo se fordes da mesma massa de degredados que chegaram com os primeiros povoadores. O que esses tão degredados eram, não tinha nada demais. Ladrões? Assassinos? Nada disto. Criminosos sexuais, simpáticos bandalhos. Baste ler as Ordenanças e verificar a maioria dos motivos de degredo para o Brasil: comer mulher alheia, deflorar, estuprar, ser corno complacente e mais, e mais, e mais ainda - entretanto, nada de se temer. Fazer lembrar as delinqüências brejeiras de que um juiz mineiro que conheci, dizia, com inveja e depois de julgar -serem, exatamente, as que ele, juiz, tinha vontade de perpetrar.“

—  Pedro Nava, livro Baú de Ossos

Baú de Ossos

Autores parecidos

Arthur Conan Doyle photo
Arthur Conan Doyle31
escritor e médico escocês
Augusto Cury photo
Augusto Cury243
Psiquiatra e Escritor brasileiro
Rubem Alves photo
Rubem Alves70
psicanalista, educador, teólogo e escritor brasileiro
Clarice Lispector photo
Clarice Lispector1132
Escritora ucraniano-brasileira
Ben Carson photo
Ben Carson13
Neurocirurgião
Paulo Coelho photo
Paulo Coelho390
escritor e letrista brasileiro
Caio Fernando Abreu photo
Caio Fernando Abreu439
escritor brasileiro
Mário Quintana photo
Mário Quintana396
Escritor brasileiro
Aniversários de hoje
Dercy Gonçalves photo
Dercy Gonçalves59
1907 - 2008
Ibrahim Sued photo
Ibrahim Sued2
jornalista brasileiro 1924 - 1995
Jonas Salk photo
Jonas Salk8
1914 - 1995
Outros 51 aniversários hoje
Autores parecidos
Arthur Conan Doyle photo
Arthur Conan Doyle31
escritor e médico escocês
Augusto Cury photo
Augusto Cury243
Psiquiatra e Escritor brasileiro
Rubem Alves photo
Rubem Alves70
psicanalista, educador, teólogo e escritor brasileiro
Clarice Lispector photo
Clarice Lispector1132
Escritora ucraniano-brasileira