Frases sobre geral

Uma coleção de frases e citações sobre o tema da geral, ser, pessoa, pessoas.

Total 509 citações, filtro:

Charles Spurgeon photo
Nicolau Maquiavel photo

„Orações de cinco dedos


…orai uns pelos outros… v.16


A oração é uma conversa com Deus, não uma fórmula. No entanto, às vezes precisamos usar um “método” para revigorar o nosso tempo de oração. Podemos orar os Salmos ou outras Escrituras, como a Oração do Senhor, ou ainda usar o método ACGS (Adoração, Confissão, Gratidão e Súplica). Recentemente, aprendi e me deparei com esta “Oração de Cinco Dedos” para usar como um guia, quando orar por outras pessoas:

• Ao dobrar as mãos, o polegar está mais próximo de você. Então, comece orando por aqueles que lhe são mais próximos, seus entes queridos (Filipenses 1:3-5).

• O indicador é o ponteiro. Ore por aqueles que ensinam, professores de ensino bíblico, pregadores e os que ensinam as crianças (1 Tessalonicenses 5:25).

• O dedo seguinte é o médio. Ele o lembra a orar por aqueles com autoridade sobre você, líderes nacionais e locais, e seu supervisor no trabalho (1 Timóteo 2:1,2).

• O quarto dedo anelar é geralmente o mais fraco. Ore por aqueles que estão em apuros ou sofrendo (Tiago 5: 13,16).

• Então vem seu dedo mindinho. Lembra-o de sua pequenez em relação à grandeza de Deus. Peça-lhe para suprir as suas necessidades (Filipenses 4:6,19).

Seja qual for o método utilizado, apenas fale com seu Pai. Ele quer ouvir o que está em seu coração.

Não são as palavras que oramos que importam; 
é a condição de nosso coração. Anne Cetas“

—  pão_diário_é_só_noticias_boas

Charles Bukowski photo
Fiódor Dostoiévski photo

„As coisas mais insignificantes têm, às vezes, maior importância e é geralmente por elas que a gente se perde.“

—  Fiódor Dostoiévski, livro Crime e Castigo

Notas do Subterrâneo ou Memórias do subsolo, Crime e Castigo

Nicolau Maquiavel photo
John Locke photo

„Não se revolta um povo inteiro senão quando a opressão é geral.“

—  John Locke Filósofo e médico inglês. pai do liberalismo clássico. 1632 - 1704

John Locke citado em "Dicionário de pensamentos: máximas, aforismos, paradoxos, provérbios, etc ..." - Página 370, ‎de Folco Masucci - Publicado por Ed. Leia, 1968 - 685 páginas
Citações Atribuidas

Arthur Schopenhauer photo

„nove décimos da nossa felicidade baseiam-se exclusivamente na saúde. Com ela, tudo se transforma em fonte de prazer.“

—  Arthur Schopenhauer filósofo alemão 1788 - 1860

Neun Zehntel unseres Glückes beruhen nach ihm allein auf der Gesundheit; mit ihr werde Alles eine Quelle des Genusses
Sämmtliche Werke - Volume 1 - Página clxxi https://books.google.com.br/books?id=mJ49AAAAYAAJ&pg=PR171, Arthur Schopenhauer, ‎Julius Frauenstädt - Brockhaus, 1873

Friedrich Nietzsche photo
Charles Bukowski photo
Kurt Cobain photo

„Há já muitos anos que não sinto nenhuma emoção nem ao ouvir música nem ao criá-la, bem como ler e escrever, e isto faz-me sentir terrivelmente culpado. Quando estávamos nos bastidores, as luzes diminuíam e da multidão subia um rugido maníaco mas aquele momento não me fazia o efeito que faria, por exemplo, o Freddie Mercury, que parecia adorar e absorver energia do público – o que é uma coisa que totalmente admiro e invejo. O fato é que não consigo enganar vocês, nenhum de vocês. Simplesmente não é justo para vocês e para mim. O pior crime que posso imaginar seria enganar as pessoas sendo falso e fingindo que estou me divertindo a 100 por cento. Às vezes, antes de entrar para o palco, sentia-me como se tivesse um relógio a bater dentro de mim. Tentei tudo que está em meus poderes para gostar disso (e eu gosto, Deus, acreditem-me, eu gosto, mas não o suficiente). Agrada-me o fato de que eu e nós atingimos e divertimos uma porção de gente. Devo ser um daqueles narcisistas, uma daquelas pessoas que goza as coisas somente quando está sozinha. Sou demasiado sensível. Preciso ficar um pouco dormente para ter de volta o entusiasmo que eu tinha quando criança. Em nossas últimas três turnês, tive um reconhecimento por parte de todas as pessoas que conheci pessoalmente e dos fãs de nossa música, mas ainda não consigo superar a frustração, a culpa e a empatia que tenho por todos. Existe o bom em todos nós e acho que eu simplesmente amo as pessoas demais, tanto que chego a me sentir mal. O triste, sensível, insatisfeito, pisciano, pequeno homem de Jesus. Por que você simplesmente não aproveita? Eu não sei! Tenho uma esposa que é uma deusa, que transpira ambição e empatia, e uma filha que me lembra demais como eu costumava ser, cheia de amor e alegria, beijando todo mundo que encontra porque todo mundo é bom e não vai fazer mal a ela. Isto me aterroriza a ponto de eu mal conseguir funcionar. Não posso suportar a ideia de Frances se tornar o triste, autodestrutivo e mórbido roqueiro que eu virei. Eu tive muito, muito mesmo, e sou grato por isso, mas desde os meus sete anos de idade passei a ter ódio de todos os humanos em geral… e isto só porque amo demasiado e sinto demais por todas as pessoas, pelo menos eu acho. Agradeço-vos a todos do fundo do meu estômago queimado de náusea pelas vossas cartas e por se terem preocupado comigo durante os anos passados. Eu sou mesmo um bebê errático e triste e, agora, não tenho mais paixão. Assim, recordem-se que é melhor arder numa só labareda do que enferrujar a pouco e pouco. Paz, amor, Empatia. Kurt Cobain.“

—  Kurt Cobain Vocalista, guitarrista, compositor e músico 1967 - 1994

Texto de Kurt encontrado ao lado do seu cadáver a 8 de Abril de 1994

Milton Friedman photo

„Geralmente a solução do governo para um problema é tão ruim quanto o próprio problema.“

—  Milton Friedman Economista, estatístico e escritor norte-americano 1912 - 2006

Milton Friedman
Com fontes

„Integridade moral de Deus

O Senhor vinga e fica furioso. . . . O Senhor é bom. . . e Ele conhece aqueles que confiam nEle. - Naum 1: 2,7

Bertrand Russell tornou-se ateu depois de ler as palavras de Jesus sobre o inferno. Ele aparentemente queria um Deus que nunca se zangasse ou punisse ninguém. O Dr. Russell certamente não gostaria que a leitura das Escrituras de hoje, que fala de Deus como Aquele que “vinga e está furioso”.

Pessoalmente, eu teria dificuldade em acreditar em um Deus que nunca se zangou e não puniu o pecado. Tal Deus não seria um bom Deus. O que você acha, por exemplo, de uma testemunha de um assassinato brutal que não sentiu emoção e permaneceu indiferente para punir o transgressor? Você consideraria essa pessoa uma boa pessoa? Dificilmente!

Deus nos dá um livre arbítrio e geralmente não nos impede de realizar nossas escolhas erradas. Mas Ele nos considera responsáveis ​​e nos julgará.

Nos dias de Naum, os ninivitas eram um povo cruel que cometiam atrocidades inacreditáveis. Mas o profeta assegurou aos israelitas que Deus viu a iniquidade daquelas pessoas, ficou enfurecido com isso e punia-os justamente.

Eu sou grato que Deus possui esse tipo de integridade moral. Dá-me razão para confiar nEle para guardar todas as Suas promessas, e isso me assegura que Ele corrigirá todos os erros da história.

Às vezes parece que o pecado é ignorado
E o mal tem o seu caminho;
Mas não se engane, os olhos de Deus não estão fechados;
Ele vai nos julgar algum dia. —Sesper

O julgamento de Deus pode não ser imediato, mas é inevitável. Herbert Vander Lugt“

—  ministério_pão_diário

„Uma vida que satisfaz

Quem perder a vida por minha causa e pelo evangelho salvará. -
Escritura de hoje : Marcos 8: 34-38

Em seu livro Enfrentando a solidão, J. Oswald Sanders escreve: “A rodada de prazer ou a acumulação de riqueza são apenas tentativas vãs de escapar da dor persistente. . . . O milionário geralmente é um homem solitário, e o comediante é frequentemente mais infeliz do que seu público ”.

Sanders continua enfatizando que ser bem sucedido muitas vezes não produz satisfação. Em seguida, ele se refere a Henry Martyn, um ilustre estudioso, como um exemplo do que ele está falando.

Martyn, um estudante da Universidade de Cambridge, foi homenageado com apenas 20 anos de idade por suas conquistas em matemática. De fato, ele recebeu o maior reconhecimento possível nesse campo. E ainda assim ele sentiu um vazio por dentro. Ele disse que, em vez de encontrar satisfação em suas realizações, ele "apenas captou uma sombra".

Depois de avaliar os objetivos de sua vida, Martyn viajou para a Índia como missionário aos 24 anos. Quando ele chegou, ele orou: "Senhor, deixe-me queimar por você." Nos próximos sete anos que precederam sua morte, ele traduziu Novo Testamento em três línguas orientais difíceis. Essas realizações notáveis ​​certamente não estavam passando por “sombras”.

Real cumprimento vem em seguir a Cristo. Uma vida vivida plenamente para o Senhor é uma vida que verdadeiramente satisfaz.

Refletir e Orar
Se nos comprometermos com Cristo
e seguirmos Seu caminho,
Ele nos dará a vida que satisfaz
Com propósito para cada dia. —Sesper

Uma vida plena é uma vida cheia de amor pelo Senhor e pelos outros. Richard DeHaan“

—  ministério_pão_diário

Émile Durkheim photo

„É fato social toda maneira de agir, fixa ou não, suscetível de exercer sobre o indivíduo uma coerção exterior; ou então ainda, que é geral na extensão de uma sociedade dada, apresentando existência própria, independente das manifestações individuais que possa ter.“

—  Émile Durkheim Sociólogo francês 1858 - 1917

"Est fait social toute manière de faire, fixée ou non, susceptible d'exercer sur l'individu une contrainte extérieure, ou bien encore, qui est générale dans l'étendue d'une société donnée tout en ayant une existence propre, indépendante de ses manifestations individuelles."
Verificadas
Fonte: Las reglés de la méthode sociologique, 1895)
Fonte: como citado em L'islam des jeunes : entre la contestation et la normalisation - Página 23 http://books.google.com.br/books?id=7Zcw-_vTLi4C&pg=PA23, Editions Le Manuscrit, 2006, ISBN 2748170431, 9782748170436

„Mostrando a graça


A vossa palavra seja sempre agradável, temperada com sal, para saberdes como deveis responder a cada um. v.6


Desde que o torneio Masters de Golfe começou em 1934, apenas três jogadores tinham vencido dois anos seguidos. Em 2016, parecia que Jordan Spieth, 22 anos, se tornaria o quarto jogador a conseguir isso. Mas ele vacilou e terminou em segundo lugar neste torneio. Apesar dessa perda decepcionante, Spieth foi gentil com o campeão Danny Willett, parabenizando-o pela vitória e pelo nascimento de seu primeiro filho, algo “mais importante do que o golfe”.

Sobre isso, uma jornalista escreveu: “É preciso ter elegância para ver o quadro de marcação geral, e logo depois ter de assistir a uma cerimônia de entrega do troféu e ver a outra pessoa tirando as fotos como o vencedor.” E a jornalista acrescentou: “Durante toda a semana foi difícil para Spieth, mas o seu caráter emergiu ileso.”

Paulo exortou os seguidores de Jesus em Colossos a portar-se com: “…sabedoria para com os que são de fora; aproveitai as oportunidades. A vossa palavra seja sempre agradável, temperada com sal, para saberdes como deveis responder a cada um” (Colossenses 4:5,6).

Como aqueles que receberam a graça de Deus livremente, o privilégio e o chamado para demonstrá-la em cada situação da vida é nosso — vencendo ou perdendo.

As palavras bondosas 
são sempre as palavras certas. David C. McCasland“

—  pão_diário_é_só_noticias_boas

Roberto Campos photo

„Tributar pesadamente, tirando do mais capaz e do mais motivado para dar ao menos capaz ou menos disposto, em geral redunda em punir aqueles, sem corrigir estes.“

—  Roberto Campos Economista, diplomata e político matogrossense 1917 - 2001

"Na virada do milênio", ‎Página 136, de Roberto de Oliveira Campos - Publicado por Topbooks, 1999 - 486 páginas

José Lins do Rego photo
Arthur Schopenhauer photo
Arthur Schopenhauer photo
John Locke photo

„As novas opiniões são sempre suspeitas e geralmente opostas, por nenhum outro motivo além do fato de ainda não serem comuns.“

—  John Locke Filósofo e médico inglês. pai do liberalismo clássico. 1632 - 1704

Variante: As novas opiniões são sempre suspeitas e geralmente opostas, por nenhum outro motivo além do facto de ainda não serem comuns.

Friedrich Nietzsche photo
Arthur Schopenhauer photo
Immanuel Kant photo

„Arrisque-se! Toda vida é um risco. O homem que vai mais longe é geralmente aquele que está disposto a fazer e a ousar. O barco da 'segurança' nunca vai muito além da margem.“

—  Dale Carnegie 1888 - 1955

Variante: Arrisque-se! Toda vida é um risco. O homem que vai mais longe é geralmente aquele que está disposto a fazer e a ousar. O barco da segurança nunca vai muito além da margem.

Patrick Rothfuss photo
Arthur Schopenhauer photo

„decepção contínua e desilusão, bem como a natureza geral da vida, apresentam-se como previsto e calculado para despertar a convicção de que nada vale nossos esforços, nossos esforços e nossas lutas, que todas as coisas boas estão vazias e fugazes, que o mundo em todos os lados está falido, e que a vida é um negócio que não cobre os custos…“

—  Arthur Schopenhauer filósofo alemão 1788 - 1860

that continual deception and disillusionment, as well as the general nature of life, present themselves as intended and calculated to awaken the conviction that nothing whatever is worth our exertions, our efforts, and our struggles, that all good things are empty and fleeting, that the world on all sides is bankrupt, and that life is a business that does not cover the costs…
The world as will and representation, Volume 2 - página 574, Arthur Schopenhauer, Dover Publications, 1969
O Mundo como Vontade e Como Representação

Charles Bukowski photo

„A melhor parte de um escritor está no papel, a outra geralmente é bobagem.“

—  Charles Bukowski Poeta, Escritor e Romancista 1920 - 1994

Atribuídas

Friedrich Nietzsche photo

„O Estado tem medo da filosofia em geral.“

—  Friedrich Nietzsche filósofo alemão do século XIX 1844 - 1900

Álvaro Cunhal photo
Voltaire photo

„Não é que o suicídio seja sempre uma loucura. (…) Mas, em geral, não é num acesso de razão que nos matamos.“

—  Voltaire volter também conhecido como bozo foia dona da petrobras e um grande filosofo xines 1694 - 1778

Helen Keller photo
Julius Evola photo

„Ao cabo de séculos de «escravidão» a mulher quis pois ser livre, ser ela própria. Mas o «femininismo» não soube conceber para a mulher uma personalidade que não fosse uma imitação da masculina, de maneira que as suas «reivindicações» ocultam uma desconfiança fundamental da mulher nova em relação a si mesma, a impotência desta para ser o que é e a contar pelo que ela é: como mulher e não como homem. Devido a esta fatal incompreensão, a mulher moderna experimentou o sentimento de uma inferioridade absolutamente imaginária por ser apenas mulher e sente quase como ofensa o ser tratada «só como mulher». Foi esta a origem de uma falsa vocação frustrada: e é precisamente por isso que a mulher quis tirar uma desforra, reivindicar a sua «dignidade», mostrar o seu «valor» - passando a medir--se com o homem. Todavia, não se tratava de maneira nenhuma do homem verdadeiro, mas sim do homem-construção, do homem-fantoche de uma civilização standardizada, racionalizada, não implicando quase mais nada de diferenciado e qualitativo. Numa civilização como esta, evidentemente, já não se pode tratar de um privilégio legítimo qualquer, e as mulheres incapazes de reconhecer a sua vocação natural e de defendê-la, a não ser pelo plano mais baixo (pois nenhuma mulher sexualmente feliz sentiu alguma vez a necessidade de imitar e de invejar o homem), conseguiram facilmente demonstrar que também elas possuíam virtualmente as faculdades e as habilitações - materiais e intelectuais - que se encontram no outro sexo e que, em geral, se exigem e se apreciam numa sociedade de tipo moderno. O homem, de resto, deixou andar as coisas como um verdadeiro irresponsável, e até ajudou e impeliu a mulher para as ruas, para os escritórios, para as escolas, para as fábricas e para todas as encruzilhadas contaminantes da sociedade e da cultura modernas. Foi assim que se deu o último empurrão nivelador. (…) A mulher tradicional, a mulher absoluta, ao dar-se, ao não viver para si, ao querer ser toda para outro ser com simplicidade e pureza, realizava-se, pertencia-se a si mesma, tinha um heroísmo muito seu - e, no fundo, tornava-se superior ao homem comum. A mulher moderna ao querer ser por si mesma destruiu-se. A tão aspirada «personalidade» está a tirar-lhe toda a personalidade.“

—  Julius Evola, livro Revolt Against the Modern World

Revolt Against the Modern World

Arthur Schopenhauer photo
William Shakespeare photo
Jim Morrison photo
John Ronald Reuel Tolkien photo
Fiódor Dostoiévski photo

„Quanto mais gosto da humanidade em geral, menos aprecio as pessoas em particular, como indivíduos.“

—  Fiódor Dostoiévski escritor russo 1821 - 1881

Fiódor Dostoiévski in: Os Irmãos Karamazov - capítulo 9
Notas do Subterrâneo ou Memórias do subsolo, Os Irmãos Karamazóv

Getúlio Dornelles Vargas photo

„Desconfio de quem nunca me pediu nada. Geralmente, aqueles que se sentam à mesa sem apetite são os que mais comem.“

—  Getúlio Dornelles Vargas político brasileiro, 14° e 17° presidente do Brasil 1882 - 1954

citado em Revista Caras http://www.caras.com.br/edicoes/656/textos/598/, edição 656 (Ano 13 - Número 22), 31/05/2006
Variante: Eu sempre desconfiei muito daqueles que nunca me pediram nada. Geralmente os que sentam à mesa sem apetite são os que mais comem.

Paulo Coelho photo
Charles Bukowski photo
Adam Smith photo
Aleister Crowley photo

„O consumidor geralmente está errado; mas as estatísticas indicam de que não há lucro em lhe dizer isto.“

—  Aleister Crowley Ocultista Inglês 1875 - 1947

Magick without Tears, Ch XXI

Luiz Inácio Lula da Silva photo

„Eu fui morar na Vila Carioca, que dava enchente todo final de ano. Não é de hoje que dá enchente. Naquele tempo, eu trabalhava nos Armazéns Gerais Colúmbia… A gente, muitas vezes, não ia trabalhar porque a [avenida] Presidente Wilson enchia e, obviamente eu gostava porque não tinha que trabalhar naquele dia.“

—  Luiz Inácio Lula da Silva político brasileiro, 35º presidente do Brasil 1945

Sobre as enchentes em São Paulo, no discurso de comemoração dos 456 anos da cidade de São Paulo
Biografia, 2010
Fonte: Declaração feita em São Paulo em 25.01.2010 http://www1.folha.uol.com.br/folha/videocasts/ult10038u684869.shtml

Huberto Rohden photo
Gustave Le Bon photo
Immanuel Kant photo

„A democracia constitui necessariamente um despotismo, porquanto estabelece um poder executivo contrário à vontade geral. Sendo possível que todos decidam contra um cuja opinião possa diferir, a vontade de todos não é por tanto a de todos, o qual é contraditório e oposto à liberdade.“

—  Immanuel Kant 1724 - 1804

Unter den drei Staatsformen ist die der Demokratie, im eigentlichen Verstände des Worts, nothwendig ein Despotismus, weil sie eine executive Gewalt gründet, da Alle über und allenfalls auch wider Einen, (der also nicht mit einstimmt,) mithin Alle, die doch nicht Alle sind, beschließen; welches ein Widerspruch des allgemeinen Willens mit sich selbst und mit der Freiheit ist.
Immanuel Kant's Werke, Volumes 5-6, página 425 http://books.google.com.br/books?id=rUIVAAAAYAAJ&pg=PA425, Immanuel Kant's Werke, Immanuel Kant, Editora Modes und Baumann, 1838

Pródico photo

„O sol, a lua e os rios e as fontes e, em geral, tudo o que é benéfico para a nossa vida, os antigos lhes chamou para a sua utilidade, tal como os egípcios fizeram com o Nilo, e pela questão do pão foi chamado Deméter, e o vinho por Dioniso, e da água por Poseidon, e o fogo por Hephaestus e assim por cada coisa que fazemos é útil.“

—  Pródico um dos principais sofistas daquela época -460 - -380 a.C.

Il sole e la luna e i fiumi e le fonti e in genere tutto ciò che giova alla nostra vita, gli antichi li chiamavano dei per la loro utilità, come gli Egiziani fanno per il Nilo, e per questo il pane fu chiamato Demetra, e il vino Dioniso, e l'acqua Poseidone, e il fuoco Efesto e cosí ciascuna cosa che ci è utile. (da Le Ore, frammento 5)
da Le Ore, frammento 5); As Horas, fragmento 5

Érico Veríssimo photo
Eça de Queiroz photo
Charles Dickens photo
Albert Einstein photo

„O estudo em geral, a busca da verdade e da beleza são domínios em que nos é consentido ficar crianças toda a vida.“

—  Albert Einstein 1879 - 1955

Variante: O estudo, a busca da verdade e da beleza são domínios em que nos é consentido sermos crianças por toda a vida.

Henry David Thoreau photo
Benjamin Disraeli photo
Friedrich Nietzsche photo
Chi­ma­man­da Ngo­zi Adi­chie photo
Jair Bolsonaro photo
Jair Bolsonaro photo
Adolf Hitler photo

„O Socialismo é a ciência de se lidar com o bem-estar geral“

—  Adolf Hitler militar, escritor, político e líder nazista alemão durante a Segunda Guerra Mundial 1889 - 1945

Entrevistado em 1933.
Atribuídas, sem confirmação documental confiável

Max Weber photo

„Há duas maneiras de fazer política. Ou se vive 'para' a política ou se vive 'da' política. Nessa oposição não há nada de exclusivo. Muito ao contrário, em geral se fazem uma e outra coisa ao mesmo tempo, tanto idealmente quanto na prática“

—  Max Weber Jurista e sociólogo alemão 1864 - 1920

"Ciência e Política: Duas Vocações" - Página 64, Max Weber - Editora Cultrix, 2004, ISBN 8531600472, 9788531600470 - 128 páginas

Vladimir Mayakovsky photo

„Eu não forneço nenhuma regra para que uma pessoa se torne poeta e escreva versos. E, em geral, tais regras não existem. Chama-se poeta justamente o homem que cria estas regras poéticas.“

—  Vladimir Mayakovsky 1893 - 1930

citado em "O imaginário vigiado: a imprensa comunista e o realismo socialista no Brasil, 1947-53" - página 114, Dênis de Moraes, Editora J. Olympio, 1994, ISBN 8503005263, 9788503005265, 247 páginas
Atribuídas

Falcão (músico) photo

„Chifre é como assombração, geralmente aparece pra quem tem medo.“

—  Falcão (músico) cantor brasileiro 1957

na música "A esperança é a única que morre"

Cesare Pavese photo
Umberto Eco photo

„O sucesso sempre incomoda os medíocres ambiciosos, os sonhadores incapazes, os fracassados em geral.“

—  Rubem Fonseca contista, romancista, ensaísta e roteirista brasileiro 1925

O Selvagem da Ópera

Hegel photo

„A necessidade geral da arte é a necessidade racional que leva o homem a tomar consciência do mundo interior e exterior e a lazer um objecto no qual se reconheça a si próprio.“

—  Hegel professor académico alemão 1770 - 1831

Variante: A necessidade geral da arte é a necessidade racional que leva o homem a tomar consciência do mundo interior e exterior e a lazer um objeto no qual se reconheça a si próprio.

George G. Byron photo
Edmund Burke photo
Arthur Schopenhauer photo
Pepetela photo
Ruy Barbosa photo
Enéas Carneiro photo
Esta tradução está aguardando revisão. Está correcto?
Johann Friedrich Herbart photo
Malcolm X photo
Max Weber photo
Milton Friedman photo
Rosa Luxemburgo photo

„Sem eleições gerais, sem uma liberdade de imprensa e uma liberdade de reunião ilimitadas, sem uma luta de opiniões livres, a vida vegeta e murcha em todas as instituições públicas, e a burocracia torna-se o único elemento ativo.“

—  Rosa Luxemburgo filósofa marxista polaco-alemã 1871 - 1919

Ohne allgemeine Wahlen, ungehemmte Presse- und Versammlungsfreiheit, freien Meinungskampf erstirbt das Leben in jeder der öffentlichen Institution, wird zum Scheinleben, in der die Bürokratie allein das tätige Element bleibt.
Zur russischen Revolution http://www.marxists.org/deutsch/archiv/luxemburg/1918/russrev/teil4.htm (A Revolução Russa), IV

Aristoteles photo

„Novamente, os homens em geral desejam o bem, não apenas o que seus pais tiveram.“

—  Aristoteles, livro Política

Livro II, 1269.a4
Das partes dos animais, Política

Arthur Schopenhauer photo
Arthur Schopenhauer photo

„O motor principal e fundamental no homem, bem como nos animais, é o egoísmo, ou seja, o impulso à existência e ao bem-estar. […] Na verdade, tanto nos animais quanto nos seres humanos, o egoísmo chega a ser idêntico, pois em ambos une-se perfeitamente ao seu âmago e à sua essência. Desse modo, todas as ações dos homens e dos animais surgem, em regra, do egoísmo, e a ele também se atribui sempre a tentativa de explicar uma determinada ação. Nas suas ações baseia-se também, em geral, o cálculo de todos os meios pelos quais procura-se dirigir os seres humanos a um objetivo. Por natureza, o egoísmo é ilimitado: o homem quer conservar a sua existência utilizando qualquer meio ao seu alcance, quer ficar totalmente livre das dores que também incluem a falta e a privação, quer a maior quantidade possível de bem-estar e todo o prazer de que for capaz, e chega até mesmo a tentar desenvolver em si mesmo, quando possível, novas capacidades de deleite. Tudo o que se opõe ao ímpeto do seu egoísmo provoca o seu mau humor, a sua ira e o seu ódio: ele tentará aniquilá-lo como a um inimigo. Quer possivelmente desfrutar de tudo e possuir tudo; mas, como isso é impossível, quer, pelo menos, dominar tudo: "Tudo para mim e nada para os outros" é o seu lema. O egoísmo é gigantesco: ele rege o mundo.“

—  Arthur Schopenhauer, livro A Arte de Insultar

Página 51
A Arte de Insultar

William Blake photo

„Quem faz o bem ao outro deve fazê-lo nos mínimos detalhes. O Bem geral é a justificativa do imoral, do hipócrita e do falso.“

—  William Blake 1757 - 1827

He who would do good to another must do it in Minute Particulars: General Good is the plea of the scoundrel, hypocrite, & flatterer
"Jerusalem‎" - Página 65, William Blake, Eric Robert Dalrymple Maclagan, Archibald George Blomefield Russell - A.H. Bullen, 1904 - 127 páginas

Carl Rogers photo
Immanuel Kant photo

„Faça de maneira que a máxima de tua vontade possa ser o tempo todo princípio de uma lei geral.“

—  Immanuel Kant 1724 - 1804

Handle so, daß die Maxime deines Willens jederzeit zugleich als Prinzip einer allgemeinen Gesetzgebung gelten kann.
Werke in sechs Bänden: Schriften zur Ethik und Religionsphilosophie‎ - Volume 4, Página 140 http://books.google.com.br/books?id=Wl4aAAAAIAAJ&pg=PA140, Immanuel Kant, Wilhelm Weischedel - Insel-Verlag, 1786

Plínio Marcos photo
Mark Twain photo

„Geralmente levo mais de três semanas a preparar um discurso de improviso.“

—  Mark Twain escritor, humorista e inventor norte-americano 1835 - 1910

Variante: Geralmente levo mais de três semanas a preparar um bom discurso de improviso.

PC Siqueira photo
George Santayana photo
David Herbert Lawrence photo
Philip Stanhope Chesterfield photo
Marquês de Maricá photo
James Bond photo

„Geralmente eu odeio matar um homem desarmado. Assassinato a sangue-frio é um negócio sujo.“

—  James Bond série de obras de ficção sobre espião britânico

007 - O Mundo Não É O Bastante

Gustave Le Bon photo
Ambrose Bierce photo
Jack Kerouac photo
Elbert Hubbard photo

„O mundo move-se tão depressa actualmente, que uma pessoa que diz que alguma coisa não pode ser feita é em geral interrompida por alguém que já o está a fazer.“

—  Elbert Hubbard 1856 - 1915

Variante: O mundo move-se tão depressa atualmente, que uma pessoa que diz que alguma coisa não pode ser feita é em geral interrompida por alguém que já o está a fazer.

Marquês de Maricá photo