Frases sobre pai

Uma coleção de frases e citações sobre o tema da país, pai, filho, filha.

Total 1413 citações, filtro:

Jair Bolsonaro photo

„Se estivéssemos envenenando os nossos produtos, o mundo não os compraria. É simples! Nós somos país que menos usa agrotóxicos na agricultura. Por que novos agrotóxicos? Para substituir os anteriores. Quem que não quer mudar de carro para um carro mais moderno?“
Se estivéssemos envenenando os nossos produtos, o mundo não os compraria. É simples! Nós somos país que menos usa agrotóxicos na agricultura. Por que novos agrotóxicos? Para substituir os anteriores. Quem que não quer mudar de carro para um carro mais moderno?

—  Jair Bolsonaro 38º Presidente do Brasil 1955

Década de 2010, 2019, Agosto

Jair Bolsonaro photo

„Eu fui contra essa última Lei de Migração. Ela transformou o Brasil em 1 país sem fronteiras. Não podemos permitir a entrada indiscriminada de quem quer vir para cá. Se essa lei continuar em vigor, qualquer um pode entrar aqui e chega aqui com mais direitos do que nós.“
Eu fui contra essa última Lei de Migração. Ela transformou o Brasil em 1 país sem fronteiras. Não podemos permitir a entrada indiscriminada de quem quer vir para cá. Se essa lei continuar em vigor, qualquer um pode entrar aqui e chega aqui com mais direitos do que nós.

—  Jair Bolsonaro 38º Presidente do Brasil 1955

Década de 2010, 2018

Rasputin photo

„Tu és o czar, o pai de teu povo. Não deixes que os lunáticos triunfem, te destruam a ti e a teu povo. (…) Nós nos afogaremos em sangue. Grande desastre e miséria infinita.“
Tu és o czar, o pai de teu povo. Não deixes que os lunáticos triunfem, te destruam a ti e a teu povo. (…) Nós nos afogaremos em sangue. Grande desastre e miséria infinita.

—  Rasputin Místico russo 1869 - 1916

Rasputin escreveu ao czar http://www2.uol.com.br/historiaviva/artigos/rasputin_se_recusa_a_morrer.html Nicolau II, suplicando-o para que a Rússia https://pt.wikipedia.org/wiki/R%C3%BAssia ficasse fora da Primeira Guerra Mundial.

Enéas Carneiro photo

„Eu acredito piamente que no meu país vai se levantar uma legião de jovens, guerreiros, dispostos a recuperar aquela soberania que nos foi retirada, e fazer com que os nossos filhos e netos tenhamos orgulho de termos nascido nessa pátria tão abençoada.“
Eu acredito piamente que no meu país vai se levantar uma legião de jovens, guerreiros, dispostos a recuperar aquela soberania que nos foi retirada, e fazer com que os nossos filhos e netos tenhamos orgulho de termos nascido nessa pátria tão abençoada.

—  Enéas Carneiro 1938 - 2007

Palestra na USP - 2000

Tim Maia photo

„Este país não pode dar certo. Aqui prostituta se apaixona, cafetão tem ciúme, traficante se vicia e pobre é de direita“
Este país não pode dar certo. Aqui prostituta se apaixona, cafetão tem ciúme, traficante se vicia e pobre é de direita

—  Tim Maia Cantor Brasileiro 1942 - 1998

Juscelino Kubitschek photo

„Deste Planalto Central, desta solidão que em breve se transformará em cérebro das mais altas decisões nacionais, lanço os olhos mais uma vez sobre o amanhã o do meu país e antevejo esta alvorada, com fé inquebrantável e uma confiança sem limites no seu grande destino.“
Deste Planalto Central, desta solidão que em breve se transformará em cérebro das mais altas decisões nacionais, lanço os olhos mais uma vez sobre o amanhã o do meu país e antevejo esta alvorada, com fé inquebrantável e uma confiança sem limites no seu grande destino.

—  Juscelino Kubitschek político brasileiro, 21° presidente do Brasil 1902 - 1976

Juscelino Kubitschek, 2 de outubro 1956, letras de Augusto Frederico Schmidt

Voltaire photo

„Quem serve bem o seu país não precisa de antepassados.“
Quem serve bem o seu país não precisa de antepassados.

—  Voltaire volter também conhecido como bozo foia dona da petrobras e um grande filosofo xines 1694 - 1778

Friedrich Nietzsche photo

„Já não amo, pois, senão o país dos meus filhos, a terra incógnita entre mares longínquos; é essa que a minha vela deve incessantemente, procurar.“
Já não amo, pois, senão o país dos meus filhos, a terra incógnita entre mares longínquos; é essa que a minha vela deve incessantemente, procurar.

—  Friedrich Nietzsche, livro Assim Falou Zaratustra

Thus Spoke Zarathustra

Inácio de Antioquia photo

„Sigam todos ao bispo, como Jesus Cristo ao Pai; sigam ao presbitério como aos apóstolos. Acatem os diáconos, como à lei de Deus. Ninguém faça sem o bispo coisa alguma que diga respeito à Igreja. Por legítima seja tida tão-somente a Eucaristia, feita sob a presidência do bispo ou por delegado seu. Onde quer que se apresente o bispo, ali também esteja a comunidade, assim como a presença de Cristo Jesus também nos assegura a presença da Igreja Católica. Sem o bispo, não é permitido nem batizar nem celebrar o ágape. Tudo, porém, o que ele aprovar será também agradável a Deus, para que tudo quanto se fizer seja seguro e legítimo.“
Sigam todos ao bispo, como Jesus Cristo ao Pai; sigam ao presbitério como aos apóstolos. Acatem os diáconos, como à lei de Deus. Ninguém faça sem o bispo coisa alguma que diga respeito à Igreja. Por legítima seja tida tão-somente a Eucaristia, feita sob a presidência do bispo ou por delegado seu. Onde quer que se apresente o bispo, ali também esteja a comunidade, assim como a presença de Cristo Jesus também nos assegura a presença da Igreja Católica. Sem o bispo, não é permitido nem batizar nem celebrar o ágape. Tudo, porém, o que ele aprovar será também agradável a Deus, para que tudo quanto se fizer seja seguro e legítimo.

—  Inácio de Antioquia Bispo de Antioquia e Santo da Igreja Católica 35 - 108

Epístola aos esmirnenses, ca. 107

Henry Van Dyke photo

„Um homem sem um país é um exilado no mundo; um homem sem Deus é um órfão na eternidade.“
Um homem sem um país é um exilado no mundo; um homem sem Deus é um órfão na eternidade.

—  Henry Van Dyke 1852 - 1933

A man without a country is an exile in the world, and a man without God is an orphan in eternity.
Henry van Dyke, citado em "The Missionary review of the world‎" - vol. 26, página 528, de Royal Gould Wilder, James Manning Sherwood - Missionary Review Publishing Co., 1903

Albert Einstein photo

„Minha profunda religiosidade — apesar de eu ter sido criado por pais judeus totalmente irreligiosos — terminou abruptamente aos 12 anos. Através da leitura de famosos livros de ficção científica, logo cheguei à conclusão de que muitas das histórias da Bíblia não poderiam ser verdadeiras.“
Minha profunda religiosidade — apesar de eu ter sido criado por pais judeus totalmente irreligiosos — terminou abruptamente aos 12 anos. Através da leitura de famosos livros de ficção científica, logo cheguei à conclusão de que muitas das histórias da Bíblia não poderiam ser verdadeiras.

—  Albert Einstein 1879 - 1955

Em Albert Einstein: Philosopher-Scientist (1949), editado por Paul A. Schilpp.
Deus e religião

Wayne Walter Dyer photo

„A competição é uma das maiores causas de suicídio neste país EUA. Suas principais vítimas são pessoas que sempre se julgaram valiosas porque estavam deixando os outros para trás. Quando fracassaram nisso, perderam todo senso de valor próprio e chegaram à conclusão de que não tinham mais razão para levar uma vida de sofrimento.“
A competição é uma das maiores causas de suicídio neste país EUA. Suas principais vítimas são pessoas que sempre se julgaram valiosas porque estavam deixando os outros para trás. Quando fracassaram nisso, perderam todo senso de valor próprio e chegaram à conclusão de que não tinham mais razão para levar uma vida de sofrimento.

—  Wayne Walter Dyer 1940 - 2015

Roberto Campos photo

„Continuamos a ser a colônia, um país não de cidadãos, mas de súditos, passivamente submetidos às 'autoridades' - a grande diferença, no fundo, é que antigamente a 'autoridade' era Lisboa. Hoje é Brasília.“
Continuamos a ser a colônia, um país não de cidadãos, mas de súditos, passivamente submetidos às 'autoridades' - a grande diferença, no fundo, é que antigamente a 'autoridade' era Lisboa. Hoje é Brasília.

—  Roberto Campos Economista, diplomata e político matogrossense 1917 - 2001

Graciliano Ramos photo

„”Disseram-me depois que a escola nos servira de pouso numa viagem. Tinhamos deixado a cidadezinha onde vivíamos, em Alagoas, entrávamos no sertão de Pernambuco, eu, meu pai, minha mãe, duas irmãs”. Pág.14“
”Disseram-me depois que a escola nos servira de pouso numa viagem. Tinhamos deixado a cidadezinha onde vivíamos, em Alagoas, entrávamos no sertão de Pernambuco, eu, meu pai, minha mãe, duas irmãs”. Pág.14

—  Graciliano Ramos, livro Infância

Infância

Josemaría Escrivá de Balaguer photo

„Ao pensar nos lares cristãos, gosto de imaginá-los luminosos e alegres, como foi o da Sagrada Família. A mensagem do Natal ressoa com toda a força: Glória a Deus no mais alto dos céus, e paz na terra aos homens de boa vontade. Que a paz de Cristo triunfe em vossos corações, escreve o Apóstolo. A paz de nos sabermos amados por nosso Pai-Deus, incorporados em Cristo, protegidos pela Virgem Santa Maria, amparados por José. Essa é a grande luz que ilumina nossas vidas e que, por entre as dificuldades e misérias pessoais, nos impele a continuar para a frente, cheios de ânimo. Cada lar cristão deveria ser um remanso de serenidade em que, por cima das pequenas contrariedades diárias, se pudesse notar uma afeição profunda e sincera, uma tranqüilidade profunda, fruto de uma fé real e vivida.“
Ao pensar nos lares cristãos, gosto de imaginá-los luminosos e alegres, como foi o da Sagrada Família. A mensagem do Natal ressoa com toda a força: Glória a Deus no mais alto dos céus, e paz na terra aos homens de boa vontade. Que a paz de Cristo triunfe em vossos corações, escreve o Apóstolo. A paz de nos sabermos amados por nosso Pai-Deus, incorporados em Cristo, protegidos pela Virgem Santa Maria, amparados por José. Essa é a grande luz que ilumina nossas vidas e que, por entre as dificuldades e misérias pessoais, nos impele a continuar para a frente, cheios de ânimo. Cada lar cristão deveria ser um remanso de serenidade em que, por cima das pequenas contrariedades diárias, se pudesse notar uma afeição profunda e sincera, uma tranqüilidade profunda, fruto de uma fé real e vivida.

—  Josemaría Escrivá de Balaguer Santo da Igreja Católica Apostólica Romana, fundador da prelazia Santa Cruz e Opus Dei 1902 - 1975

Matrimônio, vocação sobrenatural

„Encontrando vida


…porque eu vivo, vós também vivereis. v.19


As palavras do pai de Ravi o feriram profundamente. “Você é um fracasso total. É uma vergonha para a família.” Diante de seus irmãos talentosos, Ravi era visto como uma desgraça. Ele tentou se destacar nos esportes, e o fez, mas ainda se sentia um fracassado. Ele se perguntou: O que será de mim? Sou um fracasso total? Posso me livrar dessa vida sem sentir dor? Esses pensamentos o perseguiam, mas ele não o revelava a ninguém. Isso simplesmente não era feito em sua cultura. Ele havia sido ensinado a “guardar para si o seu sofrimento pessoal; manter escorado o seu mundo que estava desmoronando”.

Assim, Ravi lutou sozinho. E, no hospital, enquanto se recuperava, após uma fracassada tentativa de suicídio, um visitante lhe trouxe uma Bíblia e a abriu em João 14. Sua mãe leu estas palavras de Jesus: “…porque eu vivo, vós também vivereis” (v.19). Essa pode ser a minha única esperança, pensou ele. Uma nova maneira de viver. A vida tal qual definida pelo Autor da vida. Então, Ravi orou: “Jesus, se és aquele que dá a vida como ela deve ser, eu a quero.”

A vida pode apresentar momentos desesperadores. Mas, como Ravi, podemos encontrar esperança em Jesus, que é “…o caminho, e a verdade, e a vida…” (v.6). Deus quer nos dar uma vida rica e gratificante.

Somente Jesus 
pode nos dar nova vida. Poh Fang Chia“

Encontrando vida
 …porque eu vivo, vós também vivereis. v.19
 As palavras do pai de Ravi o feriram profundamente. “Você é um fracasso total. É uma vergonha para a família.” Diante de seus irmãos talentosos, Ravi era visto como uma desgraça. Ele tentou se destacar nos esportes, e o fez, mas ainda se sentia um fracassado. Ele se perguntou: O que será de mim? Sou um fracasso total? Posso me livrar dessa vida sem sentir dor? Esses pensamentos o perseguiam, mas ele não o revelava a ninguém. Isso simplesmente não era feito em sua cultura. Ele havia sido ensinado a “guardar para si o seu sofrimento pessoal; manter escorado o seu mundo que estava desmoronando”. Assim, Ravi lutou sozinho. E, no hospital, enquanto se recuperava, após uma fracassada tentativa de suicídio, um visitante lhe trouxe uma Bíblia e a abriu em João 14. Sua mãe leu estas palavras de Jesus: “…porque eu vivo, vós também vivereis” (v.19). Essa pode ser a minha única esperança, pensou ele. Uma nova maneira de viver. A vida tal qual definida pelo Autor da vida. Então, Ravi orou: “Jesus, se és aquele que dá a vida como ela deve ser, eu a quero.” A vida pode apresentar momentos desesperadores. Mas, como Ravi, podemos encontrar esperança em Jesus, que é “…o caminho, e a verdade, e a vida…” (v.6). Deus quer nos dar uma vida rica e gratificante. Somente Jesus 
pode nos dar nova vida. Poh Fang Chia

—  pão_diário_é_só_noticias_boas

Antônio Carlos Jobim photo

„Este é um país em que as prostitutas gozam, os traficantes cheiram e em que um carro usado vale mais que um carro novo. É ou não é um país de cabeça para baixo?“
Este é um país em que as prostitutas gozam, os traficantes cheiram e em que um carro usado vale mais que um carro novo. É ou não é um país de cabeça para baixo?

—  Antônio Carlos Jobim compositor, maestro, pianista, cantor, arranjador e violonista brasileiro 1927 - 1994

Brasil

Olavo de Carvalho photo

„O globalismo não tem finalidades essencialmente econômicas ou mesmo político-militares: é todo um conceito integral de civilização, uma verdadeira mutação revolucionária da espécie humana, incluindo a total erradicação das religiões tradicionais ou sua diluição numa religião biônica universal cuja expressão mais visível é o movimento da “Nova Era”. Seus ideais são tão opostos aos valores e interesses da nação americana que os conservadores, sem pestanejar, os consideram inimigos tão perigosos quanto a Al-Qaeda. Os poderosos grupos econômicos que apóiam o globalismo são os mesmos que elegeram Bill Clinton e sustentaram a campanha de John Kerry. Apóiam o aborto, o casamento gay, a liberação das drogas e tudo o mais que possa dissolver rapidamente a unidade histórica da cultura nacional americana. Fazem uso maciço do ativismo judicial para mudar completamente o sentido da Constituição através de sentenças que permitem o que era proibido e proibem o que era permitido. Patrocinam maciçamente a esquerda do Terceiro Mundo e as manifestações anti-americanas, mas, lutando para enfraquecer o país enquanto Estado independente, buscam ao mesmo tempo fortalecê-lo como instrumento da ONU. Daí a ambigüidade de suas tomadas de posição quanto ao terrorismo, por exemplo.“
O globalismo não tem finalidades essencialmente econômicas ou mesmo político-militares: é todo um conceito integral de civilização, uma verdadeira mutação revolucionária da espécie humana, incluindo a total erradicação das religiões tradicionais ou sua diluição numa religião biônica universal cuja expressão mais visível é o movimento da “Nova Era”. Seus ideais são tão opostos aos valores e interesses da nação americana que os conservadores, sem pestanejar, os consideram inimigos tão perigosos quanto a Al-Qaeda. Os poderosos grupos econômicos que apóiam o globalismo são os mesmos que elegeram Bill Clinton e sustentaram a campanha de John Kerry. Apóiam o aborto, o casamento gay, a liberação das drogas e tudo o mais que possa dissolver rapidamente a unidade histórica da cultura nacional americana. Fazem uso maciço do ativismo judicial para mudar completamente o sentido da Constituição através de sentenças que permitem o que era proibido e proibem o que era permitido. Patrocinam maciçamente a esquerda do Terceiro Mundo e as manifestações anti-americanas, mas, lutando para enfraquecer o país enquanto Estado independente, buscam ao mesmo tempo fortalecê-lo como instrumento da ONU. Daí a ambigüidade de suas tomadas de posição quanto ao terrorismo, por exemplo.

—  Olavo de Carvalho astrólogo brasileiro 1947

John Locke photo

„Um filho herda a mesma liberdade do pai; e a mesma compreensão, que o orientará até que alcance a sua própria.“
Um filho herda a mesma liberdade do pai; e a mesma compreensão, que o orientará até que alcance a sua própria.

—  John Locke Filósofo e médico inglês. pai do liberalismo clássico. 1632 - 1704

(Capitulo VI) #61
Segundo Tratado do Governo

John Locke photo

„Os pais têm uma espécie de jurisdição, mesmo que temporária, sobre seus filhos após o nascimento e durante algum tempo. À medida que crescem são libertados lentamente pela idade e razão até que alcancem, sua própria liberdade sozinhos.“
Os pais têm uma espécie de jurisdição, mesmo que temporária, sobre seus filhos após o nascimento e durante algum tempo. À medida que crescem são libertados lentamente pela idade e razão até que alcancem, sua própria liberdade sozinhos.

—  John Locke Filósofo e médico inglês. pai do liberalismo clássico. 1632 - 1704

(CAPÍTULO VI) #55
Segundo Tratado do Governo

Gerson De Rodrigues photo

„Poema - Isaías 14:12

Se o suicídio de um homem
os assusta
jamais olhe em seus olhos!

Neles existem dores
que jamais conseguiriam compreender;

Já não me importam as estrelas
ou os devaneios longínquos
sinto-me como se estivesse morto

Apático como a navalha
que transformou os meus pulsos
em rios de sangue e miséria

Não restou-me nada
do homem que eu fui
para o verme que eu sou hoje

Logo eu
que sempre lutei por liberdade
tornei-me o escravo do meu próprio abismo

A criança maldita
que só trouxe
miséria aos seus pais

O homem maldito
que traz em seus olhos
a luz da estrela da manhã
refletida em suas lágrimas.

Em mim vivem
monstros terríveis
adormecidos como criaturas do inferno

Todas as noites os acordo
para dançarmos com o Diabo;

Não deveria eu
lançar-me em meio
as chamas do inferno

Com uma corda em meu pescoço
gritando como um louco

- Crucifiquem-me
pois sou Judas!
trai a mim mesmo!

Não consigo pedir ajuda
aos homens
pois sou dono de uma timidez cruel

Não posso pedir ajuda
aos Deuses
pois vendi minha alma ao diabo

Sozinho em meu próprio abismo
solitário em meu próprio inferno
um Deus que perdeu sua própria fé

O amor não pode salvar um homem
que sobre o seu próprio túmulo
rogou bênçãos e sacrilégios;

- Não estão escutando estas
lindas canções?

- Como podem chorar
ao escutar estas belas sinfonias?

Não chorem
pelos meus pulsos dilacerados

Ou pelo homem enforcado
naquele quarto escuro

- Não veem que agora
estou sorrindo?

Um arcanjo de asas negras
sepultou a minha alma
sob a luz da estrela da manhã…“

Poema - Isaías 14:12 Se o suicídio de um homem os assusta jamais olhe em seus olhos! Neles existem dores que jamais conseguiriam compreender; Já não me importam as estrelas ou os devaneios longínquos sinto-me como se estivesse morto Apático como a navalha que transformou os meus pulsos em rios de sangue e miséria Não restou-me nada do homem que eu fui para o verme que eu sou hoje Logo eu que sempre lutei por liberdade tornei-me o escravo do meu próprio abismo A criança maldita que só trouxe miséria aos seus pais O homem maldito que traz em seus olhos a luz da estrela da manhã refletida em suas lágrimas. Em mim vivem monstros terríveis adormecidos como criaturas do inferno Todas as noites os acordo para dançarmos com o Diabo; Não deveria eu lançar-me em meio as chamas do inferno Com uma corda em meu pescoço gritando como um louco - Crucifiquem-me pois sou Judas! trai a mim mesmo! Não consigo pedir ajuda aos homens pois sou dono de uma timidez cruel Não posso pedir ajuda aos Deuses pois vendi minha alma ao diabo Sozinho em meu próprio abismo solitário em meu próprio inferno um Deus que perdeu sua própria fé O amor não pode salvar um homem que sobre o seu próprio túmulo rogou bênçãos e sacrilégios; - Não estão escutando estas lindas canções? - Como podem chorar ao escutar estas belas sinfonias? Não chorem pelos meus pulsos dilacerados Ou pelo homem enforcado naquele quarto escuro - Não veem que agora estou sorrindo? Um arcanjo de asas negras sepultou a minha alma sob a luz da estrela da manhã…

—  Gerson De Rodrigues poeta, escritor e anarquista Brasileiro 1995

Niilismo Morte Deus Existencialismo Vida Nietzsche

Gerson De Rodrigues photo

„Poema - Os Pássaros na minha janela

Em meu peito vive uma angustia
que transborda pelos meus olhos

Respiro ofegante
sentindo um aperto em meu coração

O desespero toma conta do meu corpo
com as mãos tremendo
entro no banheiro aos prantos

Sem pensar nas consequências
eu me enforco no chuveiro

O meu corpo se debate em agonia
as minhas mãos tremulas tentam
se agarrar nos azulejos

O chuveiro estoura
sou arremessado ao chão de joelhos
e as minhas lágrimas fundem-se com a água

Chorando sem saber o que fazer
eu deito na cama abraçado a solidão

Passaram-se três dias
e eu ainda não me levantei

Vejo o meu corpo
definhar-se com a fome
os meus ossos secarem com a tristeza

As baratas no meu quarto
são as únicas testemunhas
do meu fim decadente

Lá fora há um pássaro
que canta em harmonia
eu poderia morrer agora
e seus sussurros me fariam sorrir

Com o corpo fraco
sentindo todo o peso do mundo
nas minhas costas

Em passos leves
eu tento caminhar até a janela

Ao abri-la
me deparo com um mundo
sombrio e repleto de dor

Sou arremessado de joelhos
nas chamas escaldantes
do meu próprio inferno

Caminhando descalço
em meio as chamas

Eu me vejo enforcado
gritando o meu próprio nome

Cristo se arrasta
ao meu lado de joelhos
enquanto a minha alma chicoteia
as suas costas
só para vê-lo sangrar

Ao fundo
eu vejo a morte
dilacerando almas confusas
com um sorriso em seu rosto

Um diabo terrível
se esgueira sobre os meus pés

E em seus olhos
eu vejo a figura de um homem triste

Deitado na cama
definhando-se com a fome
enquanto as suas angustias
corroem os seus sonhos
e o mata aos poucos

Aquela criatura decadente
definhando-se em seu próprio abismo
era tudo que eu fui
e tudo que eu sou

Aqueles eram os meus sentimentos
minhas dores
e minhas angustias

Os ratos se alimentavam
dos meus restos podres
e as baratas faziam ninhos nas minhas entranhas

Tal como cristo que sorriu
pela ultima vez
quando foi abandonado pelo seu próprio pai

Ou como as estrelas órfãs
a vagar na escuridão

Somente morto eu poderia sorrir
para os pássaros na minha janela…

- Gerson De Rodrigues“

Poema - Os Pássaros na minha janela Em meu peito vive uma angustia que transborda pelos meus olhos Respiro ofegante sentindo um aperto em meu coração O desespero toma conta do meu corpo com as mãos tremendo entro no banheiro aos prantos Sem pensar nas consequências eu me enforco no chuveiro O meu corpo se debate em agonia as minhas mãos tremulas tentam se agarrar nos azulejos O chuveiro estoura sou arremessado ao chão de joelhos e as minhas lágrimas fundem-se com a água Chorando sem saber o que fazer eu deito na cama abraçado a solidão Passaram-se três dias e eu ainda não me levantei Vejo o meu corpo definhar-se com a fome os meus ossos secarem com a tristeza As baratas no meu quarto são as únicas testemunhas do meu fim decadente Lá fora há um pássaro que canta em harmonia eu poderia morrer agora e seus sussurros me fariam sorrir Com o corpo fraco sentindo todo o peso do mundo nas minhas costas Em passos leves eu tento caminhar até a janela Ao abri-la me deparo com um mundo sombrio e repleto de dor Sou arremessado de joelhos nas chamas escaldantes do meu próprio inferno Caminhando descalço em meio as chamas Eu me vejo enforcado gritando o meu próprio nome Cristo se arrasta ao meu lado de joelhos enquanto a minha alma chicoteia as suas costas só para vê-lo sangrar Ao fundo eu vejo a morte dilacerando almas confusas com um sorriso em seu rosto Um diabo terrível se esgueira sobre os meus pés E em seus olhos eu vejo a figura de um homem triste Deitado na cama definhando-se com a fome enquanto as suas angustias corroem os seus sonhos e o mata aos poucos Aquela criatura decadente definhando-se em seu próprio abismo era tudo que eu fui e tudo que eu sou Aqueles eram os meus sentimentos minhas dores e minhas angustias Os ratos se alimentavam dos meus restos podres e as baratas faziam ninhos nas minhas entranhas Tal como cristo que sorriu pela ultima vez quando foi abandonado pelo seu próprio pai Ou como as estrelas órfãs a vagar na escuridão Somente morto eu poderia sorrir para os pássaros na minha janela… - Gerson De Rodrigues

—  Gerson De Rodrigues poeta, escritor e anarquista Brasileiro 1995

Morte Niilismo Nietzsche Suicídio Vida

Paulo Freire photo

„Não é possível refazer este país, democratizá-lo, humanizá-lo, torná-lo sério, com adolescentes brincando de matar gente, ofendendo a vida, destruindo o sonho, inviabilizando o amor. Se a educação sozinha não transformar a sociedade, sem ela tampouco a sociedade muda.“
Não é possível refazer este país, democratizá-lo, humanizá-lo, torná-lo sério, com adolescentes brincando de matar gente, ofendendo a vida, destruindo o sonho, inviabilizando o amor. Se a educação sozinha não transformar a sociedade, sem ela tampouco a sociedade muda.

—  Paulo Freire filósofo e educador brasileiro 1921 - 1997

William Shakespeare photo

„Romeu, Romeu! Ah! Porque és tu Romeu? Renega o pai, despoja-te do nome; ou então, se não quiseres juro ao menos que amor me tens, porque uma Capuleto deixarei de ser logo.“
Romeu, Romeu! Ah! Porque és tu Romeu? Renega o pai, despoja-te do nome; ou então, se não quiseres juro ao menos que amor me tens, porque uma Capuleto deixarei de ser logo.

—  William Shakespeare, livro Romeu e Julieta

Romeo and Juliet

Virginia Woolf photo

„Arranquei do calendário os dias de Maio e de Junho, disse Susan, e vinte e dois dias de Julho. Arranquei-os e amarfanhei-os, e por isso já só existem como um peso no meu coração. São dias mutilados, como borboletas nocturnas com as asas arrancadas, incapazes de voar. Já só faltam oito dias. Dentro de oito dias, descerei do comboio e ficarei parada no cais às seis e vinte e cinco. A minha liberdade vai então desabrochar, fazendo estalar todas as obrigações que me tolhem e diminuem — os horários, a ordem, a disciplina, o ter de estar aqui e ali a horas certas. O dia explodirá de brilho quando eu abrir a porta e vir o meu pai com o seu velho chapéu e as polainas. Vou tremer. Romper em lágrimas. Depois, na manhã seguinte, levanto-me de madrugada. Saio pela porta da cozinha. Irei pelo paul, ouvindo trovejar atrás de mim os grandes cavalos montados por fantasmas que de súbito se detêm. Verei a andorinha roçando a erva. Vou atirar-me para um banco junto ao rio e ficar a ver os peixes deslizando entre os juncos. Terei nas palmas das mãos as marcas das agulhas dos pinheiros. Então poderei desdobrar e examinar com atenção tudo o que aqui nasceu em mim, qualquer coisa de duro. Porque alguma coisa cresceu dentro de mim, através do Inverno e do Verão, dos dormitórios e escadarias. Ao contrário de Jinny não quero ser admirada. Não quero que as pessoas ergam os olhos de admiração quando entro. Quero dar e receber e quero a solidão onde possa desdobrar em paz tudo o que possuo.“
Arranquei do calendário os dias de Maio e de Junho, disse Susan, e vinte e dois dias de Julho. Arranquei-os e amarfanhei-os, e por isso já só existem como um peso no meu coração. São dias mutilados, como borboletas nocturnas com as asas arrancadas, incapazes de voar. Já só faltam oito dias. Dentro de oito dias, descerei do comboio e ficarei parada no cais às seis e vinte e cinco. A minha liberdade vai então desabrochar, fazendo estalar todas as obrigações que me tolhem e diminuem — os horários, a ordem, a disciplina, o ter de estar aqui e ali a horas certas. O dia explodirá de brilho quando eu abrir a porta e vir o meu pai com o seu velho chapéu e as polainas. Vou tremer. Romper em lágrimas. Depois, na manhã seguinte, levanto-me de madrugada. Saio pela porta da cozinha. Irei pelo paul, ouvindo trovejar atrás de mim os grandes cavalos montados por fantasmas que de súbito se detêm. Verei a andorinha roçando a erva. Vou atirar-me para um banco junto ao rio e ficar a ver os peixes deslizando entre os juncos. Terei nas palmas das mãos as marcas das agulhas dos pinheiros. Então poderei desdobrar e examinar com atenção tudo o que aqui nasceu em mim, qualquer coisa de duro. Porque alguma coisa cresceu dentro de mim, através do Inverno e do Verão, dos dormitórios e escadarias. Ao contrário de Jinny não quero ser admirada. Não quero que as pessoas ergam os olhos de admiração quando entro. Quero dar e receber e quero a solidão onde possa desdobrar em paz tudo o que possuo.

—  Virginia Woolf, livro The Waves

The Waves

„Cooperar


…todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus, […] que são chamados segundo o seu propósito. v.28


Minha mulher faz um cozido de legumes e carne incrível para o jantar. Ela põe carne crua, batatas comuns e batatas-doces em fatias, aipo, cogumelos, cenouras e cebolas na panela elétrica Slow Cooker (cozimento lento). Seis ou sete horas depois, o aroma enche a casa e o sabor é delicioso. É sempre vantajoso esperar até que os ingredientes na panela cooperem para atingir algo que não conseguiriam individualmente.

Quando Paulo usou a frase “cooperar” no contexto do sofrimento, ele usou a palavra da qual provém a nossa palavra sinergia. Ele escreveu: “Sabemos que todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito” (Romanos 8:28). Ele queria que os romanos soubessem que Deus, que não causou o sofrimento deles, faria com que todas as circunstâncias cooperassem com o Seu plano divino — para o bem deles. O bem a que Paulo se referia não eram as bênçãos temporais de saúde, riqueza, admiração ou sucesso, mas “…para serem conformes à imagem de seu Filho [de Deus]” (v.29).

Que possamos esperar com paciência e confiança porque o nosso Pai celestial está permitindo que todo o sofrimento, toda a angústia e todo o mal, cooperem para a Sua glória e para o nosso bem espiritual. Ele deseja nos tornar semelhantes a Jesus.

O crescimento que temos por esperar em Deus 
é maior do que a resposta ou o resultado que desejamos. Marvin Williams“

Cooperar
 …todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus, […] que são chamados segundo o seu propósito. v.28
 Minha mulher faz um cozido de legumes e carne incrível para o jantar. Ela põe carne crua, batatas comuns e batatas-doces em fatias, aipo, cogumelos, cenouras e cebolas na panela elétrica Slow Cooker (cozimento lento). Seis ou sete horas depois, o aroma enche a casa e o sabor é delicioso. É sempre vantajoso esperar até que os ingredientes na panela cooperem para atingir algo que não conseguiriam individualmente. Quando Paulo usou a frase “cooperar” no contexto do sofrimento, ele usou a palavra da qual provém a nossa palavra sinergia. Ele escreveu: “Sabemos que todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito” (Romanos 8:28). Ele queria que os romanos soubessem que Deus, que não causou o sofrimento deles, faria com que todas as circunstâncias cooperassem com o Seu plano divino — para o bem deles. O bem a que Paulo se referia não eram as bênçãos temporais de saúde, riqueza, admiração ou sucesso, mas “…para serem conformes à imagem de seu Filho [de Deus]” (v.29). Que possamos esperar com paciência e confiança porque o nosso Pai celestial está permitindo que todo o sofrimento, toda a angústia e todo o mal, cooperem para a Sua glória e para o nosso bem espiritual. Ele deseja nos tornar semelhantes a Jesus. O crescimento que temos por esperar em Deus 
é maior do que a resposta ou o resultado que desejamos. Marvin Williams

—  pão_diário_é_só_noticias_boas

Sigmund Freud photo

„Não me lembro de nenhuma necessidade da infância tão grande quanto a necessidade da proteção de um PAI.“
Não me lembro de nenhuma necessidade da infância tão grande quanto a necessidade da proteção de um PAI.

—  Sigmund Freud 1856 - 1939

O Mal Estar na Civilização

Sigmund Freud photo

„A crença em Deus subsiste devido ao desejo de um pai protetor e imortalidade, ou como um ópio contra a miséria e sofrimento da existência humana.“
A crença em Deus subsiste devido ao desejo de um pai protetor e imortalidade, ou como um ópio contra a miséria e sofrimento da existência humana.

—  Sigmund Freud 1856 - 1939

John Locke photo

„Pais se perguntam porque os rios são amargos, quando eles mesmo envenenaram a fonte.“
Pais se perguntam porque os rios são amargos, quando eles mesmo envenenaram a fonte.

—  John Locke Filósofo e médico inglês. pai do liberalismo clássico. 1632 - 1704

Henry Kissinger photo

„Não vejo porque precisamos ficar parados e assistir um país tornar-se comunista por causa da irresponsabilidade do seu povo. As questões são muito importantes para deixarmos os eleitores chilenos decidirem por si mesmos.“
Não vejo porque precisamos ficar parados e assistir um país tornar-se comunista por causa da irresponsabilidade do seu povo. As questões são muito importantes para deixarmos os eleitores chilenos decidirem por si mesmos.

—  Henry Kissinger 1923

Sobre o apoio dos EUA ao golpe que derrubou Salvador Allende, presidente democraticamente eleito do Chile, em 11 de setembro de 1973.
citado em Richard R. Fagen, " The United States and Chile: Roots and Branches http://www.foreignaffairs.org/19750101faessay10135/richard-r-fagen/the-united-states-and-chile-roots-and-branches.html", Foreign Affairs, January 1975.