Frases sobre observação

Uma coleção de frases e citações sobre o tema da observação.

Tópicos relacionados

Total 59 citações, filtro:


Helena Blavatsky photo
Émile Durkheim photo
Buda photo
Marco Aurelio photo
Augusto Cury photo
Aldous Huxley photo

„O maior pecado contra a mente humana é acreditar em coisas sem evidências. A ciência é somente o supra-sumo do bom-senso – isto é, rigidamente precisa em sua observação e inimiga da lógica falaciosa.“

—  Aldous Huxley 1894 - 1963
The deepest sin against the human mind is to believe things without evidence. Science is simply common sense at its best -- that is, rigidly accurate in observation, and merciless to fallacy in logic Evolution and Ethics

Heinrich Heine photo

„O inteligente se previne de tudo; o idiota faz observações sobre tudo.“

—  Heinrich Heine 1797 - 1856
Atribuídas, Heinrich Heine citado em 3001 pensamentos - Página 173, CABADA, Gerardo, Edicoes Loyola, ISBN 8515023075, 9788515023073 - 288 páginas

Ingmar Bergman photo
Milan Kundera photo
Ovide Decroly photo

„A criança tem espírito de observação; basta não matá-lo“

—  Ovide Decroly 1871 - 1932
Fonte: Nova Escola http://novaescola.abril.com.br/ed/168_dez03/html/pensadores.htm

Help us translate English quotes

Discover interesting quotes and translate them.

Start translating
Arthur Schopenhauer photo
Aldous Huxley photo
Vladimír Iljič Lenin photo
Georges Bataille photo
Henri Bergson photo
Marcel Proust photo
Sérgio Besserman Vianna photo
Albert Einstein photo

„No esforço que fazemos para entender o mundo, somos um pouco como um homem que tenta compreender o mecanismo de um relógio fechado. Ele vê o mostrador e as mãos em movimento, ele ouve o tic-tac, mas ele não tem como abrir o gabinete. Se ele é engenhoso, ele poderá formar uma certa imagem do mecanismo, que servirá para responder por tudo o que ele pode observar, mas nunca pode ter certeza de que sua imagem é a única capaz de explicar suas observações. Ele nunca estará em condições de comparar sua imagem com o mecanismo real, e ele nem mesmo poderá representar a possibilidade ou a significação de tal comparação. Mas ele acredita certamente que, na medida em que seu conhecimento aumenta, sua imagem da realidade se tornará cada vez mais simples e explicará cada vez mais o domínio compreendido pelas impressões sensíveis.“

—  Albert Einstein 1879 - 1955
Filosofia de vida, "In the effort we make to understand the world, we are a little like a man who tries to comprehend the mechanism of a closed watch. He sees the dial and the hands in movement, he hears the tick-tock, but he has no way of opening the case. If he is ingenious he will be able to form a certain image of the mechanism, which will serve to answer for everything that he can observe, but he can never be sure that his image is the only one capable of explaining his observations. He will never be in a position to compare his image with the real mechanism, and he will not even be able to represent the possibility or the signification of such a comparison. But he believes most certainly that in the meas­ure that his knowledge increases, his image of the reality will become more and more simple and will increasingly explain the domain understood by the sensible impressions." Albert Einstein and Leopold Infeld, L’Évolution des idées en physique, (Paris, Flammarion, s.d.) p.286 apud The Dilemma of Liberalism, Charles N. R. McCoy, Volume 16, numéro 1, 1960 https://www.erudit.org/en/journals/ltp/1960-v16-n1-ltp0956/1019984ar.pdf

Francis Bacon photo

„O homem, ministro e intérprete da natureza, faz e entende tanto quanto constata, pela observação dos fatos ou pelo trabalho da mente, sobre a ordem da natureza; não sabe nem pode mais.“

—  Francis Bacon, livro Novum Organum
MAN, as the minister and interpreter of nature, does and understands as much as his observations on the order of nature, either with regard to things or the mind, permit him, and neither knows nor is capable of more. Novum Organum: - Página 5 https://books.google.com.br/books?id=j13FDgAAQBAJ&pg=PA5, Sir Francis Bacon - Jazzybee Verlag, 1620, ISBN 3849692086, 9783849692087, 190 páginas

„Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit. Etiam egestas wisi a erat. Morbi imperdiet, mauris ac auctor dictum.“

x