Frases sobre trabalho

Uma coleção de frases e citações sobre o tema da trabalho, ser, vida, vida.

Total 1203 citações, filtro:

Enéas Carneiro photo
Pablo Neruda photo
Vincent Van Gogh photo
Charles Bukowski photo
Nitiren Daishonin photo
Paulo Freire photo
Paulo Freire photo

„Sempre amado e valorizado


Quem nos separará do amor de Cristo? Será tribulação, ou angústia, ou perseguição, 
ou fome… v.35


Servimos ao Deus que nos ama mais do que ama o nosso trabalho.

Sim, é verdade que Deus quer que trabalhemos para alimentar nossas famílias e que cuidemos, responsavelmente, do mundo que Ele criou. E Ele espera que sirvamos aos fracos, famintos, nus, sedentos e alquebrados em torno de nós, ao mesmo tempo em que nos mantemos alertas aos que ainda não responderam ao mover do Espírito Santo na vida deles.

Ainda assim, servimos ao Deus que nos ama mais do que ama o nosso trabalho.

Jamais devemos nos esquecer disso, porque poderá chegar um momento em que a nossa capacidade de “fazer para Deus” seja arrancada de nós por saúde, fracasso ou catástrofe imprevista. É nessas horas que Deus deseja que nos lembremos de que Ele nos ama não pelo que fazemos para Ele, mas por quem somos, Seus filhos! Uma vez que invocamos o nome de Cristo para a salvação, nada — 
“…tribulação, ou angústia, ou perseguição, ou fome, ou nudez, ou perigo, ou espada” — jamais nos separará “…do amor de Deus, que está em Cristo Jesus, nosso Senhor” (Romanos 8:35,39).

Quando tudo que podemos fazer ou tudo que temos é tirado de nós, tudo que o Senhor quer é que descansemos na certeza de que somos filhos de Deus.

A razão de existirmos 
é estarmos em comunhão com Deus. Randy Kilgore“

—  pão_diário_é_só_noticias_boas

Mahátma Gándhí photo
Confucio photo

„Escolha um trabalho que você ame e não tenha que trabalhar um único dia a mais de sua vida.“

—  Confucio Filósofo chinês -551 - -479 a.C.

Atribuídas

„Não é esse


Estabeleça-se, e seja para sempre engrandecido o teu nome […] O Senhor dos Exércitos é o Deus de Israel… v.24


Davi elaborou os planos, projetou o mobiliário, recolheu os materiais e fez todos os arranjos (1 Crônicas 28:11-19). Mas o primeiro templo construído em Jerusalém é conhecido como o Templo de Salomão, não de Davi.

Porque Deus tinha dito: Não é você o escolhido (v.4). Deus tinha escolhido Salomão, o filho de Davi, para construir o Templo. A resposta de Davi para esta negação foi exemplar. Ele se concentrou naquilo que Deus faria, em vez de naquilo que ele próprio não poderia fazer (vv.16-25). Manteve um espírito de gratidão. Fez tudo o que podia e reuniu homens capazes para ajudar Salomão na construção do Templo (1Crônicas 22).

J. G. McConville, comentarista da Bíblia escreveu: “Muitas vezes, podemos ter que aceitar que o trabalho que gostaríamos muito de realizar em termos de serviço cristão, não é aquele para o qual estamos mais bem equipados, e nem aquele para o qual Deus, de fato, nos chamou. Pode ser, como o de Davi, um trabalho preparatório, que leva a algo obviamente maior.”

Davi procurou a glória de Deus, não a sua própria. Ele fielmente fez tudo que podia para o Templo do Senhor, estabeleceu uma base sólida para quem viria depois dele para completar o trabalho. Que nós, da mesma forma, aceitemos as tarefas que Deus nos confiou e o sirvamos com o coração agradecido! Nosso amoroso Deus está fazendo algo “obviamente maior.”

Deus pode ocultar o propósito de Seus caminhos, 
mas Seus caminhos têm propósitos. Poh Fang Chia“

—  pão_diário_é_só_noticias_boas

„Correr e descansar


E ele lhes disse: Vinde repousar um pouco, à parte, num lugar deserto… v.31


O título me chamou a atenção: “Os dias de descanso são importantes para os corredores.” O artigo de um ex-corredor de montanha enfatizou um princípio que os atletas dedicados, por vezes, ignoram: — o corpo precisa de tempo e descanso para se reconstruir após o exercício. “Fisiologicamente, as adaptações que ocorrem como resultado do treinamento só acontecem durante o repouso, o que significa que o descanso é tão importante quanto os treinos.”

O mesmo se aplica em nossa caminhada de fé e obras. O repouso é essencial para evitar o cansaço e desânimo. Jesus procurou o equilíbrio espiritual durante Sua vida entre nós, mesmo enfrentando enormes demandas. Quando os Seus discípulos retornaram exaustos por ensinar e curar os outros, Ele lhes disse: “…Vinde repousar um pouco, à parte, num lugar deserto…” (v.31). Mas uma grande multidão os seguiu, de modo que Jesus ensinou-lhes e os sustentou com apenas cinco pães e dois peixes (vv.32-44). Quando todo mundo tinha ido embora, Jesus “subiu ao monte para orar” (v.46).

Se a nossa vida é definida pelo trabalho, então o que fazemos se torna cada vez menos eficaz. Jesus nos convida a segui-lo, regularmente, a um lugar tranquilo para orar e descansar um pouco.

Em nossa vida de fé e serviço, 
o descanso é tão importante quanto o trabalho. David C. McCasland“

—  pão_diário_é_só_noticias_boas

„O gênio do ferro-velho


Ele retrucou: Se é pecador, não sei; uma coisa sei: 
eu era cego 
e agora vejo. v.25


Noah Purifoy começou o seu trabalho como artista “montador” com 3 toneladas de escombros recuperados a partir dos motins de 1965 na área de Watts, em 
Los Angeles, EUA. De rodas de bicicletas quebradas e bolas de boliche para pneus descartados e TV danificadas a 
produtos já inutilizáveis, ele e um colega criaram esculturas que transmitiam poderosa mensagem sobre pessoas sendo tratadas como “descartáveis” na sociedade moderna. Um jornalista referiu-se a ele como “o gênio do ferro-velho”.

No tempo de Jesus, muitas pessoas com doenças e problemas físicos eram consideradas como pecadores que estavam sendo punidos por Deus. Essas pessoas eram evitadas e ignoradas. Mas quando Jesus e Seus discípulos encontraram um homem cego de nascença, o Senhor disse que a condição física dele não era resultado do pecado, mas sim, uma ocasião para revelar o poder de Deus. “Enquanto estou no mundo, sou a luz do mundo” (João 9:5). Quando o cego seguiu as instruções de Jesus, ele pôde ver.

Quando as autoridades religiosas questionaram esse homem cego, ele respondeu simplesmente: “…uma coisa sei: eu era cego, mas agora vejo” (v.25).

Jesus ainda é o maior “gênio do ferro-velho” em nosso mundo. Estamos todos danificados pelo pecado, mas Ele toma a nossa vida despedaçada e molda-a em Suas mãos.

Jesus é o restaurador 
de nossa vida. David C. McCasland“

—  pão_diário_é_só_noticias_boas

„Provado e purificado


…se ele me provasse, sairia eu como o ouro. v.10


Durante uma entrevista, a cantora e compositora Meredith Andrews falou sobre sentir-se oprimida, enquanto tentava equilibrar o evangelismo, trabalho criativo, casamento e maternidade. Refletindo sobre suas angústias, disse: “Senti-me como se Deus estivesse me depurando, algo semelhante ao processo de esmagamento.”

Jó sentiu-se subjugado após perder o seu sustento, saúde e família. Pior ainda, embora ele adorasse a Deus diariamente, sentiu que o Senhor ignorava os seus pedidos de ajuda. Deus parecia ausente do cenário de sua vida. Jó alegou que não podia ver Deus mesmo que olhasse para o norte, sul, leste ou oeste (vv.2-9).

Em meio ao desespero, Jó teve um momento de clareza. Sua fé ressurgiu como uma vela a iluminar um quarto escuro, e disse: 
“…ele sabe o meu caminho; se ele me provasse, sairia eu como o ouro” (v.10). Os cristãos são provados e purificados quando Deus usa as dificuldades para destruir a nossa autoconfiança, orgulho e sabedoria terrena. Parece como se Deus estivesse em silêncio durante este processo e não respondendo aos nossos pedidos de ajuda. No entanto, Ele pode estar nos dando uma oportunidade para fortalecer a nossa fé.

A dor e os problemas podem produzir o caráter sólido como a rocha, que é a consequência de confiar em Deus quando a vida é difícil.

Quando a nossa fé é testada, 
esse pode ser o momento para fortalecê-la. Jennifer Benson Schuldt“

—  pão_diário_é_só_noticias_boas

„Em todas as circunstâncias


Em tudo, dai graças, porque esta é a vontade de Deus em Cristo Jesus para convosco. v.18


Em nosso bairro, reclamamos muito sobre as constantes quedas de energia. Elas podem ocorrer até três vezes numa semana e duram até 24 horas, mergulhando o bairro na escuridão. É difícil suportar esse inconveniente quando não podemos usar os aparelhos domésticos básicos.

Nossa vizinha, que é cristã, muitas vezes pergunta: “Isso é algo pelo qual devemos agradecer a Deus?” Ela está se referindo a 1 Tessalonicenses 5:18: “Em tudo, dai graças, porque esta é a vontade de Deus em Cristo Jesus para convosco.” Nós sempre dizemos: “Sim, claro, damos graças a Deus em todas as coisas.” Mas essa maneira tímida de dizermos é negada pela nossa reclamação cada vez que a energia é interrompida.

Certo dia, porém, a nossa crença de que devemos agradecer a Deus em todas as circunstâncias assumiu um novo significado. Voltei do trabalho para encontrar nossa vizinha visivelmente abalada, dizendo: “Graças a Deus que faltou energia. Minha casa teria queimado e minha família e eu teríamos perecido!”

Um caminhão de coleta de lixo tinha atingido o poste de eletricidade na frente de sua casa e derrubado os cabos de alta-tensão sobre várias casas. Se os cabos estivessem energizados, as mortes teriam sido inevitáveis.

As circunstâncias difíceis que enfrentamos podem dificultar a nossa gratidão. Podemos ser gratos ao nosso Deus, que vê em cada situação uma oportunidade para que confiemos nele — quer vejamos ou não os Seus propósitos.

Pela graça de Deus 
podemos ser gratos em todas as coisas. Lawrence Darmani“

—  pão_diário_é_só_noticias_boas

„Qual é a ocasião?


Sei que tudo quanto Deus faz durará eternamente… v.14


Arthur, 4 anos, espiou para fora do capuz do seu moletom favorito deixando à vista o seu alegre rostinho. O capuz imitava uma cabeça de jacaré com mandíbulas de pelúcia que pareciam engolir a cabeça dele! Sua mamãe não aprovou o moletom escolhido. Ela queria causar uma boa impressão na visita que fariam a uma família que não viam há tempos.

Então ela lhe disse: “Esse moletom não é apropriado para a ocasião de hoje.”

“É sim!”, Arthur protestou prontamente.

“Sim, e que ocasião você acha que é?”, perguntou ela. Arthur respondeu: “Você sabe, mãe. Vida!” O garoto convenceu a sua mãe a deixar ele vestir o moletom que preferia!

Arthur já aprendeu o que lemos em Eclesiastes 3:12: “…nada há melhor para o homem do que regozijar-se e levar vida regalada”. Esse livro pode parecer deprimente e muitas vezes é incompreendido porque foi escrito a partir de uma perspectiva humana, não divina. O escritor, o rei Salomão, perguntou: “Que proveito tem o trabalhador naquilo com que se afadiga” (v.9)? No entanto, nele vislumbramos a esperança, pois ele também escreveu: “…é dom de Deus que possa o homem comer, beber e desfrutar o bem de todo o seu trabalho” (v.13).

Nós servimos a um Deus que nos dá boas coisas para desfrutar. Tudo o que Ele faz “durará eternamente” (v.14). À medida que o reconhecemos e seguimos os Seus ensinos de amor, Ele incute e inspira em nós o Seu propósito, significado e alegria de viver.

O Senhor, que o criou, 
quer ser o centro de sua vida. Tim Gustafson“

—  pão_diário_é_só_noticias_boas

„Nada falta


Deus pode fazer-vos abundar […] a fim de que […] superabundeis em toda boa obra. 2 Coríntios 9:8


Imagine fazer uma viagem sem bagagem. Sem necessidades básicas. Sem trocas de roupa. Sem dinheiro ou cartões de crédito. Soa insensato e aterrorizante, não?

Mas foi exatamente isso o que Jesus disse aos Seus doze discípulos para fazerem quando os enviou em sua primeira missão de pregar e curar. “Ordenou-lhes que nada levassem para o caminho, exceto um bordão; nem pão, nem alforje, nem dinheiro; que fossem calçados de sandálias e não usassem duas túnicas” (Marcos 6:8,9).

Contudo, mais adiante, quando os estava preparando para o seu trabalho após Ele partir, Jesus disse aos Seus discípulos: “…Quem tem bolsa, tome-a, como também o alforje; e o que não tem espada, venda a sua capa e compre uma” (Lucas 22:36). Então, qual é a questão aqui? Trata-se de confiar em que Deus proverá.

Referindo-se à primeira viagem, Jesus perguntou aos discípulos: “…Quando vos mandei sem bolsa, sem alforje e sem sandálias, faltou-vos, porventura, alguma coisa?…”. E eles responderam: “…Nada…” (v.35). Os discípulos tiveram tudo o que precisaram para realizar o que Deus os havia chamado a fazer. Ele foi capaz de supri-los com o poder de fazer a Sua obra (Marcos 6:7).

Será que nós confiamos que Deus suprirá as nossas necessidades? Estamos também assumindo responsabilidade pessoal e planejamento? Tenhamos fé de que Ele nos dará o que precisarmos para realizar a Sua obra.

A vontade de Deus feita ao Seu modo nunca deixará de receber a 
Sua provisão. Hudson Taylor, fundador da Missão do interior da China Poh Fang Chia“

—  pão_diário_é_só_noticias_boas

„Longas sombras


…o Senhor é bom, a sua misericórdia dura […] de geração em geração… v.5


Vários anos atrás, minha mulher e eu ficamos em uma pousada rústica num local remoto na Inglaterra. Estávamos lá com quatro outros casais ingleses, que não conhecíamos anteriormente. Sentados na sala de estar para um cafezinho após o jantar, a conversa se voltou para ocupações, com a pergunta “O que você faz?”. Na época, eu era o presidente do Instituto Bíblico Moody em Chicago, EUA. Presumi que ninguém ali sabia algo sobre esse Instituto ou seu fundador, D. L. Moody. Quando mencionei o nome da escola, a reação deles foi imediata e surpreendente. “De Moody e Sankey… esse Moody?” Outro hóspede acrescentou: “Temos um hinário Sankey e, frequentemente, nossa família se reúne em torno do piano para cantar canções dele.” Fiquei surpreso! O evangelista Dwight Moody e seu músico Ira Sankey tinham feito reuniões nas Ilhas Britânicas há mais de 120 anos e ainda se podia sentir a influência deles ali.

Naquela noite, saí da sala pensando nas maneiras como a nossa vida pode lançar longas sombras de influência para Deus — a influência de uma mãe que ora sobre os seus filhos, as palavras de incentivo de um colega de trabalho, o apoio e o desafio de um professor ou mentor, as palavras amorosas, mas corretivas, de um amigo. É um grande privilégio desempenhar um papel na maravilhosa promessa de que “…a sua misericórdia dura […] de geração em geração…” (SALMO 100:5).

Somente o que é feito por Cristo permanece. Joe Stowell“

—  pão_diário_é_só_noticias_boas

„O vale da bênção


Se algum mal nos sobrevier, […] clamaremos a ti na nossa angústia, e tu nos ouvirás… v.9


O artista francês Henri Matisse sentiu que o trabalho de seus últimos anos de vida o representava melhor. Naquele tempo, ele experimentou um novo estilo, criando imagens coloridas e grandes, com papel em vez de tinta. Ele decorou as paredes de seu quarto com essas imagens brilhantes. Para ele, isso foi importante, pois fora diagnosticado com câncer e, frequentemente, estava confinado à sua cama.

Adoecer, perder o emprego ou sofrer desgosto são exemplos do que alguns chamam “estar no vale”, onde o temor ofusca todo o restante. O povo de Judá vivenciou isso ao saber que um exército invasor se aproximava (2 Crônicas 20:2-3.). Seu rei orou: “Se algum mal nos sobrevier, […] clamaremos a ti na nossa angústia, e tu nos ouvirás…” (v.9). Deus respondeu: “…amanhã, saí-lhes ao encontro, porque o Senhor é convosco” (v.17).

Quando o exército de Judá chegou ao campo de batalha, seus inimigos já haviam destruído um ao outro. O povo de Deus passou três dias recolhendo os equipamentos, roupas e objetos de valor abandonados. Antes de saírem, eles se reuniram para louvar a Deus e chamaram ao lugar “vale de Beraca”, que significa “bênção”.

Deus caminha ao nosso lado quando atravessamos os vales mais profundos de nossa vida. E Ele pode nos fazer descobrir bênçãos nesses vales.

Deus é mestre em transformar 
fardos em bênçãos. Jennifer Benson Schuldt“

—  pão_diário_é_só_noticias_boas

„Perdendo para encontrar


…quem […] perde a vida por minha causa achá-la-á. v.39


Quando casei com meu noivo inglês e me mudei para o Reino Unido, pensei que seria uma aventura de 5 anos em uma terra estrangeira. Nunca sonhei que ainda estaria vivendo aqui quase 20 anos depois ou que, às vezes, sentiria que estava perdendo minha vida ao dizer adeus à família, amigos, trabalho e tudo que me era familiar. Entretanto, ao perder meu antigo estilo de vida, encontrei um melhor.

Jesus prometeu o dom contraditório aos Seus apóstolos: encontrar a vida quando a perdemos. Quando Ele enviou os doze discípulos para compartilharem as Suas boas-novas, Ele lhes pediu para que o amassem mais do que a suas mães ou pais, filhos ou filhas (Mateus 10:37). Suas palavras chegaram a uma cultura em que as famílias eram a pedra angular da sociedade e altamente valorizadas. Mas Ele prometeu que, se eles se dispusessem a perder a vida por Sua causa, eles a encontrariam (v.39).

Não temos de nos mudar para o exterior para nos encontrarmos em Cristo. Por meio de serviço e comprometimento, como ocorreu com os discípulos que saíram para compartilhar as boas notícias do reino de Deus, encontramo-nos recebendo mais do que damos por meio do amor abundante que o Senhor derrama sobre nós. É claro que Ele nos ama independentemente do quanto o servimos, e encontramos contentamento, significado e satisfação quando nos dedicamos ao bem-estar dos outros.

Toda perda deixa um espaço que pode ser preenchido 
com a presença de Deus. Amy Boucher Pye“

—  pão_diário_é_só_noticias_boas

„Perdoado!


Ando errante como ovelha desgarrada; procura o teu servo… Salmo 119:176


Um de meus amigos, às vezes, tinha uma surpresa para sua família quando chegava a casa, vindo do seu trabalho. Ele passava pela porta da frente e gritava: “Você está perdoado!” Não era porque os membros da família o tivessem ofendido e precisassem de seu perdão. Ele estava lhes lembrando que, embora sem dúvida tivessem pecado ao longo do dia, tinham sido totalmente perdoados pela graça de Deus.

O apóstolo João nos fornece estas palavras a respeito da graça: “Se, porém, andarmos na luz, como ele está na luz, mantemos comunhão uns com os outros, e o sangue de Jesus, seu Filho, nos purifica de todo pecado. Se dissermos que não temos pecado nenhum, a nós mesmos nos enganamos, e a verdade não está em nós. Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda injustiça” (1 João 1:7-9).

“Andar na luz” é uma metáfora que significa seguir a Jesus: insiste João, imitar Jesus com a ajuda do Espírito significa que nos unimos aos apóstolos na comunhão da fé. Somos cristãos autênticos. Mas, ele prossegue, não vamos nos enganar: às vezes fazemos escolhas erradas. No entanto, a graça é concedida sem medida, e podemos usufruir do perdão que precisamos.

A boa palavra para hoje é: Somos imperfeitos; porém somos perdoados por Jesus!

Monitore o seu coração diariamente 
para evitar afastar-se da sabedoria de Deus. David H. Roper“

—  pão_diário_é_só_noticias_boas

„Construindo a comunidade


…os gentios são coerdeiros, membros do mesmo corpo e coparticipantes da promessa em Cristo Jesus… 3:6


Henri Nouwen, teólogo, diz que “comunidade” é o lugar onde a pessoa com quem você menos quer estar, vive. Muitas vezes nos cercamos com as pessoas com quem mais queremos conviver, e formamos um clube ou turma, não uma comunidade. Qualquer um pode formar um clube; mas é preciso ação, visão comum e trabalho árduo para formar uma comunidade.

A Igreja Cristã foi a primeira instituição na história a reunir em pé de igualdade judeus e gentios, homens e mulheres, escravos e livres. O apóstolo Paulo foi eloquente sobre este “mistério, desde os séculos, oculto em Deus”. Ao formar uma comunidade de diversos membros, Paulo disse que temos a oportunidade de captar a atenção do mundo e até do mundo sobrenatural (vv.9,10).

Em alguns aspectos, a igreja infelizmente falhou nesta tarefa. Ainda assim, ela é o único lugar que vou que reúne gerações: crianças ainda nos braços de suas mães, outras que se contorcem e riem nas horas que não devem, adultos responsáveis que sabem agir adequadamente em todos os momentos e os que dormem se a explanação do pastor for muito longa.

Se quisermos a experiência comunitária que Deus nos oferece, temos razão em procurar uma congregação de pessoas que não sejam “como nós”.

O homem que vive numa pequena comunidade 
vive num mundo muito maior. G. K. Chesterton Philip Yancey“

—  pão_diário_é_só_noticias_boas

„Tempo para tudo


Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo propósito debaixo do céu. v.1


Ao voar recentemente, observei uma mãe e seus filhos algumas fileiras à minha frente. Enquanto a criança jogava contente, a mãe olhava para os olhos de seu recém-nascido, sorrindo para ele e acariciando sua bochecha. O bebê olhou para trás com espanto e de olhos arregalados. Gostei daquele momento sentindo um toque de melancolia, pensando em meus próprios filhos naquela idade e no tempo que já tinha passado por mim.

Refleti sobre as palavras do rei Salomão em Eclesiastes sobre “…todo propósito debaixo do céu” (v.1). Mencionando uma série de opostos, ele diz que há um tempo para tudo (v.1): “…há tempo de nascer e tempo de morrer; tempo de plantar e tempo de arrancar…” (v.2). Talvez, nesses versículos, o rei Salomão se desespere com o que vê como um ciclo de vida sem sentido. Mas ele também reconhece o papel de Deus em cada estação, e que o nosso trabalho é “dom de Deus” (v.13) e que “tudo quanto Deus faz durará eternamente” (v.14).

Podemos lembrar momentos em nossa vida com saudades, como eu relembrando os meus filhos como bebês. Sabemos, porém, que o Senhor promete estar conosco em todas as épocas de nossa jornada (Isaías 41:10). Podemos contar com a Sua presença e descobrir que o nosso propósito é andar com Ele.

Deus nos concede as estações de nossa vida 
e promete estar conosco. Amy Boucher Pye“

—  pão_diário_é_só_noticias_boas

„Você está sendo preparado?


…O Senhor me livrou das garras do leão e das do urso; ele me livrará… v.37


Trabalhei em um restaurante de fast-food quando cursava o Ensino Médio. Alguns aspectos do trabalho eram difíceis. Os clientes verbalizavam a sua raiva, e eu me desculpava pela fatia indesejada de queijo no sanduíche que eu não preparara. Ao sair dali, fui trabalhar em minha universidade. Meus empregadores estavam mais interessados em minha experiência na lanchonete do que em meus conhecimentos de informática. Interessava-lhes como eu lidava com as pessoas. Aquela experiência desagradável preparou-me para um trabalho melhor!

O jovem Davi perseverou numa experiência que poderíamos chamar de desagradável. Quando Israel foi desafiado a enviar alguém para combater Golias, ninguém foi corajoso o suficiente para aceitar a tarefa. Ninguém, a não ser Davi. O rei Saul relutou em enviá-lo para lutar, mas Davi explicou que, como pastor, ele tinha lutado e matado um leão e um urso por causa das ovelhas (1 Samuel 17:34-36). Cheio de confiança, ele declarou: “…O Senhor me livrou das garras do leão e das do urso; ele me livrará das mãos deste filisteu…” (v.37).

Ser um pastor de ovelhas não trouxe muito respeito a Davi, mas o preparou para combater Golias e o jovem acabou se tornando o maior rei de Israel. Quem sabe estejamos enfrentando circunstâncias difíceis, mas por meio delas, talvez Deus esteja nos preparando para algo maior!

Deus usa as circunstâncias atuais 
para nos preparar para o futuro. Joe Stowell“

—  pão_diário_é_só_noticias_boas

„Um dia para descansar


Seis dias farás a tua obra, mas, ao sétimo dia, descansarás… v.12


Certo domingo, fiquei em pé junto à corrente de água borbulhante que atravessa a nossa comunidade, deliciando-me com a beleza que ela traz para a nossa área. Senti-me relaxar enquanto observava a pequena cascata e ouvia os pássaros cantando. Fiz uma pausa para dar graças ao Senhor pela maneira como Ele nos ajuda a encontrar o descanso para nossa alma.

O Senhor instituiu o sábado: um dia para o descanso e renovação para o Seu povo no antigo Oriente, pois queria que eles prosperassem. Como vemos no livro de Êxodo, Ele lhes diz para semear seus campos por seis anos e descansar no sétimo. Assim também com o trabalho em seis dias e descanso no sétimo. Seu modo de vida distinguiu os israelitas de outras nações, pois não só eles, mas também os estrangeiros e escravos em suas casas foram autorizados a seguir este padrão.

Podemos nos aproximar do nosso dia de descanso com expectativa e criatividade, acolhendo a oportunidade de adorar e de fazer algo que alimenta a nossa alma, o que varia de acordo com nossas preferências. Alguns gostariam de jogar, outros de fazer jardinagem, compartilhar uma refeição com amigos e família; tirar uma soneca à tarde.

Como podemos redescobrir a beleza e a riqueza de separar um dia para o descanso, se isso estiver faltando em nossa vida?

Em nossa fé e serviço, o descanso 
é tão importante quanto o trabalho.
Amy Boucher Pye“

—  pão_diário_é_só_noticias_boas

„O bem supremo


…Sim, deveras considero tudo como perda, por causa da sublimidade do conhecimento de Cristo Jesus… v.8


Cresci na Jamaica, e meus pais criaram minha irmã e eu para sermos “pessoas boas”. Em casa, bom significava obedecer aos pais, falar a verdade, ir bem na escola, no trabalho e ir à igreja pelo menos na Páscoa e no Natal. Imagino que esta definição de ser boa pessoa seja familiar para muitos, independentemente da cultura. Na verdade, Paulo, em Filipenses 3, usou a definição de ser bom em sua cultura para destacar algo maior.

Paulo, sendo um devoto judeu do primeiro século, seguiu a lei moral de sua cultura ao pé da letra. Ele nasceu na família “certa”, tinha a educação “certa” e praticava a religião “certa”. Era o verdadeiro em termos de ser uma boa pessoa de acordo com o costume judaico. No versículo 4, Paulo escreve que se ele quisesse, poderia se vangloriar de toda a sua bondade. Mas, sendo bom como era, Paulo disse aos seus leitores (e a nós) que há algo mais do que ser bom. Ele sabia que ser apenas bom, não era o mesmo que agradar a Deus.

Paulo escreve nos vv.7,8 que agradar a Deus, envolve conhecer a Jesus. Paulo considerava a sua própria bondade como “lixo” quando comparado com “o valor supremo de conhecer a Cristo Jesus”. Somos bons — e agradamos a Deus — quando a nossa esperança e fé estão em Cristo, e não em nossa bondade.

Somos bons e agradamos a Deus quando nossa esperança e fé 
estão somente em Cristo, não em nossa bondade. Kevin Williams“

—  pão_diário_é_só_noticias_boas

„Livre-se do pecado


…já não serei convosco, se não eliminardes do vosso meio a coisa roubada. v.12


O prazo de entrega de texto pairava sobre mim, e a discussão com o meu marido ainda girava em minha mente. Olhei para o cursor piscando, as pontas dos dedos no teclado. Ele também estava errado, Senhor.

A tela do computador ficou preta e franzi os cenhos. Não reconhecer meus erros estava mais do que dificultando o meu trabalho. Estava prejudicando o meu relacionamento com meu marido e meu Deus.

Peguei o celular, engoli o orgulho e pedi perdão. Saboreei a reconciliação quando o meu cônjuge se desculpou também, agradeci a Deus e terminei o artigo que devia, em tempo.

Os israelitas experimentaram a dor do pecado pessoal e a alegria da restauração. Josué advertiu o povo de Deus para não se enriquecerem na batalha de Jericó (Josué 6:18), mas Acã roubou os itens capturados e os escondeu em sua tenda (7:1). Somente após seu pecado ser exposto e tratado (vv.4-12), a nação reconciliou-se com seu Deus.

Como Acã, nem sempre reconhecemos como o fato de “esconder o pecado em nossa tenda” desvia o nosso coração de Deus e afeta os que nos rodeiam. Reconhecer Jesus como Senhor, admitir nosso pecado e buscar o perdão é a base para os relacionamentos saudáveis e fiéis com Deus e com os outros. Submetendo-nos diariamente ao nosso Criador e Sustentador, podemos servi-lo e desfrutar da Sua presença — juntos.

Deus pode purificar o nosso coração do pecado 
que destrói nossa intimidade com Ele e com os outros. Xochitl Dixon“

—  pão_diário_é_só_noticias_boas

„Tomando atalhos


…Se alguém quer vir após mim, a si mesmo se negue, dia a dia tome a sua cruz e siga-me. v.23


Sorvendo o chá, Nancy olhou para fora da janela da amiga e suspirou. As chuvas da primavera e a luz do sol estimulavam as cores exuberantes dos lírios, flores de íris, phlox e prímulas.

“Eu quero essa vista”, disse com melancolia, “sem todo o trabalho.”

Alguns atalhos são bons e até práticos. Outros, curto-circuitam o nosso espírito e nos enfraquecem. Queremos o romance sem as dificuldades de nos comprometermos com alguém tão diferente de nós mesmos. Queremos “grandeza” sem os riscos e fracassos necessários na aventura da vida real. Desejamos agradar a Deus, apenas quando isso não nos incomoda.

Jesus deixou claro aos Seus seguidores que não há atalho que evite a difícil escolha de entregarmos a nossa vida a Ele. E advertiu um futuro discípulo: “…Ninguém que, tendo posto a mão no arado, olha para trás é apto para o reino de Deus” (Lucas 9:62). Seguir a Cristo exige uma alteração radical de nossas lealdades.

Quando nos voltamos em fé a Jesus, o trabalho apenas começa. Mas isso vale muito a pena, pois Ele também nos disse que quem se sacrificar “…por amor de mim e por amor do evangelho…” receberá “…já no presente, o cêntuplo […] e no mundo por vir, a vida eterna” (Marcos 10:29,30). O seguir a Cristo é um desafio, mas Ele nos concedeu o Seu Espírito e a recompensa é a vida plena e alegre agora e para sempre.

A maioria das coisas 
que vale a pena fazer são difíceis. Tim Gustafson“

—  pão_diário_é_só_noticias_boas

„Orações de cinco dedos


…orai uns pelos outros… v.16


A oração é uma conversa com Deus, não uma fórmula. No entanto, às vezes precisamos usar um “método” para revigorar o nosso tempo de oração. Podemos orar os Salmos ou outras Escrituras, como a Oração do Senhor, ou ainda usar o método ACGS (Adoração, Confissão, Gratidão e Súplica). Recentemente, aprendi e me deparei com esta “Oração de Cinco Dedos” para usar como um guia, quando orar por outras pessoas:

• Ao dobrar as mãos, o polegar está mais próximo de você. Então, comece orando por aqueles que lhe são mais próximos, seus entes queridos (Filipenses 1:3-5).

• O indicador é o ponteiro. Ore por aqueles que ensinam, professores de ensino bíblico, pregadores e os que ensinam as crianças (1 Tessalonicenses 5:25).

• O dedo seguinte é o médio. Ele o lembra a orar por aqueles com autoridade sobre você, líderes nacionais e locais, e seu supervisor no trabalho (1 Timóteo 2:1,2).

• O quarto dedo anelar é geralmente o mais fraco. Ore por aqueles que estão em apuros ou sofrendo (Tiago 5: 13,16).

• Então vem seu dedo mindinho. Lembra-o de sua pequenez em relação à grandeza de Deus. Peça-lhe para suprir as suas necessidades (Filipenses 4:6,19).

Seja qual for o método utilizado, apenas fale com seu Pai. Ele quer ouvir o que está em seu coração.

Não são as palavras que oramos que importam; 
é a condição de nosso coração. Anne Cetas“

—  pão_diário_é_só_noticias_boas

„Razão para sorrir


Consolai-vos, pois, uns aos outros e edificai-vos reciprocamente, como também estais fazendo. v.11


No local de trabalho, as palavras de encorajamento são importantes. Como os funcionários conversam entre si influencia na satisfação do cliente, nos lucros da empresa e na valorização dos colegas de trabalho. Estudos mostram que os membros dos grupos de trabalho mais eficazes afirmam um ao outro seis vezes mais do que desaprovam, discordam ou são sarcásticos. Equipes menos produtivas tendem a usar quase três comentários negativos para cada palavra útil.

Paulo aprendeu na prática o valor das palavras na formação de relacionamentos e resultados. Antes de encontrar Cristo no caminho de Damasco, suas palavras e ações aterrorizavam os seguidores de Jesus. Mas ao escrever aos tessalonicenses, ele já tinha se tornado um grande encorajador devido à obra de Deus em seu coração. Com seu exemplo, exortou seus leitores a animar uns aos outros. Embora tenha sido cuidadoso em evitar a lisonja, mostrou como apoiar os outros e refletir o Espírito de Cristo.

Paulo os lembrou de onde vem o encorajamento. Ele viu que confiar-nos a Deus, que nos amou o suficiente para morrer por nós, nos dá razão para confortar, perdoar, inspirar e desafiar amorosamente uns aos outros (1 Tessalonicenses 5:10,11).

Paulo nos mostra que encorajar uns aos outros é uma forma de ajudar a provar a paciência e a bondade de Deus.

O que poderia ser melhor do que trabalhar 
para despertar o melhor das pessoas? Mart De Haan“

—  pão_diário_é_só_noticias_boas

„Dirigido por Deus


…incline o nosso coração, para andarmos em todos os seus caminhos e guardarmos os seus mandamentos… v.58


Recebi um e-mail convidando-me a juntar-me a uma comunidade de “pessoas motivadas”. Decidi procurar o significado dessa palavra e aprendi que uma pessoa motivada é alguém que trabalha duro para conseguir seus objetivos.

É bom ser uma pessoa motivada? Há um teste que nunca falha: “fazei tudo para a glória de Deus” (1 Coríntios 10:31). Muitas vezes fazemos coisas por motivações próprias. Depois do dilúvio nos dias de Noé, um grupo de pessoas decidiu construir uma torre para tornar “célebre o nosso nome” (Gênesis 11:4). Eles queriam ser famosos e evitar de espalhar-se por todo o mundo. Não fizeram isso pela glória de Deus, e por isso, foram erroneamente conduzidos.

Em contraste, quando o rei Salomão dedicou a arca da aliança e o Templo recém-construído, disse: “…edifiquei a casa ao nome do Senhor” (1 Reis 8:20). Em seguida, orou: “…a fim de que a si incline o nosso coração, para andarmos em todos os seus caminhos e guardarmos os seus mandamentos…” (v.58).

Quando o nosso maior desejo é trazer glória a Deus e andar em obediência, nos tornamos pessoas impulsionadas e motivadas que buscam amar e servir a Jesus no poder do Espírito. Que a nossa oração ecoe a de Salomão. Que “Seja perfeito o vosso coração para com o Senhor, nosso Deus, para andardes nos seus estatutos e guardardes os seus mandamentos” (v.61).

Faça tudo para a glória de Deus. Keila Ochoa“

—  pão_diário_é_só_noticias_boas

„Tempo juntos


Agrada-se o Senhor dos que o temem e dos que esperam na sua misericórdia. v.11


Quando voltávamos do casamento de um membro da família, minha mãe me perguntou pela terceira vez o que era novo no meu trabalho. Repeti alguns detalhes como se estivesse lhe contando pela primeira vez, enquanto me perguntava o que poderia tornar minhas palavras mais lembradas. Minha mãe tem a doença de Alzheimer, a qual destrói progressivamente a memória, e afeta negativamente o comportamento e, eventualmente, leva à perda de fala e outras habilidades.

Sofro, mas estou grata por ela ainda estar aqui e podermos passar tempo juntas, e conversar. Emociono-me sempre que vou vê-la, ela se ilumina de alegria e exclama: “Alyson, que surpresa agradável!” Nós gostamos da companhia uma da outra; e mesmo nos silêncios quando as palavras lhe escapam, temos comunhão.

Talvez esta seja uma pequena demonstração sobre o nosso relacionamento com Deus. As Escrituras nos dizem: “Agrada-se o Senhor dos que o temem e dos que esperam na sua misericórdia” (v.11). Deus chama de filhos aos que creem em Jesus como Salvador (João 1:12). E embora possamos fazer as mesmas solicitações uma e outra vez ou nos faltem palavras, o Senhor é paciente conosco, porque temos um relacionamento pessoal com Ele. O Senhor sente-se feliz quando oramos a Ele — mesmo quando as palavras nos escapam.

Deus se deleita em nos ouvir! Alyson Kieda“

—  pão_diário_é_só_noticias_boas

„Ritmos da graça


Tomai sobre vós o meu jugo e aprendei de mim, porque sou manso e humilde de coração… v.29


Um amigo e sua esposa, entrando em seus 90 anos e casados há 66 anos, escreveram a história da família para os seus filhos, netos e gerações vindouras. O capítulo final contém “Uma carta de mamãe e papai”, com importantes lições de vida que eles aprenderam. Uma delas me fez parar e fazer um inventário de minha própria vida: “Se você achar que o cristianismo o esgota, drenando sua energia, então você está praticando a religião ao invés de desfrutar de um relacionamento com Jesus Cristo. Sua caminhada com o Senhor não o deixará cansado; vai revigorá-lo, restaurar sua força e energizar sua vida” (vv.28,29).

A paráfrase de Eugene Peterson do convite de Jesus nesta passagem começa: “Você está cansado? Esgotado? Exausto por causa da religião? Caminhe e trabalhe comigo. Aprenda sobre ritmos da graça ilimitada” (MSN).

Quando penso que servir a Deus depende de mim, começo a trabalhar para Ele em vez de andar com Ele. Há uma diferença vital. Se eu não estiver andando com Cristo, meu espírito se torna seco e quebradiço. As pessoas são aborrecimentos, não seres humanos criados à imagem de Deus. Nada parece certo.

Quando sinto que estou praticando a religião em vez de desfrutar de um relacionamento com Jesus, é hora de desvencilhar-me do fardo e caminhar com Ele em seus “ritmos da graça ilimitada”.

Jesus deseja que andemos com Ele. David C. McCasland“

—  pão_diário_é_só_noticias_boas

„Nada é inútil


…sempre abundantes na obra do Senhor, sabendo que, no Senhor, o vosso trabalho não é vão. v.58


Em meu terceiro ano lutando contra o desânimo e a depressão causada pela limitação dos movimentos e dor crônica, confiei a uma amiga: “Meu corpo está caindo aos pedaços, e sinto que não tenho nada de valor para oferecer a Deus ou a qualquer outra pessoa.”

As mãos dela descansaram sobre as minhas. “Você quer dizer que não faz diferença quando eu a cumprimento com um sorriso ou a ouço? Quer dizer que é inútil quando oro por você ou ofereço uma palavra amável?” Sentei-me em minha poltrona, e disse: “Claro que não.”

Ela franziu o cenho. “Então por que você está dizendo a si mesmo aquelas mentiras? Você faz todas essas coisas para mim e para os outros.” Agradeci a Deus porque nada do que fazemos por Ele é inútil.

Em 1 Coríntios 15, Paulo nos assegura de que o nosso corpo pode estar fraco agora, mas seremos “ressuscitados em poder” (v.43). Porque Deus promete que seremos ressuscitados por meio de Cristo, podemos confiar que Ele usará todas as oferendas, todos os pequenos esforços feitos por Ele, para fazer a diferença em Seu reino (v.58).

Se estivermos fisicamente debilitados, um sorriso, uma palavra de encorajamento, uma oração ou demonstração de fé durante a nossa provação pode ser usado para ministrar ao Corpo de Cristo, diverso e interdependente. Quando servimos ao Senhor, nenhum ato de amor é demasiado servil.

Faça o que puder com o que tiver 
e deixe os resultados com Deus. Xochitl Dixon“

—  pão_diário_é_só_noticias_boas

„Encontrando Wally


…o eunuco disse a Filipe: Peço-te que me expliques a quem se refere o profeta. Fala de si mesmo ou de algum outro? v.34


Wally é a estrela do livro “Onde está Wally?”, um best-seller infantil. Wally se esconde nos cenários das páginas, convidando as crianças a encontrá-lo. Os pais gostam de ver a alegria de seus filhos quando o encontram.

Estêvão foi um diácono na Igreja Primitiva que foi apedrejado e morreu por proclamar Cristo (Atos 7). Nessa ocasião muitos cristãos fugiram de Jerusalém. Outro diácono, Filipe, seguiu os cristãos que fugiram para Samaria, e lá proclamou Cristo e foi bem recebido (8:6). Estando lá, o Espírito Santo enviou Filipe numa missão especial para “a estrada do deserto”. Deve ter parecido um pedido estranho, pois sua pregação produzia frutos em Samaria. Imaginem a alegria de Felipe quando ele encontrou e ajudou o oficial da corte etíope a encontrar Jesus nas páginas do livro de Isaías (vv.26-40).

Muitas vezes temos a chance de ajudar os outros a “encontrar Jesus” nas Escrituras para que possam conhecê-lo melhor. Como um pai que testemunha a alegria da descoberta nos olhos de um filho e, como Filipe ajudando o etíope a encontrar Jesus, pode ser emocionante para nós testemunharmos momento igual com os que nos rodeiam. Estejamos preparados para compartilhar Cristo, como o Espírito nos guiar, seja para pessoas que conhecemos bem ou que encontramos apenas uma vez.

O maior trabalho que um cristão pode fazer 
é apresentar o seu amigo a Jesus Cristo. Randy Kilgore“

—  pão_diário_é_só_noticias_boas

„Defendendo Deus


A resposta branda desvia o furor, mas a palavra dura suscita a ira. Provérbios 15:1


Os adesivos contra Deus no vidro traseiro do carro chamaram a atenção de um professor universitário. Como ex-ateu, o professor pensou que talvez o proprietário quisesse que os cristãos sentissem raiva. “A raiva ajuda o ateu a justificar o seu ateísmo”, explicou. E advertiu: “Com muita frequência, o ateu obtém exatamente o que está procurando.”

Ao recordar sua própria jornada para a fé, este professor observou a preocupação de um amigo cristão que o convidara a considerar a verdade de Cristo. O sentimento de urgência de seu amigo foi transmitido sem qualquer traço de raiva. Ele nunca esqueceu o respeito e a graça genuína que recebera naquele dia.

Os cristãos muitas vezes se ofendem quando os outros rejeitam Jesus. Mas como Ele se sente sobre essa rejeição? Jesus constantemente enfrentava ameaças e ódio, mas jamais duvidou pessoalmente de Sua divindade. Uma vez, quando uma aldeia lhe recusou hospitalidade, Tiago e João queriam retaliação imediata: “Senhor, queres que mandemos descer fogo do céu para os consumir?” (Lucas 9:54). Jesus não queria isso, e Ele “voltando-se os repreendeu” (v.55). Afinal, “…Deus enviou o seu Filho ao mundo, não para que julgasse o mundo, mas para que o mundo fosse salvo por ele” (João 3:17).

Pode nos surpreender que Deus não precise de nós para defendê-lo. Ele quer que nós o representemos! Isso leva tempo, trabalho, autorrestrição e amor.

A melhor maneira de defender Jesus 
é viver como Ele. Tim Gustafson“

—  pão_diário_é_só_noticias_boas

„Cantando com Violeta


…tendo o desejo de partir e estar com Cristo, […] Mas, […] é mais necessário permanecer na carne. vv.23,24


Uma idosa chamada Violeta sentou-se em sua cama numa enfermaria jamaicana e sorriu quando alguns adolescentes pararam para visitá-la. O ar quente, pegajoso, do meio-dia entrou em seu aposento, mas ela não reclamou. Em vez disso, ela começou a buscar em sua mente uma canção para entoar. E um enorme sorriso surgiu ao cantar: “Estou correndo, pulando, saltando, louvando ao Senhor!” Enquanto cantava, balançava os braços para frente e para trás como se estivesse correndo. Lágrimas vieram aos que estavam ao seu redor, pois Violeta não tinha pernas. Ela estava cantando porque, ela mesmo disse, “Jesus me ama e no céu vou ter pernas para correr.”

A alegria de Violeta e a esperançosa antecipação do céu deram nova vitalidade às palavras de Paulo em Filipenses 1, quando ele se referiu às questões de vida e morte: “…se o viver na carne traz fruto para o meu trabalho, já não sei o que hei de escolher”, disse ele: “estou constrangido, tendo o desejo de partir e estar com Cristo, o que é incomparavelmente melhor” (vv.22,23).

Cada um de nós enfrenta tempos difíceis que podem nos fazer desejar a promessa de alívio celestial. Mas, como Violeta nos mostrou alegria apesar das circunstâncias atuais, nós também podemos continuar “correndo, saltando, louvando ao Senhor”, pela vida abundante que Ele nos dá aqui e pela suprema alegria que nos espera.

Quando Deus nos dá uma nova vida, 
encontramos a alegria infinita. Dave Branon“

—  pão_diário_é_só_noticias_boas

„Muito bom para não compartilhar


Este veio como testemunha para que testificasse a respeito da luz, a fim de todos virem a crer por intermédio dele. v.7


Durante o processo judicial, as testemunhas são mais do que observadores ou espectadores. Elas são participantes ativas que ajudam a determinar o resultado de um caso. O mesmo acontece com o nosso testemunho por Cristo. Devemos ser participantes ativos numa questão de importância absoluta — a verdade sobre a morte e ressurreição de Jesus.

Quando João Batista veio falar às pessoas sobre Jesus, a Luz do mundo, ele o fez declarando o seu conhecimento sobre Jesus. E João, o discípulo, registrou os acontecimentos e testificou sobre a sua experiência com Jesus: “…vimos a sua glória, glória como do unigênito do Pai” (João 1:14). O apóstolo Paulo esclareceria essa ideia quando disse ao jovem Timóteo: “E o que de minha parte ouviste através de muitas testemunhas, isso mesmo transmite a homens fiéis e também idôneos para instruir a outros” (2 Timóteo 2:2).

Todos os cristãos foram convocados para o tribunal do mundo. A Bíblia diz que não somos meros espectadores, mas participantes ativos. Testificamos a verdade sobre a morte e a ressurreição de Jesus. João Batista era a voz de alguém clamando no deserto. Nossas vozes podem ser ouvidas em nosso local de trabalho, bairro, igreja e entre nossa família e amigos. Podemos ser testemunhas ativas, dizendo-lhes sobre a realidade de Jesus em nossa vida.

O evangelho é bom demais 
para não o compartilharmos. Lawrence Darmani“

—  pão_diário_é_só_noticias_boas

„Não desista


E não nos cansemos de fazer o bem, porque a seu tempo ceifaremos, se não desfalecermos. v.9


Bob Foster, meu mentor e amigo há mais de 50 anos, nunca desistiu de mim. Sua amizade imutável e o encorajamento, mesmo durante meus momentos mais sombrios, ajudou-me a enfrentar minhas lutas.

Com frequência, estamos prontos a estender a mão e ajudar alguém que sabemos que está em grande necessidade. Mas quando não vemos melhoras imediatas, a nossa determinação pode enfraquecer e, eventualmente, desistimos. Descobrimos que aquilo que esperávamos acontecer de uma vez só, era um processo contínuo.

O apóstolo Paulo nos pede para sermos pacientes ao ajudar uns aos outros nos tropeços e lutas da vida. Quando ele escreve: “Levai as cargas uns dos outros e, assim, cumprireis a lei de Cristo” (Gálatas. 6:2), ele está comparando a nossa tarefa ao trabalho, ao tempo e à espera que leva para um fazendeiro ver a sua colheita.

Quanto tempo devemos continuar orando e ajudando aos que amamos? “…não nos cansemos de fazer o bem, porque a seu tempo ceifaremos, se não desfalecermos” (v.9). Quantas vezes devemos estender a mão aos outros? “…enquanto tivermos oportunidade, façamos o bem a todos, mas principalmente aos da família da fé” (v.10).

O Senhor nos encoraja a confiar nele hoje, a permanecer fiel aos outros, a continuar orando e a não desistir!

Deus “…é poderoso para fazer infinitamente mais do que 
tudo quanto pedimos ou pensamos…”. Efésios 3:20 David C. McCasland“

—  pão_diário_é_só_noticias_boas

Adolf Hitler photo

„Acredito hoje que estou agindo de acordo com o Criador Todo-Poderoso. Ao repelir os judeus estou lutando pelo trabalho do Senhor.“

—  Adolf Hitler militar, escritor, político e líder nazista alemão durante a Segunda Guerra Mundial 1889 - 1945

Discurso antes de Reichstag, 1936.
Atribuídas, sem confirmação documental confiável

Theodore Roosevelt photo
Albert Einstein photo
Bertolt Brecht photo

„Privatizaram sua vida, seu trabalho, sua hora de amar e seu direito de pensar. É da empresa privada o seu passo em frente, seu pão e seu salário. E agora não contente querem privatizar o conhecimento, a sabedoria, o pensamento, que só à humanidade pertence.“

—  Bertolt Brecht 1898 - 1956

no poema "Privatizado "
fontes; Em portugues tem duas obras que citam a frase:
4 x Brasil: itinerários da cultura brasileira - página 84 https://books.google.com.br/books?id=cvMrAAAAYAAJ&q=Privatizaram+sua+vida,+seu+trabalho,+sua+hora+de+amar+e+seu+direito+de+pensar.+%C3%89+da+empresa+privada+o+seu+passo+em+frente,+seu+p%C3%A3o+e+seu+sal%C3%A1rio.+E+agora+n%C3%A3o+contente+querem+privatizar+o+conhecimento,+a+sabedoria,+o+pensamento,+que+s%C3%B3+%C3%A0+humanidade+pertence&dq=Privatizaram+sua+vida,+seu+trabalho,+sua+hora+de+amar+e+seu+direito+de+pensar.+%C3%89+da+empresa+privada+o+seu+passo+em+frente,+seu+p%C3%A3o+e+seu+sal%C3%A1rio.+E+agora+n%C3%A3o+contente+querem+privatizar+o+conhecimento,+a+sabedoria,+o+pensamento,+que+s%C3%B3+%C3%A0+humanidade+pertence&hl=pt-BR&sa=X&ei=EB9fVd-DMIixggT-zIGICw&ved=0CCEQ6AEwAQ, Fernando Luis Schüler, Gunter Axt, Artes e Ofícios, 2005, ISBN 8574211273, 9788574211275, 270 páginas
Redação Oficial: conforme decreto no 4.176/28.3.2002 - página 221 https://books.google.com.br/books?id=6CiHEsl0zXYC&pg=PA221, EDWALDO CRUZ, Editora UFAL, 2008, ISBN 8571774005, 9788571774001, 280 páginas
Ver ainda http://web.onda.com.br/charlesb/citacao/Bertold_Brecht.htm
Atribuídas

Albert Einstein photo
Ben Carson photo

„Sempre dê o seu melhor e tente encontrar maneiras de fazer um trabalho ainda melhor.“

—  Ben Carson Neurocirurgião 1951

Do livro: Think Big (1996)

Gerson De Rodrigues photo

„O Duplo - Uma Alegoria Niilista

Sentado em seu quarto com a corda nas mãos, o filósofo exausto enfrentava seu lado obscuro.

Não suporto mais as dores que me afligem, aonde se escondem as motivações? Estariam elas enterradas junto ao tumulo de deus?

Disse o filósofo em um tom sereno, sozinho, naquele quarto abandonado, andando de um lado para o outro

― Então desista! O Que te impede de colocar a corda sobre o pescoço e se deleitar com a morte?

Diziam as vozes em sua mente

Cale-se!! Deve existir algum motivo, alguma razão, alguma circunstância para se viver. Algo tão solido, que as dores que afligem meu coração não me torne um escravo da melancolia

Gritou o filósofo arremessando a corda para longe

― Mas você não encontrou certo? Estas inexplicáveis dores te assombram desde a infância, e a muito tempo vem mentindo para si mesmo que isso ou aquilo é o que te mantem vivo. E agora? O que restou? Todos que você um dia amou não passam de cadáveres!

Disse a voz em um tom fino e calmo

Mas (…) eu ainda tenho os meus livros. O Que me diz sobre eles? Meus trabalhos serão lembrados para sempre! Um filósofo não é útil vivo…

Dizia o Filósofo enquanto pegava uma de suas obras nas mãos, sentindo orgulho de si mesmo.

A voz doce, fala calmamente em seu ouvido

― O Que é a filosofia? Se não aforismos da mente de um grupo de primatas na fração de um ponto. Não seja egoísta, nós dois sabemos que um dia toda a realização da humanidade irá desaparecer no tempo

Com esse pensamento aonde iremos? Se todos pensarmos assim, todo o conhecimento da humanidade irá parar no tempo, o que sugere? Pensas que tem a resposta para tudo? Acha que morrer é a solução?

Disse o filósofo encarando o espelho

― Eu? Eu não posso sugerir nada, não se esqueça que está sozinho, sempre esteve, e assim morrerá! Chegou ao ponto de delirar e discutir consigo mesmo! Ainda acha que um homem louco gritando sozinho em um quarto vazio merece viver? Se tudo que tem de valor em sua vida patética são livros, eu é que te pergunto…

O Que sugere?

Não há nenhuma sugestão, nenhuma forma de resolver isso, a não ser no leito de morte.

― Então continue, vá em frente, coloque as cordas sobre seu pescoço e desista!

O Filósofo caminha até o canto do quarto, pega a corda, e a coloca sobre o seu pescoço

― Você nunca foi nada, nunca poderá ser nada, e este é o seu destino, morrer como um nada!

Cale-se…

Disse o filósofo em voz baixa, enquanto ajeitava a corda em seu pescoço. Ele então caminha até o espelho e o encara por alguns minutos…

― Há um intrínseco Niilismo em nossas vidas…

Disse a voz em sua mente, de maneira tão suave que a própria escuridão o abraçou

Essa não é a nossa primeira discussão, e não será a última…

Disse o filósofo ainda encarando o espelho com a corda no pescoço

― Então a dor passou não é? Flertar com a morte sempre cura as mais profundas feridas.

Passou (…) agora sinto a melancolia preenchendo todo o meu ser

― Talvez, o grande significado por trás da vida humana, seja simplesmente alimentar os vermes em nosso leito de morte.

Parte em ser Niilista, é compreender nosso lugar no cosmos. Nós não significamos nada, e a vida é repleta de dor e sofrimento.

O Niilismo, te entrega a chave do conhecimento para compreender esses fatos e seguir em frente, flertamos com o suicídio, mas não nos suicidamos, pois compreendemos a realidade ao nosso redor.“

—  Gerson De Rodrigues poeta, escritor e anarquista Brasileiro 1995

Keanu Reeves photo
Albert Einstein photo

„Tenha em mente que tudo que você aprende na escola é trabalho de muitas gerações. Tudo isso é posto em sua mão como sua herança para que você receba-a, honre-a, acrescente a ela e, um dia, fielmente, deposite-a nas mãos de seus filhos.“

—  Albert Einstein, livro Como Vejo o Mundo

"Bear in mind that the wonderful things you learn in your schools are the work of many generations. All this is put in your hands as your inheritance in order that you may receive it, honor it, add to it, and one day faithfully hand it on to your children."
Filosofia de vida
Variante: Tenha em mente que tudo que você aprende na escola é trabalho de muitas gerações. Receba essa herança, honre-a, acrescente a ela e, um dia, fielmente, deposite-a nas mãos de seus filhos.
Fonte: The World As I See It http://books.google.com.br/books?id=aNKOo94tO6cC&pg=PA23&lpg=PA23&dq=Bear+in+mind+that+the+wonderful+things+you+learn+in+your+schools+are+the+work+of+many+generations&source=bl&ots=QlXxpVGWYw&sig=HVx2W9rHYzPJv2MaO-JoJOuWB_8&hl=pt-BR&sa=X&ei=qChMT7CrG8Xw0gHGhbmdDg&ved=0CFIQ6AEwBQ#v=onepage&q=Bear%20in%20mind%20that%20the%20wonderful%20things%20you%20learn%20in%20your%20schools%20are%20the%20work%20of%20many%20generations&f=false (2007) Book Tree, ISBN 1585092878. pág. 23

Keanu Reeves photo
Albert Einstein photo
Zilda Arns photo

„O trabalho social precisa de mobilização das forças. Cada um colabora com aquilo que sabe fazer ou com o que tem para oferecer. Deste modo, fortalece-se o tecido que sustenta a ação e cada um sente que é uma célula de transformação do país.“

—  Zilda Arns Médica pediatra e sanitarista brasileira 1934 - 2010

citado em " Cartilha Voto Ético 2004 http://web.archive.org/web/20070610181420/http://www4.fgv.br/cps/simulador/impacto_2004/gc271a.pdf", publicado por Ação da Cidadania contra a Fome a Miséria e pela Vida"

Peter Drucker photo
Ben Carson photo
Nikola Tesla photo

„Força interior

[Eu oro] que Ele lhe concederia. . . para ser fortalecido com poder através do Seu Espírito no homem interior. Escritura de hoje :
Efésios 3: 14-21

Uma grande empresa extrai substâncias contaminantes de tambores de aço por sucção. Bombas poderosas puxam os materiais para fora dos barris, mas os trabalhadores devem regular cuidadosamente a força dessas bombas. Se eles tirarem muito ar, os tambores entrarão em colapso como copos de papel, porque a pressão externa excederá a pressão interna.

Da mesma forma, quando a adversidade e as dificuldades entram em nossas vidas, a menos que Deus nos fortaleça de dentro, seremos incapazes de resistir às pressões de fora. É verdade que obtemos um apoio sólido de entes queridos e amigos cristãos, mas é o nosso homem interior espiritual, “fortalecido com poder através do Seu Espírito”, que nos sustenta e nos impede de desmoronar.

O Espírito trabalha para nos fortalecer e renovar nossas mentes à medida que lemos a Palavra de Deus e oramos. Se negligenciarmos as Escrituras, raramente falarmos com o Senhor e pararmos de ter comunhão com Ele, cresceremos fracos e vulneráveis. Então, seremos incapazes de resistir à pressão da tentação ou do problema.

Vamos pedir ao Senhor que desenvolva nossa força interior para que, quando os golpes e fardos da vida nos pressionar, não cederemos. - DCE

Refletir e Orar
Ajude-nos, ó Senhor, quando vierem problemas
Confiar na sua Palavra e não sucumbir
E ajudar-nos a não nos desviar
Mas na Sua força e amor habitam. —DJD

O poder de Cristo em você é maior que a pressão dos problemas ao seu redor. David C. Egner“

—  ministério_pão_diário

Simone de Beauvoir photo
Cícero photo
Mahátma Gándhí photo

„Aqueles que têm um grande autocontrole, ou que estão totalmente absortos no trabalho, falam pouco. Palavra e acção juntas não andam bem. Repare na natureza: trabalha continuamente, mas em silêncio.“

—  Mahátma Gándhí líder político e religioso indiano 1869 - 1948

Variante: Aqueles que têm um grande autocontrole, ou que estão totalmente absortos no trabalho, falam pouco. Palavra e ação juntas não andam bem. Repare na natureza: trabalha continuamente, mas em silêncio.

Nikola Tesla photo
Dermeval Saviani photo

„Vá em frente!

Vá, portanto, e faça discípulos. -
Escritura de hoje : Mateus 28: 16-20

Um coral da faculdade estava pronto para apresentar seu pacote musical em uma grande igreja. O programa da canção sagrada era para ser transmitido ao vivo por uma estação de rádio local. Quando tudo parecia estar pronto, o locutor fez sua introdução final e esperou que o diretor do coral começasse.

Um dos tenores não estava pronto, portanto, o venerável regente recusou-se a levantar o bastão. Todo esse tempo, nada além de silêncio estava sendo transmitido.

Crescendo muito nervoso, o locutor, esquecendo que seu microfone ainda estava ligado e que ele podia ser ouvido na igreja e no rádio, disse em exasperação: "Vá em frente, sua velha cabra!"

No final da semana, a estação de rádio recebeu uma carta de um de seus ouvintes - um homem que tinha sintonizado para ouvir a música no conforto de sua poltrona. Quando ele ouviu “Vá em frente, sua velha cabra!”, Ele pegou a mensagem pessoalmente. Ele não estava fazendo nada para promover o trabalho de Deus, e essa mensagem surpreendente foi suficiente para condená-lo e fazê-lo retomar.

Às vezes precisamos de uma chamada de despertar. Precisamos ser lembrados de que antes de Jesus deixar esta terra, Ele nos deu todas as instruções que precisamos. Ele nos disse que deveríamos ir e fazer discípulos. Precisamos continuar com isso!

Refletir e Orar
Nos reviva, Senhor! O zelo está diminuindo
Enquanto os campos de colheita são vastos e brancos?
Nos reviva, Senhor - o mundo está esperando!
Equipa a tua igreja para espalhar a luz. -Cabeça

É o que você está fazendo hoje que conta, não o que você vai fazer amanhã. Dave Branon“

—  ministério_pão_diário

„Uma questão do coração

Como é que você, sendo judeu, pede uma bebida de mim, uma mulher samaritana? -
Escritura de hoje : João 4: 7-27

Eu tenho uma confissão a fazer. De vez em quando velhos sentimentos de preconceito e intolerância crescem dentro de mim. Embora eu raramente os expresse e nunca queira, esses pensamentos pecaminosos ainda surgem em meu coração.

Eu cresci como um americano branco, de classe média baixa, do meio-oeste e de colarinho azul. Meus preconceitos vieram de ouvir afirmações tão absurdas como:

"Pessoas ricas são esnobes arrogantes."
"Minorias só querem um folheto."
"As mulheres são fracas e não conseguem pensar racionalmente."
"A administração está disposta a arrancar o homem que trabalha."
"Não se pode confiar nos judeus em negócios".

Eu sei que estes são estereótipos falsos. Eu senti isso antes mesmo de me tornar um cristão. Como seguidor de Jesus, também sei que devo tratar todas as pessoas com respeito, porque elas foram criadas à imagem de Deus. O Salvador modelou essa atitude de aceitação com a mulher samaritana. Ela ficou surpresa quando ele falou com ela e pediu-lhe uma bebida. Até mesmo os discípulos ficaram maravilhados quando o encontraram falando com ela (João 4:27).

Tenho vergonha de admitir meus pensamentos preconceituosos. Mas eu oro para que o Senhor continue trabalhando em meu coração até que eu esteja livre de preconceito e intolerância como Ele é.

Refletir e Orar
Senhor, purifica-me de todo preconceito,
remove sua mentira sutil;
Então me ajude a compartilhar seu amor com aqueles
por quem você veio para morrer. —Fasick

O preconceito é uma grande economia de tempo: permite formar opiniões sem obter os fatos. David C. Egner“

—  ministério_pão_diário

Karl Marx photo
Platão photo
Gerson De Rodrigues photo

„Cartas Póstumas

Eu vivi uma vida de Rebeldia Neguei os deuses e gritei por Anarquia Nas canções mais lindas escrevi versos de Poesia Fui uma alma abandonada que amou a Melancolia Que nos momentos mais sombrios se encontrou na Filosofia

No momento enquanto escrevo essa carta, estou decidido em me matar. Essa é uma vontade constante que a muito tempo me assombra. Todas as vezes em que estou decidido em acabar com tudo, eu simplesmente invento uma nova mentira.

E quando eu menos percebo, lá estou eu vivendo como todos os outros sem perceber o barulho das correntes em nossos pés…

Talvez, quando estiveres lendo essa carta daqui a cinco ou cinquenta anos eu já esteja morto. Ou talvez eu tenha encontrado motivos para viver, motivos o suficiente que me façam ler estes versos no futuro e dizer

- Tolo, como ousas dizer tamanha estupidez?

O Futuro é incerto. Eu fico me perguntando, todas as vezes em que me pego refletindo sobre a minha morte Quantos livros eu publiquei enquanto estava vivo? Quantas aulas eu dei? Quantas pessoas eu influenciei? Quantas vidas eu salvei? Será que… eu fiz o meu trabalho como Filósofo? Ou o tempo me apagou de sua história?

De qualquer forma, todos seremos apagados um dia. Então a resposta para essa pergunta de fato não importa.

Oh sim, eu vivi uma vida interessante. Tive uma juventude repleta de rebeldia e anarquia e aos vinte e três me vi publicando meu primeiro livro de Filosofia. Aquele jovem rebelde que só sabia gritar ‘’ Anarquia’’ hoje é um professor de Filosofia.

Quem diria não é mesmo? Em quantos momentos da minha juventude eu não jurei que o dia seguinte seria o último, e aqui estou eu, vivo e escrevendo.

Talvez esses momentos de escuridão com a assombração da morte cantando em meus ouvidos sejam de fato passageiros, ou talvez na pior das hipóteses eu simplesmente esteja me entregando a ela aos poucos.

Existem tantas coisas que eu poderia conquistar, tantos outros livros a publicar, pessoas para amar, causas para se lutar, alunos para ensinar…

Mas tudo que eu quero nesse momento é o direito de me suicidar.

Para aqueles que ficam, meus pais e meus amigos:

Nenhuma mãe deveria enterrar o seu filho, e nenhum amigo deveria chorar sobre o tumulo do outro. Embora eu de fato sinta um carinho enorme por todos vocês, sinto que a minha história seria de maior relevância com um ponto final em seu caminho.

Aos vermes que se alimentarem do meu corpo putrefato, desejo a vocês boa sorte. Algum dia, seremos ambos poeira no abismo do espaço e nenhuma diferença existirá dos homens aos vermes.

E Para aqueles que estiverem lendo essa carta. Vivam!! Pois para mim já é tarde demais…“

—  Gerson De Rodrigues poeta, escritor e anarquista Brasileiro 1995

Suicídio Morte Niilismo Cartas Costumas - Gerson De Rodrigues
Variante: Cartas Póstumas

Eu vivi uma vida de Rebeldia
Neguei os deuses e gritei por Anarquia
Nas canções mais lindas escrevi versos de Poesia
Fui uma alma abandonada que amou a Melancolia
Que nos momentos mais sombrios se encontrou na Filosofia

No momento enquanto escrevo essa carta, estou decidido em me matar. Essa é uma vontade constante que a muito tempo me assombra. Todas as vezes em que estou decidido em acabar com tudo, eu simplesmente invento uma nova mentira.

E quando eu menos percebo, lá estou eu vivendo como todos os outros sem perceber o barulho das correntes em nossos pés...

Talvez, quando estiveres lendo essa carta daqui a cinco ou cinquenta anos eu já esteja morto. Ou talvez eu tenha encontrado motivos para viver, motivos o suficiente que me façam ler estes versos no futuro e dizer

- Tolo, como ousas dizer tamanha estupidez?

O Futuro é incerto. Eu fico me perguntando, todas as vezes em que me pego refletindo sobre a minha morte
Quantos livros eu publiquei enquanto estava vivo?
Quantas aulas eu dei?
Quantas pessoas eu influenciei?
Quantas vidas eu salvei?
Será que... eu fiz o meu trabalho como Filósofo?
Ou o tempo me apagou de sua história?

De qualquer forma, todos seremos apagados um dia. Então a resposta para essa pergunta de fato não importa.

Oh sim, eu vivi uma vida interessante. Tive uma juventude repleta de rebeldia e anarquia e aos vinte e três me vi publicando meu primeiro livro de Filosofia. Aquele jovem rebelde que só sabia gritar ‘’ Anarquia’’ hoje é um professor de Filosofia.

Quem diria não é mesmo? Em quantos momentos da minha juventude eu não jurei que o dia seguinte seria o último, e aqui estou eu, vivo e escrevendo.

Talvez esses momentos de escuridão com a assombração da morte cantando em meus ouvidos sejam de fato passageiros, ou talvez na pior das hipóteses eu simplesmente esteja me entregando a ela aos poucos.

Existem tantas coisas que eu poderia conquistar, tantos outros livros a publicar, pessoas para amar, causas para se lutar, alunos para ensinar...

Mas tudo que eu quero nesse momento é o direito de me suicidar.

Para aqueles que ficam, meus pais e meus amigos:

Nenhuma mãe deveria enterrar o seu filho, e nenhum amigo deveria chorar sobre o tumulo do outro. Embora eu de fato sinta um carinho enorme por todos vocês, sinto que a minha história seria de maior relevância com um ponto final em seu caminho.

Aos vermes que se alimentarem do meu corpo putrefato, desejo a vocês boa sorte. Algum dia, seremos ambos poeira no abismo do espaço e nenhuma diferença existirá dos homens aos vermes.

E Para aqueles que estiverem lendo essa carta. Vivam!! Pois para mim já é tarde demais...

- Gerson De Rodrigues

„Quando Jesus se entristeceu

[Jesus] foi movido de compaixão por eles e curou seus doentes. - Escritura de hoje :
Mateus 14: 1-21

Muitos anos atrás, uma mulher do interior da Flórida recebeu notícias de que seu filho havia sido morto na guerra. Pouco tempo depois, ela foi vista em seu jardim.

"Simplesmente não é apropriado", repreendeu um vizinho, que achou inapropriado jardinar, em vez de ficar de luto.

“Amigo”, disse Effie Mae, “sei que você está falando sério, mas Jim se alegrou ao ver as coisas verdes crescendo porque isso significava que sua mãe e os jovens estariam comendo. Esta é a enxada dele, e quando eu procuro quase posso sentir suas grandes e fortes mãos sob as minhas e ouvir sua voz dizendo: "Que bom, mãe, isso é bom". Trabalhar é a única lápide que posso dar a ele.

Jesus também sofreu a dor da dor quando foi informado da morte de João Batista, mas isso não o impediu de Seu trabalho. Após um breve período de solidão (Mateus 14:13), Sua grande compaixão levou-o a curar os enfermos e alimentar a multidão de 5.000.

Seu coração está quebrado hoje? A vida parece vazia? Você sente vontade de desistir? Há esperança no exemplo do Mestre. Aceite os deveres que estão diante de você. Dedique-os a Deus. Recuse o luxo da autopiedade. Faça algo para aliviar o fardo dos outros. Lembre-se de como Jesus lidou com Sua tristeza; Ele vai te fortalecer para fazer o mesmo.

Refletir e Orar
Há um destino que nos faz irmãos:
Nenhum vai sozinho;
Tudo o que enviamos para a vida dos outros.
Volta para o nosso. - Markham

Aliviar o sofrimento de outro é esquecer o próprio. Lincoln Dennis J. DeHaan“

—  ministério_pão_diário

„Só no domingo?

Ande como filhos da luz. -
Escritura de hoje : Efésios 5: 8-21

Uma controvérsia nos esportes profissionais hoje é a questão da oração no campo. Às vezes, após uma grande jogada ou uma vitória, um jogador cai de joelhos e agradece a Deus. Algumas pessoas se opõem a essa prática.

Um jornalista sugeriu que os campos de jogo deveriam estar fora dos limites de tais práticas religiosas. Ele disse que qualquer coisa que tenha a ver com Deus deveria ser confinada à igreja. Para ele, é "absolutamente ridículo" as pessoas falarem com Deus em qualquer outro lugar.

Como cristãos, discordaríamos desse tipo de pensamento. Mas às vezes damos a impressão, pelo nosso comportamento, de que acreditamos. Colocamos os domingos de lado para adorar e servir a Deus, mas agimos como se o resto da semana fosse nosso para fazer o que quisermos.

Para o crente, no entanto, viver para Deus é uma proposta de 24 horas por dia, 7 dias por semana. Note o ensinamento de Paulo em Efésios 5. Quando ele falou sobre andar “como filhos da luz” (v.8), ele não estava se referindo apenas à maneira como nos comportamos na igreja aos domingos. Quando estamos cheios do Espírito, exemplificaremos compaixão, bondade, humildade, perdão, gratidão e amor o tempo todo.

A vida cristã não é apenas para o domingo. É um dia-a-dia, o tempo todo da vida - mesmo no campo de jogo.

Refletir e Orar
Os outros sabem de como agimos
Em casa, no trabalho, no jogo,
Que temos Jesus em nossos corações
E vivemos para Ele todos os dias? —DJD

Estar aberto a Cristo significa viver para Ele em todos os momentos e em todos os lugares. Dave Branon“

—  ministério_pão_diário

„"É hora de dormir!"

Meu coração está feliz e minha glória se alegra; minha carne também descansará em esperança. - Escritura de hoje : Salmo 16

Em seu livro The best is yet to be, Henry Durbanville lembrou que, quando menino, quando as sombras da noite se alongavam e a escuridão caía, ele ouvia sua mãe gritar: "Henry, é hora de dormir!". Típico de todos os meninos pequenos, ele resistiu. a ideia de deixar seus amigos, guardar seus brinquedos e ir ao seu quarto para passar a noite. No entanto, no fundo de seu coração, ele sabia muito bem que o sono era necessário.

Durbanville fez essa aplicação espiritual para o cristão que sente o fim da vida se aproximando: “A morte é afetuosa e severa. Quando chega o momento certo, ela nos diz: "É sua hora de dormir". Oh, podemos protestar um pouco, mas sabemos muito bem que chegou a hora do descanso, e em nossos corações estamos realmente ansiando por isso ”.

O pensamento de morrer pode preencher até o coração de um cristão com emoções misturadas. Quando pensamos em deixar nossos entes queridos, isso pode fazer com que as lágrimas fluam. O rompimento de laços humanos próximos magoa. Por outro lado, há a antecipação de descansar de nossos trabalhos e estar na presença do Senhor.

Se colocamos nossa fé em Cristo, podemos esperar a alegria e a liberação que serão nossas quando ouvirmos o chamado da noite: “Venha para casa. É hora de dormir!"

Refletir e Orar
No entardecer da vida, no crepúsculo,
À sua porta eu vou bater e esperar;
Pelo precioso amor de Jesus,
eu entrarei na porta do céu. —Blom

Para o cristão, a morte é a última sombra da noite da Terra antes do amanhecer do céu. Richard DeHaan“

—  ministério_pão_diário

„Menino chicoteando

[Deus] fez Aquele que não conheceu pecado ser pecado por nós. - Escritura de hoje :
2 Coríntios 5: 12-21

Ao longo da história, as famílias reais receberam tratamento especial. Muitas vezes eles estavam isentos de manter a lei ou receber punição ou até mesmo disciplina. Mas as crianças reais ainda precisavam saber que, quando se comportavam mal, mereciam ser punidas. Quando um príncipe ou princesa desobedecia ou fazia mal no trabalho escolar, a punição era dada a um “menino chicoteado”. Não havia dúvida de quem realmente estava em falta, mas era simplesmente impensável para um criado espancar uma pessoa de realeza.

A cruz do Calvário dá uma visão completamente diferente de lidar com a transgressão. Embora o empregado esteja em falta, a realeza recebe a punição. Jesus Cristo, o Príncipe da Glória, tomou nosso lugar quando morreu na cruz. Ele se tornou voluntariamente nosso “menino chicoteado” e pagou a penalidade pelos nossos pecados.

Quanto devemos a Jesus Cristo! Como poderíamos esquecer que fomos comprados por um preço! Isso é o que manteve Paul indo quando homens menores poderiam ter desistido. Ele estava confiante de que, porque temos um substituto, Deus não está zangado conosco. A justiça de Sua Majestade foi satisfeita. Somos livres para viver e amar como nunca antes.

Que nos motive a contar aos outros as boas novas! —HWR Haddon W. Robinson

Refletir e Orar
Quando Jesus tomou nosso castigo,
a ira de Deus foi satisfeita;
Agora podemos viver em paz com Ele
porque para nós Cristo morreu. —Sesper

Cristo se tornou uma maldição para removermos a maldição de nós. Haddon W. Robinson“

—  ministério_pão_diário

„A tarefa sem fim

Ore ao Senhor da colheita para enviar trabalhadores. - Escritura de hoje :
Mateus 9: 35-10: 15

Uma missionária escreve sobre seu campo de serviço: “Fomos forçados a fechar algumas de nossas estações por falta de recursos e falta de missionários. Este é o choro em todo lugar hoje. As maiores denominações - confrontadas com um déficit crescente em seu esforço missionário - terão que chamar para casa um grande número de trabalhadores dos diferentes campos no próximo ano. Com todo o luxo que temos, a causa de Cristo deve sofrer perdas? ”

Embora pareça que poderia ter sido escrito ontem, este pedido de ajuda foi escrito em 1926 por Johanna Veenstra, uma missionária do Sudão. A declaração apareceu em um livro que ela escreveu descrevendo seu trabalho missionário pioneiro na África.

Quase 70 anos depois, a tarefa de proclamar o evangelho ainda é tão formidável e a necessidade de ajudantes ainda é imponente. De fato, não mudou desde que Jesus declarou: “A colheita é realmente abundante, mas os trabalhadores são poucos. Rogai, pois, ao Senhor da seara que mande trabalhadores para a sua seara ”(Mateus 9: 37-38). Ele próprio iniciou o trabalho há 2.000 anos enviando 12 homens com a mensagem de boas novas.

Entrar em todo o mundo com o evangelho é uma tarefa interminável. Se vamos ao Sudão, viajamos para outro lugar distante ou ficamos em casa, também é nossa tarefa.

Refletir e Orar
Longe, longínquo, nas trevas pagãs,
Milhões de almas perdem-se para sempre;
Quem, quem irá, a história da salvação contando,
Olhando para Jesus, não se importando com o custo? —McGranahan

Uma coisa que não podemos fazer sobre missões - não podemos fugir de nossa responsabilidade. Dave Branon“

—  ministério_pão_diário

Confucio photo
Máximo Gorki photo
Epiteto photo

„A tarefa sem fim

Ore ao Senhor da colheita para enviar trabalhadores. - Escritura de hoje :
Mateus 9: 35-10: 15

Uma missionária escreve sobre seu campo de serviço: “Fomos forçados a fechar algumas de nossas estações por falta de recursos e falta de missionários. Este é o choro em todo lugar hoje. As maiores denominações - confrontadas com um déficit crescente em seu esforço missionário - terão que chamar para casa um grande número de trabalhadores dos diferentes campos no próximo ano. Com todo o luxo que temos, a causa de Cristo deve sofrer perdas? ”

Embora pareça que poderia ter sido escrito ontem, este pedido de ajuda foi escrito em 1926 por Johanna Veenstra, uma missionária do Sudão. A declaração apareceu em um livro que ela escreveu descrevendo seu trabalho missionário pioneiro na África.

Quase 70 anos depois, a tarefa de proclamar o evangelho ainda é tão formidável e a necessidade de ajudantes ainda é imponente. De fato, não mudou desde que Jesus declarou: “A colheita é realmente abundante, mas os trabalhadores são poucos. Rogai, pois, ao Senhor da seara que mande trabalhadores para a sua seara ”(Mateus 9: 37-38). Ele próprio iniciou o trabalho há 2.000 anos enviando 12 homens com a mensagem de boas novas.

Entrar em todo o mundo com o evangelho é uma tarefa interminável. Se vamos ao Sudão, viajamos para outro lugar distante ou ficamos em casa, também é nossa tarefa.

Refletir e Orar
Longe, longínquo, nas trevas pagãs,
Milhões de almas perdem-se para sempre;
Quem, quem irá, a história da salvação contando,
Olhando para Jesus, não se importando com o custo? —McGranahan

Uma coisa que não podemos fazer sobre missões - não podemos fugir de nossa responsabilidade. Dave Branon“

—  ministério_pão_diário

„Garantia de vida

Louvar-te-ei, porque sou feito com temor e maravilhosamente. -
Escritura de hoje : Salmo 139: 1-18

Comprar um carro novo é um grande investimento. Queremos ter certeza de que estamos recebendo o valor do nosso dinheiro. Também queremos ter certeza de que o veículo não nos causará problemas. Portanto, arquivamos cuidadosamente a garantia do fabricante, confiantes de que, se algo não der certo, podemos levar o carro de volta ao revendedor. Não só temos certeza de que eles treinaram pessoas que podem solucionar o problema e consertá-lo, mas sabemos que eles têm todas as especificações do fabricante e as peças que podem ser necessárias.

Quando nos deparamos com dificuldades na vida e não somos capazes de fazer as coisas funcionarem direito, onde podemos pedir ajuda? Não faz sentido que Aquele que nos criou seja totalmente qualificado para fornecer a ajuda indispensável de que precisamos? O salmista Davi achou grande consolo nesse fato. Ele escreveu: “Você formou minhas partes internas; Você me cobriu no ventre da minha mãe. Louvar-te-ei, porque sou feito com temor e maravilha; maravilhosas são as tuas obras. . . . Quão preciosos são os teus pensamentos para mim, ó Deus! Quão grande é a soma deles! ”(Sl 139: 13-14,17).

A ajuda de Deus é tão disponível hoje como era então. E quem é mais qualificado para saber o que precisamos do que aquele que nos criou!

Refletir e Orar
Tudo o que eu sou devo a Ti,
Tua sabedoria, Senhor, me formou;
Eu dou meu agradecimento ao Criador,
Cujos trabalhos maravilhosos minha alma surpreende. —Salter

Garantia de Deus: você está coberto por toda a vida. Vernon Grounds“

—  ministério_pão_diário

„Vida plena


…eu vim para que tenham vida e a tenham em abundância. João 10:10


Quando visitei minha irmã, meus sobrinhos me mostraram com entusiasmo o seu novo sistema de registro de tarefas, o quadro eletrônico Choropoly, específico para o registro das tarefas diárias. O trabalho bem feito dá direito a apertar o botão verde, que adiciona pontos à conta de “gastos”. Um delito como “deixar a porta de trás aberta” resulta em multa que é deduzida do total. Se pontuarem bem alto, eles recebem recompensas emocionantes, como tempo no computador, e as transgressões são deduzidas desse total. Elas estão motivadas para cumprir seus deveres e manter a porta fechada!

Esse engenhoso sistema me fez desejar ter uma ferramenta motivacional tão emocionante quanto essa! Mas é claro que Deus nos deu motivação. Em vez de simplesmente ordenar a obediência, Jesus prometeu que a vida, quando o seguimos, mesmo custosa, é também uma “vida de abundância” (Jo 10:10). Experimentar a vida em Seu reino vale “o cêntuplo” do seu custo — agora e eternamente (Mc 10:29,30).

Podemos nos alegrar por servirmos esse Deus generoso, que não nos pune como merecemos. Ele aceita os nossos mais fracos esforços, e acolhe e recompensa os retardatários ao Seu reino tão generosamente como os que que foram a Ele primeiro (Mt20:1-16). Diante desta realidade, vamos servi-lo alegremente hoje.

Seguir a Jesus é o caminho 
para a vida abundante e satisfatória. Monica Brands“

—  pão_diário_é_só_noticias_boas

Helena Blavatsky photo
Keanu Reeves photo
Theodor W. Adorno photo
Pelé photo
Karl Marx photo
Henry Ford photo
Albert Einstein photo
Mahátma Gándhí photo

„"sete pecados sociais":
Política sem princípios,
Riqueza sem trabalho,
Prazer sem consciência,
Conhecimento sem caráter,
Comércio sem moralidade,
Ciência sem humanidade,
Religião sem sacrifício.“

—  Mahátma Gándhí líder político e religioso indiano 1869 - 1948

seven social sins: Politics without principles, Wealth without work, Pleasure without conscience, Knowledge without character, Commerce without morality, Science without humanity, Worship without sacrifice
Mahatma Gandhi; Uma lista fechando um artigo em "Young India" (22 de Outubro 1925); "Collected Works of Mahatma Gandhi" Vol. 33 (PDF) p. 135 http://www.gandhiserve.org/cwmg/VOL033.PDF

Ruy Barbosa photo
Max Lucado photo
Immanuel Kant photo
Voltaire photo

„O trabalho espanta os três grandes males: o vício, a pobreza e o tédio“

—  Voltaire, livro Cândido, ou O Otimismo

le travail éloigne de nous trois grands maux : l'ennui, le vice, et le besoin
Candide. in: Oeuvres complètes - Volume 8 - Página 412 http://books.google.com.br/books?id=59YWAAAAQAAJ&pg=PA412, Voltaire, chez A. Houssiaux, 1853

Vincent Van Gogh photo
Charles Bukowski photo
Antoine de Saint-Exupéry photo
Karl Marx photo
Nikola Tesla photo
Carl Sagan photo

„O que estou dizendo é que, se Deus nos quisesse enviar uma mensagem, e escrever em papéis antigos foi a única forma que ele encontrou de fazer isso, ele poderia ter feito um trabalho melhor.“

—  Carl Sagan grande cientista do séc XX, criador da aclamada série Cosmos: An Personal Voyager e desenvolvedor no conteúdo dos Disco… 1934 - 1996

Dr. Arroway no Livro Contato (New York: Pocket Books, 1985), p. 164.

Frida Kahlo photo

„Meu pai foi para mim um grande exemplo de ternura, de trabalho… e acima de tudo de compreensão de todos os meus problemas.“

—  Frida Kahlo Pintora mexicana 1907 - 1954

citado in: Frida - a biografia, página 33 https://books.google.com.br/books?id=YnQuvvgpDAsC&pg=PP33, Hayden Herrera - Globo Livros, 2013, ISBN 8525053538, 9788525053534, 624 páginas
Atribuídas