Frases sobre mecânico

Uma coleção de frases e citações sobre o tema da mecânico.

Tópicos relacionados

Total 40 citações, filtro:


Henri Bergson photo
Charles Bukowski photo
Publicidade
Richard Dawkins photo
Napoleão Bonaparte photo
Marilyn Monroe photo
Luiz Inácio Lula da Silva photo
Roland Barthes photo

„O que a fotografia reproduz ao infinito só ocorreu uma vez: ela repete mecanicamente o que nunca mais poderá repetir-se existencialmente.‎“

—  Roland Barthes 1915 - 1980
Ce que la Photographie reproduit à l'infini n'a eu lieu qu'une fois : elle répète mécaniquement ce qui ne pourra jamais plus se répéter existentiellement. La chambre claire‎ - Página 15, Roland Barthes - Éditions de l'Étoile, 1980 - 192 páginas

Richard Feynman photo

„Se você acha que entendeu alguma coisa sobre mecânica quântica, então é porque você não entendeu nada.“

—  Richard Feynman Um simples homem que pensava muito 1918 - 1988
Atribuídas, If you think you understand quantum mechanics, you don't understand quantum mechanics. citado em "Armageddon now: the end of the world A to Z‎" - Página 337, Jim Willis, Barbara Willis - Visible Ink Press, 2005, ISBN 0780809238, 9780780809239 - 450 páginas

Émile Durkheim photo
Niels Bohr photo

Help us translate English quotes

Discover interesting quotes and translate them.

Start translating
Thomas Mann photo

„Que ondas enormes… - exclamou Thomas Buddenbrook.- Repara como se aproximam e rebentam, se aproximam e rebentam, uma atrás da outra, sem fim, sem propósito, mecânica e desordenadamente. E, no entanto, o seu marulhar é tão tranquilizador e reconfortante, como todas as coisas simples e necessárias da vida. Aprendi a gostar cada vez mais do mar… dantes, talvez preferisse as montanhas, porque ficavam mais longe daqui. Agora já não me atraem nada. Creio que apenas sentiria medo e vergonha. É que elas são muito caprichosas, tão irregulares, tão diversas… de certeza que me iria sentir muito pequeno ao pé delas. Que espécie de pessoas serão essas que preferem a monotonia do mar? Tenho a impressão de que são as que observaram por demasiado tempo- e com demasiada profundidade- as teias do seu mundo interior e que a única coisa que exigem agora, pelo menos do mundo exterior, é simplicidade… Não se trata de comparar as escaladas audazes pela montanha com o descanso sereno na areia da praia. Adiferença reside no olhar que se dirige numa e noutra direcção. Olhos seguros, obstinados e felizes, transbordantes de iniciativa, determinação e vitalidade, erram de cume em cume, ao passo que sobre a imensidão do mar- e das ondas que, conduzidas por um fatalismo místico e hipnótico, dançam e volteiam- repousa um olhar sonhador e velado, sábio e desalentado, o olhar de quem já alguma vez espreitou as profundezas e vislumbrou o triste caos da existência… Saúde e doença, é essa a grande diferença. Intrépidos, escalamos a extraordinária diversidade das montanhas denteadas e acidentadas, das alturas que rasgam os céus, a fim de pormos à prova a nossa vitalidade, intacta ainda. Repousamos, contudo, na ampla simplicidadedo mundo exterior, quando estamos cansados do caos que reina no interior.“

—  Thomas Mann, livro Os Buddenbrooks
Buddenbrooks: The Decline of a Family

Marguerite Yourcenar photo
Pietro Ubaldi photo
Friedrich Nietzsche photo
Stephen Hawking photo
Machado de Assis photo

„Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit. Etiam egestas wisi a erat. Morbi imperdiet, mauris ac auctor dictum.“