Frases sobre individualidade

Uma coleção de frases e citações sobre o tema da individualidade.

Tópicos relacionados

Total 42 citações, filtro:


Nicette Bruno photo

„O sentimento é a base de tudo, mas o respeito à individualidade é fundamental. Somos pessoas diferentes com valores comuns.“

—  Nicette Bruno atriz brasileira 1933

sobre seu casamento com o ator Paulo Goulart
Fonte: Revista Quem http://revistaquem.globo.com/Entrevista/noticia/2013/02/nicette-bruno-se-emociona-ao-falar-de-recuperacao-de-paulo-goulart-esta-melhorando-cada-dia.html

Augusto Cury photo
Leo Buscaglia photo
Michel Foucault photo
Isak Dinesen photo

„O amor entre jovens é um negócio impiedoso. Nessa idade bebemos de sede ou para nos embriagar; só mais tarde nos ocupamos com a individualidade de nosso vinho.“

—  Isak Dinesen 1885 - 1962

Love, with very young people, is a heartless business. We drink at that age from thirst, or to get drunk; it is only later in life that we occupy ourselves with the individuality of our wine.
Seven Gothic tales‎ - Volume 687, Parte 8175, Página 83, de Isak Dinesen, Dorothy Canfield Fisher - H. Smith and R. Haas, 1934 - 420 páginas http://books.google.com.br/books?id=bewwAAAAIAAJ

Lawrence Durrell photo
Eça de Queiroz photo
Carl Gustav Jung photo
John Stuart Mill photo

„Aparentemente, uma pessoa pode progredir durante um certo tempo e então parar. Quando ela pára? Quando deixa de ter individualidade.“

—  John Stuart Mill, livro A Liberdade

A people, it appears, may be progressive for a certain length of time, and then stop : when does it stop ? When it ceases to possess individuality.
On liberty - Página 127 http://books.google.com.br/books?id=AjpGAAAAcAAJ&pg=PA127, John Stuart Mill - John W. Parker and son, 1859 - 207 páginas
On Liberty

Aldous Huxley photo

„A nossa sociedade ocidental contemporânea, apesar do seu progresso material, intelectual e político, promove cada vez menos a saúde mental e contribui para minar a segurança interior, a felicidade, a razão e a capacidade de amar do indivíduo; tende a transformá-lo num autómato que paga o seu fracasso humano com o aumento das doenças mentais e com o desespero oculto sob um frenesim de trabalho e de pretenso prazer.

Este aumento das doenças mentais pode ter expressão em sintomas neuróticos, claramente visíveis e extremamente penosos. Mas abstenhamo-nos, como diz Fromm, de definir a higiene mental como a prevenção de sintomas. Estes não são nossos inimigos, mas, sim, nossos amigos; quando há sintomas, há conflito, e o conflito indica sempre que as forças da vida que pugnam pela integração e pela felicidade continuam a lutar. Os casos de doença mental realmente desesperados encontram-se entre os indivíduos que parecem mais normais. Muito deles são normais por se encontrarem tão bem adaptados ao nosso modo de vida, porque a sua voz humana foi silenciada tão precocemente nas suas vidas que nem sequer lutam ou sofrem ou desenvolvem sintomas como o neurótico.
Não são normais no sentido absoluto que poderíamos dar à palavra; são normais apenas em relação a uma sociedade profundamente anormal. A sua adaptação perfeita a essa sociedade anormal é uma medida da sua doença mental. Estes milhões de indivíduos anormalmente normais, que vivem sem espalhafato numa sociedade à qual, se fossem seres humanos por inteiro, não deviam estar adaptados, acalentam ainda a ilusão da individualidade, mas, na realidade, estão em grande medida desindividualizados. A sua conformidade evolui para uma coisa parecida com a uniformidade. mas uniformidade e liberdade são incompatíveis. A uniformidade e a saúde mental são também incompatíveis. […] O homem não é feito para ser um autómato, e, se nisso se tornar, a base do seu equilíbrio mental está destruída.“

—  Aldous Huxley, livro Brave New World Revisited

Brave New World Revisited

Help us translate English quotes

Discover interesting quotes and translate them.

Start translating
Leo Buscaglia photo
Gerson De Rodrigues photo
Zack de la Rocha photo
Marquês de Maricá photo

„O remorso é no moral o que a dor é no físico da nossa individualidade: advertência de desordens que se devem reparar.“

—  Marquês de Maricá 1773 - 1848

"Máximas, pensamentos e reflexões do Marquês de Maricá (pub. em 1846)" - Página 9; de Marianno José Pereira da Fonseca Maricá, Alfredo Gomes; Publicado por Edições e publicações Brasil, 1940, 441 páginas

James Branch Cabell photo

„Um livro, uma vez que é impresso e publicado, torna-se uma individualidade. É por sua publicação como decisivamente é separado de seu autor como em parto criança é separada de seus pais. O livro "significa" depois, necessariamente, — tanto gramaticalmente e efetivamente, — independentemente de qualquer significado desse ou daquele leitor.“

—  James Branch Cabell 1879 - 1958

A book, once it is printed and published, becomes individual. It is by its publication as decisively severed from its author as in parturition a child is cut off from its parent. The book "means" thereafter, perforce, — both grammatically and actually, — whatever meaning this or that reader gets out of it.
"A Note on Cabellian Harmonics" in Cabellian Harmonics (April 1928)