Frases de Khalil Gibran

Khalil Gibran photo
103   533

Khalil Gibran

Data de nascimento: 6. Janeiro 1883
Data de falecimento: 10. Abril 1931
Outros nomes: Kahlil Gibran

Gibran Khalil Gibran , foi um ensaísta, filósofo, prosador, poeta, conferencista e pintor de origem libanesa. Seus livros e escritos, de simples beleza e espiritualidade, são reconhecidos e admirados para além do mundo árabe.

Seu nome completo, transliterado para línguas ocidentais , é Gibran Khalil Gibran, assim assinando em árabe. No colégio dos Estados Unidos, onde viveu e trabalhou a maior parte de sua vida, um erro de registro reduziu o seu nome para Khalil Gibran.

Em sua relativamente curta, porém prolífica existência , Khalil Gibran produziu obra literária acentuada e artisticamente marcada pelo misticismo oriental. Sua obra, acentuadamente romântica e influenciada por fontes de aparente contraste como a Bíblia, Nietzsche e William Blake, trata de temas como o amor, a amizade, a morte e a natureza, entre outros. Escrita em inglês e árabe, expressa as inclinações religiosas e mística do autor. Sua obra mais conhecida é o livro O Profeta, originalmente publicado em inglês e traduzido para cerca de vinte idiomas. Outro livro de destaque é o Asas Partidas, em que o autor fala de sua primeira história de amor.

Gibran Khalil Gibran faleceu em 10 de abril de 1931 , causa mortis dita ser cirrose e tuberculose.

Obras

O Profeta (livro)
Khalil Gibran

„Porque sou aquilo que toca minha alma.“

—  Khalil Gibran

Atribuídas

„As árvores […] desabrocham para continuar a viver, pois reter é perecer.“

—  Khalil Gibran, livro O Profeta (livro)

The trees in your orchard say not so, nor the flocks in your pasture. They give that they may live, for to withhold is to perish.
The prophet - página 27, Kahlil Gibran, Editora Knopf, 1926, 84 páginas
The Prophet

„Tartarugas conhecem as estradas melhor do que os coelhos.“

—  Khalil Gibran

Variante: As tartarugas conhecem as estradas melhor do que os coelhos.

„O amor é a única flor que desabrocha sem a ajuda das estações.“

—  Khalil Gibran

Variante: O amor é a única flor que brota e cresce sem a ajuda das estações.

„A neve e as tempestades matam as flores, mas nada podem contra as sementes.“

—  Khalil Gibran

The storms and snow may kill the flowers, but cannot deaden the seeds
Spirits rebellious - página 59, Kahlil Gibran, Anthony Rizcallah Ferris, Martin L. Wolf - Philosophical Library, 1947, ISBN 0802205828, 9780802205827 - 120 páginas

Autores parecidos

Fernando Pessoa photo
Fernando Pessoa931
poeta português
Frida Kahlo photo
Frida Kahlo22
Pintora mexicana
Rabindranath Tagore photo
Rabindranath Tagore76
Poeta bengali e filósofo
Rudolf Steiner photo
Rudolf Steiner1
Filosofo austriaco
Carlos Drummond de Andrade photo
Carlos Drummond de Andrade213
Poeta brasileiro
Aniversários de hoje
Krist Novoselic photo
Krist Novoselic6
Músico e ativista político estadunidense, baixista da extin… 1965
Ronnie James Dio photo
Ronnie James Dio2
Cantor e instrumentista estadunidense 1942 - 2010
Robert Fripp photo
Robert Fripp27
Guitarrista, compositor e produtor musical britânico 1946
Nélson Hungria photo
Nélson Hungria2
Jurista brasileiro, Ex-ministro do Supremo Tribunal Federal 1891 - 1969
Outros 43 aniversários hoje
Autores parecidos
Fernando Pessoa photo
Fernando Pessoa931
poeta português
Frida Kahlo photo
Frida Kahlo22
Pintora mexicana
Pablo Picasso photo
Pablo Picasso27
pintor espanhol