„Seus filhos não são seus filhos. São os filhos e filhas da Vida desejando a si mesma. Eles vêm através de vocês mas não de vocês. E embora estejam com vocês, não lhes pertencem. Vocês podem lhes dar amor, mas não seus pensamentos, Pois eles têm seus próprios pensamentos. Vocês podem abrigar seus corpos mas não suas almas, Pois suas almas vivem na casa do amanhã, que vocês não podem visitar, nem mesmo em seus sonhos. Vocês podem lutar para ser como eles, mas não procurem torná-los iguais a vocês. Pois a vida não volta para trás, nem espera pelo passado. Vocês são o arco de onde seus filhos são lançados como flechas vivas. O arqueiro vê o alvo no caminho do infinito, e Ele curva vocês com Seu poder, para que suas flechas possam ir longe e rápido. Deixem que o seu curvar-se na mão do arqueiro seja pela alegria: Pois mesmo enquanto ama a flecha que voa, Ele também ama o arco que é firme.“

Publicidade

Citações relacionadas

 Homero photo
Heinrich Heine photo
Publicidade
Khalil Gibran photo
Marina Lima photo
Hodding Carter photo
Publicidade
Amílcar de Sousa photo
Alain de Botton photo
Hippolyte Taine photo

„Gosto demais dos meus filhos para lhes dar vida.“

—  Hippolyte Taine crítico e historiador francês, membro da Academia francesa (cadeira 25: 1878-1893) 1828 - 1893

Publicidade
 Buda photo
Robert Green Ingersoll photo
Augusto Cury photo