„Há um morcego de papel da festa das bruxas pendurado num cordão acima de sua cabeça; ele levanta o braço e dá um piparote no morcego, que começa a girar.
- Dia de outono bem agradável - continua ele.
Fala um pouco do jeito como papai costumava falar, voz alta, selvagem mesmo, mas não se parece com papai; papai era um índio puro de Columbia - um chefe - e duro e brilhante como uma coronha de arma. Esse cara é ruivo, com longas costeletas vermelhas, e um emaranhado de cachos saindo por baixo do boné, está precisando de dar um corte no cabelo há muito tempo, e é tão robusto quanto papai era alto, queixo, ombros e peitos largos, um largo sorriso diabólico, muito branco e é duro de uma maneira diferente do que papai era, mais ou menos do jeito que uma bola de beisebol é dura sob o couro gasto. Uma cicatriz lhe atravessa o nariz e uma das maçãs do rosto, o luga em que alguém o acertou numa briga, e os pontos ainda estão no corte. Ele fica de pé ali, esperando, e, quando ninguém toma a iniciativa de lhe responder alguma coisa, começa a rir. Ninguém é capaz de dizer exatamente por que ele ri; não há nada de engraçado acontecendo. Mas não é da maneira como aquele Relações Públicas ri, é um riso livre e alto que sai da sua larga boca e se espalha em ondas cada vez maiores até ir de encontro às paredes por toda a ala. Não como aquele riso do gordo Relações Públicas. Este som é verdadeiro. Eu me dou conta de repente de que é a primeira gargalhada que ouço há anos.
Ele fica de pé, olhando para nós, balançando-se para trás nas botas, e ri e ri. Cruza os dedos sobre a barriga sem tirar os polegares dos bolsos. Vejo como suas mãos são grandes e grossas. Todo mundo na ala, pacientes, pessoal e o resto, está pasmo e abobalhado diante dele e da sua risada. Não há qualquer movimento para faze-lo parar, nenhuma iniciativa para dizer alguma coisa. Ele então interrompe a risada, por algum tempo, e vem andando, entrando na enfermaria. Mesmo quando não está rindo, aquele ressoar do seu riso paira a sua volta, da mesma maneira com o som paira em torno de um grande sino que acabou de ser tocado - está em seus olhos, na maneira como sorri, na maneira como fala. [1]
- Meu nome é McMurphy, companheiros, R. P. McMurphy, e sou um jogador idiota. - Ele pisca o olho e canta um pedacinho de uma canção : -…. " e sempre eu ponho… meu dinheiro… na mesa " - e ri de novo.“

One Flew Over the Cuckoo's Nest

Última atualização 22 de Maio de 2020. História

Citações relacionadas

Fiódor Dostoiévski photo

„Conhecemos um homem pelo seu riso. Se na primeira vez que o encontramos ele ri de maneira agradável, o íntimo é excelente.“

—  Fiódor Dostoiévski escritor russo 1821 - 1881

I may be mistaken but I fancy that one can know a man from his laugh, and if you like a man's laugh before you know anything of him, you may confidently say that he is a good man.
The house of the dead: a novel in two parts - página 36, Fyodor Dostoyevsky - The Macmillan Company, 1915 - 284 páginas

Vergílio Ferreira photo
Oscar Wilde photo

„Quem ri por último perdeu todo o tempo que passou sem rir.“

—  Eno Teodoro Wanke poeta e engenheiro brasileiro 1929 - 2001

Fonte: Revista Caras, Edição de 27 de Setembro de 2006.

Kurt Cobain photo

„Odeio mamãe, odeio papai. Papai odeia mamãe e mamãe odeia papai.“

—  Kurt Cobain Vocalista, guitarrista, compositor e músico 1967 - 1994

Doris Lessing photo
Justin Bieber photo

„Ainda gosto de vocês, mas convenhamos: estou com cara de louco. Porém, se você não ri de você mesmo é porque não está se divertindo“

—  Justin Bieber cantor, compositor e dançarino canadense 1994

Sobre sua foto escolhida para a capa da Revista People
Verificadas
Fonte: Abril.com. Data de publicação: 07 de abril de 2010 às 15:12

Jon Bon Jovi photo
Oscar Wilde photo

„Se há no mundo alguma coisa mais irritante do que sermos alguém de quem se fala, é ninguém falar de nós.“

—  Oscar Wilde Escritor, poeta e dramaturgo britânico de origem irlandesa 1854 - 1900

Variante: Se existe no mundo coisa mais aborrecida do que ser alguém de quem se fala é certamente ser alguém de quem não se fala.

„Papai gostou!“

—  Silvio Luiz 1934

quando um jogador faz uma jogada de efeito

„Todo mundo na posição do Papai-Noel“

—  Silvio Luiz 1934

quando os jogadores estão na barreira…

Darlan Cunha photo

„Tenho cabelo duro, nariz grande. Os galãs da televisão são altos, loiros, de olhos azuis“

—  Darlan Cunha 1988

Darlan Cunha, ator, o Laranjinha de Cidade dos Homens; citado em Revista ISTOÉ Gente, edição 282 http://www.terra.com.br/istoegente/282/frases/index.htm, 10/01/2005
Variante: Tenho cabelo duro, nariz grande. Os galãs da televisão são altos, loiros, de olhos azuis

„O papai era um garoto de recados.“

—  Tina Sinatra 1948

Tina Sinatra, filha do cantor Frank Sinatra, revelando que seu pai intermediou apoio de chefe mafioso a John Kennedy, em 1960, nas primárias do Partido Democrata
Fonte: Revista Veja, Edição 1 671 - 18/10/2000 http://veja.abril.com.br/181000/vejaessa.html

Manuel Maria Barbosa du Bocage photo

„Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit. Etiam egestas wisi a erat. Morbi imperdiet, mauris ac auctor dictum.“