Frases de Manuel Bandeira

Manuel Bandeira photo
35   46

Manuel Bandeira

Data de nascimento: 19. Abril 1886
Data de falecimento: 13. Outubro 1968

Manuel Carneiro de Sousa Bandeira Filho foi um poeta, crítico literário e de arte, professor de literatura e tradutor brasileiro.

Considera-se que Bandeira faça parte da geração de 1922 da literatura moderna brasileira, sendo seu poema Os Sapos o abre-alas da Semana de Arte Moderna de 1922. Juntamente com escritores como João Cabral de Melo Neto, Paulo Freire, Gilberto Freyre, Clarice Lispector e Joaquim Nabuco, entre outros, representa o melhor da produção literária do estado de Pernambuco.

„…Inspiração coisa nenhuma. Precisa ter inspiração pra atravessar a rua, senão você morre atropelado.“

—  Manuel Bandeira

Atribuido a Manuel Bandeira em suposto diálogo com o deputado Ulysses Guimarães. Este teria obtido esta resposta após ter exclamado "—Sua inspiração mestre divino!..."
Citado por Ulysses Guimarães durante entrevista no programa de Jô Soares (Jô Soares Onze e Meia, 21 de setembro de 1992).
Atribuições
Fonte: [23:30 h em 21/09/1992, Jô Soares Onze e Meia, programa de entrevistas, SBT, Brasil, português, ca. 4 min. após início do diálogo (1º bloco)]

„Mais te amo, ó poesia, Quando a realidade transcendes, Em pânico, desvairando, Na voz de um Murilo Mendes.“

—  Manuel Bandeira

Idem, página 112
Poemas traduzidos, Versos de circunstâncias

„Prefácio de “Meus Poemas Preferidos”, Editora Tecnoprint S. A. (Ediouro Grupo Coquetel), Rio de Janeiro“

—  Manuel Bandeira

Poemas traduzidos, Palavras do Autor
Variante: Prefácio de “Meus Poemas Preferidos”, Editora Tecnoprint S. A. (Ediouro Grupo Coquetel), Rio de Janeiro

„Se queres sentir a felicidade de amar, esquece a tua alma. A alma é que estraga o amor. Só em Deus ela pode encontrar satisfação. Não noutra alma. Só em Deus - ou fora do mundo. As almas são incomunicáveis. Deixa o teu corpo entender-se com outro corpo. Porque os corpos se entendem, mas as almas não.“

—  Manuel Bandeira

(Ibidem, páginaa 91).
Poemas
Variante: ARTE DE AMAR

Se queres sentir a felicidade de amar, esquece a tua alma.
A alma é que estraga o amor.
Só em Deus ela pode encontrar satisfação.
Não noutra alma.
Só em Deus - ou fora do mundo.

As almas são incomunicáveis.

Deixa o teu corpo entender-se com outro corpo.

Porque os corpos se entendem, mas as almas não.

Autores parecidos

Thomas Stearns Eliot photo
Thomas Stearns Eliot31
poeta, dramaturgo e crítico literário estadunidense
Fernando Pessoa photo
Fernando Pessoa931
poeta português
Mário Quintana photo
Mário Quintana396
Escritor brasileiro
Clive Staples Lewis photo
Clive Staples Lewis93
Apologeta e novelista cristão
Rabindranath Tagore photo
Rabindranath Tagore76
Poeta bengali e filósofo
Michel Foucault photo
Michel Foucault29
Filósofo francês
Carlos Drummond de Andrade photo
Carlos Drummond de Andrade213
Poeta brasileiro
Jorge Luis Borges photo
Jorge Luis Borges118
escritor argentino
José Saramago photo
José Saramago303
escritor português
Aniversários de hoje
José Saramago photo
José Saramago303
escritor português 1922 - 2010
Fernando Henrique Cardoso photo
Fernando Henrique Cardoso60
Sociólogo e político brasileiro, ex-presidente do Brasil 1931
Máximo Gorki photo
Máximo Gorki33
1868 - 1936
Avicena photo
Avicena4
980 - 1037
Outros 52 aniversários hoje
Autores parecidos
Thomas Stearns Eliot photo
Thomas Stearns Eliot31
poeta, dramaturgo e crítico literário estadunidense
Fernando Pessoa photo
Fernando Pessoa931
poeta português
Mário Quintana photo
Mário Quintana396
Escritor brasileiro
Clive Staples Lewis photo
Clive Staples Lewis93
Apologeta e novelista cristão