Frases de Michel De Montaigne

Michel De Montaigne photo
74   67

Michel De Montaigne

Data de nascimento: 28. Fevereiro 1533
Data de falecimento: 13. Setembro 1592

Michel Eyquem de Montaigne foi um jurista, político, filósofo, escritor, cético e humanista francês, considerado como o inventor do ensaio pessoal. Nas suas obras analisou as instituições, as opiniões e os costumes, debruçando-se sobre os dogmas da sua época e tomando a generalidade da humanidade como objeto de estudo.

Ele criticou a educação livresca e mnemônica, propondo um ensino voltado para a experiência e para a ação. Acreditava que a educação livresca exigiria muito tempo e esforço, o que afastaria os jovens dos assuntos mais urgentes da vida. Para ele, a educação deveria formar indivíduos aptos ao julgamento, ao discernimento moral e à vida prática. Wikipedia

Photo: anonymous, Unknown source / Public domain

Obras

Ensaios
Michel De Montaigne

„Para eles, não há explicação mais convincente do que suas conclusões.“

—  Michel De Montaigne, livro Ensaios

Montaigne, Os Ensaios, Uma Seleção (2010) http://www.blogdacompanhia.com.br/2010/11/os-ensaios-de-michel-de-montaigne/, Liv.III, Cap. XI, p.503, Org. M. A. Screech, Trad. Rosa Freire D'aguiar.
Ensaios, Livro 3

„O lucro de um é prejuízo de outro.“

—  Michel De Montaigne, livro Ensaios

Le profit de l'vn est dommage de l'autre.
Les Essais: édition nouvelle corrigée suivant les premières Impressions de L'Angelier. Avec la vie de l'Autheur extraicte de ses propres escrits, página 52 https://books.google.com.br/books?id=u9ee8gxnJOQC&pg=PA52, Michel de Montaigne - Michel Blageart, 1640 - 750 páginas
Ensaios

„As leis da consciência, que se afirma terem vindo da natureza, vêm, na verdade, do costume.“

—  Michel De Montaigne

Les lois de la conscience que nous disons naître de nature, naissent de la coutume
Œuvres de Michel de Montaigne: avec une notice biographique - página 798 http://books.google.com.br/books?id=pd4_AAAAYAAJ&pg=PA798, Michel de Montaigne, ‎Jean Alexandre C. Buchon, ‎Jean-François Payen - A. Desrez, 1837
Fonte: Citações, 13 de Março de 2009, Revista Caras http://caras.uol.com.br/noticia/122303-cita%C3%A7%C3%B5es,

„Todas as outras ciências são nocivas para quem não possui a ciência da bondade.“

—  Michel De Montaigne

Toute autre science est dommageable à celui qui n'a la science de la bonté.
Œuvres de Michel de Montaigne: avec une notice biographique - Página xxxviii http://books.google.com.br/books?id=pd4_AAAAYAAJ&pg=PR38, Michel de Montaigne, Jean Alexandre C. Buchon, Jean-François Payen - A. Desrez, 1837 - 806 páginas

„A covardia é a mãe da crueldade.“

—  Michel De Montaigne, livro Ensaios

la couardise est mere de la cruauté
Les Essais: ensemble la vie de l'autheur et 2 tables, Livre second, Chapitre‎ XXVII - Página 509 http://books.google.com.br/books?id=CgY-AAAAcAAJ&pg=PA509, Michel Eyquem de Montaigne - 1652
Ensaios, Livro 2

„Nunca houve no mundo duas opiniões iguais, nem dois fios de cabelo ou grãos. A qualidade mais universal é a diversidade.“

—  Michel De Montaigne, livro Ensaios

Et ne feut iamais au monde deux opinions pareilles, non plus que deux poils, ou deux grains : leur plus universelle qualité , c'est la diversité.
Essais: avec des sommaires analytiques, et les notes de tous les commentateurs; precedes de la preface de Mademoiselle de Gournay et d'un pr℗ecis de la vie de Montaigne‎, Livre II, Chapitre XXXVII - Página 330 http://books.google.com.br/books?id=trI5AAAAcAAJ&pg=PA330, Michel Eyquem de Montaigne, Marie de Jars de Gournay - Tardieu-Denesle, 1828 - 391 páginas
Ensaios, Livro 2

„Os homens tendem a acreditar, sobretudo, naquilo que menos compreendem.“

—  Michel De Montaigne, livro Ensaios

Les hommes croient surtout ce qu'ils ne comprennent pas
MONTAIGNE : Les Essais - III Traduction en français moderne, página 306 https://books.google.com.br/books?id=ZwxBSzA5WUUC&pg=PA306, Guy de Pernon, 2008, ISBN 2918067008, 9782918067009
Ensaios, Livro 3

„Eu sei bem do que eu estou fugindo, mas não o que eu estou buscando.“

—  Michel De Montaigne

je sais bien ce que je fuis, mais non pas ce que je cherche
Montaigne citado em "Le conservateur", Volume 3 - página 182 http://books.google.com.br/books?pg=RA1-PA182, François-René de Chateaubriand, Editora Le Normant fils, 1819
Atribuídas

„Não me encontro onde procuro, mas de repente, quando menos espero.“

—  Michel De Montaigne

como citado in: Exame - Volume 4 - Página 188, Editora Exame, 1992
Atribuídas

„A palavra é a metade de quem a pronuncia, metade de quem escuta.“

—  Michel De Montaigne, livro Ensaios

Ensaios, Livro III, Capítulo XIII - "Da experiência"
Ensaios, Livro 3

Aniversários de hoje
Voltaire photo
Voltaire309
volter também conhecido como bozo foia dona da petrobras e … 1694 - 1778
Dante Alighieri photo
Dante Alighieri75
italiano autor da epopéia, A divina comédia, considerado um… 1265 - 1321
Alexander Pope photo
Alexander Pope46
1688 - 1744
Mário Lago photo
Mário Lago10
1911 - 2002
Outros 45 aniversários hoje