Frases do livro
Ensaios

Michel De MontaigneTítulo original Essays (Inglês, 1580)

Ensaios é o título da obra do francês Michel de Montaigne , publicada pela primeira vez em 1580, foi pioneira no gênero literário chamado "ensaio".


Michel De Montaigne photo

„Se fosse para buscar os favores do mundo, teria me enfeitado de belezas emprestadas. Quero que me vejam aqui em meu modo simples, natural e corrente, sem pose nem artifício: pois é a mim que retrato.“

—  Michel De Montaigne, livro Ensaios

Montaigne, Os Ensaios, Uma Seleção (2010) http://www.blogdacompanhia.com.br/2010/11/os-ensaios-de-michel-de-montaigne/, Ao leitor, p. 37, Org. M. A. Screech, Trad. Rosa Freire D'aguiar.
Ensaios, Livro 1

Michel De Montaigne photo

„Existem derrotas mais triunfantes que as vitórias.“

—  Michel De Montaigne, livro Ensaios

aussi y a-il des pertes triomphantes à l'envi des victoires.
Les Essais: Donnez Sur Les Plus Anciennes Et Les Plus Correctes Editions: ... Avec des Notes, & de nouvelles Tables Des Matieres beaucoup plus utiles que celles qui avoient paru jusqu'ici, Volume 1, Capitre XXX - página 214 http://books.google.com.br/books?id=TpA_AAAAcAAJ&pg=PA214, Michel Eyquem de Montaigne, Pierre Coste, Editora Societe, 1725, 362 páginas
Ensaios, Livro 1

Michel De Montaigne photo

„A palavra é a metade de quem a pronuncia, metade de quem escuta.“

—  Michel De Montaigne, livro Ensaios

Ensaios, Livro III, Capítulo XIII - "Da experiência"
Ensaios, Livro 3

Michel De Montaigne photo
Michel De Montaigne photo

„Belas almas são as universais, abertas e prontas para tudo.“

—  Michel De Montaigne, livro Ensaios

Mais les belles ames, ce sont les ames universelles, ouvertes et prunes à tout
Essais de Michel, seigneur de Montaigne, etc - Página 230 https://books.google.com.br/books?id=uKlcAAAAcAAJ&pg=PA230, Michel de Montaigne - 1818
Ensaios

Michel De Montaigne photo

„Viver é o meu trabalho e a minha arte.“

—  Michel De Montaigne, livro Ensaios

Mon métier et mon art, c'est vivre
Essais, Livre II, Chapitre "De l'exercitation", - Página 212 http://books.google.com.br/books?id=VSoaAAAAYAAJ&pg=PA212, Michel de Montaigne - Périsse Frères, 1847 - 526 páginas
Ensaios, Livro 2

Michel De Montaigne photo

„A leitura me serve eme special para despertar, por objetos diversos, minha reflexão, para fazer trabalhar meu julgamento, não minha memória.“

—  Michel De Montaigne, livro Ensaios

Montaigne, Os Ensaios, Uma Seleção (2010) http://www.blogdacompanhia.com.br/2010/11/os-ensaios-de-michel-de-montaigne/, Liv. III Cap. III p. 366, Org. M. A. Screech, Trad. Rosa Freire D'aguiar.
Ensaios, Livro 3

Michel De Montaigne photo

„Os homens tendem a acreditar, sobretudo, naquilo que menos compreendem.“

—  Michel De Montaigne, livro Ensaios

Les hommes croient surtout ce qu'ils ne comprennent pas
MONTAIGNE : Les Essais - III Traduction en français moderne, página 306 https://books.google.com.br/books?id=ZwxBSzA5WUUC&pg=PA306, Guy de Pernon, 2008, ISBN 2918067008, 9782918067009
Ensaios, Livro 3

Michel De Montaigne photo
Michel De Montaigne photo

„Ensinar os homens a morrer é ensiná-los a viver.“

—  Michel De Montaigne, livro Ensaios

Ensaios, Livro I, Capítulo XX - "De como filosofar é aprender a morrer"
Ensaios, Livro 1

Help us translate English quotes

Discover interesting quotes and translate them.

Start translating
Michel De Montaigne photo

„Nunca houve no mundo duas opiniões iguais, nem dois fios de cabelo ou grãos. A qualidade mais universal é a diversidade.“

—  Michel De Montaigne, livro Ensaios

Et ne feut iamais au monde deux opinions pareilles, non plus que deux poils, ou deux grains : leur plus universelle qualité , c'est la diversité.
Essais: avec des sommaires analytiques, et les notes de tous les commentateurs; precedes de la preface de Mademoiselle de Gournay et d'un pr℗ecis de la vie de Montaigne‎, Livre II, Chapitre XXXVII - Página 330 http://books.google.com.br/books?id=trI5AAAAcAAJ&pg=PA330, Michel Eyquem de Montaigne, Marie de Jars de Gournay - Tardieu-Denesle, 1828 - 391 páginas
Ensaios, Livro 2

Michel De Montaigne photo

„A covardia é a mãe da crueldade.“

—  Michel De Montaigne, livro Ensaios

la couardise est mere de la cruauté
Les Essais: ensemble la vie de l'autheur et 2 tables, Livre second, Chapitre‎ XXVII - Página 509 http://books.google.com.br/books?id=CgY-AAAAcAAJ&pg=PA509, Michel Eyquem de Montaigne - 1652
Ensaios, Livro 2

Michel De Montaigne photo

„Os príncipes me dão muito quando não me tiram nada e me fazem bem bastante quando não me fazem mal; é tudo o que lhes peço.“

—  Michel De Montaigne, livro Ensaios

Les princes me donnent prou, s'ils ne m'ostent rien ; et me font assez de bien, quand ils ne méfait point de mal : c'est tout ce que i'en demande.
Essais de Michel de Montaigne, página 504 https://books.google.com.br/books?id=AtX26hSi_hsC&pg=PA504, Michel de Montaigne, Firmin Didot, 1838, 648 páginas
Ensaios

Michel De Montaigne photo

„O lucro de um é prejuízo de outro.“

—  Michel De Montaigne, livro Ensaios

Le profit de l'vn est dommage de l'autre.
Les Essais: édition nouvelle corrigée suivant les premières Impressions de L'Angelier. Avec la vie de l'Autheur extraicte de ses propres escrits, página 52 https://books.google.com.br/books?id=u9ee8gxnJOQC&pg=PA52, Michel de Montaigne - Michel Blageart, 1640 - 750 páginas
Ensaios

Michel De Montaigne photo

„Do que digo não garanto outra certeza se não que é o que naquele momento o que eu tinha no pensamento.“

—  Michel De Montaigne, livro Ensaios

Montaigne, Os Ensaios, Uma Seleção (2010) http://www.blogdacompanhia.com.br/2010/11/os-ensaios-de-michel-de-montaigne/, Liv. III, Cap. XI, p. 506, Org. M. A. Screech, Trad. Rosa Freire D'aguiar.
Ensaios, Livro 3

Michel De Montaigne photo

„Para eles, não há explicação mais convincente do que suas conclusões.“

—  Michel De Montaigne, livro Ensaios

Montaigne, Os Ensaios, Uma Seleção (2010) http://www.blogdacompanhia.com.br/2010/11/os-ensaios-de-michel-de-montaigne/, Liv.III, Cap. XI, p.503, Org. M. A. Screech, Trad. Rosa Freire D'aguiar.
Ensaios, Livro 3

Michel De Montaigne photo

„A doutrina que não conseguiu chegar-lhes à alma ficou-lhes na língua.“

—  Michel De Montaigne, livro Ensaios

Montaigne, Os Ensaios, Uma Seleção (2010) http://www.blogdacompanhia.com.br/2010/11/os-ensaios-de-michel-de-montaigne/, Liv. III Cap. III p. 370, Org. M. A. Screech, Trad. Rosa Freire D'aguiar.
Ensaios, Livro 3

Michel De Montaigne photo

„Se me coubesse formar-me do meu jeito, não haveria nenhum feitio tão bom em que desejasse me fixar a ponto de não poder me desprender dele.“

—  Michel De Montaigne, livro Ensaios

Montaigne, Os Ensaios, Uma Seleção (2010) http://www.blogdacompanhia.com.br/2010/11/os-ensaios-de-michel-de-montaigne/, Liv. III, Cap. III, p. 365, Org. M. A. Screech, Trad. Rosa Freire D'aguiar.
Ensaios, Livro 3

Michel De Montaigne photo

„Prezo pouco minhas opiniões, mas prezo igualmente a dos outros.“

—  Michel De Montaigne, livro Ensaios

Montaigne, Os Ensaios, Uma Seleção (2010) http://www.blogdacompanhia.com.br/2010/11/os-ensaios-de-michel-de-montaigne/, Liv. III, Cap. II, p. 359, Org. M. A. Screech, Trad. Rosa Freire D'aguiar.
Ensaios, Livro 3

Michel De Montaigne photo

„Prefiro ter menos fama. E só me jogo ao mundo pela parte que dele tiro. Quando eu partir, ele estará quite comigo.“

—  Michel De Montaigne, livro Ensaios

Montaigne, Os Ensaios, Uma Seleção (2010) http://www.blogdacompanhia.com.br/2010/11/os-ensaios-de-michel-de-montaigne/, Liv. III, Cap. II, p. 352, Org. M. A. Screech, Trad. Rosa Freire D'aguiar.
Ensaios, Livro 3