„A questão que naquele momento atingiu Winston como um golpe foi o fato de que a morte de sua mãe, quase trinta anos antes, fora trágica e dolorosa de um modo que já não seria possível. Ele se dava conta de que a tragédia pertencia aos tempos de antigamente, aos tempos em que ainda havia privacidade, amor e amizade, e em que os membros de uma família se amparavam uns aos outros sem precisar saber por quê. A memória de sua mãe atormentava seu coração porque ela morrera amando-o, quando ele era jovem e egoísta demais para poder retribuir seu amor, e porque, de alguma maneira, ele não se lembrava como, ela se sacrificara a uma concepção de lealdade privada e inalterável. Eram coisas que, ele percebia, não poderiam acontecer agora. Agora havia medo, ódio e dor, mas não dignidade na emoção, não tristezas profundas ou complexas.“

1984

Última atualização 4 de Junho de 2021. História

Citações relacionadas

George Orwell photo
Esta tradução está aguardando revisão. Está correcto?
Oscar Wilde photo

„A amizade é muito mais trágica que o amor. Dura mais tempo.“

—  Oscar Wilde Escritor, poeta e dramaturgo britânico de origem irlandesa 1854 - 1900

Stephen King photo
José Saramago photo
Gabriel García Márquez photo
Rimbaud photo
Quentin Crisp photo
Ludwig Börne photo
Miguel de Cervantes photo

„Não há memória que o tempo não faça esquecer, como não há dor que a morte não cure.“

—  Miguel de Cervantes 1547 - 1616

no hay memoria a quien el tiempo no acabe, ni dolor que muerte no le consuma.
El ingenioso hidalgo Don Quixote de la Mancha compuesto por Miguel de Cervantes Saavedra, Volume 1, página 121 https://books.google.com.br/books?id=DJDFYggUTGMC&pg=PA121, 1780
Atribuídas

Graham Greene photo
Tati Bernardi photo
Gabriel García Márquez photo

„Era ainda jovem demais para saber que a memória do coração elimina as más lembranças e enaltece as boas e que graças a este artifício conseguimos suportar o passado.“

—  Gabriel García Márquez, livro El amor en los tiempos del cólera

Love in the Time of Cholera
Variante: Era ainda jovem demais para saber que a memória do coração elimina as más lembranças e enaltece as boas e que graças a esse artifício conseguimos suportar o passado.

William Somerset Maugham photo
Oscar Wilde photo

Tópicos relacionados