Frases de Maya Angelou

Maya Angelou foto
4  1

Maya Angelou

Data de nascimento: 4. Abril 1928
Data de falecimento: 28. Maio 2014
Outros nomes: 瑪雅安傑盧,مایا انجیلو

Publicidade

Maya Angelou, pseudónimo de Marguerite Ann Johnson foi uma escritora e poeta dos Estados Unidos.

Passou a infância na Califórnia, Arkansas, e St. Louis, e viveu com a avó paterna, Annie Henderson, na maior parte de sua infância. Quando tinha 8 anos, ela foi estuprada pelo namorado da mãe em St. Louis; isto levou anos de mudez para Maya, que finalmente superou com a ajuda de uma vizinha atenciosa, e um grande amor pela literatura.

Aos 17, Maya se tornou a primeira motorista negra de ônibus em São Francisco e tornou-se mãe solteira ao dar à luz seu primeiro filho, em uma época em que isso não era comum; em anos posteriores, ela se tornou a primeira mulher negra a ser roteirista e diretora em Hollywood. Na década de 50 - quando surgiu com o pseudônimo "Maya Angelou" - ela se afirmou como atriz, cantora e dançarina em várias montagens teatrais que percorreram o país, tais como: Porgy and Bess, Calypso Heatwave, The Blacks e Cabaret for Freedom; Nos anos 60 ela era amiga de Martin Luther King Jr. e Malcolm X; ela serviu no SCLC com Dr. King, e trabalhou durante anos para o movimento de direitos civis. Também nos anos 60, ela trabalhou e viajou pela África, como jornalista e professora, ajudando vários movimentos de independência africanos. Em 1970, publicou o primeiro livro, I Know Why the Caged Bird Sings, para grande aclamação, e foi nomeada para o Pulitzer Prize em poesia no ano seguinte.

Angelou teve uma carreira longa e distinta. Foi poetisa, escritora, ativista de direitos civis e historiadora, entre outras coisas. Também foi atriz, dançarina e cantora. Atuou na peça de Jean Genet, "The Blacks", e no aclamado seriado, "Roots", ganhador de um Emmy. Angelou provavelmente é conhecida melhor pelos seus trabalhos autobiográficos, que incluem I Know Why the Caged Bird Sings e All God's Children Need Traveling Shoes.

Em 1993, Angelou leu um de seus poemas, chamado "On the Pulse of Morning", na posse de Bill Clinton como presidente; este foi um dos pontos altos de sua carreira: recebeu o Grammy de melhor texto recitado pela sua leitura, e novamente a trouxe para a vista do público. Ao final de sua carreira, foi professora de história americana na Wake Forest University, Carolina do Norte, fazia excursões e dava palestras em vários lugares

Morte

Angelou morreu na manhã de 28 de maio de 2014. Ela foi achada por sua enfermeira. Embora Angelou tinha sido relatada com saúde debilitada e tinha cancelado suas aparições agendadas, ela estava trabalhando em outro livro, uma autobiografia sobre suas experiências com líderes nacionais e mundiais. Durante seu memorial em Wake Forest University, seu filho Guy Johnson afirmou que, apesar de estar em constante dor devido a sua carreira dançando e sua insuficiência respiratória, ela escrevera quatro livros durante o último ano da sua vida . Ele disse, "ela deixou este plano mortal sem perda de acuidade e sem perda de compreensão"

Os tributos para Angelou e condolências foram pagos por artistas, pessoas ligadas ao entretenimento, e líderes mundiais, incluindo o Presidente Bill Clinton e o Presidente Barack Obama, cuja irmã foi nomeada em homenagem à Angelou . Harold Augenbraum, da National Book Foundation, disse que "o legado de Angelou pode ser admirado e aspirado por todos os escritores e leitores em todo o mundo." Na semana depois da morte de Angelou, "I Know Why the Caged Bird Sings" subiu para primeiro colocado na lista de best-sellers do Amazon.com

Em 29 de maio de 2014, na igreja de Mount Zion Baptist, em Winston-Salem, da qual Angelou foi membro por 30 anos, foi promovido um memorial público em honra a Angelou. Em 7 de junho, um memorial privado foi exibido ao vivo em estações locais na área de Winston-Salem/Triad e transmitido ao vivo no site da Universidade com os discursos de seu filho, de Oprah Winfrey, de Michelle Obama e de Bill Clinton. Em 15 de junho, um memorial foi promovido na igreja Glide Memorial, em San Francisco, onde Angelou foi membro por muitos anos. O reverendo Cecil Williams, prefeito Ed Lee, e o ex-prefeito Willie Brown discursaram.

Em 2015, um selo do serviço postal dos Estados Unidos foi emitido em comemoração a Maya Angelou com a citação "Um pássaro não canta porque tem a resposta, ele canta porque tem uma música" de Joan Walsh Anglund, embora o selo erroneamente atribui a citação a Angelou. A citação é do livro de poemas A Cup of Sun, de Anglund.

Autores parecidos

Citações Maya Angelou

Publicidade
Publicidade

„People will forget what you said. People will forget what you did. But people will never forget how you made them feel.“

— Maya Angelou
This is a very close paraphrase of a quotation attributed to Carl Buehner in a book published many years earlier - “They may forget what you said — but they will never forget how you made them feel.” quoted in Richard Evans' Quote Book, 1971, Publisher's Press, ASIN: B000TV5WBW, although it is widely (mis)attributed to Angelou in her book Worth Repeating: More Than 5,000 Classic and Contemporary Quotes (2003) by Bob Kelly, p. 263,

Publicidade

„My mission in life is not merely to survive, but to thrive; and to do so with some passion, some compassion, some humor, and some style.“

— Maya Angelou
Shared on her [https://www.facebook.com/MayaAngelou/posts/10150251846629796 Facebook page], July 4, 2011

„I don't trust people who don't love themselves and tell me "I love you."“

— Maya Angelou
Context: I don't trust people who don't love themselves and tell me "I love you." … There is an African saying which is: "Be careful when a naked person offers you a shirt." The Distinguished Annie Clark Tanner Lecture, 16th-annual Families Alive Conference, Weber State University, May 8, 1997 - [http://departments.weber.edu/chfam/familiesalive/angelouspeech.html3 Full text online at weber.edu]

„There is no greater agony than bearing an untold story inside you.“

— Maya Angelou, I Know Why the Caged Bird Sings
This is actually from Zora Neale Hurston, <i>Dust Tracks On the Road,</i> though it is widely attributed to Ms. Angelou's book, <i>I Know Why the Caged Bird Sings.</i>

Próximo