Frases de Maya Angelou

Maya Angeloufoto

4  0

Maya Angelou

Data de nascimento:4. Abril 1928
Data de falecimento:28. Maio 2014
Outros nomes: 瑪雅安傑盧,مایا انجیلو

Maya Angelou, pseudónimo de Marguerite Ann Johnson foi uma escritora e poeta dos Estados Unidos.

Passou a infância na Califórnia, Arkansas, e St. Louis, e viveu com a avó paterna, Annie Henderson, na maior parte de sua infância. Quando tinha 8 anos, ela foi estuprada pelo namorado da mãe em St. Louis; isto levou anos de mudez para Maya, que finalmente superou com a ajuda de uma vizinha atenciosa, e um grande amor pela literatura.

Aos 17, Maya se tornou a primeira motorista negra de ônibus em São Francisco e tornou-se mãe solteira ao dar à luz seu primeiro filho, em uma época em que isso não era comum; em anos posteriores, ela se tornou a primeira mulher negra a ser roteirista e diretora em Hollywood. Na década de 50 - quando surgiu com o pseudônimo "Maya Angelou" - ela se afirmou como atriz, cantora e dançarina em várias montagens teatrais que percorreram o país, tais como: Porgy and Bess, Calypso Heatwave, The Blacks e Cabaret for Freedom; Nos anos 60 ela era amiga de Martin Luther King Jr. e Malcolm X; ela serviu no SCLC com Dr. King, e trabalhou durante anos para o movimento de direitos civis. Também nos anos 60, ela trabalhou e viajou pela África, como jornalista e professora, ajudando vários movimentos de independência africanos. Em 1970, publicou o primeiro livro, I Know Why the Caged Bird Sings, para grande aclamação, e foi nomeada para o Pulitzer Prize em poesia no ano seguinte.

Angelou teve uma carreira longa e distinta. Foi poetisa, escritora, ativista de direitos civis e historiadora, entre outras coisas. Também foi atriz, dançarina e cantora. Atuou na peça de Jean Genet, "The Blacks", e no aclamado seriado, "Roots", ganhador de um Emmy. Angelou provavelmente é conhecida melhor pelos seus trabalhos autobiográficos, que incluem I Know Why the Caged Bird Sings e All God's Children Need Traveling Shoes.

Em 1993, Angelou leu um de seus poemas, chamado "On the Pulse of Morning", na posse de Bill Clinton como presidente; este foi um dos pontos altos de sua carreira: recebeu o Grammy de melhor texto recitado pela sua leitura, e novamente a trouxe para a vista do público. Ao final de sua carreira, foi professora de história americana na Wake Forest University, Carolina do Norte, fazia excursões e dava palestras em vários lugares

Morte

Angelou morreu na manhã de 28 de maio de 2014. Ela foi achada por sua enfermeira. Embora Angelou tinha sido relatada com saúde debilitada e tinha cancelado suas aparições agendadas, ela estava trabalhando em outro livro, uma autobiografia sobre suas experiências com líderes nacionais e mundiais. Durante seu memorial em Wake Forest University, seu filho Guy Johnson afirmou que, apesar de estar em constante dor devido a sua carreira dançando e sua insuficiência respiratória, ela escrevera quatro livros durante o último ano da sua vida . Ele disse, "ela deixou este plano mortal sem perda de acuidade e sem perda de compreensão"

Os tributos para Angelou e condolências foram pagos por artistas, pessoas ligadas ao entretenimento, e líderes mundiais, incluindo o Presidente Bill Clinton e o Presidente Barack Obama, cuja irmã foi nomeada em homenagem à Angelou . Harold Augenbraum, da National Book Foundation, disse que "o legado de Angelou pode ser admirado e aspirado por todos os escritores e leitores em todo o mundo." Na semana depois da morte de Angelou, "I Know Why the Caged Bird Sings" subiu para primeiro colocado na lista de best-sellers do Amazon.com

Em 29 de maio de 2014, na igreja de Mount Zion Baptist, em Winston-Salem, da qual Angelou foi membro por 30 anos, foi promovido um memorial público em honra a Angelou. Em 7 de junho, um memorial privado foi exibido ao vivo em estações locais na área de Winston-Salem/Triad e transmitido ao vivo no site da Universidade com os discursos de seu filho, de Oprah Winfrey, de Michelle Obama e de Bill Clinton. Em 15 de junho, um memorial foi promovido na igreja Glide Memorial, em San Francisco, onde Angelou foi membro por muitos anos. O reverendo Cecil Williams, prefeito Ed Lee, e o ex-prefeito Willie Brown discursaram.

Em 2015, um selo do serviço postal dos Estados Unidos foi emitido em comemoração a Maya Angelou com a citação "Um pássaro não canta porque tem a resposta, ele canta porque tem uma música" de Joan Walsh Anglund, embora o selo erroneamente atribui a citação a Angelou. A citação é do livro de poemas A Cup of Sun, de Anglund.

Citações Maya Angelou










Maya Angelou foto
Maya Angelou827
American author and poet 1928 - 2014








Maya Angelou foto
Maya Angelou827
American author and poet 1928 - 2014



Autores parecidos