Frases sobre estupro

Uma coleção de frases e citações sobre o tema da estupro.

Tópicos relacionados

Total 18 citações, filtro:


Kurt Cobain photo
Andrea Dworkin photo
Chi­ma­man­da Ngo­zi Adi­chie photo
Kurt Cobain photo
Andrea Dworkin photo
Phyllis Chesler photo
Jair Bolsonaro photo
Zack de la Rocha photo
Thaila Ayala photo

„(posar nua) seria como um estupro.“

—  Thaila Ayala Atriz e modelo brasileira 1986

Help us translate English quotes

Discover interesting quotes and translate them.

Start translating
Andrea Dworkin photo
Andrea Dworkin photo
Andrea Dworkin photo

„Pornografia é usada no estupro — para planejá-lo, para executá-lo, para coreografá-lo, para gerar a excitação em cometer o ato.“

—  Andrea Dworkin 1946 - 2005

Testemunho antes da Representação Geral da Comissão em Pornografia de Nova Iorque (1986)
Letters from a War Zone

Charles Baudelaire photo

„O Gênesis do absurdo.

No início não havia coisa alguma.
Não existia a fome.
A seca.
Os terremotos ou todo o monte
de destroços por cima de corpos
esmagados que eles acostumam
deixar para trás.

Não existia traições,
sacrifícios.

Não tinha homicídios,
as chacinas,
ou os temíveis
genocídios.

Não existia a sede e nem as pestes.

Não havia o governo,
cientistas
ou as bombas atômicas.

No início não existia qualquer tipo
de armas
ou muito menos
todas as guerras feitas
por elas.

No início não existia dinheiro
ou muito menos a buscar
por algum tipo
de poder.

No início não havia morte,
e muito menos
o luto.

Não tinha o choro,
a agonia,
as lamentações.

Não havia desesperança,
nem ossos mutilados.

Os vícios ou suas drogas.

Não tinha os estupros,
as torturas.
Não havia indignação.

Não existia vingança,
nem desistência.

No início tudo estava em sintonia,
não havia nada,
era algo singular,
sem quês ou porquês.

No início tudo era tudo.

Nem belo, nem feio.

Nem quente, nem frio.

Nem liso, ou aspero.

Na início nada era bom,
pois não tinha nada
que fosse mal.

Não tinham respostas, pois não
haviam perguntas para
serem feitas.

No início de tudo,
luz
e
escuridão
eram a mesma
coisa.

Até que alguma força,
que a maioria diz
ter sido alguma espécie de deus
benevolente,
de poder incomparável
e inteligência
absoluta,
resolveu que deveria dar início
há tudo.

Pelo visto, algo se cansou
de estar sozinho
e entendeu que a solução
seria espalhar
sua vasta energia
por ai,
criando todo o tempo
e o tecido do
espaço.

Resolveu que a perfeição era
uma besteira
e deu início a todo o
imperfeito.

Algum ser filho da puta
o suficiente,
há muito tempo
resolveu sem consultar a
ninguém
(Porque só havia ele)
que a vida deveria existir.

E assim fez, instalando o caos,
por dentro de absolutamente
todas as coisas.

Há muito, muito tempo,
alguém
ou algo
resolveu nos trazer até
aqui
e após perceber
o tamanho da merda que tinha
cometido,
se foi
e nunca mais
voltou.

Talvez por culpa
ou vergonha,
quem é que vai
saber?

Talvez, o universo seja a vasta criação
de alguma criatura covarde
que se foi pela fuga
de seu próprio infinito
quando percebeu que seu egoísmo
absurdo
fez com que cometesse
uma atrocidade.

E tudo o que sobrou, da bendita
imbecilidade do seu criacionismo
foram coisas como
a gente,
fazendo coisas como gente
e pagando pelos erros
de um
deus vergonhoso
que
segundo o cristianismo,
a coisa mais interessante que
conseguiu fazer enquanto
aqui esteve, foi ter feito a Terra,
antes mesmo
de criar
o Sol.“

—  Charlie Barkley

Warren Farrell photo

„Durante o julgamento de Mike Tyson por estupro, por exemplo, o hotel onde o júri estava hospedado pegou fogo. Dois bombeiros morreram tentando salvar os ocupantes do prédio. O julgamento de Tyson nos tornou conscientes a respeito do homem estuprador, mas a morte dos dois bombeiros não nos tornou mais conscientes do homem como um salvador de vidas. Prestamos mais atenção num homem que praticou o mal do que em dois que praticaram o bem; no homem que ameaçou uma mulher (a qual não morreu) do que nas dezenas de homens que salvaram centenas de homens e mulheres (para não falar nos dois que morreram).“

—  Warren Farrell, livro The Myth of Male Power

"The Mike Tyson trial. The hotel in which the jury is sequestered goes ablaze. Two firefighters die saving its occupants. The trial of Mike Tyson made us increasingly aware of men-as-rapists. The firefighters' deaths did not make us increasingly aware of men-as-saviors. We were more aware of one man doing harm than of two men saving, of one man threatening one women (who is still alive) than of dozens of men saving hundreds of people (and that two of those men died)."
Página 36.
The Myth of Male Power (1993), Parte 1

Paulo Maluf photo

„Se está com desejo sexual, estupra, mas não mata.“

—  Paulo Maluf político e engenheiro brasileiro 1931

Em palestra para estudantes de medicina aonde ele defende que estupro é um crime hediondo, e que se seguido de morte, deveria ser punido com pena de morte
Fonte: Revista VEJA, propaganda do PT, e resposta do PDS, durante o Horário eleitoral gratuito nas as campanhas para a prefeitura de São Paulo, em 1992.

Germaine Greer photo