Frases de Paulo Maluf

Paulo Maluf photo
25   5

Paulo Maluf

Data de nascimento: 3. Setembro 1931

Paulo Salim Maluf é um político, engenheiro e empresário brasileiro, filho de pais de origem libanesa. Foi governador de São Paulo , além de duas vezes prefeito de São Paulo , secretário dos transportes do Estado , presidente da Caixa Econômica Federal, presidente da Associação Comercial de São Paulo, e candidato à Presidência da República. Atualmente é deputado federal.

Na política, Maluf associou-se ao conservadorismo, e seu primeiro partido político foi a Aliança Renovadora Nacional, sustentáculo do regime militar, que posteriormente sofreu diversas alterações de nomenclatura até chegar na denominação atual, Partido Progressista. A ascensão e o sucesso como administrador público estiveram na origem do termo "malufismo", em alusão à influência que Maluf deteve na política paulista.

A indicação de Maluf como candidato da eleição presidencial de 1985, a primeira após a abertura política, dividiu o partido, numa disputa interna de poder. Os membros da Arena contrários à candidatura, liderados por José Sarney, terminaram por fundar o dissidente Partido da Frente Liberal. Maluf foi oficializado candidato, mas perdeu a eleição para Tancredo Neves.

Maluf voltaria a vencer um pleito em 1992, para a prefeitura de São Paulo. Dentre as obras públicas inauguradas durante sua administração como prefeito da capital paulista, estão as Marginais Pinheiros e Tietê, o Elevado Presidente Costa e Silva e o Túnel Ayrton Senna. Depois de deixar a prefeitura de São Paulo, não foi mais eleito para cargos executivos e passou a disputar, com êxito, eleições parlamentares. Foi eleito deputado federal nos anos de 2006, 2010, e 2014, nessa última com pouco mais de 250 mil votos. É pré-candidato à prefeitura de São Paulo nas eleições de 2016.

Citações Paulo Maluf

„Nunca tive tempo para fazer coisas ruins…“

—  Paulo Maluf

Paulo Maluf, candidato a prefeito de São Paulo pelo PPB, explicando a uma eleitora por que vai para o céu quando morrer
Fonte: Revista Veja, Edição 1 656 - 5/7/2000 http://veja.abril.com.br/050700/vejaessa.html

„É um casamento espúrio dos homens de direita da Fiesp com a esquerda da CUT terrorista.“

—  Paulo Maluf

Paulo Maluf, candidato à prefeitura de São Paulo pelo PPB, desesperado com o amplo apoio conquistado por sua oponente, Marta Suplicy (PT)
Fonte: Revista Veja, Edição 1 671 - 18/10/2000 http://veja.abril.com.br/181000/vejaessa.html

„É milagre de Maluf que faz chover no Nordeste. É uma benção de Deus e do Maluf.“

—  Paulo Maluf

Durante um comício de Maluf em Natal para as eleições presidenciais de 1989, quando começava a chover.
Fonte: Do bestial ao genial: frases da política - Página 21 - de Paulo Buchsbaum e André Buchsbaum - Editora Ediouro Publicações, 2006, ISBN 850002075X, 9788500020759

„Recebi uma agressão da mesma pessoa que há poucos meses agrediu a virtuosa e santa primeira-dama, Ruth Cardoso.“

—  Paulo Maluf

Em resposta, evocando a crítica de Motta ao programa Comunidade Solidária; Revista Veja http://veja.abril.com.br/081097/p_014.html.

„Se está com desejo sexual, estupra, mas não mata.“

—  Paulo Maluf

Em palestra para estudantes de medicina aonde ele defende que estupro é um crime hediondo, e que se seguido de morte, deveria ser punido com pena de morte
Fonte: Revista VEJA, propaganda do PT, e resposta do PDS, durante o Horário eleitoral gratuito nas as campanhas para a prefeitura de São Paulo, em 1992.

„Como Cristo teve as 14 estações de sua Via-Crúcis, eu tive as minhas também.“

—  Paulo Maluf

Falando sobre o episódio de quando foi preso por suposto desvio de dinheiro público para contas suas no exterior, em entrevista ao Programa Amaury Jr., em 2006.

„Seus moradores ficam contentes porque se sentem em Genève.“

—  Paulo Maluf

Paulo Maluf, candidato derrotado do PPB ao governo de São Paulo, sobre o Cingapura, projeto de moradia para favelados
Fonte: Revista Veja http://veja.abril.com.br/231298/p_012.html de 23/12/98

„Quero ser Robin Hood.“

—  Paulo Maluf

Paulo Maluf, candidato do PPB à prefeitura de São Paulo, prometendo isentar do IPTU 4 milhões de pessoas
"Ele está mais para Ali Babá."
Marta Suplicy, candidata do PT, respondendo ao adversário
Fonte: Revista Veja, Edição 1 673 - 1°/11/2000 http://veja.abril.com.br/011100/vejaessa.html

„Mário Covas ressuscitou o sarampo, a tuberculose e a caxumba.“

—  Paulo Maluf

Fonte: Revista Veja http://veja.abril.com.br/200897/p_015.html

Help us translate English quotes

Discover interesting quotes and translate them.

Start translating

„É uma granjinha, com alguns poucos frangos.“

—  Paulo Maluf

Em Paris, sobre a Granja Obelisco, que pertence à sua mulher e está sendo investigada por ter participado de um esquema viciado de fornecimento de frangos para a prefeitura de São Paulo.
Fonte: Revista Veja http://veja.abril.com.br/230797/p_013.html

„Meu negócio não é homem. Tem candidata que defende o casamento de homem com homem, mas isso só dá lobisomem.“

—  Paulo Maluf

Paulo Maluf, candidato a prefeito de São Paulo, referindo-se à concorrente do PT, Marta Suplicy, que defende a legalização da união entre pessoas do mesmo sexo
Fonte: Revista Veja, Edição 1 662 - 16/8/2000 http://veja.abril.com.br/160800/vejaessa.html

„Votem no Pitta, e se o Pitta não for um bom prefeito nunca mais votem em mim.“

—  Paulo Maluf

O mandato de Celso Pitta foi marcado por suspeitas de corrupção, que ocasionou a ruptura de Pitta com Maluf, passando Pitta a pertencer ao PTN.
Fonte: Horário Político na Televisão, durante as campanhas para a prefeitura da cidade de São Paulo, em 1996.

„Aqui deveria ter controle de qualidade no fornecedor da quentinha. A quentinha que hoje serviram para mim, não daria nem para meu cachorro.“

—  Paulo Maluf

Reclamando dos serviços da carceragem da Polícia Federal, em São Paulo, onde ficou preso, em setembro de 2005
Fonte: Revista Isto É Gente! de 26/12/2005

„A senhora fique quietinha.“

—  Paulo Maluf

Paulo Maluf, candidato do PPB à prefeitura de São Paulo, para Marta Suplicy, sua concorrente do PT, em debate na TV
Fonte: Revista Veja, Edição 1 672 - 25/10/2000 http://veja.abril.com.br/251000/vejaessa.html

„Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit. Etiam egestas wisi a erat. Morbi imperdiet, mauris ac auctor dictum.“

Autores parecidos

Fernando Henrique Cardoso photo
Fernando Henrique Cardoso60
Sociólogo e político brasileiro, ex-presidente do Brasil
Luiz Inácio Lula da Silva photo
Luiz Inácio Lula da Silva154
político brasileiro, 35º presidente do Brasil
Carlos Drummond de Andrade photo
Carlos Drummond de Andrade213
Poeta brasileiro
Paulo Freire photo
Paulo Freire71
filósofo e educador brasileiro
Olavo de Carvalho photo
Olavo de Carvalho38
astrólogo brasileiro
Roberto Campos photo
Roberto Campos69
Economista, diplomata e político matogrossense
Augusto Cury photo
Augusto Cury243
Psiquiatra e Escritor brasileiro
Paulo Coelho photo
Paulo Coelho389
escritor e letrista brasileiro
Cora Coralina photo
Cora Coralina34
poetisa e contista brasileira
Aniversários de hoje
Pablo Neruda photo
Pablo Neruda77
Escritor 1904 - 1973
Henry David Thoreau photo
Henry David Thoreau127
1817 - 1862
Erasmo de Rotterdam photo
Erasmo de Rotterdam50
1466 - 1536
Outros 46 aniversários hoje
Autores parecidos
Fernando Henrique Cardoso photo
Fernando Henrique Cardoso60
Sociólogo e político brasileiro, ex-presidente do Brasil
Luiz Inácio Lula da Silva photo
Luiz Inácio Lula da Silva154
político brasileiro, 35º presidente do Brasil
Carlos Drummond de Andrade photo
Carlos Drummond de Andrade213
Poeta brasileiro
Paulo Freire photo
Paulo Freire71
filósofo e educador brasileiro