Esta tradução está aguardando revisão. Está correcto?

Entrar para revisão

„Quando a guerra começou na Abissínia, todos os nacionalistas negros olhavam com esperança para Haile Selassie. Eles falavam por ele, oravam por ele, cantavam para ele, faziam tudo para erguer as mãos, como Arão fez por Moisés; mas enquanto os povos negros do mundo estavam orando pelo sucesso da Abissínia, este pequeno imperador estava minando o tecido do seu próprio reino jogando o tolo com homens brancos, fazendo-os aconselhá-lo, dizendo-lhes o que fazer, como se render, como cancelar os impulsos bem-sucedidos de sua [raça] contra os invasores italianos. Sim, eles estavam dizendo a ele como preparar seu vôo e, como uma criança imbecil, ele seguiu todos os conselhos e finalmente fugiu de seu país para a Inglaterra, deixando seu povo massacrado pelos italianos e deixando o sério mundo branco para rir. em cada negro e repita a carga e a armadilha - "ele é incompetente", "nós avisamos". De fato, Haile Selassie provou a incompetência do negro para a autoridade política, mas graças a Deus há negros que percebem que Haile Selassie não representava as qualidades mais verdadeiras da raça negra. Como ele poderia, quando ele queria brincar de branco? Como ele poderia, quando se cercou de influência branca? Como poderia ele, quando em um mundo moderno e numa civilização progressista, preferir um Estado negro de negros do que um país democrático livre, onde os cidadãos negros poderiam ter as mesmas oportunidades que os cidadãos brancos em suas democracias?“

Original

When the war started in Abyssinia all Negro nationalists looked with hope to Haile Selassie. They spoke for him, they prayed for him, they sung for him, they did everything to hold up his hands, as Aaron did for Moses; but whilst the Negro peoples of the world were praying for the success of Abyssinia this little Emperor was undermining the fabric of his own kingdom by playing the fool with white men, having them advising him[, ] having them telling him what to do, how to surrender, how to call off the successful thrusts of his [Race] against the Italian invaders. Yes, they were telling him how to prepare his flight, and like an imbecilic child he followed every advice and then ultimately ran away from his country to England, leaving his people to be massacred by the Italians, and leaving the serious white world to laugh at every Negro and repeat the charge and snare - "he is incompetent," "we told you so." Indeed Haile Selassie has proved the incompetence of the Negro for political authority, but thank God there are Negroes who realise that Haile Selassie did not represent the truest qualities of the Negro race. How could he, when he wanted to play white? How could he, when he surrounded himself with white influence? How could he, when in a modern world, and in a progressive civilization, he preferred a slave State of black men than a free democratic country where the black citizens could rise to the same opportunities as white citizens in their democracies?

The Failure of Haile Selassie as Emperor in The Blackman, April, 1937.

Editado por Antonio649. Última atualização 16 de Outubro de 2020. História

Citações relacionadas

„Ele é negro? Ele é só exteriormente. Eu não considero ele negro. Se ele for negro, ele é um negro de estimação dos brancos. Agora ele é negro, né? Depois de avacalhar todo o movimento negro, ele quer ser negro, né?“

—  Rui Costa Pimenta jornalista e político brasileiro 1957

Sobre Fernando Holiday, vereador pelo DEM e ativista do MBL
Fonte: Análise Política da Semana (Causa Operária TV) — 18 de março de 2017

Ruy Barbosa photo

„A escravidão do negro é a mutilação da liberdade do branco.“

—  Ruy Barbosa político, escritor e jurista brasileiro 1849 - 1923

Pablo Neruda photo
Glória Maria photo

„Já namorei negros, sim, só que não são conhecidos. Os negros famosos estão casados com mulheres brancas. Isso é sutil, hipócrita e nojento.“

—  Glória Maria jornalista brasileira 1949

Três perguntas para: Glória Maria http://lulacerda.ig.com.br/tres-perguntas-para-gloria-maria/ (7 de dezembro de 2014). Lu Lacerda. IG. Visitado em 9 de outubro de 2015.

Clarice Lispector photo
Ferréz photo

„Sou mais negro que ele (Paulo Lins), falo mais do negro que ele. Ser negro não é só raça ou melanina, é atitude política perante o mundo. Nesse sentido, o Marçal (Aquino) é negro, o Lourenco (Mutarelli) é negro.“

—  Ferréz Seus feitos e características 1975

Fonte: Folha http://m.folha.uol.com.br/ilustrada/2013/10/1355775-negro-nao-e-so-melanina-e-atitude-politica-diz-ferrez-em-frankfurt.shtml; entrevista a Cassiano Elek Machado e Raquel Cozer, 12/10/2013 10h19

Ronaldo Luis Nazário de Lima photo

„Acho que todos os negros sofrem. Eu, que sou branco, sofro com tamanha ignorância.“

—  Ronaldo Luis Nazário de Lima futebolista e empresário brasileiro 1976

falando sobre racismo no futebol, em entrevista ao jornal Folha de São Paulo
Revista Veja http://veja.abril.com.br/010605/vejaessa.html; Edição 1907 . 1° de junho de 2005

Esta tradução está aguardando revisão. Está correcto?
Abraham Lincoln photo
Esta tradução está aguardando revisão. Está correcto?
Marcus Garvey photo
Milton Gonçalves photo
Justin Cronin photo
Padre Antônio Vieira photo

„Sem Angola, não há negros e sem negros não há Pernambuco.“

—  Padre Antônio Vieira 1608 - 1697

Sobre a necessidade de retomar os entrepostos portugueses de escravos na África, naquele momento sob controle holandês.
Carta do Pe. Antônio Vieira ao marquês de Niza, 12 de agosto de 1648, citada por Silva, Leonardo Dantas, "Alguns documentos para história da escravidão", Fundaj, Editora Massangana, Recife, 1988, p. 8; citado em "Família, mulher, sexualidade e Igreja na história do Brasil: ; Por Maria Luiza Marcílio; Colaborador Maria Luiza Marcílio; Publicado por Edicoes Loyola, 1993; ISBN 851500724X, 9788515007240; 203 páginas; http://books.google.com.br/books?id=RpGPN8kv-a8C&pg=PA30&dq=Sem+Angola,+n%C3%A3o+h%C3%A1+negros+e+sem+negros+n%C3%A3o+h%C3%A1+Pernambuco.&lr=, página 30.

Alice Walker photo

„Os animais do mundo existem para seus próprios propósitos. Não foram feitos para os seres humanos, do mesmo modo que os negros não foram feitos para os brancos, nem as mulheres para os homens.“

—  Alice Walker 1944

The animals of the world exist for their own reasons. They were not made for humans any more than black people were made for white, or women created for men.
citado em "Vegetarian Times"‎ - Página 68, Revista - jul. 1989 - núm. 143 ISSN 0164-8497 Publicado por Active Interest Media, Inc.- 80 páginas

Wagner Moura photo
Bob Marley photo

„Não preciso ter ambições. Só tem uma coisa que eu quero muito: que a humanidade viva unida… negros e brancos todos juntos.“

—  Bob Marley foi um cantor, guitarrista (raggae) e compositor jamaicano famoso por popularizar o gênero 1945 - 1981

Will Smith photo

„Meus primeiros oito anos escolares foram todos com pessoas brancas. Isso me ajudou a compreender como os brancos pensam. Acho que foi esta transição que me ajudou a vencer as diferenças, pois isso é o verdadeiro significado do meu sucesso: vencer as diferenças entre a comunidade negra e a branca.“

—  Will Smith 1968

The first eight years of schooling was with all white people, so that helped me to understand how white people think. I think that transition is what helped me bridge the gap, because that's what my success has really been about: bridging the gap between the black community and the white community.
como citado em Will Smith: the freshest prince - página 18, Mark Bego - Andrews McMeel Pub., 1998, ISBN 0836271327, 9780836271324 - 96 páginas

„A maioria das crianças negras cresceu vendo Xuxa, Angélica, Eliana e nenhum negro“

—  João de Paula Neto

comentando que planeja fazer um programa de tevê infanto-juvenil
Fonte: Revista ISTO É, Edição 1754.

Gílio Felício photo

„Deus é negro.“

—  Gílio Felício 1949

Gílio Felício, bispo auxiliar de Salvador
Fonte: Revista Veja http://veja.abril.com.br/231298/p_012.html de 23/12/98

Tópicos relacionados