Frases de Jean De La Fontaine

Jean De La Fontaine photo
58   32

Jean De La Fontaine

Data de nascimento: 8. Julho 1621
Data de falecimento: 13. Abril 1695

Jean de La Fontaine 8 de julho de 1621 — Paris, 13 de abril de 1695 foi um poeta e fabulista francês.

Era filho de um inspetor de águas e florestas, e nasceu na pequena localidade de Château-Thierry. Estudou teologia e direito em Paris, mas seu maior interesse sempre foi a literatura.

Por desejo do pai, casou em 1647 com Marie Héricart. Embora o casamento nunca tenha sido feliz, o casal teve um filho, Charles.

Em 1652 La Fontaine assumiu o cargo de seu pai como inspetor de águas, mas alguns anos depois colocou-se a serviço do ministro das finanças Nicolas Fouquet, mecenas de vários artistas, a quem dedicou uma coletânea de poemas.

Escreveu o romance "Os Amores de Psique e Cupido" e tornou-se próximo dos escritores Molière e Racine. Com a queda do ministro Fouquet, La Fontaine tornou-se protegido da Duquesa de Bouillon e da Duquesa d'Orleans.

Em 1668 foram publicadas as primeiras fábulas, num volume intitulado "Fábulas Escolhidas". O livro era uma coletânea de 124 fábulas, dividida em seis partes. La Fontaine dedicou este livro ao filho do rei Luís 14. As fábulas continham histórias de animais, magistralmente contadas, contendo um fundo moral. Escritas em linguagem simples e atraente, as fábulas de La Fontaine conquistaram imediatamente seus leitores.

Em 1683 La Fontaine tornou-se membro da Academia Francesa, a cujas sessões passou a comparecer com assiduidade. Na famosa "Querela dos antigos e dos modernos", tomou partido dos poetas antigos.

Várias novas edições das "Fábulas" foram publicadas em vida do autor. A cada nova edição, novas narrativas foram acrescentadas. Em 1692, La Fontaine, já doente, converteu-se ao catolicismo. A última edição de suas fábulas foi publicada em 1693.

Antes de vir a ser fabulista, foi poeta, tentou ser teólogo. Além disso, também entrou para um seminário, mas aí perdeu o interesse.

Aos 26 anos casou-se, mas a relação só durou onze anos. Depois disso, La Fontaine foi para Paris, e iniciou sua grande carreira literária. No início, escrevia poemas, mas em 1665 escreveu sua primeira obra, chamada “Contos”. Montou um grupo literário que tinha como integrantes Jean Racine, Boileau e Molière.

No período de 1664 a 1674, ele escreveu quase todas as suas obras. Nas suas fábulas, contava histórias de animais com características humanas. Em 1684, foi nomeado para a Academia Francesa de Letras.

Onze anos depois, já muito doente, decidiu aproximar-se da religião. Até pensou em escrever uma obra de fé, mas não chegou a escrevê-la.

A sua grande obra, “Fábulas”, escrita em três partes, no período de 1668 a 1694, seguiu o estilo do autor grego Esopo, o qual falava da vaidade, estupidez e agressividade humanas através de animais.

La Fontaine é considerado o pai da fábula moderna. Sobre a natureza da fábula declarou: “É uma pintura em que podemos encontrar nosso próprio retrato”.

Algumas fábulas escritas e reescritas por ele são A Lebre e a Tartaruga, O Homem, A Cegonha e a Raposa,

O Menino e a Mula, O Leão e o Rato, e O Carvalho e o Caniço, a Raposa e a Uva

Está sepultado no cemitério Père-Lachaise, em Paris, ao lado do dramaturgo Molière.

Photo: Unknown author / Public domain

Obras

La Fontaine's Fables
Jean De La Fontaine
The Young Widow
Jean De La Fontaine

„Sobre as asas do tempo, a tristeza vai-se embora.“

—  Jean De La Fontaine, livro The Young Widow

Sur les ailes du Temps la tristesse s'envole
La jeune Veuve, em "Oeuvres complètes: Précédées de l'éloge de l'auteur‎" - Página 43 http://books.google.com.br/books?id=XSAaAAAAYAAJ&pg=RA2-PA43, de Jean de La Fontaine - Publicado por Igonette, 1826

„Não há caminhos de flores que conduzem à glória.“

—  Jean De La Fontaine

Aucun chemin de fleurs ne conduit à la gloire
Os dois aventureiros & O talismã in: "Fables choisies, mises en vers. Reveuës, corrigées & augmentées" - Página 324 http://books.google.com.br/books?id=tbcDAAAAQAAJ&pg=PA324, Jean de La Fontaine - 1705
Fábulas escolhidas entre as de J. La Fontaine: Volumes 1-2 - Página 232 http://books.google.com.br/books?id=EejqAAAAMAAJ&pg=RA1-PA232, Jean de La Fontaine, Francisco Manuel do Nascimento - Typ. de H. Bryer, 1815
Variante: Nenhum caminho de flores conduz à glória.

„A vergonha de confessar o primeiro erro leva a cometer muitos outros.“

—  Jean De La Fontaine

Variante: A vergonha de confessar o primeiro erro nos leva a muitos outros.

Help us translate English quotes

Discover interesting quotes and translate them.

Start translating

„Toda força será fraca, se não estiver unida.“

—  Jean De La Fontaine, livro La Fontaine's Fables

Toute puissance est faible , à moins que d'être unie
Le vieillard et ses enfants [O velho e seus filhos] em "Fables de La Fontaine‎" - Página 132 http://books.google.com.br/books?id=wQdMAAAAMAAJ&pg=PA132, de Jean de La Fontaine, D. S. - Publicado por A. Mame et fils, 1866 - 396 páginas

„A razão do mais forte é sempre a melhor.“

—  Jean De La Fontaine

La raison du plus fort est toujours la meilleure
le Loup et l'Agneau em "Fables‎" - Página 507, de Jean de La Fontaine - Publicado por Adamant Media Corporation, 2000, ISBN 0543934934, 9780543934932 - 416 páginas

„Paciência e tempo dão mais resultado que força e raiva.“

—  Jean De La Fontaine, livro La Fontaine's Fables

Patience et longueur de temps font plus que force ni que rage
O Leão e o Rato, em "Fables de La Fontaine‎" - Página 75 http://books.google.com.br/books?id=wQdMAAAAMAAJ&pg=PA75, de Jean de La Fontaine, D. S. - Publicado por A. Mame et fils, 1866 - 396 páginas

„Sirvo-me dos animais para instruir os homens“

—  Jean De La Fontaine

Je me sers d'animaux pour instruire les hommes
Fables choisies - Página 21 http://books.google.com.br/books?id=uq09AAAAcAAJ&pg=PA21, Jean de La Fontaine - Girin., 1698

„Correr não adianta. É preciso partir a tempo.“

—  Jean De La Fontaine

Jean de La Fontaine como citado em "Frases Geniais" - Página 60, Paulo Buchsbaum, 2004, Ediouro Publicações, ISBN 8500015330, 9788500015335, 440 páginas
Atribuídas

Autores parecidos

Aniversários de hoje
Carl Gustav Jung photo
Carl Gustav Jung86
psiquiatra e psicoterapeuta suíço 1875 - 1961
Aldous Huxley photo
Aldous Huxley118
1894 - 1963
George Bernard Shaw photo
George Bernard Shaw194
1856 - 1950
Sandra Bullock photo
Sandra Bullock20
atriz americana 1964
Outros 53 aniversários hoje
Autores parecidos
François de La  Rochefoucauld photo
François de La Rochefoucauld488
Escritor, moralista e memorialista francês
John Donne photo
John Donne8
Poeta