„Nenhuma paixão é mais potente no peito do homem que o desejo de fazer os outros acreditarem no que ele crê. Nada atinge mais duramente a raiz de sua felicidade e o enche de ódio do que saber que outrem menospreza aquilo que ele mais valoriza. Liberais, conservadores e trabalhistas - por que se batem senão por seu próprio prestígio? Não é o amor à verdade, e sim o desejo de prevalecer que lança facção contra facção, que faz uma paróquia querer a ruína de outra paróquia. Cada qual busca paz de espírito e subserviência em vez do triunfo da verdade e a exaltação da virtude - mas essas moralidades pertencem ao historiador e devem ser deixadas a ele, pois são tão tediosas quanto a água das valas.“

—  Virginia Woolf, Orlando
Publicidade

Citações relacionadas

Alexandre Jardin photo
Anatole France photo
Publicidade
Gerson De Rodrigues photo
Publicidade
Padre Antônio Vieira photo
Publicidade
Simone Weil photo
Marquês de Maricá photo
Layne Staley photo
Publicidade
Papa João Paulo II photo
Publicidade
 Cícero photo
Próximo