„[…] O Partido procura o poder por amor ao poder. Não estamos interessados no bem–estar alheio; só estamos interessados no poder. Nem na riqueza, nem no luxo, nem em longa vida de prazeres: apenas no poder, poder puro. (…) Somos diferentes de todas as oligarquias do passado, porque sabemos o que estamos fazendo. Todas as outras, até mesmo as que se assemelhavam conosco, eram covardes e hipócritas. Os nazistas alemães e os comunistas russos muito se aproximaram de nós nos métodos, mas nunca tiveram a coragem de reconhecer os próprios motivos. Fingiam, talvez até acreditassem, ter tomado o poder sem querer, e por tempo limitado, e que bastava dobrar a esquina para entrar num paraíso onde os seres humanos seriam iguais e livres. Nós não somos assim. Sabemos que ninguém jamais toma o poder com a intenção de largá-lo. O poder não é um meio, é um fim em si. Não se estabelece uma ditadura com o fito de salvaguardar uma revolução; faz-se a revolução para estabelecer a ditadura. O objetivo da perseguição é a perseguição. O objetivo da tortura é a tortura. O objetivo do poder é o poder.“

1984

Obtido da Wikiquote. Última atualização 25 de Maio de 2022. História

Citações relacionadas

George Orwell photo
Fernando Pessoa photo

„Querer não é poder. Quem pôde, quis antes de poder só depois de poder. Quem quer nunca há-de poder, porque se perde em querer.“

—  Fernando Pessoa poeta português 1888 - 1935

Livro do Desassossego I
Variante: Querer é não poder. Quem pôde, quis antes de poder só depois de poder. Quem quer nunca há-de poder, porque se perde em querer.

„Coragem de ser é a chave para o poder revelador da revolução feminista.“

—  Mary Daly 1928 - 2010

Courage to be is the key to the revelatory power of the feminist revolution.
Quintessence... Realizing the Archaic Future: A Radical Elemental Feminist Manifesto, p. 19 (1999)
Quintessence... Realizing the Archaic Future: A Radical Elemental Feminist Manifesto (1999)

Michel Temer photo

„Nós não somos donos do poder, somos exercentes do poder. O poder, está na Constituição, é do povo.“

—  Michel Temer político e advogado brasileiro, ex-presidente do Brasil 1940

Discurso de posse como presidente interino, 12/05/2016

Carl Gustav Jung photo
Carl Gustav Jung photo

„Onde o amor impera, não há desejo de poder; e onde o poder predomina, há falta de amor. Um é a sombra do outro.“

—  Carl Gustav Jung psiquiatra e psicoterapeuta suíço 1875 - 1961

Wo die Liebe herrscht, da gibt es keinen Machtwillen, und wo die Macht den Vorrang hat, da fehlt die Liebe.
Carl Jung como citado in: Universitas - Volume 2,Edições 1-6 - Página 299, Wissenschaftliche Verlagsgesellschaft, 1947
Variante: Onde o amor impera, não há desejo de poder; e onde o poder prevalece, há falta de amor. Um é a sombra do outro.

José Dirceu photo
José Saramago photo
Fernando Pessoa photo

„O homem não deve poder ver a sua própria cara. Isso é o que há de mais terrível. A Natureza deu-lhe o dom de não a poder ver, assim como a de não poder fitar os seus próprios olhos.“

—  Fernando Pessoa poeta português 1888 - 1935

"Autobiografia sem Factos". Assírio & Alvim, Lisboa, 2006, p. 371
Autobiografia sem Factos

Ulysses Guimarães photo

„O poder não corrompe o homem; é o homem que corrompe o poder. O homem é o grande poluidor, da natureza, do próprio homem, do poder. Se o poder fosse corruptor, seria maldito e proscrito, o que acarretaria a anarquia.“

—  Ulysses Guimarães político brasileiro 1916 - 1992

Rompendo o cerco - página 19 (Volume 2 de Coleção Documentos da democracia brasileira), Ulysses Guimãraes.
Fonte: discurso proferido em 18 de junho de 1967, em Florianópolis.
Fonte: "Rompendo o Cerco" - coletânea de discursos proferidos pelo deputado Ulysses Guimarães, 2ª edição, editora Paz e Terra, Rio de Janeiro, RJ (1978), 188 páginas.

Friedrich Nietzsche photo
Paulo Coelho photo
Carlos Lacerda photo

„O momento culminante da minha vida pública foi chegar ao poder. O poder é muito bom. Não adianta querer enganar.“

—  Carlos Lacerda jornalista e político brasileiro 1914 - 1977

Em entrevista à Revista Veja, em maio de 1974

Émile-Auguste Chartier photo
Tomás Eloy Martínez photo

Tópicos relacionados